Boot mais rápido no Slackware

Publicado por Jefferson Rocha em 02/12/2018

[ Hits: 841 ]

Blog: https://slackjeff.com.br

 


Boot mais rápido no Slackware



Uma dica do jeffão de como deixar o boot do Slackware mais rápido! Muitas pessoas recém chegadas no Slackware acham que o boot do mesmo é muito lento se comparado ao Debian por exemplo. E isto é claro... o Slackware por padrão usa o INIT SystemV com o layout do FreeBSD.

No processo de boot são chamados os scripts, normalmente em shell, um por um, a cada final da execução de cada um é chamado o próximo, por isso o boot do Slackware é tão lento.

Como dizia vovó, simples não quer dizer ágil...

Vou dar algumas dicas para deixar o boot do seu Slackware um pouco mais rápido, pegue a pipoca, abra seu terminal e boa leitura.

O PRIMEIRO PASSO

Alterar o Kernel Huge pelo genérico, e quais as diferenças? A diferença é que o Kernel Huge é indicado na instalação do Slackware, já que o mesmo contém todos módulos necessários para dar suporte a uma variedade grande de máquinas.

O mesmo contém todos módulos embutidos, na pós-instalação o Kernel Huge ainda está presente e você irá carregar muitos módulos desnecessários se deixar por padrão este Kernel, o que nos leva a ter um boot mais lento.

A solução, como o próprio projeto Slackware já diz, é alterar para o kernel genérico o qual irá carregar os módulos da sua máquina sob demanda.

Não irei lhe passar os caminhos das pedras e sim o link para fazer essa troca, que é muito fácil no Slackware! Ache a sessão "Switch to a generic kernel" e boa diversão!

O SEGUNDO PASSO

Seria desabilitar os processos que são carregados no boot que são desnecessários, vamos supor em um Desktop comum que não tem Bluetooth, Wireless, HPlip e você não deseja suporte GPM, NTPD e SSH. Por que cafofas você irá deixar estes carregando no boot? A solução é fazer uma limpa e desativar estes processos. Como no Slackware tudo é simples, basta ir até o diretório /etc/rc.d/ e desativar os processos que não lhe convém.

Exemplo, supondo que desejo desativar o processo rc.bluetooth eu faço:

# chmod -x /etc/rc.d/rc.bluetooth

E a mágica acontece, este processo não será mais carregado no boot.

O TERCEIRO PASSO

Ativando uma opção desconhecida por muitos no arquivo lilo.conf, que está presente em /etc/lilo.conf.

A opção se chama compact e por padrão está comentada, para ativar basta tirar o comentário do mesmo. A opção compact era aconselhada utilizar quando se usava disquetes de inicialização, basicamente ela pega solicitações de leitura para setores de discos e compacta tudo e faz a leitura de uma só vez... por padrão sem esta opção estas leituras são feitas individualmente, o que demora mais no processo do boot.

Atualmente na era SEM disquetes podemos usar esta opção ainda que vai funcionar e seu boot será agilizado!

No mais é isto, faço sempre isto em novas instalações do Slackware, se você tiver também alguma dica para incrementar deixe nos comentários para ajudar os coleguinhas Slackusers! No mais é só.

Outras dicas deste autor

Comentários em blocos em Shell Script

Curiosidade sobre o comando "cal" e setembro de 1752

Google Chrome no Slackware 14x

Curso Grátis de Dialog [vídeo]

Conky iniciando e fechando [Slackware]

Leitura recomendada

Remover kernel(s) antigo(s) no Ubuntu

VM900M da gigabite X SuSE

Ubuntu ou outra distribuição GNU/Linux é a melhor para inclusão digital

APT-GET: Resolvendo problemas com chave pública

Instalação de interface gráfica no Debian 6

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts