Mouse para destros e canhotos

Alguém já viu alguma situação em que o pequeno fato de abrir alguma janelinha para uma simples clicada que mude a configuração dos botões do mouse para canhoto, e vice-versa, parece incomodar mais do que pegar o teclado, arredar para direita e pegar o mouse e trocar de lugar com o teclado? Vamos saber mais e aprender a contornar isto também no Linux!

[ Hits: 39.282 ]

Por: Ario S. Assunção em 29/04/2008


Configurando botões do mouse usando um terminal gráfico



Uma maneira simples de saber quantos botões o mouse tem é usando o comando xmodmap. Qualquer distribuição Linux com os pacotes gráficos instalados já tem o xmodmap. Abra um terminal gráfico, por exemplo xterm ou de sua preferência e rode o comando:

$ xmodmap -e "pointer = 1"

Este comando vai gerar um erro, pois não existe mouse de 1 botão (não estou falando de Mac), mas o erro vai informar quantos botões seu mouse tem:
xmodmap:  commandline:0:  bad number of buttons, must have 5 instead of 1
xmodmap:  1 error encountered, aborting.

Que legal! Aprendendo com os erros. Você não indicou o número certo de botões, seu mouse deveria ter 5 ou invés de 1 botão.

Então execute novamente o comando, assim:

$ xmodmap -e "pointer = 1 2 3 4 5"

Ou com outra "sequência de números de botões" que seu mouse tiver, por exemplo, poderia ser: "1 2 3" (um simples mouse de três botões).

No exemplo acima era um mouse de 2 botões (esquerdo e direito) + a rodinha. O botão do meio... bem, era o próprio pressionar da rodinha, sem rolar, que funciona como o botão do meio.

Brinque um pouco trocando a posição dos botões e entenda o que faz cada botão do seu mouse. Depois disso acho que estaremos no caminho da compreensão para o que der e vier sobre botões do mouse.

Configurando para canhoto então teremos o comando para o considerado mouse de 5 botões:

$ xmodmap -e "pointer = 3 2 1 4 5"

Onde trocamos a função do 1º botão pelo 3º botão, ou do botão esquerdo pelo direito, ou do botão primário do mouse pelo secundário. Ou do jeito que você quiser chamar estes botões.

O exemplo acima serviu para um mouse comum de dois botões com rodinha. Mas o meu mouse ótico, bem parecido, foi considerado como um mouse de 9 botões, ficando assim o comando para canhoto:

$ xmodmap -e "pointer = 3 2 1 4 5 6 7 8 9"

Agora ficou muito mais fácil configurar mouse para destro ou para canhoto, ou outra configuração (conheço alguém que gosta de rolar as telas de forma invertida - se a rodinha sobe a tela rola para baixo).

Existem várias maneiras para você decidir onde o que fazer com esta configuração.

1. você pode usar o comando xmodmap em um terminal gráfico (xterm, konsole etc.).

2. você pode usar este comando em algum shell-script.

3. você pode guardar somente a linha de configuração "pointer = 3 2 1 4 5" no seu arquivo ~/.Xmodmap ou ~/.xmodmap dependendo da distribuição.

4. você pode rodar quando quiser o comando xmodmap, passando o nome do arquivo com a linha de configuração "pointer = 3 2 1 4 5". ex.:

$ xmodmap meuarquivo_xomdmap

$ xmodmap ~/.Xmodmap

É importante saber que o comando xmodmap também configura todas as teclas do seu teclado, da mesma forma possibilitando fazer o que quiser individualmente com qualquer tecla (prometo outro artigo sobre isto).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Mouse para destros e canhotos
   2. Quantos botões realmente tem um mouse
   3. Configurando botões do mouse usando um terminal gráfico
   4. Criando tecla de atalho para alternar mouse destro/canhoto
   5. Comentários finais
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

MaraDNS: Simples - Seguro - Robusto (parte 2)

Instalando Slackware através de outro HD corrigindo os pacotes

Instalando e configurando o PostgreSQL

Instale uma distro dentro de outra

Traceroute com ICMP e TCP

  
Comentários
[1] Comentário enviado por PotHix em 30/04/2008 - 08:22h

Æ!!

Parabens Ario!
Um ótimo artigo!

Eu sou igual a você, que em casa uso mouse para canhoto e no trabalho uso mouse para destro...hehhe...E essa forma de trocar usando o xBindKeys é bem interessante!

Há braços

[2] Comentário enviado por GilsonDeElt em 30/04/2008 - 12:50h

Legal d+ esse trem, cara!
Num tenho tamanha habilidade não, mas qualquer dia desses eu tento usar o mouse aqui como canhoto...
Gostei do artigo, pois tá muito bem explicado
e dá pra reaproveitar em outras coisas, editando o script ;-)
e graças a isso, descobri que meu mouse
(um mouse comum, daquele com a "bolinha" embaixo, dois botões e "rodinha") é reconhecido como um mouse do 11 botões (!!!)
com o comando 'xmodmap -e "pointer = 0"' o botão esquerdo (uso como destro) é desativado totalmente.
com 'xmodmap -e "pointer = 3 2 1"', o os botões esquerdo e direito se invertem (2 é a "rodinha")
mas tá legal
parabéns!
e vlw!

[3] Comentário enviado por madrigal em 01/05/2008 - 01:17h

Eu sempre me preocupo com as minorias, costumo dizer que sou minoria em quase tudo, só faltava ser canhoto também.
Parabéns pela dica para a minoria dentro da minoria (usuário de Linux canhoto).
Vou anotar sua dica pra quando aparecer algum novo usuário de Linux canhoto.

[4] Comentário enviado por biraferreira em 01/05/2008 - 20:07h

Também sou ambidestro e uso com a esquerda o bixim. Obrigado pelo artigo! Na mosca.

[5] Comentário enviado por PotHix em 07/09/2008 - 14:54h

Æ!!

Se você usa Fluxbox assim como eu, uma dica para usar F11 e deixar o trocar o seu mouse entre destro e canhoto é usar o próprio esquema de atalhos do fluxbox, que fica no no arquivo:

/home/SeuUsuario/.fluxbox/keys

E lá você adiciona algo como:

F11 :ExecCommand sh /home/pothix/.fluxbox/canhoto-destro.sh

E já está lá sem precisar instalar o xbindkeys! =)

Há braços

[6] Comentário enviado por gpr.ppg.br em 12/07/2010 - 00:24h

esse comando dá para desativar o touchpad ?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts