AWK - Introdução

Uma breve descrição, usando exemplos, sobre o que é o AWK e para que serve: comandos básicos, variáveis, operadores de comparação e loops, operações aritméticas, funções e etc.

[ Hits: 88.183 ]

Por: jarlisson moreira em 13/07/2012


O que é e para que serve



AWK é uma linguagem de programação interpretada que é, geralmente, usada para deixar os scripts de shell mais poderosos e com mais recursos. É usada mais para processar dados nos textos e operações com arquivos.

Informações gerais:
O nome tem origem na primeira letra do sobrenome de cada um dos criadores:
  • Alfred Aho
  • Peter Weinberger
  • Brian Kernighan

É relativamente simples e em pouco tempo, é possível fazer coisas bem interessantes devido ao uso de expressões regulares e arrays associativos.

Assim como o sed, o AWK é "stream-oriented", ou seja, trabalha linha por linha. A linha é mandada pro AWK e então algo é feito em cima daquela linha, retornando o resultado da operação que você pediu. Portanto, acostume-se a pensar 'em linhas'.

Foi criada na década de 70 pela grande Bell Labs (que criou a linguagem C, a C++, o Unix, laser, transistor e várias outras coisas, as quais nós devemos a vida, inclusive 7 prêmios Nobel).

Ela é muito útil e prática, afinal, foi feita para ser usada em programas de uma linha na época do Pai Unix. Por isso podemos fazer várias coisas usando apenas meia-dúzia de comandos.

Quem já estudou C e/ou Perl (Larry se inspirou no AWK), vai se sentir em casa.

Para quem trabalha com dados e textos, nem preciso comentar o quão útil vai ser o AWK em sua vida. Mas e se você não usa isso no trabalho, ou sequer trabalha, mas gosta do GNU/Linux, para que serve?

Só lembro uma coisa: os sistemas derivados do Unix são, em suma, uma grande string. Ou seja, é um texto bem grande. Pois é código aberto e praticamente tudo é arquivo de texto.

Uma distribuição GNU/Linux tem mais de 200 milhões de linhas de código.

Logo, dominar o AWK é dominar a busca, extração, organização e substituição de informações do seu sistema. Pois não se vai atrás dos arquivos nas pastas, pois são muitos, além disso ser incômodo e chato.

Você pode achar qualquer coisa e obter informações do seu sistema com o AWK.

Sentiu o poder?
Linux: AWK - 
Introdução
AWK tem a mesma pronúncia de Auk, uma espécie de pássaro


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é e para que serve
   2. Comandos básicos
   3. Variáveis
   4. if e operadores de comparação
   5. Operações aritméticas e direcionamento da saída
   6. Loops (for & while), funções e considerações finais
Outros artigos deste autor

Pipelines (Canalizadores)

Processos

LibreOffice Math

Shell - Funções

Sed - Introdução

Leitura recomendada

Discar BrasilTelecom com PPPOE no Ubuntu 6.10

Como matar um processo - kill, killall, pkill e xkill

Shell Script 1 - Básico

Explorando a entrada de dados com READ em Bash Shell

Wordpress em 30 segundos com WP-CLI

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 13/07/2012 - 09:23h

Bom artigo, 10.

[2] Comentário enviado por eabreu em 13/07/2012 - 09:55h

Bom Artigo para consulta via net e para aprofundar o conhecimento.

Parabéns pelo trabalho feito.

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 13/07/2012 - 10:16h

realmente uma excelente fonte de consulta!

Nota 10.

[4] Comentário enviado por eldermarco em 13/07/2012 - 10:40h

Muito bom! Excelente introdução a essa belíssima e muito útil linguagem de programação!

[5] Comentário enviado por ismael_farias em 13/07/2012 - 10:56h

Excelente artigo, vai para os favoritos. Parabéns.

[6] Comentário enviado por cesar em 13/07/2012 - 11:10h

Muito bom, excelente artigo!

[]'s

[7] Comentário enviado por danniel-lara em 14/07/2012 - 12:02h

Parabéns
muito bom o artigo

[8] Comentário enviado por removido em 16/07/2012 - 12:44h

grande trabalho rapaz! obrigado.

[9] Comentário enviado por sir.guil em 16/07/2012 - 15:05h

Muito bom.

[10] Comentário enviado por julio_hoffimann em 16/07/2012 - 17:42h

Parabéns Jarlisson!

Abraço!

[11] Comentário enviado por marcosnakamine em 03/03/2013 - 23:48h

Muito bom.


Contribuir com comentário