Programando em Octave (parte 1)

Se você ainda está preso ao Windows pelo gancho do MATLAB, está na hora de adquirir a liberdade. Octave usa uma linguagem compatível com MATLAB. É uma linguagem computacional que usa as matrizes como suas variáveis. Esta forma de ver as variáveis acelera o cálculo computacional, pois todas as operações são vistas como operações entre matrizes.

[ Hits: 45.016 ]

Por: Juliao Junior em 05/05/2008


Variáveis



Quando efetuamos operações no octave, há diversas formas de apresentação dos resultados: hexadecimal, binário, entre outros. Talvez os dois mais úteis sejam 'short' e 'long'. O padrão é o formato 'short', onde são mostrados 5 (cinco) algarismos significativos. Já no formato 'long' são mostrados 15. Para alternar entre um formato e outro, basta digitar.

$ format <tipo> <ENTER>

Veja um exemplo:

octave:9> pi
pi = 3.1416
octave:10> format long
octave:11> pi
pi = 3.14159265358979
octave:12> format short
octave:13> pi
pi = 3.1416
octave:14>

Na primeira linha do exemplo, quando pedimos o valor da variável 'pi' (nativa do octave), segue-se o valor no formato padrão. Nas linhas seguintes, alteramos para o formato 'long' e depois voltamos para o padrão 'short'.

É preciso lembrar que OCTAVE é 'case sensitive', ou seja, as variáveis 'agora' e 'AGORA' são duas variáveis diferentes. Atribuímos valores às variáveis usando o símbolo ' = '. Observe abaixo:

octave:14> x=10
x = 10
octave:15> x
x = 10
octave:16> disp(x)
10
octave:17>

Note que quando digitamos ' x <ENTER>' na tela aparece 'x = 10'. Se quisermos obter apenas o valor da variável x, devemos fazer como no último comando: 'disp(x). E se você, por algum motivo, quiser apagar todas as variáveis em certo momento, basta digitar 'clear <ENTER>':

octave:17> clear
octave:18> x
error: `x' undefined near line 18 column 1
octave:18>

Na operação acima, em 'octave:18>' surge um erro pelo fato da variável 'x' ter sido apagada anteriormente.

Quando queremos acrescentar comentários, usamos o caracter ' % '. As variáveis pi, eps, i, ans, Inf, NaN são de uso do OCTAVE, não devemos definir variáveis com esses nomes.
  • pi = contante pi
  • eps = menor valor com a precisão da máquina
  • i = raiz de -1 = unidade imaginária (números complexos)
  • ans = último resultado sem nome dado pelo usuário
  • Inf = infinito
  • NaN = operações 'sem resultado', tipo 0/0

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Variáveis
   3. Matrizes
   4. Funções
   5. Scripts
Outros artigos deste autor

Inkscape - Introdução (parte 2)

Administração de sistema via WEB

Guia Introdutório do Linux II

GRIP - Conversão e ripagem de CDs em Linux

Guia Introdutório do Linux V

Leitura recomendada

Instalando fontes true type no Linux via Kcontrol

Estudo sobre os tipos de gerenciamento do SO Linux

Introdução ao OpenLDAP com o JXplorer

Instalação de um servidor de mensagens instantâneas Openfire na sua rede com clientes Microsoft Windows e cliente Jabber Exodus

Instalando o Debian em uma máquina virtual (VirtualBox)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fernandocampos em 05/05/2008 - 11:43h

O octave é uma boa opção para trabalhar no linux. Trabalhei com ele no Fedora e fiquei muito satisfeito. Também temos o maxima para o linux que é totalmente free e excelente.

[2] Comentário enviado por an_drade em 05/05/2008 - 13:45h

Não podemos esquecer o Scilab, que é praticamente um clone do Matlab.

http://www.scilab.org/

[3] Comentário enviado por itocamargo em 07/05/2008 - 18:19h

Eu utilizo o Scilab no linux, baixei a documentacao pra ajudar, inclusive na disciplica de Sistemas Realimentados, usamos mto ele.

O Matlab é uma excelente ferrameta, mas o Scilab e Octave nao deixam a desejar.

no site do Scilab da pra saber ate quem esta patrocinando o software... por exemplo a Renault

Interessante neh?

[]'s

[4] Comentário enviado por dbahiaz em 09/05/2008 - 23:44h

Cara estou tendo contato com octave justamente agora , usamos matlab na facu, + em casa estou adaptando tudo pro octave, conheço muito pouco ainda, e seus artigos seram bem vindos, espero que não demore muito a postar outros, estou aguardando, abraço!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts