Utilizando o Dosbox

Publicado por Angelito Monteiro Goulart em 05/09/2009

[ Hits: 23.088 ]

Blog: http://angelitomg.com

 


Utilizando o Dosbox



Muitas infâncias foram marcadas por clássicos como Duke Nukem, Stunts, Alley Cat, Alone In The Dark, Monster Bash, Street Rod e diversos outros jogos que rodavam sobre o MS-DOS.

Com a revolução dos Windows NT/XP/2000, muitos destes jogos deixaram de funcionar nos sistemas atuais, deixando saudosistas na mão. Quem usa Linux, também se deu mal, devido ao fato destes jogos não rodarem no sistema.

Para tentar preencher esta lacuna, eis que surge o fantástico Dosbox. Dosbox é um software que emula o MS-DOS, possibilitando assim, que jogos antigos, construídos para DOS, rodem sobre os sistemas atuais. Além de jogos, o Dosbox permite que se rode programas feitos pra DOS, tanto que, existe casos, de pessoas que instalaram o Windows 3.11 no Dosbox (eu mesmo realizei esta proeza :P).

Agora que todos já devem estar com uma vontade louca de jogar estes clássicos, vamos à instalação.

Para instalar o Dosbox, em boa parte dos casos, basta utilizar o utilitário de instalação de pacotes de sua distribuição. No meu caso, como uso o Fedora, bastou rodar um:

sudo yum install dosbox

Caso você utilize Windows, ou queira baixar os fontes ou ainda o pacote específico para sua distribuição, basta acessar a página de downloads:
Para instalar a partir dos fontes é bem fácil, basta utilizar o procedimento padrão:

./configure
$ make
$ sudo make install


Após instalado, basta digitar o comando "dosbox" no terminal para ter acesso ao console do Dosbox.

Porém para fazermos algo realmente útil, devemos primeiro montar o diretório a qual queremos trabalhar.

Após estar no console do Dosbox, digite:

mount c /home/usuário/jogos

ou caso utilize Windows:

mount c c:\jogos

Explicando:
  • mount -> indica que será montado um diretório;
  • c -> drive em que será montado o diretório;
  • /home/usuário/jogos ou c:\jogos -> diretório que será montado no drive C.

Após digitar o comando, digite:

c:

Com isso, você entrará no drive C, onde foi montado o diretório.

Agora basta utilizar os comandos do DOS para navegar e chamar os programas. :)
Linux: Utilizando o Dosbox   Linux: Utilizando o Dosbox   Linux: Utilizando o Dosbox
Caso você não esteja satisfeito com alguma configuração, tem a opção de alterar as configurações do Dosbox através do arquivo de configuração, que fica na pasta:

/home/usuario/.dosbox/dosbox-x.xx.conf

Espero que tenham compreendido,

Abraço.

Outras dicas deste autor

Executando comandos do sistema com PHP

Entendendo o comando chmod

Resgatando dados de um formulário com Ruby e CGI

Escolhendo sua distribuição Linux

Ordenando as coisas com sort

Leitura recomendada

Alterando a velocidade de sua placa de rede

Imagem dentro de um texto utilizando Gimp [vídeo]

Congresso Internacional de Objetos Distribuídos e de Software Corporativo

Instalação de impressora wireless no Ubuntu 10.10

Peer2Mail no Linux (ou melhor, OpenP2M)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Teixeira em 06/09/2009 - 03:03h

Angelito, eu gostaria de rodar programas em Clipper Summer ´87 sob Linux, especialmente em máquinas mais antigas.

É certo que se pode usar o xHarbour para recompilar os programas desenvolvidos nas versões 5.x porém não na Summer.

A minha dúvida é quanto às declarações ambientais necessárias ao Clipper, aumentando-se o numero de arquivos que podem ficar abertos ao mesmo tempo (set clipper=145, por exemplo, já que o default do DOS é de "apenas" 15 arquivos).

Essa limitação é seguida pelo Linux da mesma forma que no DOS?

[2] Comentário enviado por agimenez em 05/08/2010 - 14:29h

Fica a dica de onde baixar os Games

http://www.bestoldgames.net/eng/

[3] Comentário enviado por wilchaia em 26/01/2011 - 20:39h

Teixeira é mole fazer isso...
Entre no dosbox e digite:

config -writeconf dosbox.conf

Isso vai criar um arquivo dosbox.conf no mesmo diretorio do dosbox contendo todas as configuracoes do ambiente
Edite-o, va na secao [autoexec] e coloque la o famigerado set clipper ou quaisquer outros comando do velho dos

e ai chamar o dosbox insira na frente a diretiva -conf e o caminho do arquivo q salvou
espero ter ajudado



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts