"Usando" 2 Slackwares instalados no mesmo HD - O problema: vmlinuz

Bem, se você tem curiosidade de experimentar uma nova versão do Slackware e não tem certeza se vai dar tudo certo (sem apagar a sua distro instalada), a situação que aqui descrevo pode acontecer com você. Irei me restringir apenas a explicar como fazer com que o sistema encontre o vmlinuz de cada partição, em particular, das partições dos 2 Slacks instalados.

[ Hits: 19.401 ]

Por: lindberg em 05/07/2006


Introdução



Sou do tipo "cara acomodado", que não gosta de estar atualizando tudo e todos que aparecem pela frente. Logo, sempre me conformei com a versão 9.1 do Slackware. Daí vinha instalando tudo o que eu precisava e fazendo com que tudo funcionasse nele, sem pensar em atualizações.

Isso é um erro, pois muitas das atualizações resolvem os problemas que tento resolver fazendo pesquisas na net, instalando paths e resolvendo pendências. Eu até estava tentando atualmente resolver o problema com a máquina Java, que não vem instalada por padrão no Slack 9.x.

Daí, estava usando o Kurumin 3.2 pra acessar o site do BB, por exemplo, que pede máquina virtual instalada. Mas isso não é grande pendência, pois o Microsoft também não traz. :/

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O problema
   3. Resolvendo o problema
   4. Conclusões e pretensões
Outros artigos deste autor

Instalando e Configurando o Modem HSP56 MicroModem no RedHat 9.0

Configurando Placa Wireless Broadcom BCM43142 no SlackWare 14.2

Metodologia LFS - Contruindo seu Linux do zero

Atualizando sua versão Slackware - upgrade de pacotes

Empacotando e Instalando a versão 7.0 (alfa) do LibreOffice no SlackWare Current

Leitura recomendada

Fedora Core 1 :: Starter Kit

Blackbox total - Instalado, configurado e personalizado

Organizando usuários e senhas do Proftpd

Moodle no Debian

Instalação automatizada de servidores com kickstart

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 05/07/2006 - 19:10h

um... achei que fez muito barulho pra poca coisa, mais ta valendo, muito bom

[2] Comentário enviado por rapatao em 05/07/2006 - 22:24h

mais uma vez usamos o talento pra resolver ações simples :D
poderia ter criado uma partição /boot comum para os dois sistemas, assim os vmlinuz ficariam no mesmo lugar e não geraria esse problema!
Apesar que muito pouca gente faz isso e essa sua solução vem bem a calhar em muitos casos ehhehe

[]'s

[3] Comentário enviado por jllitvay em 06/07/2006 - 07:21h

Uma solução que encontrei para esses casos do lilo, é na instalação do slackware, quando chegar na etapa de configurar o lilo,
use o modo expert e não o modo simples.
Assim voce pode definir muitos detalhes, como as partições de boot, windows, partições onde o lilo deve ser gravado, outras instalações linux...

[4] Comentário enviado por davidsonpaulo em 06/07/2006 - 09:53h

Salve Lindberg!

Veja: no seu lilo.conf, você colocou assim:

boot="/dev/hda"
lba32
prompt
timeout="30"
root=/dev/hda5
vga="791"

O problema é a opção "root=/dev/hda5", inserida no local das configurações globais. Bastava você ter comentado essa linha, pois já existe um "root=/dev/hdxx" para cada imagem do kernel. O link simbólico é, portanto, desnecessário. Renomear os kernels é necessário.

Procedimento 50% correto. Mas se funciona, tá valendo.

Abraços

[5] Comentário enviado por removido em 06/07/2006 - 11:00h

[editado]
Parece que eu e o davidsonpaulo escrevemos na mesma hora, eu perguntando e ele respondendo.

Caras, não entendo muito o LILO, mas eu queria saber sobre as opções globais desse exemplo:

boot="/dev/hda"
lba32
prompt
timeout="30"
root=/dev/hda5
vga="791"

Qual a função do comando root nessas opções globais? Eu procurei na Internet e só achei que "é opcional e se não for mencionada será usada uma configuração padrão".
Será que essa linha é que estava fazendo o lilo carregar o vmlinuz que está dentro dessa partição indicada pelo parâmetro root?

[6] Comentário enviado por davidsonpaulo em 06/07/2006 - 11:24h

A opção root serve para especificar em qual partição a imagem do kernel será encontrada. Se ela for colocada na seção de configurações globais, o LiLo vai procurar a imagem do kernel sempre na partição referida. É por isso que, no caso do Lindberg, a imagem da partição /dev/hda6 não estava sendo encontrada, porque ele estava procurando no /dev/hda5.

A opção root deve ser inserida na seção específica de cada imagem:

image=/boot/vmlinuz10
root=/dev/hda5
label=Slackware-10.2
read-only

É isso. Abraços

[7] Comentário enviado por removido em 06/07/2006 - 13:05h

também axei, muito barulho pra poca coisa! Mas pra novatos pode ser útil...
"Sou um cara acomodado", ainda por cima é a cara do Zeca Pagodinho... :) Vão te confundir hein!

Deus te abençoe!
Abraços

[8] Comentário enviado por irado em 06/07/2006 - 15:18h

bem.. já disseram o suficiente sôbre o barulho. Eu acho que falta ao colega lindbergluiz o ter estudado um pouco mais os FAQ's/HowTo's disponíveis em quase todo canto. Tenho 4 linux diferentes na minha máquina, em 3 hd's diferentes, mais uma versão recente do FreeBSD. O /home está num hd secundário. Tudo administrado pelo Lilo (o /home e o /boot pelo fstab), que não é todo êsse pavor que foi colocado. Uma partição /boot separada mantém 4 vmlinuz (vmlinuz-slack9, vmlinuz-slack10.. ) e não dá problema algum.
Para os novatos, o artigo pode dar a impressão (errônea) de que o Linux compartilhando um hd é complicado.


[9] Comentário enviado por removido em 06/07/2006 - 15:27h

Gente, depois de toda essa confusão, será que o lindbergluiz podia apagar ou editar o artigo?

Vai que alguém lê o artigo e não olha os comentários, pode ter dor de cabeça se não conhecer tanto...

[10] Comentário enviado por allanhc em 07/07/2006 - 08:08h

Bem pessoal, eu discordo de vocês um pouco pois tive que fazer o mesmo que ele aqui, porem descobri bem rapido e foi bem facil resolver.
A tempos resolvi instalar o kurumin para ver como era e não consegui fazer o meu lilo do slack chamar o kernel do kurumin, resultado... fiz o lilo do slack chamar o grgub do kurumin que estava instalado no primeiro registro da partição dele(isso foi idiota, mas só queria ver o kurumin mesmo não preocupei).
Tenho muitas partições na minha maquina e nunca quis e continuo sem querer criar uma partição só para o /boot, já apanho para as que tem aqui.
Sempre usei slack, nunca tive problemas deste tipo, mas depoisde um tempo resolvi instalar o debian e botar le pra funcionar, ai veio novamente este problema.
Como o lilo não carregou o kernel do debian na outra partição a primeira coisa que pensei fio copiar o kernel do debian para o /boot do slakc, mas antes resolvi tentar algo e coloquei no lilo o caminho da partiçao do debian montada no slack, e..... funcionou.
Hj uso o Gentoo na partição de teste(desisti do debian) e funciona da mesma forma. aqui tem o meu lilo sem os comentarios que tem nele:

# LILO configuration file
boot = /dev/hda
bitmap = /boot/boot.bmp
bmp-colors = 14,0,0,0,14,0
bmp-table = 61,15,1,3
bmp-timer = 73,29,15,0,0
prompt
timeout = 100
default = Slackware
change-rules
reset
vga=791
# End LILO global section
# Linux bootable partition config begins - Gentoo
image=/testing/boot/kernel-2.6.16-gentoo-r7
root=/dev/hda6
label = Gentoo
append="mtrr,ywrap splash=verbose,fadein,fbcon=scrollback:128K,theme:emergence CONSOLE=/dev/tty1"
read-only
# Linux bootable partition config ends
# Linux bootable partition config begins - Slackware
image = /boot/vmlinuz
root = /dev/hda5
label = Slackware
read-only
append="hdc=ide-scsi"
# Linux bootable partition config ends
# Windows bootable partition config begins - Windows no HDB
other=/dev/hdb1
label=Testing
table=/dev/hdb
map-drive=0x80
to=0x81
map-drive=0x81
to=0x80
# Windows bootable partition config ends

Para quem não quer ter o /boot em uma partição separada, nosso amigo lindbergluiz deixou aqui uma solução, que inclusive é bem simples, pareceu complicada pois ele explicou todo o processo para a solução. Quem já passou por isso não vê complicação nenhuma, e ate consegue se identificar com ele pois é explicado detalhadamente todos os passos tomados por ele e porque cada um não funcionou. Só faltou mesmo explicar que quem tem o /boot em outra part. não é necessário nada disso. Mas ele mesmo afirmou que não sabe o motivo do problema e que não entendia bem o que o Lilo fazia e deixou aberto a comentarios que pudessem esclarecer.

Eu por não ser acomodado que deixei meu lilo assim(não criei a partição para o /boot), pois se fosse acomodado teria feito o que todo mundo faz ao inves de achar a solução do meu interesse.

Eu sinceramente fiquei meio decepcionado com alguns comentarios que fazem parecer que só existe uma opção(criar a /boot em outra part.), isso sim deixa os novatos insatisfeitos, pelo menos os novatos em busca de aprendizado. Porque ao inves de receber a explicação do porque que não funciona do jeito que ele quer(se realmente não funciona) ou como fazer funcionar, recebem sempre respostas que levam a caminhos básicos, padrões e muitas das vezes restritos, e é justamente por isso que eu uso o linux, cansei de ter que me adaptar ao sistema.

Espero ter deixado claro meu ponto de vista aqui sem complicar ou criar qualquer confusão, e desculpem pelo post gigante.

Abraços.

[11] Comentário enviado por removido em 07/07/2006 - 08:20h

Alanhc, concordo com o seu ponto de vista, mas o que faz esse artigo ser polêmico é que o nosso colega usou uma opção "root" nas configurações globais e isso confundiu o lilo.

Como o davidsonpaulo já explicou, apenas remover a opção "root" da configuração global já resolveria o problema do lindbergluiz.

[12] Comentário enviado por allanhc em 07/07/2006 - 17:40h

xisberto, estas certo, Aquele "root=/dev/hda5" não deveria estar lá não, mas no meu caso não tem o root nas conf. globais e mesmo assim tive que fazer o mesmo que ele, colocar o caminho do kernel já em uma pasta montada, porem ele fez isso atrraves de um link simbolico e eu coloquei o proprio caminha.

Eu até entendo a checagem que o lilo faz ao dar o comando "#lilo" ele teria que ver o kernel para saber se esta correto, mas mesmo assim acho q tem algo estranho.

Alguem sabe dizer o porque disso?

[13] Comentário enviado por lindbergluiz em 09/07/2006 - 11:53h

Agradeço à TODOS, sem exceção!!! Assim como sou um ótimo aluno, todos vocês são ótimos professores.

Em relação à "muito barulho pra pouca coisa", sou muito detalhista e quiz que todos ficassem sabendo de cada "vígula" do processo. Foi muito estressante pra mim ter de sair descubrindo tudo aos poucos e dar a grande sacada no fim ( sacada de amador, mas pra não ter de pesquisar detalhes, fiz a gambiarra).

Uma frase resume tudo:

FOREVER LINUX.

[]'s

[14] Comentário enviado por removido em 16/07/2006 - 17:44h

Muito dez kra..
vlw..
vo tenta instala...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts