Monitorando processos no Linux com o Htop

O Htop é um avançado sistema interativo visualizador de processos. Escrito para Linux, o Htop mostra uma lista frequentemente atualizada de processos que rodam no computador, e utiliza-se de cores para facilitar a leitura de informações sobre o processador, swap, status da memória entre outros.

[ Hits: 89.652 ]

Por: Perfil removido em 07/07/2010


Instalando o Htop



O top já vem instalado, mas o Htop precisa ser baixado e instalado. Normalmente encontra-se fácil em todos os repositórios das grandes distribuições GNU/Linux. O escopo deste artigo no entanto é fazer uma instalação manual pelo processo mais básico (baixar, compilar e instalar).

Supondo que você esteja utilizando uma distribuição RPM-like (Red Hat, CentOS ou Fedora), precisa instalar um pacote de ferramentas padrão para a compilação de pacotes:

# yum groupinstall "Development Tools"

Em seguida, as bibliotecas de desenvolvimento do ncurses:

# yum install ncurses-devel

Caso você não esteja utilizando uma distribuição RPM-like, precisa instalar o pacote de desenvolvimento e as bibliotecas de desenvolvimento do ncurses. No Ubuntu, por exemplo:

sudo apt-get install build-essential ncurses-dev

Geralmente procuro organizar os sources em uma pasta dedicada, como em:

# mkdir /usr/local/src/htop
# cd /usr/local/src/htop


Agora, acesse o site do projeto Htop e faça download da versão estável atual, no período em que este artigo foi escrito a versão concorrente era a 0.8.3:

# wget http://downloads.sourceforge.net/project/htop/htop/0.8.3/htop-0.8.3.tar.gz

Basta descompactar o arquivo baixado e entrar no diretório onde foi extraído:

# tar -zxvf htop-0.8.3.tar.gz
# cd htop-0.8.3


Finalmente, vamos configurar, compilar e instalar:

./configure
$ make
# make install


Pronto, o Htop está pronto para uso:

# htop Agora vamos ver como utilizar seus principais recursos.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalando o Htop
   3. Conhecendo algumas funcionalidades do Htop
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

Como realizar migração de Windows para Linux em uma empresa

Procedimento para descoberta de chave WEP

Xen - xl.conf - Configuração do Host

Algumas Distribuições GNU/Linux Excêntricas!

OcoMon 2.0RC6 no OpenSUSE 11.2 com PHP5 + MySQL5 + Apache2 com correção de acentuação

Leitura recomendada

Ventoy: crie pendrives multiboot para quantas e quais ISOs quiser

Docker - Infraestrutura simples e rápida

Experimento: Transformando openSUSE 12.3 Tumbleweed em 13.2 Factory Milestone 0

Customizando e atualizando o Slax

JDK 6 + Eclipse 3.2 + NetBeans 5.5

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dfsantos em 08/07/2010 - 13:50h

Amigo aproveitando... sabe se no top existe a opção de pesquisa de processos como no htop?

[2] Comentário enviado por removido em 08/07/2010 - 14:47h

Olá Diego (dfsantos),

Não encontrei nada nativo que execute esse tipo de ação, no entanto você pode mesclar a utilização do top ao grep, por exemplo, além de que o manual (man top) também sugere vários métodos de saída de dados para uma visualização mais 'humana' dos processos.

Um abraço,
Leandro Toledo de Souza
www.leandrotoledo.com.br

[3] Comentário enviado por guidoseverus em 28/11/2011 - 11:39h

Vlw pela dica.

[4] Comentário enviado por Capitanio em 25/06/2014 - 15:20h

Só por curiosidade, reparando em sua imagem.
Essa máquina tem um processador de 16 núcleos?
e algum dia chegaram utilizar algo dessa swp(24gb)?hehe

Abraço.

[5] Comentário enviado por kleytonmaia em 08/04/2015 - 13:51h

No meu caso que estou usando o redhat linux 6.6 Santiago instalação padrão, não quis instalar tudo conforme no artigo pois achei que ia colocar muita coisa algo em torno de 280mb de pacotes sei la de que... dai fiz assim:
Apos descompactar tentei rodar o ./configure e reclamou de umas coisas e precisei só instalar esses:
[[email protected] ~]# yum install gcc
[[email protected] ~]# yum install ncurses-devel

depois rodei o ./configure
make
make install
e instalou corretamente.

At;


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts