Como fazer o Emerald rodar na versão 11.04 do Ubuntu

Publicado por Douglas Oliveira em 12/07/2011

[ Hits: 6.512 ]

Blog: http://www.facebook.com/douglas.s.oliveira

 


Como fazer o Emerald rodar na versão 11.04 do Ubuntu



Compilando e instalando o Emerald no Ubuntu 11.04 de um modo rápido e fácil (ou quase isso).

Galera esse é meu primeiro post e primeiro problema com o Ubuntu, vi esse artigo( em inglês ) neste endereço:
Pessoal, antes de começar sugiro imprimir esse tutorial, pois pode ocorrer de ficarem sem o controle das janelas e acabarem fazendo algo errado.

Primeiro passo: Remover o Emerald.

Primeiramente para removermos o Emerald (caso esteja instalado e não funcionando), usaremos o comando:

sudo apt-get purge emerald

Segundo passo: Instalar o Git e suas dependências

Agora o git e suas dependências, use o comando:

sudo apt-get install autoconf git intltool libdecoration0-dev libemeraldengine0 libtool libwnck1.0-cil-dev libwnck-dev

Depois deste comando, será apresentado uma lista de pacotes a ser instalado, mas ou menos assim:

The following NEW packages will be installed:
 autoconf automake autotools-dev emacsen-common git git-man intltool
 libatk1.0-dev libcairo-script-interpreter2 libcairo2-dev libdecoration0-dev
 liberror-perl libexpat1-dev libfontconfig1-dev libfreetype6-dev
 libgdk-pixbuf2.0-dev libglib2.0-cil-dev libglib2.0-dev libgtk2.0-cil-dev
 libgtk2.0-dev libice-dev libltdl-dev libpango1.0-dev libpixman-1-dev
 libpng12-dev libpthread-stubs0 libpthread-stubs0-dev libsm-dev
 libstartup-notification0-dev libtool libwnck-dev libwnck1.0-cil-dev
 libwnck2.20-cil libx11-dev libxau-dev libxcb-render0-dev libxcb-shm0-dev
 libxcb1-dev libxcomposite-dev libxcursor-dev libxdamage-dev libxdmcp-dev
 libxext-dev libxfixes-dev libxft-dev libxi-dev libxinerama-dev libxrandr-dev
 libxrender-dev libxres-dev x11proto-composite-dev x11proto-core-dev
 x11proto-damage-dev x11proto-fixes-dev x11proto-input-dev x11proto-kb-dev
 x11proto-randr-dev x11proto-render-dev x11proto-resource-dev
 x11proto-xext-dev x11proto-xinerama-dev xorg-sgml-doctools xtrans-dev
 zlib1g-dev
 0 upgraded, 64 newly installed, 0 to remove and 0 not upgraded.
 Need to get 29.9 MB of archives.
 After this operation, 96.2 MB of additional disk space will be used.
 Do you want to continue [Y/n]?

Responda com Y e dê enter.

Terceiro passo: Trazer o Emerald via Git

Com esse comando:

git clone git://anongit.compiz.org/fusion/decorators/emerald

Trazemos o Emerald de outro local, e compilaremos o mesmo para que seja instalado

Depois do comando, essa é a saída do terminal:

Cloning into emerald...
 remote: Counting objects: 2265, done.
 remote: Compressing objects: 100% (2215/2215), done.
 remote: Total 2265 (delta 1619), reused 0 (delta 0)
 Receiving objects: 100% (2265/2265), 825.06 KiB | 132 KiB/s, done.
 Resolving deltas: 100% (1619/1619), done

Depois disso ele irá para sua pasta pessoal com o nome emerald, entre nela pelo terminal:

cd emerald

Depois uma sequência de comandos:

git checkout -b compiz++ origin/compiz++
./autogen.sh
./configure --prefix=/usr/local
make
sudo make install

Pronto, está instalado. pressione ALT+F2 e digite: emerald --replace, em seguida procure nas configurações do sistema por emerald theme manager e selecione um tema, caso não tenha um, procure no gnome look na seção Beryl. (gnome-look.org/index.php?xcontentmode=103)

Depois de instalado verifiquei que a cada reinicialização, o Emerald não carrega e ficava sem a decoração na janela, se não tiver nenhuma decoração pressione CTRL+ALT+F1, faça login e digite o comando:

unity --reset

Para sair do modo texto, pressione CTRL+ALT+F7.

Para corrigir isso, adicione como Aplicação de Inicialização, vá no menu Configurações do sistema -> Aplicativos de sessão, e clique em adicionar. Coloque:

NOME: Emerald Theme Manager
COMANDO: emerald --replace

Na descrição coloque o que quiser, dê OK e abra o terminal e digite:

emerald --replace

Caso não tenha efeito e o Emerald não esteja rodando, depois disso reinicie e veja que ele carregou automaticamente.
Linux: Como fazer o Emerald rodar na versão 11.04 do Ubuntu


Outras dicas deste autor

Zabbix - Monitorando uso de disco em OS Windows

Como ter de volta o controle de brilho no seu notebook com openSUSE

Leitura recomendada

Utilizando a classe phpmailer como alternativa a função mail() do PHP

Bloquear Portas USB no Ubuntu

O porquê de se usar software livre

Calculando dígito verificador do CT-e (reconhecimento de trânsito)

Instalando VMware no Linux Fedora 10 x86_64

  

Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 12/07/2011 - 19:14h

Vou testar sua dica no Natty.

Parabéns pela pesquisa e contribuição.
_______________________________________
Edit_
Testado e aprovado.

[2] Comentário enviado por Afrancisco em 14/07/2011 - 16:01h

Caro Douglas,
Executei os procedimentos e funcionou de primeira. Eu já estava com saudades das janelas decoradas do ubuntu 10.10. Por isso,estou ansioso pelo 11.10. Quem sabe aquelas janelas congeladas no desktop do Natty que a gente não consegue mover/maximizar... desapareçam....
Abraços,
Antonio

[3] Comentário enviado por mspaint em 14/07/2011 - 19:30h

Caros membros,
desculpa a demora(universidade tomando tempo rsrsrsr).
Izaias, primeiramente obrigado pelo elogio, sempre gosto de personalizar o Linux em geral porque não é só uma distro, são todas que instalo no pc(e no note, que infelizmente tive problemas com o adaptador wi-fi, mas que quando resolver este, trará mais uma dica ou quem sabe um artigo sobre o assunto). Geralmente não por achar o visual de cada distro esteticamente feio, mas sim, por consumir menos recursos pode-se personalizar do jeito que achar melhor e com o risco pequeno de prejudicar o sistema(diferente de outros por ai :) ).

Antonio,
No momento de compilação do pacote se funcionar de primeira, os riscos de erros após isso são muito poucos(quase inexistentes =D ). Mas lembrando que isso só vale pra versão 11.04 do Ubuntu e distros com estrutura semelhante, versões anteriores não é necessário partir pra compilação no braço, até porque basta adcionar seu repositório, baixar, instalar e ficar feliz com a decoração. Pra falar a verdade, o momento mais tenso foi quando a decoração de janela sumia e como não sabia ainda do comando $unity --reset ficava louco, mesmo rebootando o pc pelo botão no gabinete, ela não aparecia :p .



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts