GRUB 2 do Sabayon - Adicionando outras Distribuições GNU/Linux

Publicado por edps em 16/02/2012

[ Hits: 7.395 ]

Blog: https://edpsblog.wordpress.com/

 


GRUB 2 do Sabayon - Adicionando outras Distribuições GNU/Linux



Às vezes, me pergunto porque é tão difícil as distribuições Linux se entenderem, coisas como o GRUB do Mandriva, que não reconhece o Debian e seus derivados, entre diversos outros casos...

Nesta 3ª vez que falarei sobre o OS-Prober, veremos como adicionar outras distribuições ao GRUB 2 do Sabayon e também, utilizando artifícios para que todas sejam incluídas.

Instale o OS-Prober:

sudo equo update
$ sudo equo install os-prober
Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Antes de tentar adicionar as minhas outras distros (Arch Linux e Fedora), meu "grub.cfg" estava assim:
Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Obs.: Como visto nas imagens acima, somente Sabayon, Debian e WindowsXP.

E isso é irritante! Sistemas como o WinXP são 'automagicamente' reconhecidos pelo instalador, mas não algumas distros Linux! Sorte que reconheceu ao menos o Debian!

Dito isto, tentaremos adicionar todas as distros assim:

sudo grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg
Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Opa! O Fedora foi reconhecido! Mas não o Arch! (Arrrrgh!).
Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Daí, passamos ao macete que trata-se de montar a partição do Arch Linux. Lembro que durante a instalação e no passo acima, todas as partições estavam desmontadas (Debian, Arch e Fedora).

Tá bom, vamos criar o ponto de montagem e montar a partição "/root" do Arch Linux:

sudo mkdir /media/arch_rootfs
$ sudo mount -t ext4 /dev/sda5 /media/arch_rootfs
$ sudo grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg
Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Finito! Arch e Fedora reconhecidos!
Linux: Sabayon: adicionando outras Distribuições Linux no GRUB 2

Observação: Com estas 3 dicas, vimos como utilizar o OS-Prober, o que não quer dizer que este pacote é essencial no sistema (é mais cômodo tê-lo instalado).

Como alternativa a ele, podemos copiar uma das entradas corretamente identificadas e inserir os dados da partição, kernel, etc ou, simplesmente copiar as configs do "grub.cfg" das partições das distros ignoradas e inseri-las na 'unha' no arquivo "/boot/grub/grub.cfg".

A meu ver, isto é uma coisa simples em distros como Arch Linux, Slackware e Gentoo, onde o kernel é atualizado e ponto! Nada de versões ao lado de versões como é o caso do Debian, Ubuntu, Fedora e etc.

Referências


Dica previamente publicada em meu Blog:
Até a próxima.

Outras dicas deste autor

CrunchBang Statler

LocalePurge, removendo locales não utilizados no Arch Linux e em distros Debian-like

Instalação do driver da nVidia no sidux

Obtendo os sources do kernel estável 'automagicamente'

LSBInitScripts no Debian: missing LSB tags and overrides

Leitura recomendada

Instalando driver NVIDIA no Debian 9

Ubuntu não Loga Após Instalação de Driver Nvidia [Resolvido]

Correção de problema no teclado numérico usando VNC no Fedora 9

Teamviewer não abre no Slackware [Resolvido]

Ativando a rede no Fedora Core

  

Comentários
[1] Comentário enviado por JJSantos em 22/02/2012 - 15:16h

Muito bom, a parte referente ao: su -c "grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg" eu já conhecia da época do Gentoo, mais o macete do Arch não. Cheguei a instalar o Arch algumas vezes mais sempre usando o Lilo do Slack e não grub, pois o infeliz não reconhecia o Arch, o Lilo também não reconhecia mais eu já sabia editar..
Valeu a dica, 10.

[2] Comentário enviado por removido em 22/02/2012 - 15:56h

@josue;

thanks pelo comentário.

[3] Comentário enviado por albfneto em 23/02/2012 - 09:52h

EDPS, mesmo usando sabayon, eu não conhecia isso.
Grande dica, favoritada!

[4] Comentário enviado por removido em 23/02/2012 - 17:46h

Obrigado mestre Alberto.

eu fico p*to com essas coisas de reconhecerem o Windows e não as distros Linux, por sorte é fácil resolver.

um abraço.



Contribuir com comentário