Modo texto no Ubuntu 10.10 definitivo rápido e prático!

Vou mostrar como configurar o sistema para que ele inicie em modo texto como o velho e bom Debian.

[ Hits: 21.548 ]

Por: Whisley em 09/05/2011


Artigo



Introdução

Desde a versão 10.04 venho tentando configurar o Ubuntu para que o sistema passe a iniciar em modo texto. Peguei essa paixão no trampo onde utilizo o Debian como cobaia para configurar os mais diversos tipos de serviço.

Eu acho muito irado aquele monte de letrinha passando a mil na tela da máquina, no meu ponto de vista, eu enxergo essas vantagens ao iniciar em modo texto:
  1. Você pode ver praticamente tudo o que esta sendo carregado no sistema inclusive erros que não aparece por causa do splash, recorrendo aos logs do sistema;
  2. Para quem esta fazendo teste, iniciar em modo texto é sem duvida mais rápido e prático
  3. Eu adoro ver aquelas letrinha passando a mil (devo ter problemas! hahaha!)

Pra quem já tentou customizar o sistema, notou que muita coisa foi alterada. Devido essas mudanças já fiz muita merda no sistema a ponto de não levantar mais, aí entra o raciocínio lógico de cada um, antes de fazer qualquer alteração no sistema, faço uma backup do arquivo original e tenho em mãos sempre uma LIVE USB pra refazer a cagada, então fica os requisitos mínimos:
  1. Backup
  2. Live CD ou USB pra caso de der problema, mesmo que improvável.

O que motivou este artigo é o vasto material na net incompleto que não resolve, e atrapalha.

Mão na massa...

Desativar o Splash e o GDM

Todas as alterações devem ser feita como root, aqui eu usei o editor nano, fica a seu gosto. Para salvar dê um Ctrl+X depois S e Enter.

Para que o sistema passe a mostrar em modo texto tudo que esta sendo feito faça as seguintes alterações:

Edite o arquivo e deixe assim adaptando as sua necessidade:

# nano /etc/default/grub

GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT=""
GRUB_CMDLINE_LINUX="text vga=0x0318"
GRUB_GFXMODE=1024x768

O "text" quer dizer modo texto e "vga=0x0318" quer dizer 1024x768x24bit, resolução da tela quando o sistema estiver mostrando tudo o que esta sendo feito. Você vai conseguir essa configuração rodando o comando:

# hwinfo --framebuffer | grep "Mode"

Se não tiver, um:

# apt-get install hwinfo

Resolve! :D

Adapte ao seu modo.

Para cancelar o carregamento do GDM, edite o arquivo e comente as linhas:

# nano/etc/init/gdm.conf

#start on (filesystem
# and started dbus
# and (drm-device-added card0 PRIMARY_DEVICE_FOR_DISPLAY=1
# or stopped udevtrigger))
#stop on runlevel [016]

E pra finalizar:

# update-grub

Pronto, seu sistema será iniciado em modo texto a partir da nova inicialização.

Socorro, agora não sei como levanta o X!

Simples, bata a cabeça no teclado e grite: "Noob desgraçado!" hahahahahaha!

Brincadeiras a parte galera, hehe, basta você colocar o nome do seu usuário e senha quando pedir, ai vai aparecer algo como:

"carroça@noob:$"

É só você dar o comando startx e Enter:

startx

Resolvido! :D

GRUB com wallapaper e considerações finais

Aí você me pergunta: "Eu queria coloca a foto da minha colega de trabalho, aquela gostosa, tem como?"

# nano /etc/grub.d/05_debian_theme

WALLPAPER='Caminho da foto da gostosa com permissão total entre aspas simples'
COLOR_NORMAL="white/black"
set menu_color_normal=white/black

Suas preces foram ouvidas! \o/

Depois de ter feito todas essas alterações, atualize as configurações do GRUB com um simples:

# update-grub

Essa foi a maneira que deu certo sem fazer gambiarra, tá funcionando e vai fica assim.

Tem programa que faz isso, só da um:

# apt-get install "preguiça"

Prefiro fazer na unha. Além de você fica por dentro do sistema, você pode facilmente adaptar para outro sistema onde não tem um programinha pra fazer isso, e que graça tem você fazer uma coisa sem pagar pau, sem passar horas mexendo aqui e ali pra entender como funciona?!?! Não tem graça nenhuma! :D

É isso aí galera, é meu primeiro post, espero que seja útil e de fácil compreensão, dedico a todos os linusers que assim como eu apanha pra achar uma solução, mas acha! :D

Abraços!

Seja livre, use o pinguim! \o/

   

Páginas do artigo
   1. Artigo
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Habilitando multilib no Slackware - Atualizado e simplificado

Deixando o Fluxbox com a sua cara

OpenLDAP com suporte ao MySQL

Configurando mod_gzip no Apache

Aprimoramento de Desempenho da Instalação Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Tacioandrade em 09/05/2011 - 00:30h

Para fazer isso, existe um modo muito mais simples. Desinstale o splash e instale o aplicativo rcconf.

Com o rcconf, desative o gdm ou o aplicativo que usa para o login grafico (KDM, slim, lxdm, etc) e seja feliz.

[2] Comentário enviado por removido em 09/05/2011 - 03:35h

Whisley, funcionou aqui!

Mas para entrar no login, necessitei teclar Ctrl+Alt+F1

Sugeriria também a instalação antecipada do MC:

$ sudo apt-get install mc

Para que a pessoa possa ter alguns recursos de acesso e edição de arquivos. O que você acha da idéia?

Gostei muito do seu tutorial, pois já algum tempo tenho tentado fazer isto aqui e até hoje não havia conseguido ainda! Muito bom!


[3] Comentário enviado por whisley em 09/05/2011 - 09:11h

CelsoRod, o Ctrl+Alt+F1 que você se refere, seria os terminais virtuais senão me engano, tty1, tty2, ....
aqui uso o 10.10, depois das modificações ao iniciar o sistema, já me pedia usuário e senha sem
mudar de terminal. Mas fico muito contente por ter dado certo pra você e gostei da idéia,
só não ser como adicionar isso no artigo hahahahahaha .... noob desgraçado hahahaha ....
o que me motivou a criar este artigo vc mesmo disse: "já algum tempo tenho tentado fazer isto aqui e até hoje
não havia conseguido" .... as informações incompletas sempre ferrava meu sistema hahahaha .... Salve LIVE USB \o/ ...

Tacioandrade, como eu disse no final do artigo sua teoria vai contra meus princípios hahahahahaha,
não gosto de fica instalando ou removendo programas pra customização básica do sistema,
prefiro fazer na unha, assim vc não depende de programa e pode adaptar pra outros
sistema, a logica é a mesma. Pra voltar ao normal, basta alterar valores em vez de remove isso ou
reinstalar aquilo.

Vlw pelo cometários!!!

[4] Comentário enviado por tatuiano em 09/05/2011 - 10:35h

no meu mint bastou modificar o default/grub e dar o update--grub.
muito bom o gostei.10 proce.

[5] Comentário enviado por whisley em 09/05/2011 - 11:51h

vlw tatuiano, então, no debian por exemplo basta alterar um único arquivo, no Ubuntu também era assim, nas ultimas
versões mudo a cor da grama ae fudeu hahaha .... como prova basta vc da um cat /etc/init.d/, varios processos são link
para o start alguma coisa :D , que é o novo sistema de gerenciamento.
No debian pra mata o GDM um simples chmod -x gdm resolvia ... vlw pelo 10

[6] Comentário enviado por Tacioandrade em 10/05/2011 - 09:51h

Entendo whisley, mais para resolver sem instalar o rcconf, basta rodar o seguinte comando:

# update-rc.d -f gdm remove

Ele irá remover o gdm da lista de inicialização do sistema, sem a necessidade de editar arquivos de configuração.

[7] Comentário enviado por whisley em 10/05/2011 - 11:15h

salve Tacioandrade, esse comando #update-rc.d -f gdm remove
é praticamente um chmod -x gdm, eu havia executado ele, só que aqui não funcionou no GDM
e o que não me agrado é quando rodo esse comando ele altera a permissão de vários
arquivos, ele até mostra os arquivos alterados mas não sei exatamente o que e quais
valores ou permissões foram alterados, vi isso ao matar a inicialização do PostgreSQL.
Eu achei que fico meio oculto hahahahhahaha ... vlw pelo comentario, mas é isso mesmo,
caso o usuário não queira ficar mexendo em arquivos de configuração ...

....basta um #update-rc.d -f <PROCESSO> remove pra remover o processo,
e pra voltar #update-rc.d <PROCESSO> defaults

Tacioandrade, mais uma vez obrigado pela contribuição \o/ ... fica como complemento ....

[8] Comentário enviado por removido em 10/05/2011 - 23:40h

É sim Whisley! tty1, tty2, .... Isto mesmo. Mas utilizei a combinação de teclas Ctrl+Alt+F1.

De qualquer forma, sua dica funcionou aqui. Obrigado! :)

[9] Comentário enviado por Tacioandrade em 11/05/2011 - 00:46h

Pois é, Linux é isso mesmo, um ajudando e passando o conhecimento para o outro, por exemplo, isto de mudar a permissão de outros arquivos eu não sabia. Geralmente utilizo o rcconf pela facilidade de saber quais serviços estão startando ou não em minha maquina ou servidor.

Mais muito obrigado pelo aviso, vou fazer um teste qualquer dia desses para ver o resultado.


Abraço.

[10] Comentário enviado por tonyrecife em 11/05/2011 - 12:26h

Whisley,
Boa dica, o Tacioandrade mostrou outra forma de fazer a mesma coisa e isso é muito bom. Olhe pelo lado positivo, vários caminhos que dão na venda. Por isso eu digo: "Viva o LINUX"
Parabéns

[11] Comentário enviado por whisley em 12/05/2011 - 09:05h

olá tonyrecife, um ajudando o outro, o verdadeiro espirito linux, obrigado a todos, pelos elogios, correções e alternativas
informadas, esses simples comentários nos encoraja a sempre ajudar dominando ou não o assunto. Obrigado a todos \o/ ......

[12] Comentário enviado por removido em 13/05/2011 - 00:49h

Cara se tu quer rodar o sistema em modo texto é simples, é só modificar o runlevel do sistema:
vi /etc/inittab

0 = halt
1 = single mode
2 = single mode + resources
3 = multiuser + resources
4 = person.
5 = x window system
6 = reboot

mude o runlevel, reboot e pronto ..


[13] Comentário enviado por whisley em 13/05/2011 - 08:23h

salve Ipcard, como disse no inicio do artigo, nas ultimas versões do Ubuntu, mudou todo o processo no sistema,
não é mais o inittab responsável pelo runlevel, salve outras distros que não mudou até onde sei ...
no ubuntu ou você faz como o artigo sugere ou faz como nosso amigo Tacioandrade sugeriu ....
...vlw pelo comentário ...

[14] Comentário enviado por ffcdf em 13/05/2011 - 11:09h

Cara, muito bom o seu artigo sobre inicialização do ubuntu em modo texto, funcionou blz, ou melhor quase blz… Sou um pouco leigo quando o assunto é linux, mas tentei fazer o que vc disse na versão ubuntu server 11.04 (com parte gráfica do gnome instalada). Ele até iniciou em modo texto mesmo, porém o comando startx não está conseguindo carregar a parte gráfica corretamente. Ele abre a tela de fundo, consigo acessar a calculadora pelo teclado multimidia, faço controle de volume e tal também pelo teclado, porém ele não carrega os menus, o atalho Alt+f2 não funciona. Resumindo, só aparece o background e o cursor do mouse. Alguém tem alguma idéia de como solucionar isto…

[15] Comentário enviado por whisley em 13/05/2011 - 12:33h

salve ffcdf, então kra isso roda normal no gnome, no 11.04 a parte gráfica padrão é o Unit alguma coisa hehehehe ...... pra que o gnome seja
o padrão vc deverá na tela de login alterar a sessão pra ubuntu classic. Então é o seguinte, se vc fez exatamente como o artigo faça o seguinte:

1 - abra o arquivo nano/etc/init/gdm.conf e descomente as linhas que que vc comentou, dessa forma o sistema vai iniciar em modo texto
mas vai subir o gdm pra vc se autenticar em modo gráfico, reinicie;
2 - altere a sessão de ubuntu para ubuntu classic na tela de login, e entre no sistema com o usuario pra ve como fico as coisas;
3 - reinicie a maquina se puder só pra ver se realmente ela vai inicia pelo gnome e não pelo outro;
4 - abra o arquivo nano/etc/init/gdm.conf novamente e comente as linhas para matar o carregamento do gdm, reinicie;

... com isso ao se logar no sistema e chama o X com "startx" o sistema deve levantar normalmente sem falta nada já que esse é o
comando pra subir o X no gnome, no Unitalguma coisa pode ser diferente, testa ae e poste o resultado.

Abrçs .....

[16] Comentário enviado por ffcdf em 13/05/2011 - 13:52h

Whisley, valeu pela dica, mas o problema continua. Fiz o seguinte:

Tentei fazer seguindo os seus passos, ou seja, apenas descomentando o /etc/init/gdm.conf, mas não deu certo de autenticar em modo gráfico não, dai eu fiz o seguinte:

1 - restaurei o arquivo original /etc/default/grub
2- restaurei o arquivo original /etc/init/gdm.conf
3 - executei o comando update-grub

Ou seja, voltei ao modo original, reiniciei, entrei no modo gráfico normalmente, com todos os ícones a aplicativos carregados. Dai entrei em login e mudei para Ubuntu Classico.

Reiniciei e ele entrou no modo gráfico do ubuntu classico... Ai refiz os passos do artigo e reiniciei novamente... Ele entrou no modo texto, mas quando fiz login e digitei startx ocorreu o mesmo problema...

Alguma outra sugestão....

Abraço...

[17] Comentário enviado por whisley em 13/05/2011 - 15:21h

que mirda ¬¬°, não tem outra explicação a não ser a de que o Unit ta fazendo essa bagunça, infelizmente não testei no 11.04, vo tenta instala numa VM e ve o que da, o foda é que não tenho muito tempo, TCC da faculdade, trabalho pra segunda e trampo na área de TIC, só zika,
devia ter ouvido minha mãe: "vai estudar muleque" hahahaha ..... ffcdf vo tenta cria uma VM o mais rápido possível pra ver o que ta pegando
no novo sistema, to achando que mudo algumas coisa ¬¬° .... atualmente to na versão 10.10 e me lembro bem das dores de cabeço ao migrar
da versão 10.04, era só zika até começa a sae os update, nunca mais migro pra sistema recém lançado....

[18] Comentário enviado por ffcdf em 13/05/2011 - 22:52h

Novidades whisley...

Tive pesquisando pela net, e descobri que não sou o único mortal com este problema, daí entre as possíveis soluções, achei uma que de certa forma resolve meu problema.
Tipo, seguindo o seu artigo, quando eu digito startx, apresenta o problema mencionado de nao carregar nada a nao ser o ponteiro do mouse e o background.... Dai resolvi digitar o seguinte no modo texto:

sudo gdm restart...

E tchan.... funcionou... abriu a tela de login do gnome-classico e assim q entrei com a senha novamente ele abriu com todos os aplicativos...

Se eu reinicio, da o mesmo problema novamente, mas basta eu digitar o comando novamente q volta a funcionar....

Se você encontrar uma solução melhor blz, mas por enquanto vou me virando com essa alternativa....

Por enquanto, muito obrigado e fica ai a dica pra quem tiver passando pelo mesmo problema que eu....

[19] Comentário enviado por whisley em 15/05/2011 - 09:33h

salve ffcdf, pra minimizar o problema volte o arquivo original /etc/init/gdm.conf ou simplesmente
descomente as linhas que vc comentou, dessa forma o sistema vai inicia em modo texto, mas
vai chamar o GDM pra se autentica em modo gráfico e assim chama o X corretamente. To criando
uma VM aqui pra v o que ta pegando nesse novo sistema .... Abrçs

[20] Comentário enviado por xiloba em 17/05/2011 - 23:24h

Eu achei uma maneira que mostrei num post que fiz: http://vivaolinux.com.br/topico/UbuntuBR/Ajudinha-para-criar-usuario-que-nao-possa-sair-fucando-o-mi...?
antes de mais nada, vamos, por questão de bom-senso e segurança, fazer um backup dos arquivos que vamos alterar:
sudo cp /etc/init/rc-sysinit.conf /etc/init/re-sysinit.conf.bkp
sudo cp /etc/init/gdm.conf /etc/init/gdm.conf.bkp
Caso haja algum problema, é só trocar:
cp origem destino, o que veio primeiro vai para o fim e o que veio no fim, fica por primeiro: cp /etc/inti/rc-sysinit.conf.bkp /etc/init/rc-sysinit.conf


Primeiro iremos modificar o arquivo rc-sysinit.conf

sudo gedit /etc/init/rc-sysinit.conf

encontre a linha: env DEFAULT_RUNLEVEL=2


e modifique o numero 2 por 3
ficara assim:

env DEFAULT_RUNLEVEL=3

salve o arquivo.

Agora iremos modificar o arquivo gdm.conf

sudo gedit /etc/init/gdm.conf

encontre essas linhas que aparece na imagem


e modifique por:

start on (filesystem
and started hal
and tty-device-added KERNEL=tty7
and (graphics-device-added or stopped udevtrigger)
and runlevel [!3])
stop on runlevel [016]

salve o arquivo e saia.

reinicie o sistema, vai iniciar em modo texto
para iniciar a iterface grafica, basta digitar startx.

[21] Comentário enviado por whisley em 18/05/2011 - 08:32h

salve xiloba, kra valew pela contribuição, ffcdf veja se essa outra alternativa resolve seu problema, caso tenha algum problema
só pedi um help ... Abrçs

[22] Comentário enviado por ffcdf em 24/05/2011 - 07:42h

ola xiloba... valeu pela dica, mas o problema continua....

voltei meu computador para as configurações iniciais, ou seja, desfiz as alterações deste artigo e fiz as alterações que você sugeriu e o resultado foi o mesmo obtido com este artigo, ou seja, ele inicia em modo texto, mas quando digito startx ele abre a parte gráfica mas nela so tenho o background e o ponteiro do mouse, mais nada.....

Dai, se eu digito gdm restart ele entra normalmente no modo gráfico...

abraço...

[23] Comentário enviado por jeff.jno em 19/10/2011 - 14:03h

Caminho da foto da gostosa ficou massa!
huahuahua

[24] Comentário enviado por gpr.ppg.br em 06/12/2011 - 02:14h

eu queria que o meu boot em modo texto fosse nas cores texto verde com fundo preto, alguem sabe fazer isso?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts