O que você gostaria de saber sobre GNU/Linux mas...

... não teve tempo/paciência/coragem para perguntar. Uma avaliação crítica da utilização do sistema GNU/Linux em computadores desktop, visando esclarecer o usuário que está interessado em migrar de sistema, facilitando a escolha de distribuições e procurando diminuir futuras frustrações decorrentes da instalação e configuração do mesmo.

[ Hits: 22.857 ]

Por: Henrique C. Alves em 03/11/2005 | Blog: http://freakcode.wordpress.com


Introdução



As pessoas quando descobrem que sou usuário e interessado em GNU/Linux, costumam me perguntar: "É bom mesmo?", "Não trava?", "Já ouvi dizer que dá pau.", "Mas como faz se não tem programas?" e etc.

Ou seja, no geral elas são desinformadas (no caso do usuário básico) ou preguiçosas o suficiente para não instalarem em seus computadores, e por bootarem um liveCD no micro já acham que conhecem o poder de um sistema GNU/Linux.

Com o "pouco" de experiência que obtive nesta incursão sobre sistemas em um lugar-no-espaço-além-Windows, vou deixar a resposta para algumas perguntas.

FAQ - O que você gostaria de saber sobre GNU/Linux, mas nunca teve tempo/coragem/paciência para perguntar.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O Linux é bom?
   3. O Linux trava?
   4. E o programa X de que eu necessito?
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Mamãe, quero Slack! (parte 1)

Mamãe, quero Arch! (parte 1)

Dúvidas sobre a primeira instalação

Metro, um breve tutorial

Qual o melhor Linux para eu utilizar?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fernandoiury em 03/11/2005 - 08:50h

Muito bom artigo, parabens.

Uma coisa que não foi citada, mas que eu acho importante são as licenças. A grande maioria dos usuários tem seu sistema operacional proprietário, mas não pagam por ele. Se tivessem que pagar, acredito eu, que as coisas seriam bem diferentes.

E é aí que eu me pergunto: Será que alguem teria coragem de pagar por "aquilo lá" ?

(o pior é que eu acho que sim..)

[]'s

[2] Comentário enviado por removido em 03/11/2005 - 11:28h

Muito bom artigo!

É o tipo de texto que deveria estar no prefácio de qualquer distro, ou seja se enquadre primeiro, depois decida o que vc quer.

parabens, fazia tempo que não lia um artigo tão bom quanto esse.

obs: acho que posso me enquadrar no 3º tipo de usuário.

[3] Comentário enviado por fischborn em 04/11/2005 - 15:16h

Muito bom o artigo, é realmente isso o que acontece muitas vezes (já aconteceu comigo tb) normalmente o usuario estagio 1 é aquele usuário que recebe um windows da vida instalado, alguem diz pra ele que pra fazer tal coisa usa-se tal programa clicando em tais botoes. Com certeza esse usuario tb tem condicoes de usar os aplicativos do linux e se adaptar em algumas caracteristicas particulares do sistema, mas vale muito da cabeça de quem incentivar essa pessoa, passando informacoes de maneira simples e dispondo tempo. Esse mesmo usuario qdo tem algum problema tb geralmente manda prum tecnico que na maioria das vezes opta por farmatar o HD e reinstalar o sistema, o que em muitos casos poderia ser um transtorno daqueles!! Feito

[4] Comentário enviado por agk em 10/11/2005 - 20:50h

Muito bom, parabéns.

[5] Comentário enviado por soudemais em 10/02/2006 - 14:26h

Ow c sabe algo sobre o Athena ou (Athene) , seu artigo ficou 10

[6] Comentário enviado por freakcode em 03/03/2006 - 22:33h

Primeiro de tudo, agradeço os comentários!

soudemais: você se refere ao AtheneOS?

[7] Comentário enviado por JucelioMoura em 31/05/2006 - 12:58h

Muito bom!

concordo com o nanam, só faltou falar das licenças... o resto tá blz.

[8] Comentário enviado por usuario_realista em 17/11/2006 - 00:05h

Para NERDS, parece óbvio, mas para usários inexperientes vocês acham mesmo que vão mexer em configurações avançadas de aplicativos ??? Agora mesmo estou com o Linux de um amigo travando, após a instalação de 6 versões diferentres de Linux para conseguir fazer o Kylix rodar com OpenGL. E trata-se de uma respeitável dupla de nerds escovadores de bits, e ainda com mestrado/doutorado.... o Linux tem suas vantagens (por exemplo, todo estudante de computação deveria ter um), mas para gente normal não venham dizer que é melhor do que o Windows ! Se é pra escovar bits, prefiro o registro do Windows.

[9] Comentário enviado por freakcode em 10/01/2007 - 00:09h

usuario_realista:

Experimente utilizar o Ubuntu, com instalação simplificada, vem com dezenas de aplicativos pré-instalados e detecta e instala todo o hardware do seu micro, caso este seja compatível com o Linux (há uma lista de compatibilidade de hardware que você pode consultar antes de instalar).

É uma facilidade de instalação e uso que não existem no Windows. O único sistema com usabilidade comparável ao do Ubuntu hoje em dia é o Mac OS X.

Como se não bastasse isso, você acessa o site shiptit.ubuntu.com, preenche seu endereço e eles lhe enviam um CD com o sistema, para uso completo e irrestrito, com direito a atualizações a cada 6 meses, gratuitamente.

E não, se você pensa que mestrado/doutorado é pré-requisito para usar Linux, você está com uma concepção de 5 anos atrás (equivalente a décadas no atual ritmo da informática).


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts