Trabalhando com boot duplo ou múltiplo: estação para testes de sistemas operacionais

Este artigo descreve passo a passo como fazer duplo boot com Windows e uma distribuição Linux, ou boot múltiplo, instalando diversas distros. Também reporta os requisitos e a manutenção de um computador preparado como estação de trabalho para conter vários sistemas operacionais diferentes.

[ Hits: 61.800 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 24/07/2009 | Blog: https://ciencialivre.blog/


O que você necessita para começar



Inicialmente trataremos dos requisitos necessários para prepararmos e montarmos nosso computador multi-boot.

Inicialmente os requisitos de hardware são ligeiramente diferentes entre Windows e Linux.

Windows necessita de muita memória RAM para rodar com eficiência, enquanto que Linux não tanto, embora bastante memória RAM seja sempre desejável.

Placa de vídeo grande e com aceleração 3D, só é insubstituível em Windows se você usar muito o computador para jogos ou computação gráfica ou rodar aplicativos de computação de alto desempenho, como BOINC, modeladores de moléculas químicas etc e outras coisas que necessitem suporte NVIDIA ou DirectX aperfeiçoado.

Já em Linux ela é essencial para visualizar e aproveitar os inúmeros tipos de efeitos 3D (Kwin KDE4, Metisse, Compiz-Fusion etc) que o sistema oferece, que superam em muito os do Windows, inclusive os do Aero do Vista e do Windows 7.

De início, um computador PC com 512 Mega de RAM ou 1 ou 2 Gigas e um único disco rígido, ou mesmo um Notebook, pode seu usado em múltiplo boot.

Mas o ideal é ter computadores maiores e com maior poder de processamento, 2 ou 4 núcleos, 1 ou 2 discos rígidos grandes e memória RAM de 4 ou 8 Gigas, e um bom sistema de coolers para resfriamento.

Outras características praticamente essenciais são gravador-leitor de CD-DVD e suporte a Internet de Banda Larga, porque é muito pouco prático e bastante demorado trabalhar com múltiplo boot em micros sem CD-ROM e sem Internet.

Recursos de hardware

Para servir de guia, o hardware utilizado para a máquina descrita neste artigo. As configurações e SOs dos quais trata este artigo foram/são testados em:

Computador AMD Athlon, DX2, 6000+, 64 Bits, duplo núcleo, trabalhando em frequência padrão 3000 Mhz (no momento, ligeiramente overclocado a 3015 Mhz) 4 Giga de RAM, DDR2, 600 Mhz, Placa Mãe ASUS MN2-SLI, Placa de Vídeo NVIDIA GForce 8600 GT (com 512 Mega, drivers com suporte GPU-CUDA, alocação dinâmica de memória) 2 discos rígidos SATA2 (um, Master de 500 Giga, Samsung e outro, Slave, de 160 Giga, Maxtor, ambos bootáveis na BIOS), CD-ROM leitor-gravador LG GH22SL30, interface SATA (bootável), drive de disquete 3/5 (bootável), periféricos completos: pendrive, Webcam, sistema de som analógico + digital, Caixas de Som 3:1 com Sub-Woofer, 6 portas USB 2.0, mais porta serial, porta paralela, 2 portas PS-2, mouse ótico PS-2 e teclado ABNT2 + internacional 105 teclas, PS-2, multimídia.

Uma razoável conexão de banda larga é importante, como vimos acima.

A minha é ADSL, Speedy, Telefônica, 1 Mega, Modem DSLink, configurado com roteador (login e senha PPPoe embutidos na configuração do modem). Com esta configuração de rede tenho acesso completo e direto à Internet, inclusive em cada um dos CDs e DVDs Live ou de instalação.

Recursos de software

Se usar máquinas de 64 Bits, use software de 64 Bits, também.

Você precisa ter: O DVD ou CD de instalação da versão de Windows que deseja usar (estou usando Windows 7, Beta, Ultimate, com pacote de linguagem pt-BR).

Naturalmente, também baixe da Internet, salve e queime as ISOs de todos, de cada um, dos Linux ou SOs que deseja testar.

Recomendo usar versões novas, o reconhecimento de hardware é bem melhor.

Para queimar as ISOs você pode usar Nero, o Roxio Midia Creator ou Alcohol (em Windows), ou K3B, Brasero, GNOME Baker etc em Linux. Grave o CD ou DVD bem lentamente, em mídia de boa qualidade. Embora isto não seja recomendado, verifiquei que se a velocidade de gravação for bem lenta, é possível usar mídia regravável.

Alguns softwares adicionais não são obrigatórios, mas se você trabalhar muito com múltiplo boot, eles podem ser muito úteis.

Sugiro versão recente (somente as versões novas suportam Ext4) de um particionador bootável independente da distro, como Gparted LiveCD, um copiador de imagens de partições, como o Clonezilla e outros softwares de recuperação de dados e de recuperação ou uso de Boot ou de Grub, como SuperGrub, Wiren Utilities, System Rescue CD, GAG etc.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O que você necessita para começar
   3. Partições para duplo boot: Windows e Linux
   4. Partições para triplo e múltiplo boot
   5. Instalando os sistemas operacionais
   6. Gerenciador de boot independente. Vantagens de usar GAG em múltiplo boot
   7. Conclusões
Outros artigos deste autor

Regulando o desktop para trabalhar em máxima performance

Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Estudo comparativo de alguns gerenciadores e aceleradores de download

Como criar pacotes para o Gentoo ou Sabayon Linux

Use o GAG e nunca mais perca o boot

Leitura recomendada

GmailFS - sua conta de e-mail como um sistema de arquivos no Slackware 10.2

File Globbing ou Englobamento - Introdução

Apresentando o Btrfs - Nova geração de sistema de arquivos para GNU/Linux

Recuperando arquivos em um Windows corrompido com Linux

Ubuntu com Criptografia Total + Snapper

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 24/07/2009 - 11:43h

ótimo artigo,
queria que existisse um desses quando fiz pela primeira vez múltiplo boot .
Deixa ver se eu entendi direito,
vc tem 4 variações de compilação instaladas na sua máquina ??????
Cara vc gosta muito de compilar .... rs rs rs rs rs rs rs
Eu só tinha o Gentoo, e tinha maior trabalho !!!!

[2] Comentário enviado por drakula em 24/07/2009 - 15:31h

Olá muito bom o artigo só uma dica instala todas as distro sem mbr e utiliza o gag fica bem mais fácil gerenciar

[3] Comentário enviado por albfneto em 24/07/2009 - 15:56h

sim, drakula, elas estão sem MBR, e com gag...
Bom Eu!Noel, não sei se gosto de compilar, e porque gosto muito de Gentoos!

ADENDO AO ARTIGO E ERRATA

rsrsrss.

Esqueci algumas coisas:

Seção "Instalando os Sistemas Operacionais", em sda12, tem dois sinais:

* Acrescentar: "No Gentoos, recomenda-se usar pequena partição de Boot separada"
** Acrescentar: "Portanto isso foi usado no Gentoo e no Sabayon + Gentoo..."

Na sessão Conclusôes, em "Gentoo e Portage Funtoo, veja..." acrescentar o Link:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Experimento-com-Linux-Misturando-Sabayon-com-Gentoo/

Porque relacionado a meu artigo, coloquei aqui. Para você copiar um Linux todo, de um HD para o outro, pode usar o procedimento da Dica:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Copiando-Linux-para-outro-HD

[4] Comentário enviado por altairmsouza em 24/07/2009 - 19:21h

albfneto,
Muito bom seu artigo, parabéns.
No cotidiano instalamos mais Windows do que o Linux, devido a constantes atualizações, problemas de corrupção em arquivos, virus, etc., com isso detona a mbr, quando tinha windows xp, conseguia contornar isso, fazendo backup dos 446 bytes da mbr antes de instalar o windows, assim poderia gerenciar o boot tambem pelo windows, mas com windows 7 nao consigo achar o boot.ini
Apesar de hoje eu estar usando mais o Linux, gostaria de saber se existe alguma maneira de gerenciar dual-boot tambem pelo windows 7 ?

[5] Comentário enviado por albfneto em 24/07/2009 - 22:38h

Altair, pelo que sei, o Boot do XP é diferente do Vista e do windows 7, o que coloquei no artigo, e pq, em um teste que fiz, no mesmo comp, em outra época, quando formatei metade do HD de 160 (ele era único e obviamente era master, na epoca, foi antes de eu comprar o HD de 500...
pois é, eu dividi metade NTFS e metade reisers FS, ia fazer um boot duplo, só com sabayon e Vista.... e cadê que o Vista instalava, quando achava uma só partição NTFS, o resto era particionado (aparecia desconhecida, no win, obviamente,mas era reiserfs) e....
cadê que o vista instalava senão achava um pouco de espaço vazio!...
Porisso eu sugeri no artigo, que com vista e com 7, é melhor só fazer a NTFS,instalar e só depois fazer as partições Linux. tanto que vc ve,, na minha figura, aquele espacinho vazio no incio do disco e a partição boot do win 7, no inicio do disco master.. se vc remove isso,ou move... não acha mais nada, aconteceu comigo também... apaguei aquele pedaço vazio, ele juntou no resto do espaço vazio... e cadê boot, sem boot win, nem linux, nem nada, precisou reformatar tudo...
Olha, eu nunca gerenciei boot duplo pelo win, deve dar, nunca achou nada no google? é que o win, para enxergar partições lçinux, é só com reza brava e vela de 7 dias! rsrsrs.
e se vc usasse um gerenciador de boot independente, mas prá windows...?
é isso, o problema de boot duplo sem o GAG é esse, cada vez que tem que mexer no windows...dá uma dor de cabeça danada!
pq com GAG, tira win, tira linux, recoloca, recopia, muda partição e é tranquilo, e so maracar o quem em cada partição e coloca-la no GAG..., e boa!

[6] Comentário enviado por altairmsouza em 25/07/2009 - 09:56h

albfneto,
Obrigado por seu retorno, vou pegar outro hd e fazer o que sugeriu e usar o GAG, mas por precaução sempre mantenho copias da mbr em 512 e 446 bytes assim que instalo uma nova distro.
Abraço.

[7] Comentário enviado por removido em 28/07/2009 - 09:55h

olá, tenho um notebook dell inspiron 1525, com windows vista instalado, gostaria de rodar o linux kurumin pelo drive de dvd, mas o suporte técnico da dell me falou q o notebook "não está homologado para funcionar com outro sistema operacional", será q alguém teria uma solução para este problema? obrigado

[8] Comentário enviado por albfneto em 28/07/2009 - 15:35h

Bom, não estar homologado, significa que oficialmente não foi homologado...
se for novo, e vc remover o Vista, perderá a garantia, a dell é meio enjoada com isso...
Ma rodar o Kurumin, do LIVE DVD, é só baixar o DVD, queimar a imagem ISO com Nero, por ex, colocar o DVD bootável e ligar o micro...
roidando do DVD, não vai gravar nada nele, não vai mudar seu SO, nem gravar nada no HD, pode rodar tranquilo...
Seu notebook é novo? se for, use o Kurumin NG, pq o reconhecimento de hardware é melhor...
aí pega prática, se quiser instalar deve faze-lo em duplo boot, ser tirar o Vista, e precisa antes redimensionar a partição. Posta algo aqui, que a gente ajuda.
se resolver instalar, posta algo aqui, aí, eu não recomendo Kurumin, embora fosse muito boa, é uma distro que acabou, desativada e porisso, a hora que cairem offline os mirrors, vai ficar muito difícil atualiza-la...
Distros novas que parecem kurumin, são: Ubuntu, Kubuntu, Metamorphose, epidemic Linux, resulinux, Tatuí Linux, e principalmente BigLinux, é bom , fácil e completo...

[9] Comentário enviado por removido em 28/07/2009 - 16:48h

olá alberto, obrigado por responder, deixa eu contar a história toda: o notebook descrito tem 1 ano e pouco, veio com win vista home premium instalado e tudo mais, só q eu preciso rodar 4 dvd's com video-aulas da faculdade, só q são em plataforma linux kurumin, fiz o setup para boot pelo dvd drive, aparentemente estava carregando, conforme as instruções, mas chega uma hora q fica assim, à esquerda: [email protected][/]# e o cursor piscando, como se pedisse um comando pra dar o "start", foi aí q liguei pro suporte da dell e o técnico me falou sobre a "homologação" etcblablabla. assim sendo, vc acha q existe uma maneira de eu assistir às tais aulas usando o notebook? me parece q o linux kurumin rodaria pelo dvd drive e seria essa a plataforma para acessar os arquivos. ajudei vc a me ajudar ou atrapalhei? rs um abraço e mais uma vez, obrigado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts