Slackware vs Ubuntu: Seja livre para trocar um por outro

Neste artigo eu mostro duas visões sobre porque trocar o Slackware pelo Ubuntu ou trocar Ubuntu. Este artigo é uma resposta ao artigo: Porque abandonar o Slackware e usar o Ubuntu.

[ Hits: 60.965 ]

Por: Jean Landim em 04/02/2011


Atenção!



Antes de começar o artigo, quero dizer que não se trata de um artigo dizendo qual programa X roda em qual da duas distribuições e não pretendo falar de profundas vantagens técnicas ou filosóficas.

Espero que ambos os lados (SlackUsers e UbuntUsers) entendam o que quero passar a comunidade. Se o meu texto passar qualquer indício de 'flamewar' por favor, peço desculpas desde já.

Enfim, neste artigo eu vou mostrar quais são as vantagens da maneira que um usuário de informática/software livre neófito pode aprender e um usuário de informática/software livre pode compreender.

Portanto gostaria de maneira amigável ver tais usuários debatendo sobre visões que eu tenho de ambas distribuições.

Agora vamos ao artigo.

Quem vê cara, não vê coração

De fato é uma máxima verdadeira.

Pois nem tudo que é bonito e agradável é bom e nem tudo que é... digamos feio é excelente. Mas enfim, o ser humano sempre acha que pode melhorar e mudar.

Veja, nós temos hoje carros bonitos com design exuberante e outros com design mais másculo e imponente. Quem gosta de carros certamente vai dizer que o motor de carro X é bom e mais potente e outro pode dizer que o design de um é melhor.

Enfim, se distribuições fossem carros, Slackware seria um Fusca e o Ubuntu seria Novo Uno.

A nível técnico, o Fusca pode ser pequeno e dar impressão de 'velhice' a primeira vista. Mas dá uma lição de mecânica e praticidade que nenhum outro carro (talvez) poderia dar.

Continuando nessa pequena analogia, poderia dizer que Novo Uno tem um design chamativo digno de presente de pai para filho quando este passa na faculdade.

Eu não conheço muito de carros e muito menos sobre Novo Uno, o que eu quero ressaltar aqui, como você já deve ter deduzido, é que cada um é melhor para aquilo que foi feito. Sendo ele para fins didáticos (Fusca, Slackware) ou para fins ideológicos e estéticos (Novo Uno, Ubuntu).

Sendo pessimista eu poderia indagar: "Ah... mas um aprendiz de mecânico pode aprender a consertar carros como Santana e um recém-formado pode muito bem andar em Niva".

Partindo do argumento pessimista acima, eu poderia dizer que sendo assim um programador, hacker ou administrador de sistemas iniciante também pode aprender a dominar um sistema usando Fedora, Mandriva, Linux Mint ou até mesmo o Gentoo. Da mesma forma que usuário novato pode usar Slackware, Debian, CentOS ou até mesmo qualquer sistemas desse que foram citados acima em modo texto.

Então a partir daí, eu concluo que não há pontos de vistas técnicos ou filosóficos/estéticos. Existem apenas gosto, e aliás, isso não é só comum na área de tecnologia, mas também em arte marciais (vide o questionamento do eterno Bruce Lee). Enfim, o gosto varia de pessoa para pessoa.

Continuando com a nossa analogia, nós gostamos e brigamos tanto por causa de distribuições (Slackware e Ubuntu, por exemplo), editores de texto (Emacs e Vim, por exemplo) que esquecemos que são ferramentas. Só isso. Se tais ferramentas tivessem inteligência artificial perfeita, elas iriam rir de nós.

Aonde que "Quem vê cara, não vê coração." se encaixa neste artigo? A resposta é simples: UbuntUsers não gostam do Slackware por não ter artworks nativas e Slackers não gostam do Ubuntu, por não ter tanto poder de customização como o Slackware.

Concluímos então que ambos os usuários são preguiçosos, pois se o Ubuntu é fácil demais, inseguro ou até mesmo bonitinho, por que não mudar a interface e o interior do sistema? E já que o Slackware é tão feioso e preguiçoso, por que então não torná-lo bonito, elegante e automatizado?

Aliás ambos são software livre e eu creio que a maioria dos usuários (incluindo eu), quando entrou no mundo do software livre, pensando em fazer uma distribuição ou querendo personalizar, mas que com tempo vai se apegando a algumas e rejeitando outras, acaba esquecendo do sonho de iniciante: modificar e personalizar a sua distribuição.

Antes de encerrar está página, eu quero deixar uma mensagem para usuários iniciantes e avançados: ferramentas foram para propósitos determinados, não adianta bater prego com alicate só por que você não gosta da 'interface' do martelo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Atenção!
   2. Conclusão: O meu adeus a crise de distro. Diga seu adeus também!
Outros artigos deste autor

DriveDroid - Transforme o seu Android em um pendrive bootável

Leitura recomendada

Como um Linuxer pode ajudar Tux, o pinguim, a ficar cada vez mais gordinho!

Desenvolvimento de aplicações web

Porque as pessoas não usam Linux?

Ajude o Linux, use o Linux

As características de personalidade dos usuários de Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jmariano em 04/02/2011 - 08:06h

Voce foi infeliz na escolha das comparações "Slackware seria um Fusca e o Ubuntu seria Novo Uno."
Se for para comparar com carro, que tal dizer que o Slack possui um motor V8 esperando para ser tunado ?
Voce mesmo disse "sonho de iniciante: modificar e personalizar a sua distribuição.", das distribuições
citadas por voce, qual acha que permite realizar esse sonho ?
Seu artigo esta mais para "sou um usuário frustrado com o slackware, eu quero apertar botão"

[2] Comentário enviado por cruzeirense em 04/02/2011 - 08:29h

O ideal é que existisse a distribuição "linux". Que fosse universal... Todos os programas para linux rodassem nela, todos os arquivos de configuração ficassem no mesmo lugar, e que todas as outras distros seguissem o seu padrão...

[3] Comentário enviado por draggom em 04/02/2011 - 11:46h

Com todo respeito meu amigo, seu artigo deixa mais duvidas que esclarecimento, Slackware é para usuários com mais bagagem em gnu/linux, ao passo que ubuntu e fedora é para quem esta dando os primeiros passos no mundo gnu/linux, você não quer que uma pessoa com pouca experiência se aventure com Slackware,debian ou qualquer distro complicado de instalar e configurar. Vou dar um exemplo claro, minha netinha esta tomando mamadeira com aque leite caro(nam ar) que custa 36,90 a lata com 800 gramas(ubuntu e fedora), depois de alguns meses ela vai começar a tomar sopinha e alimentos mais sólidos(Slackware e debian). Já instalei o ubuntu no meu pc, é muito bonitos e simples de instalar e configurar, como gosto de desafios eu resolvi que tinha que instalar o debian, como na minha casa os meus computadores são meio jurassicos, esta distro foi mão na roda.

[4] Comentário enviado por matheuZ em 04/02/2011 - 11:47h

Muito bom seu artigo, todos tem direito de expor sua opnião!!!
A questão do Slackware X Ubuntu é uma coisa séria,
minha visão de programador é a seguinte;

a questão não é bem gosto!!!
a questão é necessidade!!!!

Se vc é um usuário normal e quer ter um sistema operacional desktop parecido com o Windows só que muito melhor em desempenho,segurança,escalabilidade,disponibilidade, facilidade de uso:
Então vc quer Ubuntu!!!!!!!

Se vc NÃO se importa com a cara do sistema operacional e sua FACILIDADE de uso portanto usa o sistema operacional para outros fins que não seriam necessariamente Desktop caseiro, e também você precisa de um maior desempenho,maior segurança,maior escalabilidade,maior disponibilidade, então seu negocio é Slackware ou Freebsd (freebsd não é linux eh UNIX).


Porque isso
Não é possível fazer tudo em um só!!!!

quando o programador se foca na facilidade de uso, ele precisa abrir mão de algumas partes
na segurança,desempenho,etc....

quando o programador se foca no desempenho, segurança...., ele abre mão de umas partes da facilidade de uso e beleza visual.


Cada grupo de Programador tem uma filosofia e acaba focando mais no que é mais interessante para o resultado final e o foco no usuário final (dependendo de suas necessidades.)

posso dizer que as necessidades de um usuario Slackware pode não ser a beleza grafica, mas sim a beleza funcional, grande facilidade de otimização, a transformação de agua em vinho.

posso dizer tb que as necessidades de um usuário Ubuntu é mais a beleza grafica e nem percebe a beleza funcional e grade facilidade de otimização (também porque nem precisa muito, e nem faz otimizações - deixa por conta do sistemas fazer pra ele)


Uma analogia para entender!!!
usando o sistema

Usuário Ubuntu: usuario comum(feliz da vida), usuario intermediario(feliz), usuario avançado(descontente), hackers(não usam, eles preferem o Debian ou o Slackware ou Freebsd)

Usuário Slackware: usuário comum (descontente), usuario quase comum(feliz), usuario intermediario (feliz da vida), usuarios avançados(adorando), hackers(gritando de felicidade).


[5] Comentário enviado por antonioclj em 04/02/2011 - 12:46h

Toda vez que leio este tipo de comparação chego a ficar arrepiado. Parece que todo mundo esqueci que no final das contas tudo está rodando kernel Linux. Quero ver quando um desktop usando GNU/Linux por algum motivo qualquer não conseguir levandar a placa de video 3D vão todos ter que arrumar o sistema pelo console. Neste momento quem souber usar LINUX ao invés de usar DISTRIBUIÇÃO vai se sobressair.

[6] Comentário enviado por RodrigoDavy em 04/02/2011 - 13:22h

Por que tem gente que diz que Ubuntu e Fedora são para quem está começando? Para mim isso é crença. Só mostra que tem muita gente que acha que usuário Linux tem que ser nerd. Para mim o Ubuntu é uma distro para se usar definitivamente, já tentei mudar várias vezes e desisti. Não porque não conseguisse usar a tal distro, mas porque no Ubuntu consigo fazer as mesmas coisas bem mais fácil.

Me considero usuário avançado, pois já tive que resolver vários problemas com drivers, com configurações, compilar programas. Mas eu uso o Ubuntu e estou satisfeito, e se um dia não estiver eu migro para outra sem medo algum.

Se uma pessoa quiser usar o Slackware ou o Gentoo, pode usar, claro que essas distros tem vantagens e até simpatizo com elas.

Para mim, distribuição que é difícil de modificar é o Windows, pois todo programa que você instala pode mexer a vontade no sistema e desfaz o que você configurou. Mesmo assim tem um montão de usuário avançado que prefere usar o Windows e eu acho eles fantásticos, porque eu não consigo manter o Windows funcionando bem sem ficar lento ou travar de vez, razão pela qual eu migrei para o Ubuntu.

[7] Comentário enviado por CerberusBH em 04/02/2011 - 13:49h

Meu Slackware de casa, e todos os que eu implementei, são bonitos, elegantes e automatizados. :-)

[8] Comentário enviado por dilasmartins em 04/02/2011 - 14:16h

Ubuntu é uma ótima distribuição pra começar, mas não quer dizer que seja só pra começar. O slack é um pouco mais complicado mas não quer dizer que não possa ser a primeira distro de um usuário. Como já citaram depende do proposito. A maioria dos usuarios nao querem e nem precisam entender as entranhas do linux. Minha mae professora esta iniciando no linux devido a nova politica do governo nas escolas, seria perca de tempo força-la a usar um Slack, a nao ser que um usuario mais avançado já tivesse automatizado tudo. Ja no meu caso iniciei no Slack, porque necessitava de uma distro que me forçasse a aprender LINUX ;)

[9] Comentário enviado por CerberusBH em 04/02/2011 - 14:21h

Gostei do comentário nº 5, do colega antonioclj! Hehehe.. Na hora que a placa de vídeo "dá pau", como se faz pra resolver?

Outra observação: em ambiente profissional, onde os recursos de um servidor não podem ser desperdiçados e o tempo e o dinheiro seu e de seu cliente estão em jogo, não se pode instalar uma distribuição fofinha e colorida pra depois ficar de cabeça quente, perdendo horas e horas enxugando o sistema.

Mas é isso aí. Cada um usa o sistema que melhor lhe atende ou melhor lhe agrada aos olhos.

Abraços a todos!

[10] Comentário enviado por nicolo em 04/02/2011 - 16:03h

Nóis merece....

[11] Comentário enviado por alima72 em 04/02/2011 - 16:46h

Vai começar antes era Linux ou Windows, não satisfeito agora querem criar guerrinhas entre Linux e Linux.
Brasileiro não aprende mesmo.
Aposto que é corintiano!! :-)

[12] Comentário enviado por demoncyber em 04/02/2011 - 17:57h

Olá,

Como eu sempre comento a melhor ferramenta é aquela que você melhor usa seja qual ela for ( windows, mac, linux, bsd ), acho que o artigo tem uma opnião vivenciada pela pessoa e não existe erro, e apenas a opnião do usuário. E nenhum momento ele quis desmerecer claramente ou falar mal de nenhuma distro, foi opnião dele sobre as circunstâncias que viveu. Tem muitos artigos na net que poxa é extremamente triste a forma não tecnica e nem moral e ética que cometam, partindo de um pressuposto sem nem mesmo usar ou confirmar circunstâncias afirmadas.

Acho que o melhor que posso comentar é que espero que com esta distro ele consiga a satisfação de usar o sistema para operar o computador dele.

XP este compartivo de fusca eu já vi no site do Morimot =p

Abraços Jean, aguardo o próximo artigo....

[13] Comentário enviado por xerxeslins em 05/02/2011 - 02:23h

Comparar Slackware com Ubuntu talvez seja um pouco estranho, são distribuições com propósitos diferentes e para usuários com necessidades diferentes.

Slackware tem ênfase em servidores embora sirva como Desktop. Já o Ubuntu é puramente para usuários domésticos.

O ponto fraco do Slackware, para alguns, é seu gerenciador de pacotes um tanto quanto simples demais, mas a simplicidade é o que faz os usuários de Slackware felizes.

Estabilidade é outro grande atrativo do Slackware. Assim como há quem mude do Slack para Ubuntu, há quem saia do Ubuntu para Slack em busca de estabilidade, maior experiência com Linux, etc.

Já facilidade e automatização é o que atraem usuários do Ubuntu. Quanto mais fácil, melhor. Quanto mais botões para serem clicados no lugar de digitar comandos, melhor.

Uma distro é boa quando tem o que o usuário quer. O autor do artigo mudou para Ubuntu não por culpa da distro Slackware, mas porque ele mudou o que queria em uma distro.

bem, é minha humilde opinião de leigo.

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Crise-de-distro

[14] Comentário enviado por jeanlandim em 05/02/2011 - 10:28h

jmariano: Sou usuário frustrado com o Slackware? De jeito nenhum, eu estou frustrado com a minha escolha e não com a distribuição escolhida. Desde que eu escrevi o artigo eu não mudei de distribuição. Ainda continuo a usando. Mas
perai, eu não disse que ia mudar? Sim, mas isso não tira o meu direito de fazer ou não com a minha máquina. Em suma, eu acho que o seu comentário foi bobo.

cruzeirense: Seria até legal, mas eu acho que não seria possivel.

afdconceicao: Você quer comparar uma criança em crescimento, com uma escolha de distribuição? Eu disse que cada distribuição serve para determinada pessoa, mas nada impede que você comece por distro X ou Y, álias quando não existia esse luxo, como o pessoal se virava? Enfim, o Slackware não é avançado ao ponto de precisar de uma aprendizado básico em outra distribuição para ser usado.

matheuZ: Exatamente, a questão é a necessidade.


antonioclj: De fato todos rodam sob o mesmo kernel, não importa que release seja.

RodrigoDavy: Windows, não é distro... é um pseudo-SO. :p

slackdila: Eu não acho que o Slack "força" você a fazer as coisas. Isso vai
depender muito da pessoa.

alima72: Não sou corintiano. Linux vs Windows? Você chegou a ler a parte em que eu falo que cada distro é uma ferramenta.

demoncyber: Opa, Marco é sempre um prazer te encontrar na WEB, mesmo que você não esteja online no GTALK. :D

xerxeslins: Também concordo ;D. Opinião de leigo? Cara, você é um guru do VOL. :D

[15] Comentário enviado por removido em 05/02/2011 - 14:44h

Gente, este artigo é um artigo opinativo. O autor tem o direito de se expressar.

Para as conveniências dele o Ubuntu poderia ser melhor, assim como qualquer outra distro. O que não torna todas as outras distro ruins.

Isso é liberdade, e o autor foi bastante polido. Tem gente aqui no Vol que simplesmente escracha e ridiculariza determinadas distros, e ninguém fala nada, pelo contrário, até bate palma como bobo da corte.

Eu gosto tanto do slack quanto do ubuntu. Cada um desempenha um papel diferente, de acordo com meus objetivos e necessidade.

Abraço

[16] Comentário enviado por removido em 05/02/2011 - 19:34h

Concluímos então que ambos os usuários são preguiçosos, pois se o Ubuntu é fácil demais, inseguro ou até mesmo bonitinho, por que não mudar a interface e o interior do sistema? E já que o Slackware é tão feioso e preguiçoso, por que então não torná-lo bonito, elegante e automatizado?

SLACKWARE mantem um sistema simples e funcional !

velho slackware tem foco de servidor.

[17] Comentário enviado por joaocagnoni em 05/02/2011 - 21:41h

Gostei muito do seu artigo, só achei que o exemplo do Fusca X Novo Uno não caiu muito bem. Mas aproveitando (o péssimo) exemplo, eu diria que é mais fácil você trocar o motor do Novo Uno do que tentar deixar o Fusca bonito. A principal filosofia do Ubuntu é o linux para todos, e deveríamos incluir TODOS mesmo, pois ele pode ser tão otimizado quanto o Slackware. Eu vou de Ubuntu, mas eu odeio o Novo Uno, acho que o antigo parecia uma caixa de fósforo, e o novo é uma caixa de fósforo com cantos arredondados. A galera precisa entender que Palio já é carro de pobre, não dá pra tirar mais do que isso (eu tenho um Palio).

[18] Comentário enviado por joaocagnoni em 05/02/2011 - 21:44h

Desculpe o comentário duplicado, mas respondendo ao comentário do nosso amigo afdconceicao, eu acho que quando sua filha for um mac ela vai comer pimenta e guspir fogo.

[19] Comentário enviado por antonioclj em 05/02/2011 - 21:51h

Só fazendo um adendo. Eu utilizo distribuições Red Hat like. Costumo utilizar CentOS nos meus servidores e Fedora no meu Desktop. Também dou meus pitacos nas distribuições Debian like e Slackware like. Uma informação interessante:

"Das primeiras distribuições Linux, que surgiram entre 1991 e 1993, a única que sobrevive até hoje é o Slackware, que deu origem a algumas outras distribuições conhecidas, como o Vector, Slax e o College."

FONTE: http://www.gdhpress.com.br/ferramentas/leia/index.php?p=cap1-11

Patrick Volkerding e a equipe do Slackware com certeza realizam um excelente trabalho haja vista que o slackware é uma das distribuições que dão origem a outras distribuições assim como Red Hat e Debian. É isso ai.

[20] Comentário enviado por alefesampaio em 05/02/2011 - 23:28h


Gostei da comparação do Slackware com Fusca.HEHEHE na realidade todo Usuário Slackware e também usuário do Windows saber porque? Simples. O sistema Não Funciona. Ainda dizem que que o ubuntu e para usuário iniciantes meu Ubuntu Funciona... já os Usuário Slackware tem Dual Boot .. Slackware e Windows.
Se liga Usuário Slackware nos não somos mais servo do Windows vocês são.

[21] Comentário enviado por demoncyber em 05/02/2011 - 23:53h

"Gostei da comparação do Slackware com Fusca.HEHEHE na realidade todo Usuário Slackware e também usuário do Windows saber porque? Simples. O sistema Não Funciona. Ainda dizem que que o ubuntu e para usuário iniciantes meu Ubuntu Funciona... já os Usuário Slackware tem Dual Boot .. Slackware e Windows.
Se liga Usuário Slackware nos não somos mais servo do Windows vocês são." - by alefesampaio

Exemplo do que falei ali em cima ;)

[22] Comentário enviado por alefesampaio em 06/02/2011 - 22:26h

hehehe demoncyber sou estou apimentando a discussão... Fique com Deus. Bom Final de Semana.

[23] Comentário enviado por pael em 06/02/2011 - 22:44h

FreeBSD é difícil e Ubuntu é fácil...eu ri :P

Se tu me der um FreeBSD eu me viro fácil, agora se tu me der qualquer merda...ops...qualquer distro debian-like eu apanho legal :P
Não é a toa que uso FreeBSD e o Arch respectivamente no desktop e no notebook.

[24] Comentário enviado por alefesampaio em 06/02/2011 - 23:21h

Opa.. pael... a briga é de tubarões Ubuntux x Slackware .. piaba não entra neste mar... ate porque FreeBSD não considero Linux...

[25] Comentário enviado por sorin06 em 07/02/2011 - 09:14h

Eu comecei utilizando o Slackware como minha primeira distro, como não sabia nada de linux na época nem me atentei qual era considerada mais fácil ou mais difícil. Acontece que utilizo Slackware faz 4 anos desde então nao troco por nenhuma outra.

No trabalho até utilizo Ubuntu pois futuramente podemos migrar todos os Desktops para Ubuntu, realmente achei o Ubuntu uma distro muito boa, fácil, pratico, mas agora falar que ele é mais bonito?? Depende, o Gnome particularmente acho horrível, não se comparando com o design do KDE4 que pra mim compete de frente com design de Windows 7 e MacOS.

Outra vantagem que vejo no Slackware é o fato de após uma instalação Full tem praticamente tudo que preciso para programar ...


Mas realmente não temos que julgar quem é melhor e quem é pior. Considero que todo o conhecimento que tenho hoje de GNU/Linux deve-se ao Slackware, realmente apanhei muito no começo e as vezes ainda apanho, pode-se dizer que Slackusers gostam de sofrem, pode ser verdade por um lado, mas gostamos muito de aprender...

Nunca utilizei CentOS, mas já precisei dar manutenção em um servidor todo em modo texto e não me assustei nem um pouco pelo fato de já estar familiarizado com o modo texto.




Então minha dica é, se você quizer aprender Linux a fundo, vai de Slackware, se quizer apenar utilizar como um usuário comum Ubuntu.

Abraços

[26] Comentário enviado por apchagas81 em 07/02/2011 - 11:28h

GNU/LINUX = Sem palavras...todas as distros são maravilhosas de acordo com a sua necessidade, pois sabem que realmente funciona!

ABRAÇOS


ANDRE CHAGAS

[27] Comentário enviado por pop_lamen em 07/02/2011 - 14:13h

Desculpe se não for um comentário construtivo, mas....
Não achei didático ou coloborador.

São distros totalmente distintas e com fins e público-alvos diferentes, ao passo que, mesmo que fossem parecidas, ainda sim não se faria necessária tal recomendação.

Não gosto de "distro flame war" e não gosto de "fanboys", acho que este não é o espírito do mundo open-source, assim como também não é uma atitude open-source defender ou criticar distribuições.

Agora, se o artigo tratasse de diferenciar "tecnicamente", elucidando as diferenças entre os gerenciadores de pacotes, serviços, arquivos de configuração, ou servindo até de GUIA para aqueles que já desejam efetuar essa migração de distribuições.... AÍ SIM SERIA DE GRANDE UTILIDADE.

Fica ai a dica para um próximo artigo.


Um abraço,
Wainer

[28] Comentário enviado por removido em 07/02/2011 - 16:19h

Olá a todos.
Trato isso tudo, a qual o nosso colega escreveu em seu artigo, como um amor incondicional e a primeira vista do nosso amigo UBUNTU, assim como o fascinante APT-GET INSTALL, que o torna muito atraente. Devo relatar que todas as distribuições Linux tem sua peculiar forma de atrair usuários, porém o relevante é termos sempre uma distribuição integra, e atualizada.
Já utilizei, SUSE, OpenSUSE, FEDORA, DEBIAN, UBUNTU, SLACKWARE, CentOS, FreeBSD, OpenSOLARIS. E entre as instalações realizadas dos pacotes, compilações etc... posso dizer com certeza que o Linux esta ficando cada dia mais fácil de instalar, configurar e manter, abrindo portas para pessoas “leigas” adaptar-se ao Linux.
O UBUNTU esta abrindo muitas portas para a utilização do Linux, ele é fácil de utilizar, de instalar pacotes pelo seu gerenciador gráfico, onde as dependências são resolvidas e tudo se torna um mar de rosas.
Cheguei a uma conclusão sobre qual distribuição utilizar, é bem simples, utilize aquela que você achar melhor, levando sempre em conta, qual a mais evoluída. Estou falando de EVOLUÇÃO, e não a mais nova.
Tendo em conta que “ distribuição velha”, é uma distribuição mal cuidada a anos, e “distribuição antiga” é uma distribuição que esta sendo bem cuidada a anos...
Estamos falando de tecnologia, então que VIVA o NOVOS e permaneça os BONS....


[29] Comentário enviado por wellingtoncunha em 07/02/2011 - 17:45h

Legal ver um artigo desse liberdade tambem inclui liberdade de opnião. esse e o nosso mundo Linux.

mas prefiro mil vezes meu slackware.
se vc quiser aprender a ensencia linux usa slackware
se vc tem saudade do "Indios" usa ubuntu


[30] Comentário enviado por fhespanhol em 07/02/2011 - 17:46h

Não gostei da comparação entre carros e distrôs. Porém a temática do artigo é boa, mostra um problema que a comunidade do software livre terá de enfrentar mais cedo ou mais tarde. Quando uma distribuição se destacar das outras e começar a cair no gosto popular não teremos o que fazer. Essa distribuição pode ser Ubuntu, Slackware, Fedora ou outra qualquer no entanto o problema da discórdia será sempre o mesmo. Se o Slackware fosse a distrô mais utilizada hoje seria esta que estaria recebendo as críticas de todos. O que me entristece é justamente a briga e a falta de cooperação entre os usuários de determinadda distribuição em relação a outra, isso só enfraquece o software livre e mantém o Windows em alta. Uma hora em um futuro próximo uma distrô será a mais utilizada não tem jeito e eu acho que cabe aos usuários avançados apoiarem esta distribuição ajudando em sua melhoria e garantindo que fuincione redondo, pois só assim teremos uma real democratização da informática. Lembrem-se GNU/Linux não é time de futebol é uma filosofia que visa tornar o uso do computador acessível a todos.

[31] Comentário enviado por albfneto em 07/02/2011 - 23:23h

concordo com o xerxes... cada distro é para uma coisa e nada impede que iniciantes queiram usar slackware e avançados usar ubuntu...
Cruzeirense, a padronização,vc viu hoje neste artigo o que seria após a padronização...!
se tudo ficar igual, tanto fará ser slackware como ser ubuntu...
fhespanhol. Minha opinião é que Ubuntu já sobressai! Slackware e Debian não perdem usuários (pq são clássicos Linux), mas ótimas Distros, como Mandriva, perdem... e windows não está em alta, está em baixa, porisso a MS se preucupa. estão fazendo propaganda de windows seven na TV!
e o windows existe ainda dominando (embora em baixa) não é pq os Linusers brigam, é porque é mercado.
Windows está em todos os lugares...

[32] Comentário enviado por cruzeirense em 08/02/2011 - 10:44h

Prezado albfneto,

A padronização que me refiro é em termos de funcionalidade, configuração e instalação.
As distros tem que existir, mas a diferencia deveria ser em termos de funcionalidade e seguindo o padrao.
Exemplo, eu quero uma distro que sirva para servidor. Hoje qualquer uma serve, basta instalar os pacotes necessários, mas poderia existir uma distro com estes pacotes já instalados por padrão.
Se é uma distro voltada a programação, deveria vir com os pacotes para tal fim instalados, e assim por diante.
Isso na verdade até já existe, mas o problema que me refiro da falta de padronização em termos de sistema.
Ex. Em uma distro o arquivo de configuraçao do squid fica na pasta x, na outra distro fica na pasta y.
Existe um programa z que só funciona na distro a e b, e assim por diante. Ou se você quiser rodar o programa c tem que ter o ambiente gráfico n...
Acho que os programas e configurações devem ser padronizados. Os nomes dos diretorios devem ser sempre os mesmo, locais de arquivos, etc...

Outro problema é que a cada atualização existe a possibilidade de determinado programa não funcionar mais, aí você tem que correr atrás da dependência x que só vem com pacote para a distro y, e por aí vai...

Abraços,

Renato

[33] Comentário enviado por arabasso em 08/02/2011 - 11:49h

Esse negócio de comparação entre distros sempre vai ter. Usei Slackware por mt tempo, e agora estou usando Ubuntu. Parei de usar o Slackware pelo simples fato de não vir mais com o Gnome, e por não ter mais PACIÊNCIA de ficar configurando o sistema.

O grande problema pra mim é essa falta de padrão entre as distros. Duvido q uma produtora de software se sinta à vontade de projetar um programa pra Linux e ter q testar em pelo menos 10 distros diferentes...

A minha vontade era q o Richard Stallman acabasse com essa bagunça de distro, e montasse o sistema GNU (com kernel Linux ou qualquer outro), que afinal era a ideia original dele. Outra solução seria juntar tudo oq tem de melhor nas distros e montar um tipo de "Mega Linux".

[34] Comentário enviado por cruzeirense em 08/02/2011 - 15:23h

é o que eu disse acima arabasso,

O que acontece com o linux hoje é parecido com o que acontece com o html, só que é um pouco pior. todo mundo sabe da reclamação que existe entre a falta de suporte ao html padrão. Internet Explorer faz de um jeito, opera de outro, chrome de outro, etc... A diferença entre isso e o linux é que para html existe um padrão, e até o internet explorer que é o mais chato para seguir isto está se adaptando.
Deveria ter o padrão para linux também...

Os nomes das pastas deveriam ser sempre os mesmos.
Os locais dos arquivos não deveriam mudar de acordo com a distribuição.
O suporte a programas gráficos deveria ser universão e não deveria ser dependente da interface.

Vou até radicalizar um pouco. Acho que deveriam diminuir o rítimo das atualizações! É isso mesmo. Você instala seu ubuntu direitinho, deixa ele bala, e daí a pouco (no máximo 6 meses) tem que atualizar para uma versão nova que causa perda de compatibilidade com alguns programas instalados (normalmente aqueles que você tem que compilar a partir dos fontes). Lembrando que se você não atualizar perde também compatibilidade com alguns programas novos que você venha a instalar.

De uns tempos para cá está mais difícil manter a instalação do ubuntu do que a do Windows no computador.

Lembram do windows xp que apesar de todo mundo falar mal foi, reconhecidamente, um sucesso! (11 anos no topo não é para qualquer um!). Nos seus 11 anos de vida ele teve apenas 3 atualizações significativas (quase 4 anos por atualização).

[35] Comentário enviado por douglas.giorgio em 09/02/2011 - 07:36h

ja tentei usar ubuntu muuuitas vezes, mas muitas msm, mas não consigo deixar ele na maquina

1° pesado
2° bugado
3° ubuntu é rolling release
4° tudo que eu faço no ubuntu eu faço em qualquer outra distribuição, incluindo o Slackware

uso XFCE e KDE, o Slackware tem os dois, não tenho problemas com instalações pq uso Slackbuilds, e msm compilando na mão, eu compilo, gero pacote e instalo sem problemas
Slackware é bom para desktop "depois de customizar" e servidor, agr o ubuntu só desk
Slackware não é feio, isso depende da interface grafica, só pelo fato do Slackware ter o KDE, essa coisa de feio não tem sentido, kde é a interface mais bonita por padrão
gnome?? ja instalaram o gnome puro?? não estou falando o gnome do ubuntu, mandriva etc, instala o gnome puro e verá.
sem contar que o kde é exelente, sem contar os seus aplicativos como o kate, kwrite, amarok etc, o Slackware vem com tudo isso

mas gosto mesmo de FreeBSD
1° robusto
2° tem ports
3° raaaapido

tanto o Slackware e FreeBSD, estão instalados em meu computador e muuuuuito tempo, atualizando e atualizando, agr com o Ubuntu, isso é quase impossivel, uma hora ou outra vai bugar ou vai ter que reinstalar tal programa e por ai vai, sem contar as mudanças frequentes, os padrões?? bom, ubuntu não sabe o que é manter um padrão

testei o ubuntu da versão 8.04 até o 10.04

ubuntu não é ruim, muito pelo contrario, é muito bom, ajuda muito os iniciates e ajudou a crescer a imagem "boa imagem" do Linux, mas eu não instalo nunca mais

entre ubuntu e mandriva, eu fico com o mandriva, tive serios problemas com o mandriva na atualização da versão 2008.0 mas enquanto estava instalado, era só alegria "tirando o peso na RAM"

foi boa a sua iniciativa, mas não faz muito sentido pq tudo isso é na sua visão, isso varia de usuário a usuário

podem reclamar de mim, mas isso foi a experiencia que tive com o ubuntu e tirei as minhas proprias conclusões, igual aos outros usuários, gosto é gosto, e sejam livres na escolha.

[36] Comentário enviado por alefesampaio em 09/02/2011 - 21:24h

Eu uso o Ubuntu desde a primeira versão nunca tive que reinstalar por atualização. Agora dizer que Slackware não revisa seus padrões é não conhecer sua própria história. Dizer que Slackware também não dar pau nas atualizações e demagogia.
Sobre FreeBSD já fiz minhas criticas acima.


[37] Comentário enviado por douglas.giorgio em 09/02/2011 - 22:17h

1º quando se fala de padrões, não tem comparação de slackware e ubuntu, slackware teve suas mudanças, afinal, slackware não é baseado em nenhum sistema, mudanças tem que acontecer, agr ubuntu não se encaixa na palavra padrão

2º ubuntu é bugado sim, se vc ficar somente usando firefox e emesene obviamente não vai bugar nunca

eu não vi nenhuma critica sua sobre FreeBSD, e só aceito critica do FreeBSD se essa tal pessoa realmente conhece o sistema, e não dessas pessoas que julga só pq não conseguiu usar o sistema por pura incompetencia

"ate porque FreeBSD não considero Linux"
nem precisa considerar, pq não é linux, é FreeBSD
e nem tem o que comprar FreeBSD com slackware e ubuntu

1º ubuntu e slackware não é um sistema operacional e sim uma distribuição totalmente dependentes do kernel Linux
2º FreeBSD é um sistema operacional, com kernel FreeBSD, totalmente independente

não existe melhor ou pior, pois isso vai de cada um

eu por exemplo gosto de Slackware, recomendo ubuntu somente para iniciantes
em caso de servidor o ubuntu não tem espaço, não msm, ja viu um cluster ubuntu?? até agr só vi o wetadigital

até pequenos servidores o ubuntu não pega bem, metro de SP usa redhat, slackware e FreeBSD e tem "ou tinha" planos par o SUSE, creio que hj o suse ja esteja rodando tbm
https://extranet.metrosp.com.br/downloads/metro.shtml

só pelo fato do ubuntu adotar o sudo como padrão, ja queima um pouco em servidores

e como vc ja disse, vc só quer apimentar a discussão "flame", e pelo visto com coisas inuteis e sem sentido como:
"Ubuntu Funciona... já os Usuário Slackware tem Dual Boot .. Slackware e Windows.
Se liga Usuário Slackware nos não somos mais servo do Windows vocês são. "
NOOB DETECTED!!!

[38] Comentário enviado por alefesampaio em 09/02/2011 - 23:42h

Engraçado ver você falando isso mostra que você realmente conhecer a historia do Slackware nem pouco a do FreeBSD

Então como você pediu sobre FreeBSD
http://www.noticiaslinux.com.br/nl1259725034.html

Talvez eu não seja um esperto como você se alto denomina mas vamos testar
Mande um servidor que você administra no FreeBSD no prazo Maximo de 48hs coloco os fatos dele nesta pagina.

2º FreeBSD é um sistema operacional, com kernel FreeBSD, totalmente independente
R=(kernel remontando a prova disso e que ele aparece na arvore do BSD em 1993 2 anos mais novo que kernel do linux sendo logo revisado pelo FReeBSD now desaguando na criação do Mec OS x 2001 ) fala de padronização e critica ubuntu e fácil agora quero ver tu olha a padronização do FreeBSD.
O FreeBSD não passar de um Kernel montado remendado nada mas que isso

não existe melhor ou pior, pois isso vai de cada um

R=(Se não houvesse diferença não haveria liberdade de uso )

2º ubuntu é bugado sim, se vc ficar somente usando firefox e emesene obviamente não vai bugar nunca
R=(Detesto bate papo msn, não uso firefox fico mesmo com opera )
em caso de servidor o ubuntu não tem espaço, não msm, ja viu um cluster ubuntu?? até agr só vi o wetadigital
R= (Servidores no Ubuntu são referencia tanto cluster como nas Nuvem
http://content.dell.com/us/en/enterprise/by-need-it-productivity-data-center-change-response-ubuntu-.... )

só pelo fato do ubuntu adotar o sudo como padrão, ja queima um pouco em servidores
R=( Sim e Verdade servidores velho ruim obsoletos talvez tenha muita dificuldade nisso talveis FreeBSD 7.0 )
e como vc ja disse, vc só quer apimentar a discussão "flame", e pelo visto com coisas inuteis e sem sentido como:

R=( Sim quero apimentar sim quero ver a filosofia quer norteia cada distribuição no entanto o fator de atacar a distribuição não dar direito de ofenderes ágüem seu aleija).


[39] Comentário enviado por douglas.giorgio em 10/02/2011 - 18:14h

nossa, vc é uma piada HAHAHAHA

(kernel remontando a prova disso e que ele aparece na arvore do BSD em 1993 2 anos mais novo que kernel do linux sendo logo revisado pelo FReeBSD now desaguando na criação do Mec OS x 2001 )

FreeBSD foi a sequencia mais pura do BSD, alguns disem que FreeBSD é praticamente a sequencia do BSD

o resto é motivo de dar risada, realmente é um flamer nobizinho

os maiores datacenters rodan unix e linux "e não é ubuntu"

yahoo roda OpenBSD e FreeBSD
microsoft roda FreeBSD

os unicos a altura é IBM, Google e alguns outros, tudo rodando sistemas unix e alguns linux "e que não é ubuntu"

imagine um cluster IBM, qual vc acha que roda melhor, algum unix da IBM ou um linux "imagine ubuntu"

ainda mais quando se fala em segurança, não tem o que comparar

tanto linux, unix etc, são bons, mas linux varia um pouco pela distribuição

em relação ao linux em cluster, obviamente existe mais cluster com linux do que com qualquer outro sistema

um cluster onde instalar slackware, redhat, suse, ubuntu pode ser instalado qualquer outra distribuição linux, afinal é tudo linux, mas obviamente o ubuntu está longe se ser o melhor nisso, em servidores não tem o que comprar redhat com ubuntu, e nem gentoo com ubuntu, ubuntu é mais voltado ao usuário final

[40] Comentário enviado por douglas.giorgio em 10/02/2011 - 18:23h

veja http://www.top500.org/sublist/results

o linux estão rodando nos computadores mais rapidos do mundo, mas fala somente linux e não ubuntu, provavelmente são linux customizado para tal computador

o unico que mostra a distribuição é o suse SLES que estão nos bluegene da IBM

e o CENTOS em alguns da SUN e outros

cade o ubuntu?? cade??

ubuntu não é ruim, mas diser que é o melhor é coisa de noob, pois não existe o melhor

[41] Comentário enviado por alefesampaio em 10/02/2011 - 23:01h

Ola douglasfim.

1º Onde foi mesmo mesmo que você viu que microsoft roda FreeBSD ?

R= http://toolbar.netcraft.com/site_report?url=download.microsoft.com

veja que ate presente momento vocẽ não mostrou prova de nada que você cita. Pelo simples fator de um servidor usar linux não quer dizer que ele coloque como letreiro na estampa dizendo qual distribuição ele esta usando ate porque Linux e mesmo que kernel estar presente nas distribuições como sla..ubuntu... debian, redhat, sem ele nem uma distribuição sobreviveria.

Pelo jeito quer você se refere dar a entender que ubuntu não e linux linux não e um distribuição ele e núcleo para distribuições presente pela qual a gente estar dialogando

sobre FreBSD

R=
O projeto FreeBSD teve seu nascimento no início de 1993, em parte como uma consequência do conjunto de manutenção não-oficial do 386BSD (Unofficial 386BSD Patchkit). O primeiro lançamento oficial foi o FreeBSD 1.0 em dezembro de 1993, coordenado por Jordan Hubbard, Nate Williams e Rod Grimes.
O objetivo original era produzir um snapshot intermediário do 386BSD, de forma a poder corrigir uma série de problemas com este sistema, que o mecanismo de manutenção não era capaz de resolver. Alguns se lembrarão do nome inicial do projeto que era 386BSD 0.5 ou 386BSD Interim em referência a este fato.
386BSD era o sistema operacional de Bill Jolitz, que já estava naquele instante sofrendo quase um ano de negligência. Como o mecanismo de manutenção patchkit se tornava mais e mais desconfortável a cada dia que passava, fomos unânimes em decidir que algo tinha que ser feito e decidimos ajudar Bill oferecendo a ele este snapshot interim. Tais planos foram bruscamente interrompidos quando Bill Jollitz decidiu repentinamente retirar sua sanção ao projeto sem nenhuma indicação clara do que deveria ser feito. Não levou muito para decidirmos que o objetivo continuava a valer a pena, mesmo sem a ajuda de Bill, e então adotamos o nome FreeBSD, sugerido por David Greenman.

não-oficial dizem alguma coisa???...

um cluster onde instalar slackware, redhat, suse, ubuntu pode ser instalado qualquer outra distribuição linux, afinal é tudo linux, mas obviamente o ubuntu está longe se ser o melhor nisso, em servidores não tem o que comprar redhat com ubuntu, e nem gentoo com ubuntu, ubuntu é mais voltado ao usuário final

R= E verdade UBUNTU talveis não seja referencia ate porque cada distribuição veio com filosofia diferente
ex. slack... Tange pela segurança, ortodoxosxia, ubuntu e filosofia que tange para lado do usuario final isso não e não pode ser um defeito, quando ataco slack.. não faço porque não sei trabalhar alias já usei muito tempo o Slack.. hoje trabalho com ubuntu e black track.
Ubuntu não foi consebido para servidores mas nada impede que ele seja instalado nos servidores ou não ? Só porque uma distribuição foi feita para usuarios final é insegura para servidores? .Ate porque quem vai dizer se ele e vulnerável são as formas como configuramos eles, podemos muito bem ter um distribuição segura e mesmo tempo roubusta no servidor. Mas por ex.... Apache estiver vuneravel de quem foi a culpa ? Da distribuição ?.. do usuario? Ou do apache?.

cade o ubuntu?? cade??

R= Reposta servidores da DELL isso para citar alguns ex...
Assim como slack.. foi consebido na ideia de ortodoxo ubuntu tem usado sua filosofia para usuario iniciantes e usuario Avançados
ubuntu e referencia hoje em:
usuario final: (Sendo hoje mais usado ajundando a difundir a política de adoção do linux)
Ubuntu One:( computação nas Nuvem)
Agora vou te falar porque uso ubuntu além de sua facilidade tem uma filosofia que me agrada mas no dia que eles mudarem essa filosofia mudarei de distribuição ate porque acho que a idéia de software livre tem que ter as seguintes características : tanto para Inteligentes , como para ignorantes, pebleus e judeus brasileiro é americanos. Todos são iguais todo tem direito isso ate hoje que me impediu de usar agumas distribuição e slack.. e uma delas.

ubuntu não é ruim, mas diser que é o melhor coisa de noob, pois não existe o melhor
R= (Concordo sim com você pois não existe o melhor posso ate dizer ( A ) e melhor que ( B ) que vai mostra isso e público ele e quem avalia.
E como compara sabão em pó no mercadinho para mim e tudo igual mas a minha
esposa por incrível que pareça so escolhe o mais caro porque diz que rende muito.

Não Faço criticas slack.. pela forma de distribuição e sim pela sua filosofia adotada. fazendo com quer muito Usuário da apropria distribuição Slack.. Tenha dual Boot . 1 Slack... Para Auto Denominar Sabixão, e 1 Windos para poder fazer sua atividades necessarias.
Percebo que muito usuarios Slack.. se auto denomina Conhecedor do GNU Linux, projeto Gnu foi feito para dar a liberdade de escolha para todos.
Não ajudar usuario iniciantes não e nulca foi o foço do GNULINUX ate porque para ter esse nome na estapa uma das exigências são deixar codigo fonte. Isso faz com quer muito usuário não fique prezo na corrente do software.

Não mostra não ajudar só criticar quem realmente fez com quer muitos usuários cheguem ao Linux e forma preconceituosa de não desiminar conhecimento.

Isso prova que Ubuntu estar no caminho certo mas você pode ter certeza que toda distribuição tem ponto fraço e ponto forte tanto Slack... como Ubuntu etc..



[42] Comentário enviado por xerxeslins em 11/02/2011 - 01:54h

* comendo pipoca e lendo os posts =]

[43] Comentário enviado por douglas.giorgio em 11/02/2011 - 02:40h

não tem muito o que provar, pois não é nada dificil de se encontrar, digite hotmail wiki "em ingles" e verá

yahoo:
http://www.freebsd.org/internet.html

não lembro tbm onde tinha visto que eles rodavam openbsd tbm, tbm ouvi diser que trocaram tudo p redhat, mas não tenho muita certeza

----------------

todo os projetos, ainda mais quando o projeto está no inicio, tem suas modificações, isso sempre acontece
"O FreeBSD não passar de um Kernel montado remendado nada mas que isso "
lamentavel... se for assim o linux é um minix modificado e bagunçado

não penso assim, mas é +- isso que vc disse do FreeBSD

"Usuário da apropria distribuição Slack.. Tenha dual Boot . 1 Slack... Para Auto Denominar Sabixão, e 1 Windos para poder fazer sua atividades necessarias."

1º usar slackware não é motivo de se sentir o "sabixão", muitos usuários de linux ja testaram diversas distribuições e muitos passaram pelo slackware
2º eu sei que tem aqueles que sente o sabixão, mas esses podemos descartar pq slackware não foi feito p levantar a moral do usuários "e nem p cair"
3º o que um usuários de slackware não consiga fazer e tenha que usar o windows e que o ubuntu possa fazer?? a unica dependencia do windows que tenho é em relação a jogos, isso nem linux nem unix consiga resolver, e não adianta usar o wine, estou jogando metro2033, pelo proprio windows ja está pesado e uso PhysX com Dx10, rodar jogos no wine é uma tristeza e nem sei como fica o physx e dx10 no wine, o resto eu faço tudo no slackware tranquilamente, slackware
4º quero um bom motivo p mudar a minha ideia, pois esse negocio de slackware-user dependente do windown não faz nenhum sentido

em relação a servidores, não é que não rode, ou que precisa ter um SLES, CentOS ou Redhat só p compartilhar uma musica na rede

até a distribuição xingling que meu visinho criou pode rodar como servidor se tiver tais aplicativos para rodar o serviço, rem relação a isso não há duvidas "a distribuição xingling foi um exemplo"

em relação a segurança tbm, mas não tem como comprar um cluster SLES com um cluster ubuntu

em relação a segurança o FreeBSD tem um ponto positivo, quando vc instala um aplicativo vulneravel pelo ports, o ports te avisa

esse alerta eu vi ano passado quando instalei o mysql, com o nagios2 eu ja vi tbm "não lembro exatamente as versões de ambos aplicativos"

pode critar o quanto quiser do FreeBSD, não vai mudar a minha ideia e vou continuar usando, sendo "remendado" ou não

em relação as distribuições linux, não mudo a minha opnião em relação ao slackware com dualboot obrigatorio

[44] Comentário enviado por alefesampaio em 11/02/2011 - 09:43h

Ola, douglasfim Então veja o seguinte controle um de um servidor não pode ser automático acho que os bons servidores ou seja servidores seguro tem quer ter alguém pensado nele.


em relação a segurança tbm, mas não tem como comprar um cluster SLES com um cluster ubuntu

R= porque ? olha uma vez vil um cara invadir servidor do Exército com windows 98 pequenas coisa simples podem resolver muita coisa quando bem usadas. Linux mas seguro que eu considero e BackTrack4 mesmo assim dois cara de 19 e 16 anos invadiu ele.
Todo ataque que eu já vil não visava o sistema operacional e sim as ferramentas deles tipo você cita mysql, apache, etc..

m relação a segurança o FreeBSD tem um ponto positivo, quando vc instala um aplicativo vulneravel pelo ports, o ports te avisa.

R= Isso e um erro pensar desta forma quando alguém vai fazer um ataque essa ferramentas são as primeiras a serem analisada. como já citei nada substitui neurônio humano

em relação as distribuições linux, não mudo a minha opnião em relação ao slackware com dualboot obrigatorio.

R= Nem deve a mudança depende muito da própria pessoa, e como time de futebol muitas as vezes torcemos para um time que so nos faz raiva num ganha nada ( Eu & palmeirense ) mas Deus me livre de mudar. Assim e cada um quando se apaixona pelo linux.


tenho é em relação a jogos, isso nem linux nem unix consiga resolver, e não adianta usar o wine.

R=( Jogos são uma coisa aparte no Linux no meu casso fiz seguinte a empresa não quer desenvolver jogos para minha plataforma eu não jogo porque quem tem quer se adequar nisso não e linux e as empresas produtoras de jogos

fiz isso com jogos e com Adobe, por não fazer programas para linux.
Esse foi meu exemplo. acredito na idéia de um dia vamos competir de igual para igual com windows na produção de jogos para ambiente linux.

Sobre dual boot eu Não uso o windows a 5 anos meu filho minha filha usa Linux.
porque filho ensinado e filho educados.

Falo isso de Boca Cheia NAAAAAAAAAAO ao Windows..... quem me conhece sabe do quer estou falando.

[45] Comentário enviado por Michelhenrique em 12/02/2011 - 15:10h

Sou iniciante mas o que percebo muito é que com o tempo as pessoas (usuarios das distribuicões linux) estão começando à desenvolver um sentimento de rivalidade entre as diversas distribuições, acredito que o sonho de LINUS TORVALD era e continua sendo de poder entregar ao usuario total poder sobre seu sistema, para que o mesmo possa automatizá-lo ou mesmo personalizá-lo de acordo com suas nessecidades até porque o fabricante não iria adivinhar quais seiram as nessecidades dos usuarios de seus respectivos sistemas. Daí a ideia fabulosa de personalizar.
Falo isso porque uso no trabalho o S.O. windows XP e gostaria muito de poder dar um comando nele para recolher a bandeja do drive de cd-rom, no LINUX eu posso fazer isso é só dar o comando eject -t, e não preciso levntar-me da carteira, isso sim é poder sobre o sistema. Precisamos deixar de rivalidades por que se não tomarmos cuidado podemos atraplhar o crecimento do LINUX e das outras distribuições, é exatamente isso que as outras empresas de sistemas operacionais querem "derrubar o LINUX". Sem esquercer que cada distribuição que temos hoje é fruto dos estudos e pesquisas de outros colegas e empresas interessadas no assunto. Essa é minha opinião, obrigado.

[46] Comentário enviado por Roottux em 13/02/2011 - 18:55h

Concordo Plenamente.

Matheuz : Uma analogia para entender!!!
usando o sistema

Usuário Ubuntu: usuario comum(feliz da vida), usuario intermediario(feliz), usuario avançado(descontente), hackers(não usam, eles preferem o Debian ou o Slackware ou Freebsd)

Usuário Slackware: usuário comum (descontente), usuario quase comum(feliz), usuario intermediario (feliz da vida), usuarios avançados(adorando), hackers(gritando de felicidade).

continuando.

Ubuntu Começa como novo Uno e termina como Novo Uno.
Slackware Começa como Fusca e termina como um Ferrari.

traduzindo compara ubuntu com slack e furada. slack 100% melhor.


[48] Comentário enviado por alefesampaio em 14/02/2011 - 10:24h

Ubuntu Começa como novo Uno e termina como Novo Uno.
Slackware Começa como Fusca e termina como um Ferrari.

R= (Errado ele continua Fusca mesmo sendo novo Fusca que alias não caiu no Gosto da Galera assim como Slackware.)

Usuário Slackware: usuário comum (descontente), usuario quase comum(feliz), usuario intermediario (feliz da vida), usuarios avançados(adorando), hackers(gritando de felicidade).

R= Errado de novo hackers não preferem So Slack... Qual hackers usa Slack... ? ele constrói sua próprias ferramentas.
que alias preferem sistemas como BackTrack4.

so para não perder a graça

SLACKWARE.

padrão: http://1.bp.blogspot.com/_-dO9crHtyPY/R8ZVzcJ7eeI/AAAAAAAACyI/Arml3TdgBi4/s400/Tunning-Carroca.jpg

Modificado: http://img165.imageshack.us/img165/7353/mercedesbenzfcellroadst.jpg

Ubuntu:
Padrão: http://joefferson.zip.net/images/mercedes_slr.jpg

Modificado: http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcS6S9MEN3gUGWQpDfRTVCCwclhzWQXGPj40pgteLMbD3f7NwZdE0Q&t=1

Estou Gostando... das comparações rsrsrs.


[49] Comentário enviado por douglas.giorgio em 14/02/2011 - 15:16h

alefesampaio

essa sua comparação não faz nenhum sentido, ta certo que a que eu fiz tbm não faz muito mas a sua comparação está longe da realidade

e outra, vcs estão generalizando os hackers

o cara pode ser hacker e usar windows, pq não??

o cara que destravo o iphone e está tentando no PS3 é um hacker e quem disse que ele se preocupa com distribuição??

hacker usa a distribuição que mais gosta

pode ser linux, unix ou windows, contanto que ele consiga fazer o que ele quiser

se o cara quiser usar ubuntu, mandriva, slackware, debian ou qualquer outra distribuição, ele vai ter as feramentas do backtrack, é só instalar

mas tbm não adianta pegar o essas distribuições e ficar modificando até virar um "backtrack" da vida sendo que o backtrack ja tem tudo pronto

é a mesma coisa pegar o mint e modificar até virar um CentOS para um cluster, sendo que o Centos ja está pronto para isso

[50] Comentário enviado por wellingtoncunha em 14/02/2011 - 15:51h

#########################################O seguinte comentário foi enviado por douglasfim:
#-------------------------------------------------------------
#alefesampaio
#
#essa sua comparação não faz nenhum sentido, ta certo que #a que eu fiz tbm não faz muito mas a sua comparação está #longe da realidade
#
#e outra, vcs estão generalizando os hackers
#
#o cara pode ser hacker e usar windows, pq não??
#
#o cara que destravo o iphone e está tentando no PS3 é um #hacker e quem disse que ele se preocupa com #distribuição??
#
#hacker usa a distribuição que mais gosta
#
#pode ser linux, unix ou windows, contanto que ele consiga #fazer o que ele quiser
#
#se o cara quiser usar ubuntu, mandriva, slackware, debian #ou qualquer outra distribuição, ele vai ter as feramentas do #backtrack, é só instalar
#
#mas tbm não adianta pegar o essas distribuições e ficar #modificando até virar um "backtrack" da vida sendo que o #backtrack ja tem tudo pronto
#
#é a mesma coisa pegar o mint e modificar até virar um #CentOS para um cluster, sendo que o Centos ja está pronto #para isso
#
#######################################

Vc foi muito infeliz em fazer tal comentario rapaz.
quem foi que disse que hacker é um cara que dar um clique num programinha para destravar o PS3 ou algo assim?

O significado da palavra Hacker que dizer especialista em algo.

Quem dar um clique para destravar o PS3 é somente um usuario de um programinha que um Cracker ou Hacker fez.

Obs: O SlackWare é o mais Linux de todas as distro e quero ver que fala o contrario.

Mais Linux do que o SlackWare só se tu compilara o kernel instalar a MBR no primeiro setor do teu HD e apontar para o o boot e começar a rechear tua distro.

sabe vc me lembra algumas pessoas que aprenderam umas besteirinhas em HTML e já se sentiram Hacker.

Viva o Linux! seja qual fôr a distro eu Vivo o Linux SlackWare.

[51] Comentário enviado por douglas.giorgio em 14/02/2011 - 16:03h

slackwellington

realmente vc não leu direito

eu não estou falando de um pivete que joga ps3 e sim do George Hotz que ja conseguiu rodar alguns jogos piratas no ps3, destravou o iphone e provavelmente fez muito mais antes de chegar onde está

"Quem dar um clique para destravar o PS3 é somente um usuario de um programinha" que vc disse não faz sentido nenhum em relação ao meu comentario

"sabe vc me lembra algumas pessoas que aprenderam umas besteirinhas em HTML e já se sentiram Hacker."
quem disse que eu me sinto um hacker?? não mesme pq não sou e exijo explicações sobre esse comentario, afinal, vc está falando de mim, praticamente como se eu tivesse falado que eu era hacker

"Mais Linux do que o SlackWare só se tu compilara o kernel instalar a MBR no primeiro setor do teu HD e apontar para o o boot e começar a rechear tua distro."
isso foi pra quem?? eu disse alguma coisa do slackware p vc falar isso??

"Vc foi muito infeliz em fazer tal comentario rapaz."
pelo visto o infeliz comentario foi o seu, pq não faz sentido em relação que eu disse, leia novamente

[52] Comentário enviado por wellingtoncunha em 14/02/2011 - 16:16h

Entao Desculpa!

[53] Comentário enviado por douglas.giorgio em 14/02/2011 - 16:19h

tranquilo =]

[54] Comentário enviado por michelhenrique em 15/02/2011 - 12:55h

Pessoal baixei o ubuntu 10.10 em formato iso porem naço cinsigo instala-lo, pois quando chegar na parte "Quem e voce?" preencho todos os campos mas a opçao avançar nao funciona e aquela barra laranja logo abaixo mostra: copiando ficheiros e quando esta quase terminando trava,
sera preciso executar algum comando no terminalzinho abaixo da barra laranja ou o sistema faz tudo sozinho. Alguem poderia me indicar um tutorial aqui do espaço VOL ou mesmo algum procedimento que alguem postou.Muito Obrigado.

[55] Comentário enviado por bitavera em 21/02/2011 - 20:44h

Poxa rapaziada, vou ter que comentar a experiência que tive os últimos meses....

Estava prestes a fazer uma migração de servidores....
Sempre gostei do Slack mesmo antes do Ubuntu existir...

O caso é que resolvemos adotar ubuntu para a migração e eu fiquei extasiado, com os repositorios , apt-get , aptitude e as facilidades que eu via no Debian e tal, tudo muito bem documentado....

Bom foi uma ótima experiência, foi produtivo rápido fizemos tudo tranquilamente, tomcat , jboss , apache2 sem nenhum percalço

Bem eu não aguentei e criei um partição no meu desktop e mandei ubuntu nela é muito produtivo facil e rápido, num precisa de baixar lib , nem make nem nada....

Mas, eu me sentia diferente no slack eu sou curioso fução e eu passei várias noites no meu fluxbox criando meus menus etc...

Percebi, que eu já não passava nenhuma noite buscando conhecimento, percebi que o tesão do slack tá ai!

Sabe jean, não é mania de grandesa....

Eu até estava pensando...

Será que sou mulher de malandro?

Mas a realidade é que me sinto mais forte no slack, vc não vai ficar mais inteligente porque usa o slack!

Mas cara, vc usa o slack e acaba adquirindo mais conhecimento, e isso é bom cara!

O slack é orgânico, sem agrotóxicos, é BobMarley (único), é Raiz .


Mas minhas noites de estudo são no slack, meus testes são nele, o teclado fica diferente, não sei explicar, eu me sinto poderoso mesmo, nele que adquiro conhecimento e conhecimento é poder!

Eu gosto de compilar, gosto de ver a saída, e até aprendo com isso rsrsrs, mas é sério....

[56] Comentário enviado por jeanlandim em 22/02/2011 - 19:33h

Por ai bitavera...

[57] Comentário enviado por mcm em 06/04/2011 - 22:14h

Assim como todos temos direito de opinar, sinceramente achei o artigo mais um desabafo... Tanto o cluster que montei em casa quanto meu laptop só rodam slackware.

Falar que usuário slackware é dependente do windows (como está em um comentário) é pura falta de informação e remete a usuário frustrado.
Antes do Slackware já utilizei o Conectiva 9.

O slackware prima pela estabilidade e segue a filosofia para manter sempre simples.

Eu utilizo windows apenas no meu trabalho. Um equipamento utiliza Win XP e o outro Win 3.11 ( Não dá para fazer upgrade devido a incompatibilidade com hardware).


[58] Comentário enviado por alexmmb em 11/04/2011 - 16:18h

Acredito que não existe distribuição melhor que a outra e nem tanto gosto pela distribuição, pois em todas distribuições temos como personaliza-las ao nosso gosto e praticidade.
Mas acho que o fundamental é a documentação e as comunidades da distribuição pois sem elas um leigo como eu não faz nada no linux que não seja grafico.
Estou vindo de uma tentativa muito frustrada de instalar o slackware e arch, não porque eles são ruins, mais pq sou totalmente leigo nos codigos do gnu/linux, mesmo seguindo diversos tutoriais não consegui instalar nenhum dos dois devido a erros que me apareceram que não vem descritos em tutoriais.
adoraria ter conseguido instalar o slack porem não tenho dois computadores em casa para ficar lendo artigos de ajuda em um e instalando em outro, num futuro próximo estarei criando tutoriais com os problemas que eu me deparei e que muitos outros devem ter encontrado tb e como eu que não tenho muito tempo para ficar caçando soluções, voltei para o mint.
antes que falem para instalar dual boot, eu tentei porem não conseguindo arranquei as partições tentando instalar e não consegui mesmo assim.. rs
mas de boa windows nunca mais linux 100%.

[59] Comentário enviado por lcavalheiro em 21/11/2011 - 12:37h

Na boa... eu não quero jogar lenha na fogueira, mas eu defendo com todas as letras que Slackware é uma das distros mais voltadas pro iniciante sim - justamente por jogar um senhor "se vira, mané!" na cara do pobre coitado e forçar o fulano a aprender como mexer, configurar, fuçar, etc., o sistema. O Ubuntu (e por extensão as distros Debian-like) são mais atraentes por seguirem a filosofia do "eu clico, eu resolvo", e isso realmente atrai usuários pro mundo GNU / Linux.
Mas vou colocar minha experiência pessoal como embasamento do meu argumento. Tinha uns dez anos que eu não mexia com nada de TI (hoje em dia sou professor de Filosofia) quando eu decidi ajudar um amigo meu a montar um curso de informática em uma ONG usando software livre e uns 486 da vida. Fiz uma pesquisa básica e descobri que o Slackware era a melhor escolha pra máquinas tão antigas. Resultado: formatei o PC da minha casa (que era um Windows XP original), para desespero da minha irmã, e instalei o Slack 12.0 pra ficar fuçando nele até aprender. Depois disso, eu decidi usar outras distros para ver quais delas se adequavam melhor ao trabalho da ONG, e aí veio o tormento: aprendi a não gostar o Synaptic porque não me deixava compilar o pacote de acordo com a máquina em que o programa ia ser instalado, aprendi a não gostar o X11 das Debian-like porque não adotam o padrão do arquivo xorg.conf, e outras coisas assim. Por que eu não gostava desses detalhes? Porque eles não me mostravam o que estava sendo feito na máquina. Eu estou surtando porque minha esposa quis se familiarizar com Linux e me fez instalar o Debian no PC (o HD é pequeno, não compensa o dual boot)!
Desculpa o desabafo, é que eu estou cansado de ver nego falando "Slackware é pra hacker", "Slackware é coisa pra usuário avançado", "novatos devem ir com Ubuntu ou Fedora". O que importa é o cara ter coragem e paciência pra sentar o rabo e aprender!

[60] Comentário enviado por elionay em 20/12/2011 - 18:28h

e complicado verem tantos users brigando e glorificando uma distro mais do que a outra... todas as distros são linux, não entendo porque alguns users são tão ignorantes ao ponto de achar que uma distro especifica seja melhor que a outra, todas distros tem seu valor, desde o kurumim ate o slackware todas merecem respeito, todas levaram tempo pra serem aperfeiçoadas, gastaram tempo de seus colaboradores, todas desempenha um papel importante para que hoje o linux tenha o nome que tem e tantos adeptos das plataformas GNU/Linux, vejo uma discussão aqui sem fundamento e sem MATURIDADE. porque linuxer que é linuxer respeita todas as distros e todos os seus users.

e não esqueçam que todas tem o mesmo objetivo. A LIBERDADE.

abraço para todos os membros do VOL

[61] Comentário enviado por jeanlandim em 07/12/2012 - 17:16h

Nossa! Faz tanto tempo que escrevi esse artigo, que eu estou devendo contribuir com algo REALMENTE bom com a comunidade do VOL. No entanto agradeço a colaboração das pessoas que comentaram. Grato!

[62] Comentário enviado por gustavmahler em 01/02/2013 - 16:37h

Pessoal! Aproveitando o papo sobre Linux Slackware, gostaria de saber um pouco sobre FreeBSD!! Se tiver uma "alma caridosa", por favor me dê uma luz. Manda um site ou pdf...Eu sei que é sobre Slack mais geralmente esse tipo de usuário saca de FreeBSD. Slackware é igual Harley Davdson, não dá pra trocar....

Email: [email protected]

[63] Comentário enviado por demoncyber em 01/02/2013 - 17:32h

Olá, tem a palestra que ministrei sobre freebsd em um evento em Joinville, antes eu era usuário de slackware ;) mas me apaixonei por FreeBSD ;o


[64] Comentário enviado por rengaf1 em 09/08/2013 - 12:54h

velho vou te dar um dica... que comparação feia.... o monstro do slackware com o que ainda esta tentando nascer do ubuntu.... sou usuario CentOS ja usei ubuntu e debian ... mais se um dia acontecer de me dar a louca de largar o CentOS meu caminho ja esta traçado ou vai ser BSD ou ate quem sabe o pai de todos que e o slackware.... o bixo e nojento mais tudo que e bom tem seu preço!!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts