Configurando ambiente Java no sistema operacional Linux

Publicado por José Cleydson Ferreira da Silva em 20/12/2009

[ Hits: 23.699 ]

Blog: http://cleysinho.blogspot.com.br/

 


Configurando ambiente Java no sistema operacional Linux



Para que os programas javac (responsável por compilar a aplicação) e java (responsável por executar a aplicação) sejam reconhecidos pelo shell, é necessário que a variável de ambiente $PATH seja modificada. Além disso, também deve ser definida a variável de ambiente $JAVA_HOME, que deve apontar para o diretório onde o JDK foi instalado.

Para isso devem ser adicionadas as seguintes linhas ao arquivo bash.bashrc (lembrando que o local de instalação do JDK pode variar, como no exemplo abaixo).

Exemplo 1:

export JAVA_HOME=/opt/java
export PATH=/opt/java/bin:$PATH

O pacote de instalação da Máquina Virtual Java está disponível no site java.sun.com/javase/downloads/. Há dois tipos de arquivos binários, um com extensão rpm.bin para distribuições Linux derivadas do Red Hat, outro com extensão .bin para as demais distribuições.

Após fazer o download, faremos o processo de instalação do pacote. Para padronizar o processo de instalação usaremos o diretório /opt. Usaremos esse diretório com o intuito de centralizar somente um diretório para o java no sistema, uma vez que ao instalá-lo poderíamos adicioná-lo ao diretório /usr/bin - mas caso haja necessidade de atualização de versão, acrescentar novas bibliotecas ou fazer backup, o diretório /opt se tornará mais acessível.

Para iniciar o processo de instalação, copie o arquivo jdk-6u13-linux-i586.bin para o diretório /opt. A execução do mesmo se dará pelo comando "sh" seguido do nome do arquivo. Após a compilação, um subdiretório será gerado no diretório corrente com o mesmo nome do arquivo binário, portanto, renomeie a pasta para o nome "java" e, em seguida, defina no PATH o diretório no qual a pasta renomeada "java" está; esse processo não é uma convenção, é somente uma forma de padronização de instalação. No quadro 1 temos o passo-a-passo para a instalação.

Quadro 1:

Comandos executados no terminal.

Copiar para diretório /opt:

# cp jdk-6u13-linux-i586.bin /opt/

Executar o arquivo:

# sh jdk-6u13-linux-i586.bin

Renomear diretório:

# mv jdk1.6.0_13 java

As duas linhas abaixo devem ser acrescentadas ao arquivo bash.bashrc:

# vim /etc/bash.bashrc

export JAVA_HOME=/opt/java
export PATH=/opt/java/bin:$PATH

Testando variáveis de ambiente:

# echo $JAVA_HOME
# echo $PATH


É importante testar a variável de ambiente após definí-la, pois ela só é reconhecida após sair da sessão atual. Em seguida, ao abrir uma nova sessão, podemos usar o comando echo nas variáveis de ambiente. Desta maneira padronizada, seu ambiente Java está pronto para ser usado.

Outras dicas deste autor

Lenda urbana, simpatia com HD

Vídeos de configuração da JVM e Tomcat6

Bioinformática - Montagem de genoma com AMOS

Compiz, conhecendo a fundo (parte 1)

Servidores Apache em Linux derivados do Debian

Leitura recomendada

Melhorando a performance de sua Java Virtual Machine

JDeveloper - Inicializando e alterando o idioma para Português

Eclipse Helios: Resolvendo problemas com o proxy

Programa para visualizar graficamente sua rede de amizades no Orkut

Instalador Minecraft

  

Comentários
[1] Comentário enviado por SMarcell em 20/12/2009 - 11:18h

E caso queiram que estas variáveis sejam configuradas independentemente do shell (exceto csh) utilizado, basta acrescentá-las ao arquivo '/etc/profile'.

-----
É importante testar a variável de ambiente após definí-la, pois ela só é reconhecida após sair da sessão atual. Em seguida, ao abrir uma nova sessão
-----

Para isso bastaria um simples 'source /etc/profile' ou 'source /etc/bash.bashrc' e todas as definições contidas nesses arquivos serão recarregadas.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts