Utilizando GNU/Autotools em Projetos

Na elaboração de projetos de software utilizamos várias formas de padronizar a compilação e instalação. Neste artigo vou explicar como montar facilmente um autoconfigurador para sistemas GNU/Linux, onde podemos fazer a checagem das dependências necessárias para compilar nosso projeto.

[ Hits: 5.956 ]

Por: Alcione Ferreira em 26/10/2015 | Blog: http://www.alcionesytes.net


Estrutura padrão



Primeiramente vamos entender a estrutura básica do padrão GNU/Autotools:
  • raiz
  • src
  • Makefile.am
  • AUTHORS
  • ChangeLog
  • COPYING
  • configure.ac
  • INSTALL
  • Makefile.am
  • NEWS
  • README
  • CREDITS

Os arquivos AUTHORS, ChangeLog, NEWS e README devem ser criados mesmo que vazios, ou com as seguintes informações:
  • AUTHORS - nomes dos autores do projeto.
  • ChangeLog - log de alteração do projeto, desde o seu início.
  • NEWS - novidades de uma versão para outra.
  • README - informações necessárias para a utilização do sistema ou instalação.

Os arquivos COPYING e INSTALL são gerados na primeira execução da geração do configurador, e contêm as seguintes informações:
  • COPYING - licença de utilização, no caso é uma cópia da GPL v3.
  • INSTALL - instruções de configuração, compilação e instalação segundo o padrão GNU.

Os arquivos Makefile.am e configure.ac são os necessários para gerar o arquivo script configure que irá checar as dependências e gerar automaticamente o Makefile com o padrão de compilação e instalação do seu projeto.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Estrutura padrão
   2. Arquivos configure.ac e Makefile.am
   3. Arquivos src/Makefile.am e src/main.cpp
   4. Gerando script "configure"
   5. Compilando com o "make"
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

GIMP 2.0: Tutoriais rápidos

LinuxKidX

Canivete Suíco VRlivrestúdio

Instalando o DB Designer

Instalando o Emerald no Ubuntu 11.10

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jaysponsored em 26/10/2015 - 09:44h

Parabéns pelo artigo! Muito bom!

[2] Comentário enviado por ksombrah em 27/10/2015 - 09:23h


[1] Comentário enviado por jaysponsored em 26/10/2015 - 09:44h

Parabéns pelo artigo! Muito bom!


Obrigado! O próximo será na mesma linha, mas voltado para bibliotecas


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts