kernel-ck para Arch Linux

A intenção deste pequeno artigo é demonstrar como instalar o kernel-ck com patch de Con Kolivas no Arch Linux sem a necessidade de compilação.

[ Hits: 19.991 ]

Por: edps em 18/04/2011 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Outros processadores



Bem... alguns deverão perguntar "e quanto aos outros processadores?". Calma! Ainda não acabou, visitem a página abaixo e chequem qual é o kernel específico para cada caso, seus respectivos headers e o driver Nvidia:
Os disponíveis no momento são:

kernel26-ck, kernel26-ck-atom, kernel26-ck-core2, kernel26-ck-k7, kernel26-ck-k8, kernel26-lts e kernel26-ck-p4

* Nota-se na página algumas observações (Warnings) que pelo que entendi:
  • Usuários de velhos processadores Atom N270 não devem utilizar os pacotes específicos para Atoms: kernel26-ck-atom
  • Usuários de AMD Athlon XP podem utilizar sem receio os pacotes da série K7 : kernel26-ck-k7
  • Já os usuários de AMD Athlon/Duron não devem utilizar os pacotes da série K7 : kernel26-ck-k7 e sim os pacotes genéricos: kernel26-ck

Outra grande vantagem em utilizar o kernel-ck (fora o prometido desempenho) é que tendo um kernel extra, temos uma alternativa num desses aperreios que de vez em quando acontece.

Bem, fico por aqui, como dito o artigo é bem simples tal como é a filosofia dessa fantástica distro chamada Arch Linux.

Fiquem com DEUS e até o próximo.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução e Instalação
   2. Configuração do Grub
   3. Outros processadores
Outros artigos deste autor

ArchBang, o Arch Linux fácil!

Espelhos Mais Rápidos no Debian e Derivados

Ripando CDs de audio no Debian e derivados

Recuperação de partições deletadas com o TestDisk

Lubuntu, um Ubuntu mais Leve!

Leitura recomendada

Registrando extensões no kernel com o binfmt_misc

Compilando Kernel 2.6.34 usando Debian Lenny

Instalando kernel otimizado do Ubuntu no Asus eeepc

Linux Virtual Memory Management e lentidão ao copiar arquivos grandes para mídia lenta

Slamd64: O Slackware para 64 bits

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rootgerr em 19/04/2011 - 20:21h

Grande dica Brother ED oportunamente aplicarei-a para testar, essa mania de economia me prejudicou agora deixei uma partição de boot com 32 MB só da para o básico mesmo vou encolher a swap e aumentar a boot para poder "enfiar" os novos kerneis lá

Isso porque o hd tem 500 GB se fosse menos teria feito uma de 20 kkkkkk


Captcha : ARCHLINUX

[2] Comentário enviado por removido em 19/04/2011 - 22:23h

thanks brother rutgerr,

cuidado com essa economia lá em /boot hein! rsrsrs

* ultimamente nem tenho usado uma separada, mas quando estive testando o filesystem btrfs, usava partições /boot separadas e formatadas em ext4, costumo deixá-las com 150MB.

t+

[3] Comentário enviado por VirgulinoF em 07/07/2011 - 20:50h

Gostaria de parabenizar o colega pelo tutorial e aproveito para lembrar que é necessário ativar os módulo BFQ

[4] Comentário enviado por removido em 07/07/2011 - 22:13h

@VirgulinoF,

thanks pelo comentário!

[5] Comentário enviado por removido em 17/08/2011 - 14:53h

A quem possa interessar, a entrada referente a esse repositório no /etc/pacman.conf mudou para:

[repo-ck]
Server = http://home.comcast.net/~repo-ck/$arch">http://home.comcast.net/~repo-ck/$arch

ou use no lugar de $arch : i686 ou x86_64


Com a mudança para o kernel 3.0, abaixo seguem os novos nomes dos pacotes:

URL: http://home.comcast.net/~repo-ck/


i686.

broadcom-wl-ck
broadcom-wl-ck-atom
broadcom-wl-ck-core2
broadcom-wl-ck-k10
broadcom-wl-ck-k7
broadcom-wl-ck-k8
broadcom-wl-ck-p4
broadcom-wl-ck-pentm
linux-ck
linux-ck-atom
linux-ck-atom-headers
linux-ck-core2
linux-ck-core2-headers
linux-ck-headers
linux-ck-k10
linux-ck-k10-headers
linux-ck-k7
linux-ck-k7-headers
linux-ck-k8
linux-ck-k8-headers
linux-ck-p4
linux-ck-p4-headers
linux-ck-pentm
linux-ck-pentm-headers
nvidia-ck
nvidia-ck-atom
nvidia-ck-core2
nvidia-ck-k10
nvidia-ck-k7
nvidia-ck-k8
nvidia-ck-p4
nvidia-ck-pentm


x86_64.

broadcom-wl-ck
broadcom-wl-ck-atom
broadcom-wl-ck-core2
broadcom-wl-ck-k10
broadcom-wl-ck-k8
linux-ck
linux-ck-atom
linux-ck-atom-headers
linux-ck-core2
linux-ck-core2-headers
linux-ck-headers
linux-ck-k10
linux-ck-k10-headers
linux-ck-k8
linux-ck-k8-headers
nvidia-ck
nvidia-ck-atom
nvidia-ck-core2
nvidia-ck-k10
nvidia-ck-k8


para o meu caso, um Athlon II X4:

$ sudo pacman -S linux-ck-k8 linux-ck-k8-headers nvidia-ck

[6] Comentário enviado por removido em 14/09/2011 - 21:58h

Nova atualização do endereço do repositório CK:

Nova atualização do repositório:

[repo-ck]
Server = http://repo-ck.com/i686

ou

[repo-ck]
Server = http://repo-ck.com/x86_64

ou simplesmente:

[repo-ck]
Server = http://repo-ck.com/$arch

[7] Comentário enviado por removido em 11/12/2011 - 22:31h

Os nomes dos pacotes também mudaram,por exemplo os pacotes (linux-ck-k8 e linux-ck-k8-headers) foram substituos pelo pacotes (linux-ck-kx e linux-ck-kx-headers).


Maiores detalhes em:

https://wiki.archlinux.org/index.php/Linux-ck


E sobre a ativação do BFQ no 8º comentário desse post:

http://www.vivaolinux.com.br/topico/Redes-3G/killing-requests-for-dead-queue

[8] Comentário enviado por eldermarco em 24/12/2011 - 11:44h

Edinaldo, resolvi testar esse kernel. Instalei ele a partir do AUR em vez de usar o repositório. Só que até agora eu não percebi muita diferença em relação ao kernel original. Onde tu notou as maiores diferenças?

[9] Comentário enviado por removido em 05/02/2012 - 08:43h

Elder, meu brother perdoa-me! só hoje é que vi esse comentário, devia estar na lua com certeza ou lá em Rio das Ostras provavelmente! rsrsrs

Olha... acho mais rápido, porém, além de gostar mais dele sempre tenho um kernel extra instalado para o caso de alguma fatalidade:

http://www.vivaolinux.com.br/topico/ArchLinux/Arch-Linux-decepcionado

Um Benchmark pode ser visto através desse link:

http://repo-ck.com/bench/benchmark.pdf

[10] Comentário enviado por eldermarco em 05/02/2012 - 11:22h

rsrs. Sem problemas rapaz! Eu tive de voltar ao kernel comum. O kernel ck se apresentou instável no meu sistema com alguns problemas que estavam me incomodando. Eu instalei ele tanto pelo repo-ck quanto compilei a partir do AUR, mas aconteceu a mesma coisa nos dois. Daí deixei pra lá.

Era só curiosidade mesmo! =)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts