Usando direcionadores de fluxo

Direcionadores, como o próprio nome já diz, direcionam alguma coisa para um lugar. Tem grande utilidade porque facilitam a vida de qualquer usuário trazendo eficácia e rapidez na busca por um resultado. O Linux trata o direcionamento de fluxo de forma muito eficaz, confira!

[ Hits: 25.488 ]

Por: Diogo Menezes em 14/02/2005 | Blog: http://www.diogomenezes.com


Direcionadores > e >>



O direcionador >


Esse direcionador apenas envia a saída de um programa, arquivo, dispositivo para algum arquivo ou dispositivo. Quando é usado com arquivos, ele cria ou substitui o conteúdo do arquivo.

Como exemplo, faremos um log de um diretório qualquer com o comando ls.

Se apenas fôssemos no shell e digitássemos:

$ ls /

A saída seria o conteúdo do diretório / pelo monitor, que é o dispositivo padrão de saída. Entretanto, se fôssemos no shell e digitássemos:

$ ls / > ls.txt

Seria criado no diretório que você estiver um arquivo com o nome de ls.txt com todo o conteúdo da saída do comando 'ls /'.

Outro exemplo legal e muito útil é se, por exemplo, quiséssemos criar um arquivo de texto que contivesse todos os nomes e localizações de arquivos com uma certa extensão.

$ locate *.html > html.txt

O comando localizará todos os arquivos com a extensão .html em seu computador e fará uma lista com suas localizações no arquivo html.txt.

O direcionador >>


Faz exatamente a mesma coisa do direcionador >, só que não apaga o conteúdo do arquivo, caso ele já exista, apenas adiciona o resultado na saída do arquivo.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Direcionadores > e >>
   3. Direcionadores < e |
   4. Usando o ;
Outros artigos deste autor

Criando e fechando portas no seu Linux

Linux, porque não?

Agendando tarefas com o crontab

Configurando o Velox no seu Linux

Mplayer - Instalação e utilização

Leitura recomendada

Resumo LPI 102: Tópico 108 - Serviços Essenciais do Sistema

Shell script: *, [], {}, ????, como utilizá-los?

Sistema lento? Encontrando a causa do problema

Emmi Linux - Uma Revisão, Primeiras Impressões e Testes

GoblinX: Mais um filho do Slackware

  
Comentários
[1] Comentário enviado por morvan em 14/02/2005 - 11:59h

Parabéns pelo artigo.
Eu, particularmente, não gosto da nomenclatura "Direcionadores". Chamo-os de "Canalizadores", donde advém, em inglês, o conceito de "Pipe".
Abraços.

[2] Comentário enviado por removido em 15/02/2005 - 11:58h

Bom, o artigo...
Mas faltou falar do "2>" que redireciona a saída de erros padrão...
É útil em programas como o dialog, por exemplo, que escrevem dados lá...
Ou, simplesmente para não aparecer os erros para o usuário... ;)
Falou,
EJ

[3] Comentário enviado por vvvdracula em 09/02/2007 - 05:20h

Contribuiu muito, pois tem uma explicação bastante simples
valeu ;)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts