Windows XP virtualizado dentro do Linux com VMWare Converter

Como utilizar o Windows XP dentro do Linux a partir da virtualização de uma estação existente.

[ Hits: 80.521 ]

Por: Gerson Luiz Melo Silveira em 26/09/2007


Dicas, vantagens e desvantagens do uso do VMWare no Linux



Algumas dicas que julgo interessantes observar são as seguintes:

1) O diretório ou pasta onde está salvo o pacote Windows virtualizado deve estar montado e visível para o Linux e com opção de escrita. No entanto, é mais eficiente copiar todo o pacote para dentro de um diretório no sistema de arquivos Linux, podendo se algo como /home/seu_nome/vmware/winxp por razões de velocidade e segurança.

2) Após usar e testar sua estação virtual, libere o espaço utilizado anteriormente pelo pacote no sistema NTFS e compartilhe as demais pastas no sistema original e na estação virtual caso haja necessidade de copiar mais arquivos. Desta forma você poderá copiar ou atualizar quaisquer pastas que eventualmente faltaram ou copiar arquivos que não foram incluídos na virtualização inicial por razões de pouco espaço em disco ou economia de tempo. A conversão de um disco de 50GB de arquivos e programas por exemplo não leva mais que 45 minutos, mas isto depende muito das configurações da sua estação, memória, velocidade do disco, etc.

Algumas vantagens bem significativas no uso do Linux como host e do Windows XP como guest:

1) A primeira e mais evidente é a possibilidade de usar simultaneamente 2 sistemas operacionais, compartilhando numa mesma estação todo o poder de ambos.

2) A conversão permite gerar de forma rápida e segura uma cópia exata do sistema XP e em poucos minutos passar a usá-la sob o Windows XP. Podem ser reutilizadas inúmeras vezes que precisar, sem ter que fazer a instalação do zero por exemplo, toda vez que precisar repetir um processo de teste ou porque simplesmente deseja desprezar as últimas alterações feitas. Basta voltar a cópia virtual feita e começar dar um 'play' nela novamente.

3) Como a estação virtual (guest) roda sob o Linux, não há necessidade de instalar muitos softwares de proteção no Windows, ou mesmo de firewall, antivírus, etc. Mas isto é outro assunto que deixo a cargo dos especialistas em redes.

4) O sistema original pode ser mantido indefinidamente enquanto se certifica que a virtualização foi adequada ou que seu uso é adequado. Ou seja, não deu certo, volta a cópia anterior, instala o que faltou ou copia do sistema original.

5) Com dois sistemas rodando simultaneamente é possível compartilhar informações como se estivesse com dois computadores físicos conectados em rede, economizando recursos.

6) Permite a instalação de pequenos servidores, como servidores de impressoras, onde se escravizava um micro por exemplo para servir de servidor ou mesmo simulações em paralelo em dois sistemas.

7) Permite que mais de um usuário utilize a estação virtual (precisa do programa vmware server).

8) Permite compilar e testar aplicações nos dois ambientes sem necessidade de reiniciar o computador nem de se logar em um computador diferente.

9) Por permitir o uso de um computador como sendo dois, economiza energia, espaço, gerando mais conforto e produtividade, tirando proveito dos processadores atuais que muitas vezes trabalham ociosos.

10) O Windows da estação virtual pode ficar sempre 'ligado', bastando salvar a execução. Assim toda vez que for usar, não precisa reiniciar o computador, salvando tempo e energia.

11) Uma estação pode ser virtualizada, o pacote copiado para outro computador e e ser rodado do mesmo da mesma maneira que era executado anteriormente. Apenas tenha cuidado com as licenças, pois neste caso o Windows precisará ser reativado, mas é uma ótima forma de fazer um backup de uma estação por exemplo.

12) Por último, é uma forma segura de passar para o Linux de forma gradativa, sem perder nada do que tem no Windows. Você pode ir usando no Linux as aplicações que podem ser rodadas no Linux e rodar no Windows aquelas que não tem como migrar, obtendo o melhor dos dois.

Algumas desvantagens:

1) Necessita de uma estação com um processador adequado.

2) Jogos e aplicações gráficas que demandam maior processamento não tem o mesmo rendimento.

3) A resolução máxima do guest fica limitada à resolução do host.

4) A troca de uma estação para outra precisa ser redimensionada.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Usando o Windows XP dentro de uma estação virtual no Linux
   2. Dicas, vantagens e desvantagens do uso do VMWare no Linux
   3. Conclusão
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

MenuetOS - O extraordinário mini-sistema operacional

Falta de padronização no Linux

MPlayer - The Movie Player

Instalação do XFCE 4.2 no Debian

Editor de textos / IDE Geany

  
Comentários
[1] Comentário enviado por lipecys em 26/09/2007 - 08:41h

Cara, já tinha ouvido falar nesse programa aí, porém nunca o tinha baixado............
Vou testar ele.
Muito bom Gerson, Valew.

[2] Comentário enviado por borisam em 26/09/2007 - 16:49h

Dica interessante, tenho este problema tanto em casa quanto na empresa e acabo fazendo uso do dual boot (pelo menos até finalizar minha migração completa para o Linux).

Vou fazer alguns testes.

Valeu pela dica.

[3] Comentário enviado por gersonsilveira em 26/09/2007 - 17:26h

Algumas considerações extras:

1) Seu XP deverá funcionar sem nenhuma configuração adicional no
Linux. O conversor faz tudo para você porém existem alguns problemas
com os drivers proprietários é claro. Se eles não funcionam no Linux
igualmente não funcionarão no XP. Exemplo: câmeras e modens antigos.

2) O desempenho será menor pois você estará emulando um sistema
operacional dentro do outro. Procure instalar as ferramentas do vmware
(vmware tools) que melhoram bastante a performance mas ainda assim
continua sendo um sistema emulado. Jogos e aplicações gráficas pesadas
são as mais afetadas.Outras aplicações como internet, office e banco
de dados não sofrem tanto.

3) Precisa ter espaço em disco suficiente para fazer a conversão. A
conta seria um espaço livre igual ao espaço do XP que está sendo
convertido.
Se não tiver espaço suficiente, sugiro converter só o que precisa
rodar simultaneamente no Linux + XP ou então instalar uma nova estação
virtual do XP utilizando o espaço disponível e mover somente as
aplicações que forem necessárias. Assim poderá manter o dual boot e ao
mesmo tempo ter linux + xp rodando simultaneamente.

Ambiente que uso: Ubuntu 7.04 + vmware server + Windows XP professional.

Abraços,

Gerson

[4] Comentário enviado por Yrrak em 27/09/2007 - 10:49h

Este aplicativo funciona em outras versões do Windows (win 98)?

[5] Comentário enviado por gersonsilveira em 27/09/2007 - 10:58h

Funciona apenas com as seguintes versões segundo o fabricante :
* Windows XP Professional
* Windows 2003 Server
* Windows 2000 Professional
* Windows 2000 Server
* Windows NT SP4+ (IE5 or higher required)

Informações completas em: http://www.vmware.com/support/converter/doc/releasenotes_conv301.html

[6] Comentário enviado por cguerra em 27/09/2007 - 16:11h

rapaz, não sabia que o VMWare era free, ou tinha alguma coisa free, tava tentando baixar no rapdshare...

quando eu chegar em casa vou testar no slackware 12 p/ vê como fica, o artigo ficou muito bom!

abraços...

[7] Comentário enviado por Yrrak em 27/09/2007 - 16:47h

Obrigado!

[8] Comentário enviado por garibara em 27/09/2007 - 17:09h

Ótimo artigo. Já tinha pensado em fazer algo assim mas não conhecia o caminho das pedras. Agora que veio a dica, vieram as dúvidas. Uso Debian (estável). Tentei baixar instalar o vmware player pelo apt mas o programa não foi encontrado. Como posso fazer isso ? Sou meio bobinho em Linux mas já aderi totalmente. Só vou ao XP quando preciso fazer alguma coisa que ainda não sei fazer por aqui, mas preciso dar o boot e iniciar o outro sistema.
Muito obrigado.

[9] Comentário enviado por Cleony Carlos em 06/08/2009 - 17:04h

Tenho o Linux Ubunto, será que eu consigo algum programa pra virtualizar uma unidade pra instalar o xp ?

[10] Comentário enviado por gms81 em 10/08/2009 - 12:13h

Existem sim outros aplicativos tão bons quanto o vmware,
para Desktop claro!
É o caso do Virtualbox hoje da empresa SUN. Esta muito BOM!
eu uso em casa num Ubuntu 9.04 com um windows XP, já que trabalho
necessito de SO diferentes!
O caso do vmware estou virtualizando uma maquina fisica para ser usada
em um MAC OS X quando terminar deixo aqui como ficou!

Abraços..



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts