O que é Shell Script

Devido a perguntas como "O que é Shell Script?" e "Como programar em Shell Script?", resolvi iniciar esta introdução à Shell Script. Serão alguns artigos, sequenciais e com ordem cronológica lógica.

[ Hits: 73.179 ]

Por: Jefferson Virgilio em 30/03/2007


O que é Shell Script?



Shell Script é uma poderosa ferramenta de automação de instruções. Com um arquivo de texto executável o usuário ou sistema é capaz de executar uma seqüência de operações, instruções e testes.

Usos mais convencionais e comuns são em executáveis de instalação/configuração e para geração de relatórios e análise destes.

Qualquer outra seqüência de instruções, utilizada com regularidade e que possa ser automatizada pode ser implementada em Shell Script. Um ótimo exemplo pode ser "montar e desmontar o CD-ROM" ou "montar e desmontar o Floppy".

O que é um Script? O que é Shell?

Scripts:
Scripts, podem ser definidos como arquivos executáveis, com instruções definidas, conhecidas e claras, que são executadas por um interpretador. PHP e arquivos de lote do Windows (bach) são outros exemplos de Script.

Scripts possuem seqüências de instruções e funções que são executadas em série pelo interpretador, de forma muito similar a qualquer programa.

Shell:
Shell pode ser definido como o interpretador de instruções e comandos, no nosso caso, do Linux. Quando o usuário ou sistema executa qualquer comando, o Shell é responsável pela correta 'interpretação' deste. Não é para menos que ele é conhecido como 'interpretador de comandos'.

Por que Shell Script é tão utilizado?

Shell Script facilita consideravelmente a vida e trabalho do administrador do sistema e de qualquer outro usuário. Automatização de tarefas é refletida em aumento de velocidade e facilidade. Ao invés de copiar e colar 30 vezes o e-mail para todos os destinatários, ou utilizar um programa gráfico de mala-direta, pode ser executado um Shell Script:
  • Cria um arquivo texto com a mensagem padrão e assinatura;
  • Cria um arquivo texto com nome dos destinatários;
  • Cria um script que "lê" os nomes um a um do arquivo texto e para cada um anexa a mensagem do outro arquivo texto, após utiliza uma função tipo "send-mail".

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é Shell Script?
   2. Shell Script é uma linguagem de programação?
   3. Quais as características e funcionalidades de Shell Script?
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Montando, monitorando e gerando logs dos compartilhamento NFS automaticamente

Introduzindo um pouco mais a fundo o shell script (revisado)

Enviar e-mail pelo terminal com mutt

Discar BrasilTelecom com PPPOE no Ubuntu 6.10

Backup automático em Shell Script

  
Comentários
[1] Comentário enviado por daredevil em 30/03/2007 - 00:57h

Muito bom o artigo, especialmente para quem está iniciando no GNU/Linux. Está de parabéns :)

[2] Comentário enviado por removido em 30/03/2007 - 13:08h

Muito bom mesmo!

parabens meu caro!

[3] Comentário enviado por virgilio em 30/03/2007 - 23:08h

Valeu os comentários pessoal!!

o/

Logo depois de apresentar o VI (vim) já aparecem os primeiros conceitos e macetes !!

[4] Comentário enviado por sUxSyS em 31/03/2007 - 22:08h

Parabens pelo artigo... faltou um texto como esse quando iniciei no Shell Script.

Bom, mas vale ressaltar algumas coisa que vc colocou:

-O shell padrao do Linux n e o SH e sim o BASH, ele sempre foi adotado como padrao.
-Linux-Like e um termo utopico n axa.
-Se prendeu ao Linux e eskeceu de mencionar q Shell Script nasceu do Unix, e existe em todos eles ate em Unix-likes

Eu aguardo seus proximos artigos, e me atrevo a lhe dar uma dica, faca mencao ao Shc q e uma especie de compilador para Shell script que transforma arquivos sh em binarios melhorando seu desempenho em casos especificos. :p

Cuide-se

[5] Comentário enviado por virgilio em 01/04/2007 - 00:21h

wow obrigado o/

eu ia falar do c-shell, em um artigo mais a frente, mas tava em duvida, por ser algo pouco divulgado.
tem uns detalhes dele q são show, principalmente, como vc falou,pelos 'casos especificos'.

eu gosto muito do 'sabores de linux' e do 'linux-like', mas a idéia é essa mesma -> unix-like

o próximo está em fase de produção final, sobre o editor VI.
depois de revisar eu colocarei aqui, de certeza o/

[6] Comentário enviado por tenchi em 02/04/2007 - 16:47h

Muito legal o artigo, mas não ligou muito para coisas como as várias implementações da concha para unix, e nem da compatibiidade e imcompatibilidade entre algumas delas.
O engraado é que tem pessoas que não veem o shall script como linguagem de programação, talvez pelo fato de ser a coisa mai rotineira. Talvez pelo fato de ser a linguagem que todo mundo que usa unix já viu.
O fato é qu ela é a linguagem de mais alto nível que existe para o usuário , o que atrapalha na hora de fazer programas muito complexos.
Mas se vc pensar bem, o shell script é a linguagem que une todas as linguagens. Pq com ela vc pode executar um programa em qualquer outra linguagem. Lógico q não há nenhum interpretador de comandos com recursos mais avançados, como classes, estruturas, etc, mas tbm tem coisas que o shell faz que nenhuma outra linguagem faz.


Muito legal. VivaoShell.

[7] Comentário enviado por alonzoalucard em 04/04/2007 - 05:52h

Excelente artigo, muito bem organizado.
Aguardamos a sequência.

Parabéns!

[8] Comentário enviado por mrazec em 06/04/2007 - 13:53h

Very Good, muito bom. Shell Script é muito R0x parabens ai.


[9] Comentário enviado por removido em 07/04/2007 - 22:14h

Muito bom o artigo!
Explica claramente o conceito e mostra situações de uso, porem acho que faltou um link de como utilizar.... Segue abaixo:
http://under-linux.org/wiki/index.php/Tutoriais/Programacao/bash-part1

[10] Comentário enviado por fernandoamador em 08/04/2007 - 23:40h

Ótimo artgo...

[11] Comentário enviado por Teixeira em 17/01/2008 - 21:02h

Ótimo artigo.
Somente para complementar (e para relembrar), um recurso similar a esse no DOS seriam os famosos batch files (arquivos de lote), que igualmente poder ser implementados através de um simples editor de textos ASCII.
Sds.

[12] Comentário enviado por angelito em 09/02/2008 - 07:49h

muito bom :)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts