Como configurar programas para usar a saída de áudio HDMI sob o ALSA

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 11/01/2016

[ Hits: 6.550 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Como configurar programas para usar a saída de áudio HDMI sob o ALSA



Porcas e arruelas do Viva o Linux, aqui começa mais uma Dica do Dino® trazendo para todos vocês soluções para os problemas que apenas os usuários de distribuições sérias encontram. No cardápio de hoje temos uma informação interessante apesar de não ser a mais atual do planeta - Kilroy estava de posse dela antes de todo mundo.

O ALSA (Advanced Linux Sound Architecture) é o melhor que há em sua categoria, mas a gente sabe como ele é um pouco teimoso e não gosta de mudar dispositivos no meio do uso. Pois bem, aí vem você com seu cabo HDMI e sua Sony de 72" querendo assistir um vídeo do Youtube nela... e sofrendo horrores para o áudio sair pela TV. Mas não se aflija, não mais tema, pois com esta Dica do Dino® não há mais problemas! Tudo que você vai precisar é uma garrafa de cachaça e um charuto pra deixar na minha mão e vamos que vamos!

1. Preparando a bagaça

Antes de mais nada, você precisa saber como seu sistema operacional reconhece o áudio HDMI. Para tanto, rode o comando:

aplay -l

Sua saída deve ser algo assim:

**** List of PLAYBACK Hardware Devices ****
card 0: PCH [HDA Intel PCH], device 0: 92HD87B1/3 Analog [92HD87B1/3 Analog]
  Subdevices: 0/1
  Subdevice #0: subdevice #0
card 0: PCH [HDA Intel PCH], device 3: HDMI 0 [HDMI 0]
  Subdevices: 0/1
  Subdevice #0: subdevice #0


No caso desse exemplo, sabemos que a saída HDMI é endereçada como card 0, device 3. Guarde essa informação.

Agora rode o comando:

vim $HOME/.asoundrc.hdmi

Porque gnu/linuxers de verdade usam apenas o vim para editar textos. Insira o seguinte conteúdo no arquivo:

pcm.hdmi { type hw; card 0; device 3; }
ctl.hdmi { type hw; card 0; device 3; }

pcm.!default pcm.hdmi
ctl.!default ctl.hdmi

Lembrando que você deve substituir os números de card e device de acordo com a saída do comando aplay. E pronto, as configurações básicas estão prontas!

2. Usando a bagaça

Para usar a bagaça existem duas situações. Primeiro, para chamar pela linha de comando um comando que execute áudio, a linha vai ser:

ALSA_CONFIG_PATH=~/.asoundrc.hdmi comando

Agora, para usar a configuração em um lançador (os famosos arquivos .desktop) é preciso um pouco mais de traquejo. Edite o arquivo .desktop, alterando a linha que diz:

Exec=comando %U

por:

Exec=env ALSA_CONFIG_PATH=~/.asoundrc.hdmi comando %U

Após editar o lançador, execute um dos comandos a seguir:

# update-desktop-database /usr/share/applications

se o lançador estava nesse diretório, ou:

update-desktop-database ~/.local/share/applications

se o lançador estava nesse diretório.

Se o lançador não estiver em nenhum desses dois diretórios, mova o arquivo .desktop pro segundo. Após executar o comando, o lançador modificado aparecerá no menu de aplicações de seu ambiente de área de trabalho!

Conclusão

E com essa o Dino® se despede de todos vocês desejando a todos uma compilação longa e próspera! E GET SLACK OR DIE!!!

Outras dicas deste autor

Alterando o gerenciador de login no openSUSE

Guia pós-instalação do Fedora 21 Xfce Spin

Recuperando inicialização do Slackware após atualização do kernel via slackpkg

Alterando as ID tags de seus arquivos de áudio em massa pelo terminal

Para os gamers: acessando Gearbox SHiFT no GNU/Linux

Leitura recomendada

Instalando Encore ENL832-TX-ICNT no Slackware

GP2X - Vídeo-game Open Source!

VIA + SIS = VESA

Instalando o modem LG I56N (smartlink) no OpenSUSE 10.2

Placa wireless Ipw3945 no Fedora Core 8

  

Comentários
[1] Comentário enviado por tiago4171 em 22/01/2016 - 14:41h

Cara, tu é um gênio!!!
Testei a dica no Debian 8 KDE, pois o PulseBUG tava teimoso para muda a saida de som.
Daí removi o mesmo e instalei o alsa, que funciona de boas, sem bugs.
Valeu mesmo (Y)(Y)(Y)



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts