Mamãe, quero Slack! (parte 2)

Segunda parte do artigo "Mamãe, quero Slack!", que tem por objetivo ser um resumo de informações para ajudar usuários iniciantes em Linux que querem usar a distribuição Slackware. Serve para Slackware 12.0, 12.1 e 12.2.

[ Hits: 101.031 ]

Por: Xerxes Lins em 19/12/2008 | Blog: https://goo.gl/uu8OUX


Slackware 12.2 e errata!



No mesmo dia em que a primeira parte do artigo foi lançada, o Slackware 12.2 também foi. Por isso ele não foi citado na parte 1 do artigo. As novidades do Slackware 12.2 não são tão drásticas, de forma que o artigo ainda serve para orientação das versões 12.0, 12.1 e 12.2.

Basicamente a versão 12.2 possui atualização de pacotes diversos. Destaque para o XFCE 4.4.3 e Kernel 2.6.27.7. Mas o procedimento de configuração é o mesmo das versões 12.0 e 12.1. O KDE 4.1 não foi adicionado ao sistema ainda, mas sim a última versão do KDE 3.5. O que não é nada mal, já que o KDE 3.5 funciona perfeitamente e é ótimo. Faz parte da filosofia do Slackware preferir a estabilidade em detrimento da "modernidade".

Ok. Então você obteve uma noção superficial sobre o Slackware Linux, sua história e suas características. Adquiriu o sistema e o instalou. Agora nessa parte do artigo iniciaremos a configuração do sistema para uso doméstico. As informações desses dois artigos são simples, mas podem ser úteis como uma ajuda nos seus primeiros passos. Muita informação está disponível na internet, principalmente no Viva o Linux para configurações mais específicas e detalhadas.
A contribuição dos leitores da primeira parte do artigo foi muito boa. Fico feliz em perceber como o conhecimento é construído com o auxílio de várias pessoas. Abaixo citarei as correções feitas por alguns dos leitores:

O usuário vsmoraes disse:

"Só uma correção, o Slack possui sim um gerenciador de pacotes. Com o comando pkgtools você tem várias opções. A própria instalação faz o uso dos pacotes (.tgz), os famosos pré-compilados. Só que tal gerenciador é muito simples (instala, desinstala e mostra informações), sem as opções de repositórios ou resolução de dependências."

O usuário albfneto disse:

"Gentoo novo tem instalador gráfico que funciona, e o ambiente gráfico atual, default é XFCE."

O usuário slackrichard disse:

"só uma correção o Slackware possui sim um gerenciador padrão de pacotes que é o tgz bem como uma serie de ferramentas para seu uso sendo installpkg, removepkg, upgradepkg. na ultima versão ele tem agora o aplicativo slackpkg (e aqui agradeço ao Piter Punk) como gerenciador padrão, que é capaz de baixar os pacotes via net e atualizar sua distro."

O usuário Ironmaniaco disse:

"A Backtrack é uma distro com ferramentas específicas para PENTEST."

O usuário nick disse:

"Quero ver instalar Slack com 16MB de RAM. Vai rodar o que? Só bash né? KKKKKKKKK"

(acontece que de acordo com o site oficial o mínimo é 64 MB de RAM)

Obrigado a todos pelas correções.

Espero estar encorajando-o a experimentar esse sistema operacional maravilhoso que é o Linux. Símbolo de liberdade, de união e de compartilhamento de conhecimento.

Boa sorte!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Slackware 12.2 e errata!
   2. Configuração do Xorg
   3. Configuração do som
   4. Configuração da internet
   5. Criando usuário para o dia-a-dia
   6. Tchau tela preta. Olá ambiente gráfico!
   7. Atualização do sistema
   8. Instalação de programas
   9. Dicas
   10. Na próxima parte...
Outros artigos deste autor

Instalação do Funtoo GNU/Linux em VirtualBox

Fedorinha, fedorão: comandinhos de montão

LAMP no Funtoo Linux em 15 minutos

Onde o GNU/Linux ganha de lavada do Windows

Como está o meu bebê?

Leitura recomendada

Pilha de Diretórios (comandos pushd, popd e dirs)

Resumo do documentário Revolution OS

Guia Introdutório do Linux II

GNU/Linux - Benefícios na Área Administrativa

Virtualização com CentOS e VMware Server

  
Comentários
[1] Comentário enviado por vsmoraes em 19/12/2008 - 17:50h

Ótimo artigo, fontes e um bom Português também. Meu parabéns.
Acredito que com esses seus dois artigos qualquer um seja capaz de iniciar no Slackware.

Bom, eu (opnião estritamente pessoal) gostei muito da parte de configuração do Xorg, porém faltou uma função básica. O comando "xwmconfig", pode parecer besteira mas nada melhor do que apresentar alternativas ao usuário e, partindo do principio que foi feita uma instalação "full" do sistema, terermos um leque com mais de 4 gerenciadores de janelas (leia-se desktops enviroments).

Uma dica que legal para quem gosta de "firulas" seria mostrar como configurar o Compiz que já vem pré-instalado no Slack desde o 12.0, se não me falha a memória. Talvez seria legal discorrer sobre isso junto à instalação do driver da NVIDIA que você prometeu.

Abraços e, mais uma vez, parabéns pelo artigo.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 19/12/2008 - 18:24h

Sugestões anotadas =D

[3] Comentário enviado por slackrichard em 19/12/2008 - 19:13h

so complementado a informação sobre atualização do sistema com o slackpkg, se o proposito for atualizar adistro por completo os comandos devem ser estes:
slackpkg install-new
slackpkg clean-system
slackpkg upgrade-all

NOTA: slackpkg clean-system vai retirar do sistema todos os pacotes que não estão mais presentes na arvore do slackware, muito cuidado pois se voce instalou
qualquer pacotes com final .tgz que não seja da arvore oficial eles serão retirados.


PS:
não precisa reiniciar o sistema para que a "tradução" seja efetivada basta voce "deslogar" e "logar" novamente OK.
Muito bom artigos continue assim.

[4] Comentário enviado por drakula em 19/12/2008 - 19:19h

Muito bom cara Parabéns pela iniciativa, só faltava pro slackware, estou falando pq sou usuário e acho o sistema muito estável e quase perfeito, só falta o lance de gerenciador de pacotes que realmente (eu disse realmente, swaret, slackpkg, slapt-get não fazem isso) me desculpem os desenvolvedores desses programas (Piter Punk) pore exemplo, esses gerenciadores facilitam bastante a vida do Admin, mas não se compara ao ports do FreeBSD, e o portage do Gentoo, vi uma luz no fim do tunel, mas nao sei se foi pra frente chama Emerde (http://emerde.freaknet.org/) ele é um port do portage do Gentoo portado pra Slackware alguém acompanha esse projeto ou pode falar algo a respeito? bom é isso na minha opinião é a unica coisa que falta no Slackware.

[]'s

Rafael

[5] Comentário enviado por xerxeslins em 19/12/2008 - 20:06h

slackrichard,

Obrigado pelo esclarecimento! Principalmente por essa dica de fazer logoff ao invés de reiniciar, depois que mudar o idioma! =)

Só uma nota. O propósito não era o de atualizar de uma versão para outra, (pois é para isso que serve o slackpkg install-new), e sim apenas atualizar os pacotes da sua versão após a sua instalação. Então teoricamente não precisaria fazer o slackpkg clean-system, pois o sistema seria recém-instalado.

Adicionei essa nota para esclarecer caso alguém queira realizar esses comandos.

[]'s
------------------

drakula,

concordo com você! infelizmente esse é o ponto fraco do slackware. Nunca tinha ouvido falar desse Emerde (que nome mais feio =P), mas vou procurr a respeito. Valeu!



[6] Comentário enviado por removido em 19/12/2008 - 23:39h

Caro Xerxes Lins, essa continuaçao do artigo ficou extraordinaria, tenho acompanhado suas Dicas, seus Artigos e todos sempre bem escritos, e a maioria deles já foi parar nos meus favoritos aqui do Viva o Linux.
Desde o lançamento da parte 1 deste artigo, fiquei na espectativa do lançamento da parte 2, e ai está, superou todas as espectativas, mato a pau mesmo, e então desde já, fico na espectativa pela parte 3.
A você meus Parabéns pelo excelente trabalho que tem feito.
Valeu.

[7] Comentário enviado por xerxeslins em 19/12/2008 - 23:48h

cust,

Que bom que você gostou! Isso é muito gratificante! A terceira parte do artigo demorará um pouco mais para sair pois eu pretendo viajar por umas semanas. Porém, me esforçarei para continuar atendendo as suas espectativas!

Valeu!

[8] Comentário enviado por eldermarco em 20/12/2008 - 16:43h

Rapaz, gostei mesmo dessa sua série de artigos sobre o Slackware. Ainda não me decidi em mudar para ele (eu amo o Fedora) e é bem provável que não mude. No entanto, agora tenho uma boa referência caso um dia queira mudar ou encontre alguém que queira fazê-lo. Muito bom rapaz!

Ah, e a prosósito. Parou com aquele negócio de dizer que é iniciante, não é? :)


Abs. Espero o próximo artigo. Estou lendo todos.

[9] Comentário enviado por removido em 20/12/2008 - 20:00h

Sem dúvida os melhores artigos sobre instalação, pós-instalação e configuração do Slack que já li até hoje. Quem desejar se aventurar e testar o Slack não tem mais desculpas, está tudo mastigado. Não uso mais o Slack mas recomendo mesmo assim, exelente distribuição e grande parte do que sei aprendi enquanto usava Slack. Alias, ainda estaria usando o Slack se não tivesse descobrido o Arch.

Parabéns pela série de ótimos artigos.

[10] Comentário enviado por robsonpc em 21/12/2008 - 14:41h

Muito completo seu artigo, com bastante imagens. Parabéns porque deve tá dando um trabalho rsss....

[11] Comentário enviado por slackware_explor em 21/12/2008 - 22:12h

Objetivo, muito bom o seu artigo, mas faz uma forca para colocar um artigo sobre placa de video ati.

[12] Comentário enviado por removido em 22/12/2008 - 22:42h

Ah, que legal!!

Realizei um sonho! Muito bom o artigo! :)

[13] Comentário enviado por Ignorante em 26/12/2008 - 20:58h

Parabens pelo artigo...
Sou um iniciante, eu quero aprender mais sobre o linux, mas instalei varios distros e pesquisando sobre cada um e finalmente
cheguei a um resultado, sobre... qual instalar definitivamente em meu PC.
Todos sao bons, mas pra quem quiser aprender usar e usufruir desse maravilhoso sistema eu recomendo o Slackware....
Nele vc vai entender mais como funciona o linux, posso estar errado sobre o Slack, mas as noites que fiquei em claro instalando
aplicativos na "unha", foram horas que mais gostei e mais aprendi sobre Slack (Linux)................

Muito obrigado pelo artigo, foi um dos "melhores" que eu vi.....

[14] Comentário enviado por knoa em 03/01/2009 - 01:07h

Muito bom!, sempre tive vontade de usar o slack mas ia so até a instalaçao, mas agora to animado vou tentar finalmente aprender linux.
Seu artigo foi o mais simples e esplicativo que ja li, valeu!

[15] Comentário enviado por konqueror em 08/06/2009 - 16:57h

xerxeslins, venho acompanhando alguns posts/artigos vindos de você, e te parabenizo pelas dicas valiosas e muito bem detalhas que ajudam os iniciantes em Slack. :-)
abs

[16] Comentário enviado por removido em 14/06/2009 - 16:26h

Uma forma um pouco mais "complicada" de alterar o idioma é após baixar o add-on para pt-BR é alterar o valor da string general.useragent.locale para pt_BR. Para fazer isso é necessário digitar about:config na barra de endereço do navegador.
Feito isso ira aparecer um aviso pedindo cuidado ao mexer com as configurações avançadas e um botão para prosseguir, ao clicar no botão você tem acesso a todas as configurações do Firefox. Em localizar digite general.useragent.locale, quando for localizada clique duas vezes sobre ela e altere o valor que aparecer na caixa de texto para pt-BR, depois é só reiniciar o Firefox e pronto ele vai ficar em português.


[17] Comentário enviado por mtarcinalli em 25/06/2009 - 10:56h

Certa vez instalei o slack em um 386 com 4 mb de ram, se não me engano era a versão 8.
Cheguei a rodar até o X nele :)
E depois rodando o X remotamente, consegui até usar o Gimp.

[18] Comentário enviado por grandmaster em 04/07/2009 - 13:41h

Muito bom os dois artigos.

Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br



[19] Comentário enviado por Lisandro em 08/07/2009 - 09:01h

Na verdade é sempre bom fazer um "slackpkg update" antes de um "slackpkg upgrade-all" para garantir que vai realmente estar com os pacotes atualizados.

[20] Comentário enviado por Lisandro em 08/07/2009 - 09:08h

Muito boa a segunda parte, vamos a terceira.

[21] Comentário enviado por removido em 09/07/2009 - 21:49h

Muto legal o artigo , é bom ver material assim por ai pois muita gente acha que é dficil usar slack mas na real nem é , mas a pior parte é que ele vicia , vou ser "obrigado" a voltar pro slack(é que nem cigarro...).

[22] Comentário enviado por Thiago13 em 22/07/2009 - 15:29h

Achei muito fácil instalar o Slackware 12.2 pelos seus tutorias, mas estou com um problema na hora das configurações. Sempre que entro como root com os comandos "alsaconfig" e "netconfig" recebo a messange "comando não encontrado". Para "alsamixer" funciona legal. O que há de errado?

[23] Comentário enviado por xerxeslins em 23/07/2009 - 15:11h

@Thiago13: o comando correto é "alsaconf" e não alsaconfig. desculpe pelo engano. O comando "netconfig" é executado durante a instalação se vc escolher configurar a internet durante esse processo. Caso não consiga executá-lo depois da instalação, penso que talvez voce nao tenha instalado todos os pacotes do slackware. Voce usou um CD, ou o DVD completo?


[24] Comentário enviado por thiago13 em 23/07/2009 - 17:56h

Oi, Xerxeslins -

Fiz minha instalação por CD. Deveriam estar completos. Meu Slack está rodado bem, já fiz as atualizações. A Internet eu consegui configurar fazendo-a logo na instalação do 3º CD.

Meus problemas no momento são a falta de som e a falta do Português para configurar o sistema nesse idioma - não consta, apesar d'eu ter selecionado Brasil na inicialização do KDE. Só havia disponível US English!

Quanto ao comando "alsaconf", ele continua dado como inexistente, quando entro como root. O "alsamixer" funciona, mas me leva a uma tela bem diferente da do seu tutoria. Na minha não há nada além de:

[AlsaMixer v1.0.17 (Press Escape to quit)]──────────────┐
│ Card: Camera │
│ Chip: USB Mixer │
│ View: [Playback] Capture All │
│ Item: Auto Gain Control [Off]


│ │MM│ │
│ └──┘

│ <Auto Gai>

Se falta algo no meu SLACK, tem como instalar sem que seja necessára uma reinstalação?

Um abraço

[25] Comentário enviado por thiago13 em 24/07/2009 - 00:02h

Xerxeslins,

Re-instalei o clasdrv, o alsa-lib, o alsa-oss e o alsa-utils, e consegui fazer "alsaconf", porém o "alsamixer" continua me levando ao tal lugar sem os mixers, e a mensagem que recebo quando entro no KDE é:

Sound server informational message:
Error while initializing the sound driver:
device /dev/dsp can't be opened (Permission denied)
The sound server will continue, using the null output device.

No gráfico do há um "x" e a messagem é "mixer cannot be found".

[26] Comentário enviado por thiago13 em 24/07/2009 - 08:43h

Xerxeslins,

Hoje de manhã quando liguei o computador consegui configurar os mixers - eles apareceram! Porém ainda continuo recebendo as mensagem de erro acima. O que está ocorrendo?

Achei estranho que foi preciso desligar o computador para que os mixers aparecessem depois d'eu ter configurado a placa de som. Pensei que o Slackware estivesse salvo desses vícius do Windows de ter que reiniciar a máquina para a instalação fazer efeito. O que será que houve?

Um abraço

[27] Comentário enviado por thiago13 em 24/07/2009 - 16:00h

Problema do som finalmente resolvido. Precisei inserir meu usuário não root nos grupos audio, etc...

Um abraço

[28] Comentário enviado por xerxeslins em 24/07/2009 - 19:38h

@Thiago13: estou de férias, longe do meu pc e dos meus cds de Linux, por isso não estou ajudando como gostaria. Para instalar todos os pacotes dos seus CDs, monte o CD:

# mount /dev/cdrom /mnt/cdrom

Procure pelos arquivos terminados em ".tgz":

# find /mnt/cdrom -name *.tgz

Ele vai listar os arquivos terminados em ".tgz". Você pode instalar um pacote com o comando:

# installpkg /mnt/cdrom/caminho/do/pacote.tgz

Ou pode entrar no diretório dos pacotes:

# cd /mnt/cdrom/diretoriodospacotes

e Instalar todos:

# installpkg *.tgz

[29] Comentário enviado por KimRiNe em 08/08/2009 - 20:32h

Minha conexão é wireless com usário e senha,
será que com a dica da banda larga que pede usário e senha vai servir para meu caso?

[30] Comentário enviado por xerxeslins em 10/08/2009 - 00:14h

KimRiNe: em se tratando de wireless no Slackware, que eu nunca usei, há o comando "wicd". veja se resolve.

[31] Comentário enviado por annakamilla em 19/12/2009 - 22:24h

cara to babando mais ainda no slack.


[32] Comentário enviado por lknightl em 09/08/2011 - 08:22h

Ótimo Artigo!

Sei que estou um pouco atrasado...rs mas valeu pelos ensinamentos, estou pensando muito em mudar de distribuição Linux e esse artigo deu a melhor sugestão até agora. Atualmente uso Ubuntu e nesta última versão tem me decepcionado um pouco, irei fazer testes com o Slack e Arch Linux e adotar uma das duas.

Parabéns! Ate +

[33] Comentário enviado por listeiro_037 em 08/06/2015 - 01:01h

Excelente!
--
Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[34] Comentário enviado por xerxeslins em 08/06/2015 - 08:03h


[33] Comentário enviado por listeiro_037 em 08/06/2015 - 01:01h

Excelente!
--
Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden


Valeu!

Pode ter informações desatualizadas (devido a época em que foi feito) e erros, por isso, se encontrar algum, por favor comente!

Abraço!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts