APT - Fantástico gerenciador de pacotes

Para todos que usam distros by Debian, o APT é simplesmente apaixonante. Porém, mesmo sempre em uso, o APT pode esconder opções extremamente úteis. Aqui abordaremos seu uso e quais os caminhos possíveis um pouco mais avançados.

[ Hits: 23.724 ]

Por: Juliao Junior em 20/03/2008


Introdução



Essa fantástica ferramenta, o APT - Advanced Packaging Tool, é uma maravilha proveniente da distro DEBIAN, mas que já foi portada para outras, tamanho o seu sucesso.

Realmente seu uso é tão simples que muitos usuários não fazem idéia de como ela funciona, ou das características 'alternativas' que o APT possui. Neste artigo iremos fazer uma espécie de 'tradução livre' dos próprios manuais do Debian e trazer, de maneira tanto acessível como aprofundada, seu uso e grande utilidade.

Configuração

Vamos começar nosso estudo deve começar com a configuração do APT. Existe um arquivo texto que o APT usa como sua fonte (você ouvirá falar muito sobre os 'sources'). É nesse arquivo que se encontram os endereços para buscar os pacotes. Estamos falando do arquivo /etc/apt/sources.list.

De forma geral, as linhas que contém os endereços possuem o formato abaixo:

   deb http://endereço/debian distribuição parte_1 parte_2
   deb-src http://endereço/debian distribuição parte_1 parte_2

No acima, o primeiro termo informa o tipo de arquivo desse repositório: .deb fornece arquivos binários e .deb-src fornece os arquivos fonte.

Com bastante cuidado, abra seu sources.list com um editor de texto, e observe sua estrutura. De início, pode parecer confuso, mas a lógica é muito simples. Algumas linha são necessárias mesmo para uma instalação Debian padrão. Além disso, note que o APT sabe lidar com configurações diversas (http, ftp etc).

Se, por qualquer motivo, você alterar a lista de repositório de seu arquivo sources.list, deve digitar no terminal:

# apt-get update

Isso fará que o APT acesse os repositórios indicados no sources.list e atualize a lista de pacotes disponíveis.

Escolhendo espelhos

Como saber qual espelho usar no sources.list? Claro que vai querer o mais rápido. Então faça:

# apt-get install netselect

Isso instalará um software que 'mede' a velocidade do servidor que está servindo como espelho, e fornece como saída o endereço do espelho mais 'rápido'. Então use esse espelho em seu sources.list.

Na instalação do pacote netselect, você verá a tela abaixo:



Pressione <ENTER>, e o netselect estará instalado. Para seu uso, nada mais simples:

# netselect

Escolhendo um CD-ROM

É óbvio que você também pode usar um CD/DVD com os pacotes, principalmente os CDs/DVDs oficiais da sua distro. Nada mais simples. Veja:

# apt-cdrom add

Simples? Realmente. E lembre que, quando da instalação de pacotes, o APT tentará buscar primeiro em seus CDs/DVDs, pois é a opção de 'download' mais rápida.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. E os pacotes?
   3. Mais além do básico
Outros artigos deste autor

Atualização para o Ubuntu 10.10

CSS - Manual básico sobre estilo

Programação: Uso de funções

Trabalhando com arquivos e diretórios

manDVD - Produza DVD-vídeo rápido e fácil

Leitura recomendada

Projeto Sentinela

Zabbix 2 no CentOS 6 - Instalação e configuração

Songbird - Conheçam o media-player da Mozilla

Usando as muitas funcionalidades do Aterm

O bom e velho IceWM

  
Comentários
[1] Comentário enviado por sandrossv em 20/03/2008 - 12:20h

Como usa o netselect?

[2] Comentário enviado por fernandocampos em 20/03/2008 - 16:01h

Não tinha a mínima idéia o que era o APT. Estou começando a migrar totalmente para o Ubuntu e estou gostando não vejo dificuldades, apenas você tem que ler e buscar o significado dos comandos. Coisa que esta disponível em fóruns e sítios do assunto requerido.

[3] Comentário enviado por pirrola em 20/03/2008 - 21:26h

O apt é a grande razão de se recomendar fortemente o ubuntu para iniciantes. Mais uma dica:
Para sempre manter seu sistema atualizado, # apt-get update && apt-get -u dist-upgrade

[4] Comentário enviado por py9mt em 21/03/2008 - 11:32h

xou de bola, toh baxando ake os pacotes pra fazeh meu repositorio. 20gb :D

[5] Comentário enviado por foxl em 24/03/2008 - 11:23h

I LOVE APT!

[6] Comentário enviado por JhoniVieceli em 24/03/2008 - 14:28h

APT é o BICHO!

[7] Comentário enviado por leowalker em 24/03/2008 - 16:22h

É isso ae pessoal APT- neste artigo.

abç

[8] Comentário enviado por islandex em 26/03/2008 - 08:58h

APT RLZ :D

[9] Comentário enviado por gnomo_dead em 26/03/2008 - 09:17h

A seção "Mantendo uma versão antiga de um pacote" eu achei q não está mto entendível... Isso provavelmente eh para colocar em algum arquivo, certo? E a primeira linha eh Pacote mesmo? Em portugues?
Se puder explicar melhor essa seção estarei grato =)

[10] Comentário enviado por agl77 em 26/03/2008 - 16:27h

caras, mudei pro debian por causa do apt, tive alguns problemas q recentemente só trocar o apt-get install por aptitude install resolveram, e li q o aptitude substitui o apt com alguns ganhos! Recomendo! e sobre o artigo.... fantastico

[11] Comentário enviado por removido em 26/03/2008 - 17:28h

Na minha distribuição, Kurumin Linux 7, não consegui de jeito nenhum rodar o comando: # apt-cdrom add.
Ele até pede para inserir um CD, mas não abre a bandeja de forma automática e quando eu coloco o CD e aperto a tecla ENTER el diz que não foi encontrado nenhum CD (algo mais ou menos assim).
Será algum problema com a minha distribuição?
Se esse for o caso, há solução?

Marcelo Soares

[12] Comentário enviado por oliviofarias em 26/03/2008 - 18:34h

Maravilhoso artigo, votei 10 e votaria novamente se desse heheheh
Bem detalhado, explicado e organizado.
Parabéns!

[13] Comentário enviado por brnlino em 27/03/2008 - 13:01h

?comentario=

Apesar de usar Linux derivada de debian e já conhecer essa ferramenta (que é boa por demais).

Este artigo é perfeito para iniciantes de linux, pois é bem direto e intuitivo.

Para quem gostou desse artigo e tenha mais curiosidade, use os bons e velhos comandos do linux:
# man apt
ou
# apt --help


Só naum dou 10 nesse artigo, porque valeu 11.

[14] Comentário enviado por gui92 em 23/12/2008 - 01:16h

Cara eu tive um problema parecido!

Será q alguém pode me ajudar???
sou iniciante em Linux..
mas nunca tive problemas com Ubuntu

Minha média de velocidade é 240 kbps
Mas qndo utilizo o apt-get baixa a uma média de apenas 20 kbps!!
Fiz alguns downloads pelo firefox, q baixou na mesma média, porém com o Apt-get, o Synaptic, e mesmo o "Adicionar/Remover..." do ubuntu estão baixando a apenas 20 kbps.
E eu fico inconformado, pq acabei de instalar Ubuntu e qro fazer alguns downloads monstruosos para instalar programas, sendo que levo muito tempo para fazer os pequenos!
Se alguem pudesse postar uma solução ajudaria bastante!

obrigado desde já.

[15] Comentário enviado por pardalz em 01/10/2009 - 22:58h

perfeito.. parabens pelo artigo


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts