Instalação da plataforma ROOT no Debian 6

Publicado por Miqueias Melo em 29/01/2013

[ Hits: 3.763 ]

 


Instalação da plataforma ROOT no Debian 6



Olá colegas!

Recentemente tive alguns problemas para instalar um programa de análise de dados no Debian 6. Consegui resolver o problema, então gostaria de contribuir para os que se interessarem por este software.

O software em questão é o ROOT, uma plataforma de análise de dados com fundamentação nas linguagens C/C++ e para uma programação específica orientada a objetos.

É um software livre produzido por pesquisadores do CERN (Organization European for Nuclear Research). Mais informações sobre o ROOT podem ser obtidas no seu site:
Neste site existem as versões para download para cada sistema operacional. Nele você encontrará (se não, basta digitar no Google: root requisites) também alguns requisitos necessários para a instalação do ROOT, além de outros adicionais que podem melhorar a performance e os recursos do programa.

Após baixar o pacote com o código fonte para GNU/Linux, basta descompactá-lo, criando o diretório "root".

Neste arquivo existem alguns executáveis que, por padrão (acredito eu), o Debian 6 não dá permissão para executá-los. Então, antes de qualquer coisa, dê um:

# chmod -R 777 /home/username/root

Obs.: Troque "/home/username" pela pasta referente ao seu usuário.

Isto fará com que as configurações de permissividade atribuídas a todos os arquivos no diretório sejam alteradas, permitindo que o usuário execute, crie, e leia os arquivos.

Isto é importante, pois durante a instalação, o "instalador" do ROOT recorrerá a estes arquivos e criará alguns, de forma que, se isto não for feito, aparecerão falhas no processo.

O procedimento básico de instalação (e a meu ver, o melhor) é instalar o ROOT em uma pasta no diretório do usuário, evitando restrições posteriores. Então, crie um diretório com o nome "ROOT", por exemplo.

Procedimentos para instalação

No diretório com o código fonte e pelo terminal como super usuário, execute:

# ./configure --prefix=/home/username/

Verificação e preparação dos requisitos, caso falte algum, será indicado o que instalar e que pode ser facilmente obtido pelo Synaptic.

# make

Compilação do ROOT, este processo pode demorar dependendo do PC, no meu (Intel Celeron, 2 GB RAM) foram uns 40 minutos, mais ou menos.

# make install
# ldconfig


Pronto, agora o ROOT está instalado. No entanto, é preciso configurar o caminho das "bibliotecas (arquivos.h)". É um diretório nomeado "lib", no qual há outro nomeado root.

Abra pelo terminal o arquivo ".bashrc" (não tente procurá-lo em seu diretório), use:

# nano /home/username/.bashrc

Adicione no fim do arquivo, a linha:

export LD_LIBRARY_PATH=/home/username/ROOT/lib/root:$LD_LIBRARY_PATH

Feche o terminal, abra outro e digite:

# root

Irá aparecer por alguns segundo a imagem de uma mulher "árvore".

Pronto, divirta-se!

Outras dicas deste autor

Debian com terminal realmente transparente

Leitura recomendada

Solução para problema de fontes do Fedora 15 Lovelock

Instalando o Skype no Mandriva One e superior

O que fazer após instalar o Fedora 33 KDE Spin

Corrigindo problema com acentos no emacs

Instalação fácil do Zabbix 3 no CentOS 6.7

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts