Ubuntu - Manual do Iniciante

Atualmente muitas escolas tem implementado laboratórios de informática no qual o sistema utilizado é software livre, além de muitas faculdades ensinarem muitas coisas no Linux e utilizar na maioria das vezes o mesmo como principal sistema operacional. Nestas condições, segue o processo de instalação e as principais configurações do Ubuntu.

[ Hits: 35.985 ]

Por: Eliab Coelho Venancio em 08/12/2010 | Blog: http://www.eliabvenancio.blogspot.com/


Índice



1.0 Introdução
   1.1 Sobre o documento
   1.2 Rápida introdução
2.0 Instalação do Ubuntu com modo dual boot
3.0 Principais configurações
   3.1 Processo de configuração da rede
   3.2 Atualizando o Ubuntu
   3.3 Instalando o BrOffice.org
   3.4 Instalando o Java
   3.5 Instalando o Flash player
   3.6 Instalando codecs e plugins de áudio
   3.7 Instalando pacotes para extrair arquivos .rar e .zip
   3.8 Instalando alguns players
   3.9 Para criar CDs de áudio, dados, DVDs, queimar imagens ISO de CD e DVD
4.0 Mensageiros instantâneos e comandos
   4.1 MSN no Ubuntu
   4.2 Comandos básicos
5.0 Sobre o autor

Introdução

1.1 Sobre o documento

Bom pessoal, antes de mais nada este artigo foi implementado com o objetivo de ajudar muitos iniciantes a se integrar no mundo do Linux, como todo usuário sabe a dificuldade é apenas no início e com este apoio estarei quebrando este pacto que por muitas vezes impede a maioria das pessoas de continuar a utilizar o Linux.

Atualmente muitas escolas tem implementado laboratórios de informática no qual o sistema utilizado é software livre, além de muitas faculdades ensinarem muitas coisas no Linux, e utilizam na maioria das vezes o mesmo como principal sistema operacional.

1.2 Rápida introdução

Neste artigo irei descrever os primeiros passos a serem seguidos por uma pessoa que está tendo o primeiro contato com o sistema Linux, em nosso caso estaremos falando do Ubuntu. Desde o processo de instalação até algumas configurações mais avançadas.

Iremos utilizar o Ubuntu 10.10, pois é um dos sistemas Unix mais voltado ao usuário final, pois existem diversas ferramentas de apoio tanto de aplicativos quanto suporte para configurações, além de ter um ambiente bem agradável com janelas e ícones bem fáceis de serem utilizados.

E para você que sempre quis utilizar o Linux, mas que no meio desta migração irá continuar necessitando por algum motivo dos Sistema Operacional da Microsoft, irei também ensinar a utilizar o modo dual boot na máquina, onde o usuário poderá optar na inicialização pelo Windows ou Linux tornando sua migração bem mais agradável e de forma segura.

A vantagem de usar a plataforma Linux é que ele tem o código aberto, ou seja, ele é livre aos usuários que desejam modificar, manipular a seu gosto e necessidade e até mesmo colocá-lo em teste para outros usuários.

Em 2008, quando realmente comecei a utilizar o Linux, vi que existiam vários sites, artigos e dicas sobre ele, mas muitas vezes não davam o suporte ao iniciante, eles ensinavam apenas partes de problemas ou mesmo soluções, então espero que este artigo seja apenas um empurrãozinho para quem nunca instalou ou usou o Ubuntu e possa viajar neste fantástico mundo do SOFTWARE LIVRE.

Seguindo com uma série de tópicos bem explicativos e ilustrados.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Índice
   2. Instalação do Ubuntu com modo dual boot
   3. Principais configurações
   4. Mensageiros instantâneos e comandos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Conhecendo os programas do Linux

Visualizando informações sobre o sistema

Mamãe, quero Slack! (parte 1)

Fedora: Gerenciando Serviços

Neo-PuppyBR - Um Linux novo para computadores antigos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maxvo em 08/12/2010 - 13:30h

Iniciativa excelente, Parabéns!

[2] Comentário enviado por thigux em 08/12/2010 - 13:32h

Muito bom o artigo, mas só tomo cuidado quando falar de JAVA´, pois hoje existe o java da sun ( sun-java) e o OpenJDK( OpenJava) que é a mesma coisa mas para quem nao esta acostumado como eu no primeiro momento achei estranho.

Esse flash vem junto mesmo ?lmebro de ter feito via site mesmo que funciona que é uma beleza.

Abraços

[3] Comentário enviado por cleysinhonv em 08/12/2010 - 13:43h

Simplesmente parabéns meu velho. Sua preocupação em apresentar uma documentação que possa ajudar pessoas que estão iniciando ou nunca fizeram uma instalação é de extrema importância na comunidade. Continue assim com suas dicas e seus artigos, eu agradeço. A comunidade mais ainda.

Parabéns otima obra.

[4] Comentário enviado por carlozrafael em 08/12/2010 - 14:01h

Mandou Bem em !
Parabéns ..
Continua assim !
vlW

[5] Comentário enviado por Eliab venancio em 08/12/2010 - 14:25h

Muito obrigado pessoal, é um imenso prazer saber que esse artigo irá contribuir para muitas pessoas que estão ingressando neste fantástico "mundo do linux", qualquer duvida entrem em contato comigo ([email protected]).

[6] Comentário enviado por removido em 08/12/2010 - 14:56h

Seu artigo está primoroso.

O ubuntu é a distro do meu coração e fico cada vez mais feliz ao ver que ele é o campeão de documentação hahahahahahahah.

Isso é vital pra que ele cresça cada vez mais.

Abraço

[7] Comentário enviado por selvaking em 08/12/2010 - 16:31h

Poderia ser usado o comando abaixo para a instalação do openoffice.org com as configurações do Brasil:

$ sudo apt-get install broffice.org

[8] Comentário enviado por Eliab venancio em 08/12/2010 - 17:14h

Pensei mesmo em usar este comando ao invés de baixar o pacote BrOffice, más não tinha certeza se ao fazer isto iria sempre instalar a ultima versão do BrO...
Más valeu pela dica..
Abraços.

[9] Comentário enviado por dbahiaz em 09/12/2010 - 19:57h

Belo artigo amigo, mais tenho uma correção, se não for configurado o repositório Medibuntu, não vai encontrar o pacote w32codecs dentre outros, por isso sugiro a configuração do mesmo, outra sugestão é instalar o metapacote non-free-codecs e o libdvdcss2, do mesmo repositorio.

[10] Comentário enviado por raulgrangeiro em 12/12/2010 - 17:47h

Show, muito boa iniciativa, lembrando que deve ocorrer a configuração do repositório Medibuntu. Parabéns pelo artigo amigo!

[11] Comentário enviado por Eliab venancio em 13/12/2010 - 08:27h

Muito Obrigado pessoal pela dica..
realmente deveria ter colocado como adicionar os repositórios..
Más segue um link de uma dica muito boa para adicioná-los.
http://www.vivaolinux.com.br/dica/Adicionando-o-repositorio-Medibuntu-no-Ubuntu-Linux

[12] Comentário enviado por removido em 18/12/2010 - 18:31h

Excelente, meus sinceros parabéns!

[13] Comentário enviado por clodoaldops em 24/12/2010 - 15:41h

Muito bom!
Só não usa linux quem não quer!

[14] Comentário enviado por Eliab venancio em 06/01/2011 - 11:10h

Verdade! hoje o linux está presente em todo lugar, e '' só não usa quem não quer ''² com tantas versões diferentes e cada vez mais voltadas ao usuário final, fica cada vez mais fácil.

[15] Comentário enviado por eneaslyrajunior em 28/01/2011 - 12:53h

se eu tivesse lido esse artigo antes não teria feito tanta besteira, pois perdi dados de um hd inteiro de 250 Gb tentando instalar o Ubuntu sozinho e sem a menor noção
do que estava fazendo.
Portanto, meus parabens pelo material.
"Pai Pinguim... perdoa... nós...pobres iniciantes, nós não sabemos AINDA o que estamos fazendo"
mas vamos aprender aqui no VOL.
Abçs galera.

[16] Comentário enviado por Eliab venancio em 01/02/2011 - 10:05h

Muito Obrigado!,mas meu caso foi parecido com o seu, no início pesquisei muito sobre o ubuntu e os artigos e dicas eram apenas para os "mestres do Linux", nunca tinha artigos para iniciantes e muito menos "completo", na maioria das vezes eram apenas parte de problemas dificultanto assim muitos iniciantes.
Valeu Galera!

[17] Comentário enviado por naldoted em 15/05/2014 - 01:04h

Muito boa explicação passei um tempo sem usar o Linux e estou voltando agora para estudos e foi muito bom relembrar os primeiros passos vlw (y)


Contribuir com comentário