Utilizando ferramentas de virtualização para testar distros

Hoje é muito comum as pessoas utilizarem live CD para testar novas distros, porém com o live CD você perde todas as suas configurações ao reiniciar a máquina. Então para melhor testar o Linux com aplicativos de sua necessidade, não seria melhor instalar ele no seu PC sem mudar sua distro atual?

[ Hits: 9.931 ]

Por: William Maggi Pardalz em 16/06/2012 | Blog: http://www.pardalz.xpg.com.br


Introdução



Bom, neste artigo explicarei como instalar um sistema operacional dentro de uma distro Linux, por exemplo, instalar o Debian Lenny dentro do Ubuntu, mas você pode instalar Windows, Slack, Xubuntu, Biglinux etc. Você escolhe o que quer instalar, desde que tenha ou um CD da distro ou um arquivo de imagem ISO.

Introdução à virtualização

Processo que, através do compartilhamento de hardware, permite a execução de vários sistemas operacionais em uma única máquina, seja ela um servidor ou um desktop. Cada máquina virtual criada neste processo é um ambiente operacional completo, seguro e totalmente isolado, como se fosse um computador independente. Num ambiente virtualizado, um único servidor pode armazenar diversos sistemas operacionais. Isto permite que um data center opere com muito mais agilidade e com um custo mais baixo. (Wikipedia)

Instalação do programa

Utilizaremos o VirtualBox, uma excelente ferramenta de virtualização, pois eu a testei e comprovei que ela é boa mesmo.

No meu caso eu uso Ubuntu, portanto para instalar no Ubuntu tenho de utilizar o comando "sudo" para instalar, qualquer aplicativo.

sudo aptitude update
$ sudo aptitude install vboxgtk


Com esses simples comandos o VirtualBox será instalado. No meu caso a interface gráfica é o Gnome, portanto o VirtualBox foi instalado em:

Aplicativos / Acessórios / VirtualBox OSE

Essa versão é a 2.1.4, no site do desenvolvedor já tem a 3.0.4, quem preferir fazer o download da versão mais nova pode fazer, porém o artigo visa a utilização do 2.1.4.

Criando e configurando a VM

Criando a máquina virtual.

Vamos abrir o VirtualBox e clicar em "Novo".

Clique em “Próximo” e irá surgir a tela onde você define o nome da MV e que tipo de sistema irá instalar. Vou instalar o Debian Lenny na minha.

Clique em "Próximo" e aparecerá a tela da escolha da quantidade de memória da MV. No meu caso 256MB está ótimo, CUIDADO ao escolher a quantidade, pois pode deixar seu computador mais lento na medida em que você aumenta. Clique em "Próximo".

Esta é a tela em que você cria seu disco virtal.

Marque "Disco Rígido de Boot Primário" e clique em "Novo". Surgirá a tela de criação de disco, clique em "Próximo". Agora você terá 2 opções:
  • O armazenamento dinamicamente expansível ocupa inicialmente um espaço bem pequeno no seu disco rígido físico e irá crescer dinamicamente (até o tamanho especificado) à medida em que o sistema operacional convidado exigir mais espaço;
  • O armazenamento de tamanho fixo não cresce. Ele é armazenado em um arquivo com o tamanho definido para o disco rígido virtual. A criação de um armazenamento de tamanho fixo pode demorar bastante tempo, dependendo do tamanho escolhido e da velocidade de seu disco rígido físico.

Eu prefiro o tamanho fixo, mas você pode escolher o que mais lhe agradar e clicar em "Próximo". Na "localização", deixe o nome que está e escolha o tamanho do HD virtual, vou deixar o meu com 2GB apenas, você pode colocar o tamanho que lhe agradar e clicar em "Próximo" e na próxima tela "Finalizar".

Você voltará para a tela de escolha do disco virtual, basta escolher o disco que você criou e clicar em "Próximo" de novo e "Finalizar".

Pronto, sua máquina virtual já foi criada. Vamos ao próximo passo, que é configurar.

Configurando a máquina virtual

Para configurar a VM, basta clicar em cima do nome dela e clicar em "Configurações" na tela do VirtualBox. Nesta tela serão exibidas todas as configurações possíveis para sua VM, aqui você pode habilitar aceleração 3D, aumentar o tamanho da memoria de vídeo (padrão é 12MB) etc.

Depois que você configurou a aba geral do jeito que lhe agrada, vá ate a opção "CD/DVD-ROM" que fica à esquerda do painel de configuração que você está.

Então será exibida as opções de utilização do drive de CD do seu computador, ou se você quer utilizar uma imagem de CD.

Como vou utilizar a imagem do Debian que eu baixei, vou clicar em "Arquivo de Imagem ISO" e no desenho de uma pastinha que fica logo na frente da opção.

Irá abrir outra tela, onde vou clicar em "Acrescentar", selecionarei a imagem do Debian que está salva no meu computador e clicarei em "Selecionar". Isso nos voltará para o painel de configurações.

Agora se você preferir habilitar som, disquete etc. É só ir clicando e habilitando.

Feitas todas as alterações desejadas, é só clicar em Ok, onde voltará para a tela principal do VirtualBox, sua VM está criada e configurada, basta clicar em "Iniciar" para que ela comece a rodar.

Depois de instalado minha VM ficou assim:
Linux: Utilizando ferramentas de virtualização para testar distros.
Espero que tenha sido útil.

[ ]'s

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Endereço fixo para o seu IP dinâmico

Criando uma rede virtual com servidor de internet e estações utilizando VirtualBox

Instalando Linux dentro do Windows

Leitura recomendada

Servidor Messenger Openfire passo-a-passo no Linux

CUIDADO com o comando "dd", embora muito útil ele pode ser perigoso

Usando o NIS/NFS como ferramentas de centralização de controle de rede

Terminais leves: Analisando as tecnologias XDMCP, NXSEVER E LTSP

Menu de Aplicativos do Window Maker

  
Comentários
[1] Comentário enviado por roberto_espreto em 15/08/2009 - 03:46h

Boaa...
Bom tutorial!
Abs.

[2] Comentário enviado por luizvieira em 15/08/2009 - 08:11h

Infelizmente está deveras incompleto o artigo. Poderia ter ido mais adiante e aprofundar-se mais. Essa semana mesmo saiu um artigo aqui no VOL sobre o mesmo assunto e bem mais abrangente.
Pode melhorar!
Por que não escreve um abordando a criação de lab's e redes virtuais para testes?
[ ]'s

[3] Comentário enviado por rodrigo8819 em 15/08/2009 - 10:15h

Ótimo para quem quer agilidade!

O virtualBox é uma ótima ferramenta que proporciona milhões de possibilidades.

Existe um artigo sobre ele aqui que aborda mais detalhadamente o assunto.
http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Virtualizacao-Montando-uma-rede-virtual-para-testes-e-estudos-de...

Parabéns!

[4] Comentário enviado por leojandre em 16/08/2009 - 11:31h

Pardalz,
O artigo é um bom começo, mas precisa ser estendido. Alguns assuntos que precisam ser aprofundados:
1 - Configurar pastas compartilhadas
2 - Compartilhar dispositivos USB
3 - Configurar rede e internet no sistema visitante

Tb estou usando a maquina virtual e tenho tentado resolver esses casos, vou acompanhar seu artigo para ver como vc tb vai se sair, boa Sorte!

[5] Comentário enviado por pardalz em 16/08/2009 - 11:34h

leojander, sim sim kra, ja estou vendo sobre isso ^^
logo estarei escrevendo o artigo!

[6] Comentário enviado por Lisandro em 17/08/2009 - 07:23h

Me parece mais uma dica que um artigo, mas de qualquer forma o assunto é muito pertinente. Eu costumo usar o vbox pra testar distros, embora algumas não se prestem a tal por não suportarem captura de mouse e teclado ou por outros probleminhas.

[7] Comentário enviado por manoserpa em 17/08/2009 - 11:34h

Ótimo artigo pra quem nunca instalou a ferramenta e está tendo dificuldades, mas quem correr atrás vai saber que existem vários outros recursos.

Parabéns!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts