ARM, utilização de snapshot de pacotes no Arch Linux

Nesse pequeno artigo demonstrarei como utilizar snapshots de pacotes no Arch Linux utilizando o serviço ARM (Arch RollBack Machine).

[ Hits: 10.095 ]

Por: edps em 23/11/2011 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Introdução e utilização



O ARM, também conhecido como Arch RollBack Machine, é um serviço disponível para o Arch Linux que oferece snapshots da árvore de pacotes do Arch.

Já citei o ARM em meu pacman.conf, publicado aqui e em meu blog, fora isso já havia publicado um artigo a esse respeito em meu antigo blog no wordpress, mas ao removê-lo infelizmente não lembro onde salvei o texto.

Problemas a parte, utilizar este repositório é muito simples, digamos que não queremos que nosso Arch receba atualizações com essa frequência louca, basta adicionarmos as linhas abaixo acima dos repos (core, extra e community).

# Arch RollBack Machine.

#[core]
#Server=http://arm.konnichi.com/2011/11/13/core/os/i686

#[extra]
#Server=http://arm.konnichi.com/2011/11/13/extra/os/i686

#[community]
#Server=http://arm.konnichi.com/2011/11/13/community/os/i686

[core]
Server=http://arm.konnichi.com/2011/10/16/core/os/i686

[extra]
Server=http://arm.konnichi.com/2011/10/16/extra/os/i686

[community]
Server=http://arm.konnichi.com/2011/10/16/community/os/i686

No exemplo acima o snapshot utilizado foi o de 16 Out 2011, porque ao resolver atualizar a distro em 13 Nov 2011 notei que quase 1GB de dados teriam que ser baixados para um upgrade completo, ou seja, muita coisa para tão pouco tempo, com isso resolvi continuar com o de 16 Out 2011, porém, apto a atualizar os pacotes dos outros repos, como pode ser visto nas imagens abaixo:

pacman.conf com o snapshot de 13 Nov 2011 habilitado em substituição ao anterior: O tradicional:

sudo pacman -Syu O susto que levei: Resolvo editar novamente meu pacman.conf, comentando as linhas do snapshot (13 Nov) e habilitando o anterior (16 Out) e novamente se faz necessário:

sudo pacman -Syu Com isso os pacotes do meu Arch permanecem no mesmo estado que os pacotes do ARM em 16 Out, porém nota-se atualizações para os pacotes dos outros repositórios, apenas 67MB: Com isso chegamos a conclusão que a desculpa pífia dada por alguns de que não dá para usar Arch Linux com internet lenta é papo-furado! Escolha um snapshot, atualize seu sistema por completo e repita o passo quando quiser.

Lógico que isso foge à regra da distro, por ela ser rolling-release, bleeding-edge, blah, blah, blah.

Mas chamo a atenção para outros fatos, porque além da economia no download de pacotes, devemos pensar também na questão da estabilidade, digamos que um pacote tal apresente uns fricotes na versão mais atual, a solução: escolha um snapshot anterior instale-o, depois adicione-o na opção IgnorePkg do pacman.conf até que o problema seja solucionado, isso se adicionado o snapshot e comentado em seguida.

Lembrando que os snapshots devem ser colocados acima dos tradicionais (core, extra e community) porque o pacman trata os repositórios de forma sequencial, ou seja, de cima para baixo. Se o pacote que você quer instalar estiver no primeiro repo listado ele o instalará (caso não haja problemas de dependências é claro), da mesma forma se o pacote deste primeiro repo for anterior ao do último repo, o pacote do primeiro repo será instalado, maisiores detalhes sobre este parágrafo podem ser visto aqui:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução e utilização
   2. Atualizações anteriores
Outros artigos deste autor

obshutdown, Shutdown Menu para OpenBox

LMDE Xfce - Instalação, configuração e extras

PacmanXG, excelente frontend para o Pacman

O .bashrc de meu Debian

Arno Iptables Firewall (poderoso e simples)

Leitura recomendada

Configurando o Apache para reconhecer arquivos DWG

Umask para leigos

Instalação e configuração do Apache 2 no Debian 9.3

Regras de ouro ao instalar o Linux em empresas

Monte seu ambiente de desenvolvimento em 3 horas com Ubuntu

  
Comentários
[1] Comentário enviado por sberlotto em 23/11/2011 - 18:22h

Ótimas informações edps !
Vlw pelo post ai..

[2] Comentário enviado por niquelnausea em 23/11/2011 - 19:16h

dica mais que boa! quem usa o arch esta acostumado a encontrar vários mb de atualizações, com isso da para "arredondar" o sistema e atualizar somente quando achar necessário.

[3] Comentário enviado por removido em 23/11/2011 - 20:56h

Obrigado pelos comentários @sberlotto e @niquelnausea

[4] Comentário enviado por shakur em 24/11/2011 - 01:20h

kra eu atualizei meu arch e deu pau na rede sem fio
se tivesse visto isso antes kkkkkkkkk
mais agora ja arrumaram,aconteceu problema parecido com o xbmc ai lançaram outra atualizaçao e voltou a funfar
de qualquer forma muito bom a dica

[5] Comentário enviado por removido em 24/11/2011 - 20:17h

@shakur,

sabendo qual é pacote bixado e SE você tiver uma versão anterior em cache bastaria instalá-la, realizando no caso um downgrade do pacote:

$ sudo pacman -U /var/cache/pacman/pkg/nome-do.pacote.pkg.tar.xz

dê uma lida na página do ARM, para você ter uma idéia de como é fácil resolver problemas no Arch.

https://wiki.archlinux.org/index.php/Downgrading_Packages


Comigo aconteceu uma vez e resolveu ao realizar o downgrade do kernel do Arch ou então quando atualizei-o para a versão do testing:

http://www.vivaolinux.com.br/topico/ArchLinux/Arch-Linux-decepcionado

[6] Comentário enviado por removido em 24/11/2011 - 21:10h

Esqueci de dizer que na própria página do ARM dá para realizarmos pesquisas por pacotes, assim digamos que o kernel mais atual do Arch estivesse com problemas, no link o sistema de busca me retorna 10 kernels da série 3.x disponíveis:

http://migre.me/6eFTc

e da série 2.6 = 49!

http://migre.me/6eFYN

a página de pesquisa é essa:

http://arm.konnichi.com/search/


[7] Comentário enviado por shakur em 24/11/2011 - 23:21h

oh amigo vlw
realmente a dica e muito valiosa
pois ja tive problema duas vezes
mais a equipe do arch resolve os bugs rapidamente parece
bom eh isso mais a dica e muito boa

[8] Comentário enviado por removido em 26/11/2011 - 17:23h

Hoje realizei uma nova instalação utilizando os pacotes de 16 Out e com o desktop já pronto troquei a data do snapshot pela de hoje, atualizando o sistema por completo.

Para a personalização do sistema utilizei scripts, os quais citei na dica em meu blog:

http://gnu2all.blogspot.com/2011/11/arch-linux-personalizado.html


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts