Torne-se um DJ usando Linux

Neste artigo seremos apresentados ao pacote DBMix, que nos permite executar diversos arquivos de audio em diferentes canais e manipular cada um deles de forma independente, gerando como saída uma baita música mixada que vai abalar no baile.

[ Hits: 105.204 ]

Por: Fábio Berbert de Paula em 19/12/2003 | Blog: https://youtube.com/c/cotidianohackeado


DBMixer, o dono da festa



Uma vez que temos o dbfsd rodando no sistema, podemos executar o mixer, que será a principal ferramenta do DJ. Digite:

$ dbmixer

Será aberto um mixer um pouco diferente, conforme figura mostrada abaixo:


Clique na imagem para ampliar.

A tela do DBMixer meio que se descreve por si só. Os primeiros 4 quadros tratam dos 4 canais de audio que podem ser utilizados. A medida em que você vai abrindo janelas do XMMS (ou o player desejado), as mesmas vão sendo associadas com o primeiro canal disponível.

Quando um canal está reproduzindo um som, você pode aumentar ou diminuir a velocidade de reprodução usando a barra de rolagem, que está ajustada por padrão em 100.0 (velocidade normal) ou pelos botões de velocidade ("<5" e "5>"), que adicionam ou subtraem 5 pontos de velocidade do canal. Para restaurar os padrões, clique no botão "-|-".

Na área inferior da tela, temos as ferramentas de mistura de canal. Você seleciona o canal inicial e o final e controla o balanceamento de mistura através dos botões "<" e ">". O botão que existe entre os dois "^" serve para restaurar o balanceamento. Você também pode regular a velocidade de auto-mistura usando o controle "autofade Spd.", no canto inferior direito da tela.

Outro recurso interessante pode ser acessado através do clique no botão "Mic Talkover", que fará com que o volume de saída seja diminuído em 75% fazendo com que o microfone seja claramente escutado. Isso lhe permite falar ou cantar durante a mixagem. Uau!

Cada canal também possui um botão "Mute" e "Pause" pelos quais a qualquer momento você pode calar ou parar a reprodução de audio.

A melhor forma de se entender como tudo funciona é executando o programa mesmo.
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Obtendo e instalando
   3. Configurando o XMMS
   4. Iniciando o dbfsd
   5. DBMixer, o dono da festa
   6. Executando o XMMS
   7. mpg123 ao invés de XMMS
   8. Gravando o resultado de sua mixagem
   9. Considerações finais
Outros artigos deste autor

Criando um sistema de banners rotativos em PHP

Implementando um tradutor de línguas no seu web site

Como baixar vídeos do Facebook via terminal

Se preparando para obter certificação LPI

Viva o Linux finalmente de volta!

Leitura recomendada

IBM Omni Find Yahoo: Um mecanismo de busca corporativa em seu servidor

A mágica Elive Topaz

Instalando pacotes no Ubuntu e distros Debian-like

Cairo-Dock - Seu desktop Linux com cara de MAC

Instalando pacotes .tar.gz e .tar.bz2

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jeffestanislau em 19/12/2003 - 08:05h

Grande Fábio,

Muito show este programa, só conhecia softwares com estas funções para windows..., mas como sempe, mais uma pedida pro nosso pinguim desbancar a M$... hehehe

Parabéns pelo artigo!!!


[2] Comentário enviado por sun7zu em 21/12/2003 - 18:03h

Muito bom o artigo Fábio gostei muito
Mas o BeOS conseguiu desbancar a galera do pinguim colocando no seu sistema operacional deamond de audio que pode ser executado muito mais que 5 output so eu ja executei uma 200 output simultaneas na mesma placa.

[3] Comentário enviado por woosjr em 16/01/2004 - 12:00h

Bah muito bom o artigo, se eu tivesse mais conhecimento em linux iria ajudar a galera nesse projeto, mas por enquanto como bom cabaço que sou em linux, mas um grande admirador dou os parabens ao artigo !!! São esses detalhes que vao fazer o povo migrar cada vez mais pro pinguim.

[4] Comentário enviado por erasmo em 23/03/2004 - 23:22h

é dez... muito mil... é bom para car...

eu estava com problema para usar o xmms....


obrigado,

erasmo

[5] Comentário enviado por erasmo em 23/03/2004 - 23:45h

eu nao sou programador...
sera que alguem poderia criar um script para utilizacao....
tipo icone magico

obrigado,

erasmo

[6] Comentário enviado por ACTI0NX em 10/02/2005 - 02:24h

fala Fabio .. massa o artigo... qualquer dia eu vo fazer aqui...flwz...

[7] Comentário enviado por brezo em 12/12/2005 - 15:08h

E ai fabio, será q eu poderia colocar uma segunda placa de som pra fazer um preview do q irei tocar...

Flw...

[8] Comentário enviado por linus black em 07/07/2006 - 17:00h

amigo boa tarde eu sou agora um uzuario ferrenho de linux
a agora estou na minha quata versão kubunto 5.10 e preciso de uma explanação mais especifica do seu artigo voltado bara esta distribuição obrigado
nota para o artigo $1.0000000000000000000000000
[email protected]


Contribuir com comentário