Kernel atualizado no Debian - Parte I

Veremos como obter um kernel atualizado para o Debian. A release será a atual Debian Stable, codinome 'Squeeze', atualmente na versão 6.0.3. O foco deste artigo são os usuários domésticos, já que em ambiente de produção, servidores, etc, é recomendável que se utilize o Kernel padrão da release.

[ Hits: 20.019 ]

Por: edps em 31/01/2012 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Introdução



O Debian Stable tem como padrão, a política de só oferecer atualizações de segurança para seus pacotes, procedimento salutar para ambiente de produção e etc; mas que vai na contramão dos interesses de usuários domésticos, esses que, acredito, são a maior parte dos usuários desta distribuição.

Para começar, é necessário dizer que após o kernel 2.6.38, ficou muito mais difícil atualizar um kernel no Debian por um simples motivo: seu GCC.

Isto porque, com o novo kernel, alguns pacotes passaram a requerer um GCC igual ao '4.5', enquanto que o GCC do Squeeze é o '4.4'.

Além do GCC, outro pacote fundamental para a instalação de um kernel mais novo no Debian Squeeze é o "linux-base 3.x", como é o caso do kernel mais atualizado do Debian Squeeze Backports.

No caso do Backports, a versão disponível é a "3.4~bpo60+1", enquanto que sua dependência é encontrada em 3 locais:
Como estamos falando de um Debian Stable, optaremos por utilizar o Debian Testing como fonte de nossas necessidades, visto que, além de mais estável que o SID, recebe atualizações de segurança.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Atualização de pacotes
   3. Reinício do Sistema
Outros artigos deste autor

ARM, utilização de snapshot de pacotes no Arch Linux

Ubuntu Control Center

sidux Hipnos XFCE

Iceweasel 4.0 no Debian Squeeze

nFluxOS, diferentes versões de Debian/Ubuntu e Slackware/Arch Linux

Leitura recomendada

Empacotamento de Kernel em Sistemas Debian-Based

Recompilando kernel 2.6 no Debian Lenny

Compilando o kernel no Conectiva Linux 10

Slackware 13 - Compilando o kernel 2.6.32rc6

Compilando Kernel no CentOS 6.0

  
Comentários
[1] Comentário enviado por levi linux em 31/01/2012 - 11:43h

Parabéns, excelente artigo, de grande utilidade e uma mão na roda para quem quer atualizar o Kernel, de fato atualizar o kernel ficou mais trabalhoso.

[2] Comentário enviado por removido em 31/01/2012 - 18:02h

@levi,

na segunda parte demonstrarei os que tive tempo para compilar e instalar, dá bastante caldo! rsrsrs

um abraço.

[3] Comentário enviado por levi linux em 31/01/2012 - 18:50h

Já estou aguardando a 2ª parte!
Abraço!

[4] Comentário enviado por removido em 31/01/2012 - 20:26h

edinaldinho, minha flor. Ce tá num surto criativo que me espanta!!!

Nota 10 procê.

;-))

[5] Comentário enviado por removido em 31/01/2012 - 21:34h

fique calminho ACV, em breve minhas contribuições cairão bastante! rsrsrs

[6] Comentário enviado por izaias em 31/01/2012 - 22:05h

O mago dos Kernels!

Se ainda tivesse com o Debian instalado, aplicaria esta atualização com sucesso.
E agora com o pacote completo: GCC.

Era isso que impedia a instalação do Liquorix.
Lembra do problema do Glauber? Pois é, o mesmo que eu tinha.

Mas agora a solução está aí.

Esse é pinguim macho!!! rsrs

[7] Comentário enviado por mcnd2 em 31/01/2012 - 22:08h

Hãn...

Não vai dizer que você está acabando com o seu estoque? Kkkkk...

O seu artigo ( http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Instalacao-do-driver-Nvidia-no-Debian-e-em-distros-derivadas ) executei no LMDE 32 bit, instalou tudo normal, instalei compiz configurei e após reiniciar o sistema ... tela preta.

Mais isso é coisa pra outra hora.

No aguardo da 2ª parte, rsrsrs... abraço.

[8] Comentário enviado por removido em 31/01/2012 - 22:31h

meninos, meu conhecimento para começar não é tão vasto quanto o de alguns colegas daqui.

esse ano provavelmente volto aos bancos escolares, o bom disso é que além de escapar das viagens a trabalho volto a estudar e na área que gostaria de trabalhar mas nunca tive oportunidade: a de TI

[9] Comentário enviado por levi linux em 31/01/2012 - 22:42h

Que bom! Trabalhar e estudar na área que gosta é ótimo.

[10] Comentário enviado por izaias em 01/02/2012 - 12:24h

Como já esperávamos: http://va.mu/TfP1

Mas quem aguenta esperar tanto? rsrs

[11] Comentário enviado por removido em 01/02/2012 - 14:53h

Grande edps, show de bola cara !

[12] Comentário enviado por agmartins.adm em 05/02/2012 - 11:23h

Ótimo!
Muito bom saber disso...

Só uma coisinha..

Deu zica.. :-(

Quando mandei instalar o gcc (apt-get install build-essential cpp gcc gcc-4.5 gcc-4.6 g++ flex bison make module-assistant module-init-tools dkms os-prober initramfs-tools firmware-linux firmware-linux-free firmware-linux-nonfree), deu erro nos pacotes:


Alguns pacotes não puderam ser instalados. Isto pode significar que
você solicitou uma situação impossível ou, se você está usando a
distribuição instável, que alguns pacotes requeridos não foram
criados ainda ou foram retirados da "Incoming".
A informação a seguir pode ajudar a resolver a situação:

Os pacotes a seguir têm dependências desencontradas:
initscripts : Quebra: console-setup (< 1.74) mas 1.68+squeeze2 está para ser instalado
Quebra: nfs-common (< 1:1.2.5-3) mas 1:1.2.2-4squeeze2 está para ser instalado
libgnome-keyring0 : Quebra: gnome-keyring (< 3.0) mas 2.30.3-5 está para ser instalado
network-manager : Recomenda: crda mas não será instalado
Quebra: network-manager-gnome (< 0.9) mas 0.8.1-2 está para ser instalado
E: Pacotes quebrados


Já alterei as entradas do source.list para as três opções, mas nenhuma funcionou. O mesmo erro.

Alguma sugestão?

Valeu!

Um abraço!

[13] Comentário enviado por removido em 05/02/2012 - 12:21h

@agmartins.adm,

obrigado pelo comentário brother;

sobre a sugestão, sugiro que abra um post no fórum, no qual contenha seu sources.list e o log da atualização de pacotes e dessa instalação proposta.

ou me mande um email privado que realizo os testes para você, já que pretendo reinstalar meu sistema, mas ainda estou com o mesmo sistema instalado da época dos artigos.

# cat /etc/apt/apt.conf
# cat /etc/apt/preferences
# cat /etc/apt/sources.list
# ls /etc/apt/apt.conf.d/
# ls /etc/apt/sources.list.d/
# apt-get update
# apt-get install build-essential cpp gcc gcc-4.5 gcc-4.6 g++ flex bison make module-assistant module-init-tools dkms os-prober initramfs-tools firmware-linux firmware-linux-free firmware-linux-nonfree

outra opção seria usar:

# apt-get update
# apt-get -t testing install build-essential cpp gcc gcc-4.5 gcc-4.6 g++ flex bison make module-assistant module-init-tools dkms os-prober initramfs-tools firmware-linux firmware-linux-free firmware-linux-nonfree

um abraço.

[14] Comentário enviado por pepslegal em 07/02/2012 - 10:24h

Na primeira parte vc escreveu:

"Obs. 1: No passo acima, a atualização do sistema (dist-upgrade) foi realizada com os repositórios do Debian Testing desabilitados! "

E como eu sou leigo no assunto ;), pergunto:
Como se faz isso exatamente?
e onde eu vejo a versao do kernel do meu Debian ?? pra saber se posso fazer isso.

No mais , ta muito bem explicado e bem feito essa materia . parabens.

[15] Comentário enviado por removido em 07/02/2012 - 18:43h

@pepslegal,

as entradas do Debian Testing desabilitadas (ou ainda não adicionadas) seriam essas:

deb http://ftp.debian.org/debian/ wheezy main contrib non-free
deb http://security.debian.org/ wheezy/updates main contrib non-free

Somente após um dist-upgrade completo com o sources.list do Squeeze é que adicionamos as entradas acima.

Para adicioná-las use o editor de sua preferência, gedit, nano, vim, etc:

$ sudo nano /etc/apt/sources.list
$ sudo gedit /etc/apt/sources.list

#

A versão de seu kernel pode ser vista com o seguinte comando:

$ uname -r # exemplo:

3.2.0-2.dmz.1-liquorix-686

E os detalhes do Debian de forma geral pode ser visto assim:

$ lsb_release -a # exemplo:

No LSB modules are available.
Distributor ID: Debian
Description: Debian GNU/Linux 6.0.4 (squeeze)
Release: 6.0.4
Codename: squeeze

Ou resumidamente assim:

$ cat /etc/issue
$ cat /etc/debian_version # exemplo:

6.0.4
Debian GNU/Linux 6.0 \n \l


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts