O Centro de Controle YaST

YaST talvez seja a mais poderosa ferramenta de gestão do ambiente Linux. É um projeto open source patrocinado pela Novell e ativamente em desenvolvimento. Neste artigo faremos um breve tour pelas opções de configuração do YaST.

[ Hits: 30.643 ]

Por: ronnie peterson bacelar martins em 20/03/2009 | Blog: http://dbahiaz.blogspot.com/


Um pouco sobre a história



O desenvolvimento do YaST começou em janeiro de 1995. Ele foi escrito em C++ com um ncurses GUI por Thoamas Fehr (um dos fundadores SuSE) e Michael Andres.

YaST é a ferramenta de instalação e configuração para openSUSE, SUSE Linux Enterprise e o antigo SuSE Linux. Possui uma atraente interface gráfica capaz de personalizar o seu sistema rapidamente durante e após a instalação, podendo também ser utilizada em modo texto.

YaST pode ser usado para configurar o sistema inteiro, como por exemplo configurar periféricos como:
  • placa de vídeo
  • placas de som
  • rede
  • configurar serviços do sistema
  • firewall
  • usuários
  • boot
  • repositórios
  • idiomas
  • instalar e remover softwares
  • etc

Todas estas e outras tarefas podem ser executadas a partir do Centro de Controle YaST. E é esse centro de controle e suas funções que conheceremos a seguir.

Centro de Controle YaST

Software:
  • Atualizações online - Obtém atualizações para corrigir e aprimorar a instalação existente;
  • Configuração da atualizações online - Configurar a atualizações online;
  • Repositório de software - Escolha os repositórios para a instalação dos pacotes de softwares (CD, rede etc), adicione os repositórios da comunidade;
  • Gerenciamento de software - Instalar ou remover pacotes de softwares e gerenciar os repositórios de softwares;
  • Produtos complementares - Instale ou remova produtos complementares;
  • Verificação de mídia - Verificar a integridade da mídia de CD/DVD.

Linux: O Centro de Controle Yast
Hardware:
  • Dispositivo infravermelho - Configurar um dispositivo infravermelho (IrDA);
  • Informações de hardware - Exibe as informações do hardware;
  • Layout do teclado - Selecionar o layout do teclado;
  • Modelo do mouse - Altere o modelo do mouse;
  • Placa de vídeo e monitor - Configurar a placa de vídeo e o monitor;
  • Som - Configurar a placa de som;
  • Impressora - Configurar as impressoras;
  • Joystick - Configura um joystick conectado à placa de som;
  • Leito de impressões digitais - Configurar a autenticação pela impressão digital;
  • Placa de TV - Configurar uma placa de TV;
  • Scanner - Configurar um scanner.

Linux: O Centro de Controle Yast
Sistema:
  • Backup do sistema - Faça o backup de arquivos e áreas do sistema;
  • Configuração do kernel - Configurar as opções de baixo nível do sistema;
  • Editor do /etc/sysconfig - Alteras as configurações dos arquivos de configurações em /etc/sysconfig;
  • Idioma - Altere o idioma e instale idiomas adicionais;
  • Restauração do Sistema - Restaurar o sistema a parti de um arquivo de backup;
  • Carregador de inicialização - Configurar o carregador de inicialização;
  • Data e hora - Controlar o fuso horário, a data e a hora do sistema;
  • Gerenciador de perfil - Configurar os perfis SCPM;
  • Particionador - Disco rígidos da partição (incluindo RAID, LVM e sistemas de arquivos criptografados);
  • Serviços do sistemas (nível de execução) - Configurar os níveis de execução.

Dispositivos de rede:
  • Configurações de rede - Configurar as placas de rede, nome de máquina e o roteamento;
  • ISDN - Configurar uma conexão ISDN;
  • DSL - Configurar uma conexão DSL;
  • Modem - Configurar um modem.

Linux: O Centro de Controle Yast
Serviços de rede:
  • Administração remota (VNC) - Configurar a administração remota;
  • Cliente LDAP - Configurar o cliente LDAP;
  • Cliente NIS - Configurar o cliente NIS;
  • Configuração do NTP - Configurar um cliente ou servidor NTP;
  • Navegador LDAP - Navegue no repositório do LDAP;
  • Participação no domínio do Windows - Configurar a participação no domínio do Windows;
  • Servidor samba - Configurar um servidor Samba;
  • Agente de transporte de e-mail - Configure um e-mail;
  • Cliente NFS - Configurar um cliente NFS;
  • Cliente do kerberos - Configurar um cliente kerberos;
  • Iniciador Icsci - Configurar um iniciador iCSCI;
  • Nomes da máquinas - Atribua nomes de maquinas e apelidos a endereços IP;
  • Proxy - Configurar um proxy;
  • Serviços de rede (xinetd) - Configurar os serviços de rede (xinetd).

Linux: O Centro de Controle YaST
Novell AppArmor:
  • Adicionar um perfil manualmente - Configurar um perfil manualmente;
  • Assistente para adicionar perfil - Adicionar um perfil;
  • Painel de controle do AppArmor - Centro de controle AppArmor;
  • Remover perfil - Remover um perfil do AppArmor;
  • Assistente de atualização de perfil - Atualizar um perfil;
  • Editar perfil - Editar um perfil;
  • Relatórios do AppArmor - Relatório do AppArmor.

Linux: O Centro de Controle Yast
Segurança e usuários:
  • Firewall - Configurar um firewall;
  • Segurança local - Configurar as definições de segurança local;
  • Gerenciamento de usuários e grupos - Adicionar, editar e remover usuários ou grupos de usuários;
  • Sudo - Configurar o sudo.

Virtualização:
  • Instalar o hypervisor e as ferramentas - Instalar o hypervisor e as ferramentas.

Linux: O Centro de Controle YaST
Suporte:
  • Notas de lançamento - Exibir as notas de lançamento;
  • Registro do suporte - Registro do suporte.

Linux: O Centro de Controle Yast
Diversos:
  • CD de driver do fabricante - Instalar o driver de um CD-ROM de fabricante específicos;
  • Log de inicialização - Exibir o log de inicialização;
  • Log do sistema - Exibe o log do sistema (/var/log/messages).

Linux: O Centro de Controle Yast

Considerações finais

Espero que este artigo contribua para que novos usuários saibam que no Linux existem ferramentas poderosas de configurações, e que o mesmo não se restringe apenas às configurações usando o modo texto, mas também usando a interface gráfica, como é o caso do YaST.

Abraço, Ronnie!

Sistema utilizado:
  • Linux 2.6.27.19-3.2-default i686
  • Utilizador atual: silenced@linux
  • Sistema: openSuSE 11.1 (i586)
  • KDE: 4.1.3 (KDE 4.1.3) "release 4.9

Fontes: Todas as informações foram retiradas do próprio YaST e do site: http://en.opensuse.org/YaST

   

Páginas do artigo
   1. Um pouco sobre a história
Outros artigos deste autor

Geekbench - Testando o Desempenho do Linux

Anunciando Minitunes: Um melhor tocador de música!

Verificando a velocidade ADSL contratada (Velox)

Leitura recomendada

Criando pacotes pré-compilados no Gentoo

VIM avançado (parte 2)

Faça um incrível espetáculo de efeitos visuais com vídeo em tempo real

Linux, a pirataria de software e a desvalorização do desenvolvedor (parte 1)

Baixando as fotos da sua câmera digital

  
Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 20/03/2009 - 14:58h

Como "introdução", está bom.

Mas dava para aprofundar um pouco mais, especialmente quanto à configuração dos repositórios e instalação de software, pois estas são as principais dúvidas de quem tem seu primeiro contato com o OpenSuse.

[2] Comentário enviado por demoncyber em 20/03/2009 - 16:02h

Achei interessante ele apresentar as propridades do yast, as vezes se mostra muito como se configurar e pouco sobre como funciona.
Parabéns

[3] Comentário enviado por pinduvoz em 20/03/2009 - 18:03h

Eu concordo que é interessante, e afirmo que meu comentário anterior não desmerece o trabalho do autor.

E quem sabe o aprofundamento que eu mencionei não vem numa seqüência, pois capacidade para isso não falta.

[4] Comentário enviado por dbahiaz em 20/03/2009 - 18:14h

Obrigado pessoal pelas criticas e comentarios, mais a intenção é só apresentar os modulos do yast mesmo, não como usa-los, e mostrar que no linux possuimos um centro de controle tão bom ou melhor que de outros sistemas. Já que é comum usuarios novos achar que no linux tudo é tela preta.

[5] Comentário enviado por mcabral em 21/03/2009 - 18:54h

Ótimo artigo.
Mexo com SUSE no trabalho, que é a distribuição adotada pela empresa, tenho boa intimidade com modo texto, alguns colegas no trabalho não se acostumam com o texto e neste caso pra eles o Yast é a melhor solução. Vou imprimir e deixar disponível pro pessoal.

Valeu pelo trabalho dbhiaz.



[6] Comentário enviado por dbahiaz em 25/03/2009 - 19:09h

mcabral@obrigado pelo comentario, abraço!

[7] Comentário enviado por clodoaldops em 21/12/2009 - 21:24h

Uso linux há um ano e corro da tela preta.
Dicas como esta são sempre bem vindas.
Os novatos agradecem!

[8] Comentário enviado por removido em 20/06/2010 - 18:08h

Na verdade seu "artigo" só citou o que tem no yast, concordo com o pinduvoz ficou faltando aprofundar um pouco mais. Já li outros artigos seus que achei muito bom. Vou ficar aguardando o próximo.

sniper!

[9] Comentário enviado por dbahiaz em 11/05/2011 - 00:57h

Desculpa à demora em responder rs

@sniper, se vc ler melhor está escrito: "Neste artigo faremos um breve tour pelas opções de configuração do YaST."

Não quis aqui de maneira alguma ensinar como utiliza-lo, foi somente apresentar que no openSUSE existe uma ferramenta capaz de fazer tudo no OS.

Abraço à todos!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts