Torne-se um DJ usando Linux

Neste artigo seremos apresentados ao pacote DBMix, que nos permite executar diversos arquivos de audio em diferentes canais e manipular cada um deles de forma independente, gerando como saída uma baita música mixada que vai abalar no baile.

[ Hits: 99.153 ]

Por: Fábio Berbert de Paula em 19/12/2003 | Blog: https://monetal.com.br


Introdução



Olá pessoal, nesse artigo vou falar sobre o DBMix (Digital Audio Mixing System), que trata-se de um sistema de mixagem de audio que nos permite executar até cinco faixas de som através de um único dispositivo de saída, que no caso é a sua placa de som.

Uma vez que você tenha mais que uma música ou faixa com efeitos sonoros abertos ao mesmo tempo, você pode manipulá-los de maneira independente, criando o efeito desejado no resultado final e claro, gravar sua obra de arte para usar mais tarde em suas festas ou bailes :)

Em primeiro lugar quero deixar claro que não entendo nada de DJ e muito menos de manipulação de audio. Este artigo lhe dá apenas um empurrão inicial, que no meu ver é a parte mais complicada quando se deseja migrar para um novo sistema. O aprimoramento de seu trabalho será adquirido de acordo com a sua capacidade e criatividade de aprender os recursos que o software lhe propicia.

Como funciona o DBMix


Você deve estar se perguntando como é possível executar até cinco arquivos de audio simultaneamente em uma única placa de som, até porque se você escolher o XMMS para reproduzir os arquivos, a segunda instância do programa já irá nos indicar que o dispositivo de audio está ocupado.

Bom, a resposta é simples. O DBMix utiliza um daemon que funciona como camada entre os seus clientes de reprodução de audio (XMMS, mpg123, sox, etc) e sua placa de som e seu nome é dbfsd (DB Fourier Synthesis Daemon). Nós vamos configurar nossos clientes de reprodução de audio para enviar seu output para o dbfsd e o mesmo se encarregará de unificar os diversos canais em apenas um streaming de audio, que será então enviado para a placa de som através do driver do seu sistema operacional Linux.

A figura abaixo ilustra o esquema do dbfsd:


Além do dbfsd, outro elemento importante do pacote DBMix é o dbmixer, que é a interface do usuário com o sistema de mixagem em si, onde você poderá controlar todos os canais de entrada de uma só vez.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Obtendo e instalando
   3. Configurando o XMMS
   4. Iniciando o dbfsd
   5. DBMixer, o dono da festa
   6. Executando o XMMS
   7. mpg123 ao invés de XMMS
   8. Gravando o resultado de sua mixagem
   9. Considerações finais
Outros artigos deste autor

A trajetória do Viva o Linux - retrospectiva 2003/2004

Personalizando seu lilo no Debian

Tasker - Cotação do dólar usando Javascript

Interfaces Gráficas no Linux

Organizando projetos com a classe FastTemplate (parte 2)

Leitura recomendada

Gcombust, um frontend para cdrecord

Distribuições Linux no Samsung Chromebook ARM (XE303C12)

Instalação do Gnuteca - Sistema de Biblioteca Livre

Conky no Slackware 13

Gravando CDs em modo texto

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jeffestanislau em 19/12/2003 - 08:05h

Grande Fábio,

Muito show este programa, só conhecia softwares com estas funções para windows..., mas como sempe, mais uma pedida pro nosso pinguim desbancar a M$... hehehe

Parabéns pelo artigo!!!


[2] Comentário enviado por sun7zu em 21/12/2003 - 18:03h

Muito bom o artigo Fábio gostei muito
Mas o BeOS conseguiu desbancar a galera do pinguim colocando no seu sistema operacional deamond de audio que pode ser executado muito mais que 5 output so eu ja executei uma 200 output simultaneas na mesma placa.

[3] Comentário enviado por woosjr em 16/01/2004 - 12:00h

Bah muito bom o artigo, se eu tivesse mais conhecimento em linux iria ajudar a galera nesse projeto, mas por enquanto como bom cabaço que sou em linux, mas um grande admirador dou os parabens ao artigo !!! São esses detalhes que vao fazer o povo migrar cada vez mais pro pinguim.

[4] Comentário enviado por erasmo em 23/03/2004 - 23:22h

é dez... muito mil... é bom para car...

eu estava com problema para usar o xmms....


obrigado,

erasmo

[5] Comentário enviado por erasmo em 23/03/2004 - 23:45h

eu nao sou programador...
sera que alguem poderia criar um script para utilizacao....
tipo icone magico

obrigado,

erasmo

[6] Comentário enviado por ACTI0NX em 10/02/2005 - 02:24h

fala Fabio .. massa o artigo... qualquer dia eu vo fazer aqui...flwz...

[7] Comentário enviado por brezo em 12/12/2005 - 15:08h

E ai fabio, será q eu poderia colocar uma segunda placa de som pra fazer um preview do q irei tocar...

Flw...

[8] Comentário enviado por linus black em 07/07/2006 - 17:00h

amigo boa tarde eu sou agora um uzuario ferrenho de linux
a agora estou na minha quata versão kubunto 5.10 e preciso de uma explanação mais especifica do seu artigo voltado bara esta distribuição obrigado
nota para o artigo $1.0000000000000000000000000
zanbelestar@gmail.com


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts