Ubuntu - Manual do Iniciante

Atualmente muitas escolas tem implementado laboratórios de informática no qual o sistema utilizado é software livre, além de muitas faculdades ensinarem muitas coisas no Linux e utilizar na maioria das vezes o mesmo como principal sistema operacional. Nestas condições, segue o processo de instalação e as principais configurações do Ubuntu.

[ Hits: 35.800 ]

Por: Eliab Coelho Venancio em 08/12/2010 | Blog: http://www.eliabvenancio.blogspot.com/


Instalação do Ubuntu com modo dual boot



2.0 Instalação do Ubuntu com modo dual boot

Como já havia dito, iremos instalar o Ubuntu 10.10.

Segue aqui o link para download:
Após o término do download basta abrir a imagem com um gravador de CD/DVD e gravar o CD de instalação do Ubuntu. Instalaremos o Ubuntu pois é uma das plataformas Unix mais voltada ao usuário final, com gráfico bem agradável e com janelas e funções bem simples, além de várias ferramentas de apoio muitos úteis.

Para quem optar pelo modo dual boot é simples, se você já tem algum sistema operacional da Microsoft instalado, terá que particionar o HD deixando em média 30 GB de HD livre (lembrando que após a instalação o espaço ocupado não chega a 5 GB, e caso você queira deixar menos não tem problema, desde que seja no mínimo 5GB para o sistema e mais uns 5 para dados). Com o CD em mãos, vamos iniciar o processo de instalação, mude o boot da máquina para iniciar a partir do drive de CD.

Feito isto irá aparecer a seguinte tela:
Pressione "qualquer" tecla para selecionar o idioma.

Basta apenas escolher o idioma desejado.
Após escolher o idioma você terá as seguintes opções:
  1. Experimentar o Ubuntu sem instalar: Permite que você utilize o sistema operacional a partir do CD só para teste e sem instalá-lo.
  2. Instalar o Ubuntu: Irá iniciar o processo de instalação.
  3. Verificar por defeitos no disco: Faz um escaneamento no HD verificando por erros e os corrigindo.
  4. Teste de memória: Fará um verificação na memória RAM em busca de erros.
  5. Inicializar pelo primeiro disco rígido: Dará o boot a partir do Hard Disc(HD).
  6. Dando continuidade iremos escolher a opção: Instalar o Ubuntu.

Aguarde enquanto o Ubuntu é iniciado, após isto aparecerá a seguinte tela:
Selecione novamente o idioma do sistema a ser instalado e clique em avançar.
Caso já esteja conectado a internet, marque a opção baixar as atualizações enquanto instala e clique em avançar.
Temos as seguintes opções:
  • Instalá-los lado a lado, escolhendo entre ele a cada inicialização. Seria instalá-lo do lado do Windows, porém ele iria fazer o particionamento automático utilizando todo o restante do espaço livre em disco.
  • Apagar e usar o disco inteiro. Iria formatar o HD e instalar o Ubuntu usando o particionamento automático e também iria utilizar todo o disco rígido.

Escolha a opção especificar particionamento manual (avançado), pois assim estaremos dividindo corretamente o HD.
1. Como vocês podem ver, meu hd é de 10 GB (é uma máquina virtual), ele está com 5 GB para o Windows e 5 GB livres, no qual iremos instalar o Ubuntu.

2. Repare que a partição /dev/sda1 está com o Windows e o seu tipo é ntfs.

3. Agora vamos particionar o espaço livre.

4. Clique com o botão direito encima de espaço livre e clique em adicionar.

Bom, primeiramente iremos criar a área de troca SWAP. Mais detalhes sobre ela em: Área de Troca (swap) [Dica]

Geralmente o seu tamanho deve ser o dobro do tamanho da memoria RAM, por exemplo, a minha memória é de 512MB, então irei criar a Swap com 1024 MB, o tipo da partição será primária, selecione o tamanho em MB (Megabyte). Sua localização será início e será usada como área de troca (Swap) e ela por ser swap não terá ponto de montagem, clique em OK para concluir.
Agora vamos criar a partição no qual irá ficar o sistema operacional. Lembrando que após instalado o Ubuntu ocupa menos que 5 GB, porém futuramente iremos atualizá-lo e instalar programas, jogos, enfim, tudo isso ficará nesta partição. Então quanto maior, melhor. Se você tiver espaço de sobra, deixe uma média de 20 a 30 GB que será o suficiente. No meu caso coloquei só para teste mesmo 3,5 GB.

Esta partição tem que ser primária, defina o tamanho dela em MB (Megabyte). Sua localização será início, usará como sistema de arquivos com "journaling" ext3 e o seu ponto de montagem é o / (raiz), clique em OK para concluir.
Agora criaremos a partição /home que ficará como uma segunda partição voltada para dados, caso futuramente queira formatar a máquina, basta formatar apenas a partição que está com o sistema operacional (/) enquanto a /home ficará intacta.

Sua localização será início e o tipo primária, defina o tamanho (geralmente coloque o restante do espaço livre, quanto maior melhor, pois será nela que ficarão todos seus dados pessoais) e será usada como sistema de arquivos "journaling" ext3 e seu ponto de montagem será /home. Clique em OK para concluir.
No final do particionamento ficará assim:
  • /dev/sda1 ntfs - no caso o Windows
  • /dev/sda2 Swap
  • /dev/sda3 ext3 / - raiz do sistema (onde ficará o sistema operacional).
  • /dev/sda4 ext3 /home - partição no qual ficarão seus dados (imagens, músicas, documentos etc)

Após isso basta clicar em instalar agora.
Após carregar aparecerá a seguinte tela:
Se você não tiver rede sem fio não tem problema, adicione uma senha e clique em avançar.
Selecione agora sua localidade e o layout do seu teclado.
Agora coloque seu nome, em seguida o usuário e a senha. Clique em avançar.
Aguarde o momento da instalação do seu sistema operacional Linux. Aproveite esses 5 a 10 minutos de instalação e vá tomar um café ou ler uma revista. Aguarde até concluir.
Quando reiniciar, remova o CD de instalação e aparecerá a seguinte tela para que você possa selecionar o sistema operacional desejado. Pronto, está instalado o Ubuntu.

Na inicialização basta apenas escolher o S.O. desejado.
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Índice
   2. Instalação do Ubuntu com modo dual boot
   3. Principais configurações
   4. Mensageiros instantâneos e comandos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Linux - Breve introdução, bom para iniciantes

Recuperação (parcial) de Arquivos em Pendrive Infectado por Ransomware Spora

Lógica para computação - parte II

Remasterização de Software - O que é? Como se faz? Um breve resumo

Mais um telecentro feliz!

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maxvo em 08/12/2010 - 13:30h

Iniciativa excelente, Parabéns!

[2] Comentário enviado por thigux em 08/12/2010 - 13:32h

Muito bom o artigo, mas só tomo cuidado quando falar de JAVA´, pois hoje existe o java da sun ( sun-java) e o OpenJDK( OpenJava) que é a mesma coisa mas para quem nao esta acostumado como eu no primeiro momento achei estranho.

Esse flash vem junto mesmo ?lmebro de ter feito via site mesmo que funciona que é uma beleza.

Abraços

[3] Comentário enviado por cleysinhonv em 08/12/2010 - 13:43h

Simplesmente parabéns meu velho. Sua preocupação em apresentar uma documentação que possa ajudar pessoas que estão iniciando ou nunca fizeram uma instalação é de extrema importância na comunidade. Continue assim com suas dicas e seus artigos, eu agradeço. A comunidade mais ainda.

Parabéns otima obra.

[4] Comentário enviado por carlozrafael em 08/12/2010 - 14:01h

Mandou Bem em !
Parabéns ..
Continua assim !
vlW

[5] Comentário enviado por Eliab venancio em 08/12/2010 - 14:25h

Muito obrigado pessoal, é um imenso prazer saber que esse artigo irá contribuir para muitas pessoas que estão ingressando neste fantástico "mundo do linux", qualquer duvida entrem em contato comigo ([email protected]).

[6] Comentário enviado por removido em 08/12/2010 - 14:56h

Seu artigo está primoroso.

O ubuntu é a distro do meu coração e fico cada vez mais feliz ao ver que ele é o campeão de documentação hahahahahahahah.

Isso é vital pra que ele cresça cada vez mais.

Abraço

[7] Comentário enviado por selvaking em 08/12/2010 - 16:31h

Poderia ser usado o comando abaixo para a instalação do openoffice.org com as configurações do Brasil:

$ sudo apt-get install broffice.org

[8] Comentário enviado por Eliab venancio em 08/12/2010 - 17:14h

Pensei mesmo em usar este comando ao invés de baixar o pacote BrOffice, más não tinha certeza se ao fazer isto iria sempre instalar a ultima versão do BrO...
Más valeu pela dica..
Abraços.

[9] Comentário enviado por dbahiaz em 09/12/2010 - 19:57h

Belo artigo amigo, mais tenho uma correção, se não for configurado o repositório Medibuntu, não vai encontrar o pacote w32codecs dentre outros, por isso sugiro a configuração do mesmo, outra sugestão é instalar o metapacote non-free-codecs e o libdvdcss2, do mesmo repositorio.

[10] Comentário enviado por raulgrangeiro em 12/12/2010 - 17:47h

Show, muito boa iniciativa, lembrando que deve ocorrer a configuração do repositório Medibuntu. Parabéns pelo artigo amigo!

[11] Comentário enviado por Eliab venancio em 13/12/2010 - 08:27h

Muito Obrigado pessoal pela dica..
realmente deveria ter colocado como adicionar os repositórios..
Más segue um link de uma dica muito boa para adicioná-los.
http://www.vivaolinux.com.br/dica/Adicionando-o-repositorio-Medibuntu-no-Ubuntu-Linux

[12] Comentário enviado por removido em 18/12/2010 - 18:31h

Excelente, meus sinceros parabéns!

[13] Comentário enviado por clodoaldops em 24/12/2010 - 15:41h

Muito bom!
Só não usa linux quem não quer!

[14] Comentário enviado por Eliab venancio em 06/01/2011 - 11:10h

Verdade! hoje o linux está presente em todo lugar, e '' só não usa quem não quer ''² com tantas versões diferentes e cada vez mais voltadas ao usuário final, fica cada vez mais fácil.

[15] Comentário enviado por eneaslyrajunior em 28/01/2011 - 12:53h

se eu tivesse lido esse artigo antes não teria feito tanta besteira, pois perdi dados de um hd inteiro de 250 Gb tentando instalar o Ubuntu sozinho e sem a menor noção
do que estava fazendo.
Portanto, meus parabens pelo material.
"Pai Pinguim... perdoa... nós...pobres iniciantes, nós não sabemos AINDA o que estamos fazendo"
mas vamos aprender aqui no VOL.
Abçs galera.

[16] Comentário enviado por Eliab venancio em 01/02/2011 - 10:05h

Muito Obrigado!,mas meu caso foi parecido com o seu, no início pesquisei muito sobre o ubuntu e os artigos e dicas eram apenas para os "mestres do Linux", nunca tinha artigos para iniciantes e muito menos "completo", na maioria das vezes eram apenas parte de problemas dificultanto assim muitos iniciantes.
Valeu Galera!

[17] Comentário enviado por naldoted em 15/05/2014 - 01:04h

Muito boa explicação passei um tempo sem usar o Linux e estou voltando agora para estudos e foi muito bom relembrar os primeiros passos vlw (y)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts