Sed - Introdução

Introdução ao Sed, por meio de exemplos, cobrindo os tópicos: enviando dados pro sed, selecionando as linhas para edição, substituição, scripts em sed, expressões regulares, referências por &, back reference, hold space/ espaço reserva, dicas de comandos, jogos, exemplos e material para prosseguir nos estudos sobre Sed.

[ Hits: 69.799 ]

Por: jarlisson moreira em 16/07/2012


Por onde prosseguir e considerações finais



Código-fonte do sed:
FAQ sobre o sed:
No site http://sed.sourceforge.net/grabbag/scripts encontramos uma série de dicas, códigos, curiosidades e, acredite, uma versão do Sokoban e do Arkanoid, feito em sed(!), por um brasileiro chamado Aurelio Marinho Jargar.

Além disso, o Aurelio, ex- funcionário da Conectiva, criou o sedsed, que é um debugger, identador e transforma seu código sed em HTML!

O site pessoal do Aurélio é uma verdadeira fonte de estudos e informações, tanto de sed como de Software Livre, Vim, Emacs e valiosas experiências pessoais. Ele também lançou um livro sobre Expressões Regulares, tanto livro impresso como on-line.

E o mais bacana, ele disponibilizou gratuitamente o livro on-line:
O impresso já se esgotou! Uma verdadeira pérola, uma obrigação, caso você trabalhe com sed ou expressões regulares de um modo geral.

Sed one-liners:
É um arquivo de texto com dezenas de comandos, comentados, de apenas uma linha, que são geniais e extremamente úteis.

Versão em português (não é a versão mais atualizada):
Aconselho a você a continuar nessa jornada pelas ferramentas do Unix, com meu artigo sobre AWK. Com isso, você terá um pouco mais de controle e informação sobre esse poderoso sistema operacional.

No mais, deixo aqui a dica que deixei lá:
“ Uma boa prática que deve ser mantida por quem costuma trabalhar com dados, textos e qualquer tipo informações, é a padronização. De nada adianta você saber usar AWK, sed, Perl, Python... Se os seus arquivos possuem informações desorganizadas.

Separe bem seus arquivos em pastas, com nomes dos arquivos bem expressivos, de preferência com conteúdo o mais simples e direto possível. Isso vai facilitar muito para, depois, você minar informações, comparar e agrupá-las.

Todo mundo sabe a genialidade por trás da implementação do GNU/Linux, mas nem todo mundo lembra da ORGANIZAÇÃO desse sistema.

Seja organizado e padronizado também. Não é bom, é essencial. ”


Artigo feito para o http://programacaoprogressiva.blogspot.com.br e Viva o Linux, baseado em estudos feitos por livros e pesquisas no Google.

Por Jarlisson Moreira.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução - o que é e para que serve
   2. Enviando dados para o sed
   3. Substituindo
   4. Scripts em sed
   5. Expressões regulares
   6. Referenciando com & - Back reference
   7. Hold space
   8. Por onde prosseguir e considerações finais
Outros artigos deste autor

LibreOffice Math

Processos

AWK - Introdução

Shell - Funções

Pipelines (Canalizadores)

Leitura recomendada

Introdução a LUA, uma poderosa linguagem de programação

Wordpress em 30 segundos com WP-CLI

Shell Script: Primeiros conceitos

Introdução ao Shell Script - Baseado no livro de Ken O. Burtch

Exemplos práticos de comandos com Parted

  
Comentários
[1] Comentário enviado por eldermarco em 16/07/2012 - 10:53h

Muito bom! Super bem escrito e bastante didático, exatamente como o artigo sobre o AWK que você escreveu. Nota 10!

[2] Comentário enviado por removido em 16/07/2012 - 12:42h

i like too!

[3] Comentário enviado por eduardo em 16/07/2012 - 14:13h

Ótimo artigo! Parabéns! Acabei de perceber que uso menos de 5% do poder do sed. :)

[4] Comentário enviado por sir.guil em 16/07/2012 - 15:05h

Parabéns, era uma coisa que faltava aqui no vol,

sempre que precisei estudar o sed, dependi do http://aurelio.net/sed/

agora estamos + completos

[5] Comentário enviado por julio_hoffimann em 16/07/2012 - 17:56h

Novamente parabéns Jarlisson!

Artigos bastante claros que ajudarão muitos no VOL.

Abraço!

[6] Comentário enviado por marcelo.castro.l em 17/07/2012 - 08:10h

Cara, muito bom esse artigo.
Salvou minha pátria aqui na empresa.
Precisava manipular um arquivo gerado pelo:

#iptables -L

Porém não precisava dele formatado com os espaços, graças ao "sed" tudo fluiu perfeitamente.

Obrigado!

[7] Comentário enviado por H4cktz em 19/02/2019 - 12:09h

Muito bom! Super bem escrito e bastante didático, Nota 1000! Finalmente estou aprendendo SED!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts