Shadow Era: Jogo de cartas colecionáveis para Android

Este artigo fala sobre um jogo (grátis) online muito legal de estratégia e fantasia, estilo Magic The Gathering. Muito bom para se divertir no seu smartphone ou tablet!

[ Hits: 20.718 ]

Por: Xerxes em 20/08/2012 | Blog: https://static.vivaolinux.com.br/imagens/dicas/comunidade/300.jpg


Mecânica, dicas e conclusão



Antes de explicar mais sobre o jogo, seria bom dar uma olhada neste vídeo, para que você tenha uma melhor ideia sobre como ele funciona:

Mecânica do jogo

A mecânica é supersimples!

Ao iniciar o jogo, o sistema sorteia quem começa, e cada jogador pega 6 cartas do baralho. Em seguida, obedecem os seguintes passos:
  1. Receber um ponto de Shadow Energy e puxar uma carta do baralho. Mas o jogador que começa, pula essas ações para balancear o jogo. Shadow Energy são energias usadas pelo seu herói para ativar uma habilidade dele. É um número destacado com fundo roxo na carta do herói. Se uma habilidade custa 4 Shadow Energy, então só no 4º turno você poderá usá-la, pois ganhará 1 Shadow Energy por turno.

  2. Sacrificar uma carta. Este passo é opcional! O jogador escolhe uma carta da sua mão para sacrificar. Cada carta sacrificada aumenta em 1 ponto os seus recursos. Lembre-se que você precisa de recursos para invocar as cartas no jogo. No início do jogo, quase sempre cartas são sacrificadas, se não, não é possível fazer nada. Para não sacrificar, clique em "skip".

  3. Invocar cartas e usar as cartas em jogo (sejam aliados, habilidades, equipamentos, etc). As cartas da sua mão que podem ser invocadas ficam com uma iluminação branca para destacá-las. Se não puder invocar nada, provavelmente é porque não tem recursos suficientes. Ao invocar algumas cartas é necessário escolher um alvo. Dependendo do efeito da carta, o alvo pode ser seu herói, ou o herói adversário, ou seus aliados, ou do adversário, etc.

  4. Fim. É preciso clicar no botão para finalizar sua vez. Enquanto não finalizar você pode ver de perto as cartas que estão em jogo. Após finalizar, durante o turno do adversário, não pode.

Para iniciar o jogo online, depois que você jogou Offline até o nível 5, basta acessar o menu e clicar em "Challenger", e depois em "Quick game".

Dicas de jogo

OK. Eu sou novato neste jogo, mas resolvi dar umas dicas. Caso alguém mais experiente leia este artigo, poderá dar outras dicas ou, melhorar as minhas!

- Dica 1:

Tente dominar a mesa. O que é isso?

Significa, basicamente, colocar seus aliados em posição superior aos aliados do adversário. Isso é definido no início do jogo. Normalmente, quem começa a colocar aliados no começo tem vantagem.

Aliados mais fortes demoram em entrar no jogo devido ao maior custo, que exige alguns turnos de sacrifício. Coloque aliados que não podem ser destruídos pelos aliados do adversário de imediato. Alguns aliados, como Aldon the Brave, ao entrar em jogo, aumenta o poder de ataque dos outros aliados. Mas você também pode usar cartas específicas para isso como Extra Sharp.

- Dica 2:

Crie baralhos com objetivos.

Por exemplo: eliminar os aliados do adversário com habilidades e atacar o heróis adversários com aliados. Ou então, reduzir os pontos de recursos do adversário, impedindo que ele invoque aliados e usar armas para detoná-lo.

Ou ainda: esperar o adversário gastar suas cartas e depois usar uma que recupere a vida do herói.

Há um vídeo que mostra uma estratégia com o herói Baduruu. O objetivo é eliminar os pontos de recursos do adversário, assim ele não consegue invocar cartas! É muito interessante porque também elimina os SEUS pontos de recursos, mas com estratégia você se sai bem.

- Dica 3:

Coloque 4 cartas (número máximo) de cartas iguais somente se esta carta for super importante para seu objetivo. Se não for, use apenas 3 ou 2 cartas iguais. Depende da necessidade.

- Dica 4:

Conheça bem as cartas dos heróis, assim você poderá prever o que seu adversário fará. Por exemplo: há um herói que após o 4º turno, pode destruir qualquer aliado de custo 4 ou menos. Sendo assim, posso me precaver e usar aliados com este custo no começo, mas, depois que ganhar o controle da mesa, ou após o 4º turno, uso apenas aliados com custo 5 ou mais, para que não sejam destruídos.

- Dica 5:

Ao planejar seu baralho, imagine os 5 primeiros turnos. Por exemplo: se sair tal carta no início (eu faço isso), se sair essa outra, meu plano será esse. E adapte sua estratégia.

- Dica 6:

Não leve o jogo muito a sério. Pode ser que você perca mais do que ganhe. E daí? É só um jogo! Não precisa ficar viciado querendo jogar sempre, e triste quando perder. Eu digo isso porque estava começando a ficar assim, mas me corrigi.

Conclusão

Se você conhece este estilo de jogo, então com certeza irá apreciar este, porque Shadow Era é muito bem feito.

As cartas são bonitas, os efeitos sonoros também. Se para você este estilo de jogo é novidade, experimente!

Pode ser simples, mas exige estratégia. Embora a variável sorte esteja envolvida, se um baralho for bem construído e bem usado, o fator sorte deixa de ser importante.

Eu gostei deste estilo de jogo. Eu cheguei a jogar um pouco de Magic The Gathering na época da escola, por isso pra mim, não foi estranho aprender a jogar Shadow Era.

Espero que você também aprenda e goste!


Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Explicação
   3. Mecânica, dicas e conclusão
Outros artigos deste autor

Brutal DOOM no Linux Mint (Ubuntu)

Não quebre o Debian

Minha primeira visita ao iTown

Para quem não conhece, eis o LMDE e umas palavras sobre Refisefuquis

Acelere a publicação de seus artigos e dicas no VOL

Leitura recomendada

adb - Como capturar em vídeo a tela de seu Android

Substituindo a partição Recovery do Android via ADB

DriveDroid - Transforme o seu Android em um pendrive bootável

Instalando a recovery TWRP 2.8 e o Android Katkiss 6.0 no Tablet Asus Transformer TF101

Processing - Programação para dispositivos móveis

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 20/08/2012 - 22:22h

Para de jogar isso, menino! KKKKKKKK

[2] Comentário enviado por danniel-lara em 20/08/2012 - 22:47h

Muito bom mesmo , parabéns
pena que ainda não tem para GNU/Linux

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 20/08/2012 - 23:41h

Valeu!

eu tentei fazer funcionar no Linux, mas tanto o executável quanto a versão do browser necessida de um plugin que não funciona no Linux. Os desenvolvedores ainda não fizeram. Não é nem culpa dos criadores do jogo e sim dos criadores do plugin que se chama unity3d.

Rodei o Firefox de Windows com wine, mas mesmo assim não rolou!

O jeito é jogar no Android!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts