Comunity ENTerprise Operating System, o CentOS

Este artigo apresenta a distribuição CentOS para você que está iniciando e para você que já tem uma vivência com o Linux!

[ Hits: 76.382 ]

Por: Marcos Miras em 16/07/2008


CentOS, somente mais um clone?



O CentOS é uma distribuição red-like, ou seja, baseada no Red Hat Enterprise Linux. O projeto CentOS teve início no início de 2004, mesmo ano em que a Red Hat estava lançando o RHEL 2.1. Este projeto foi bem visto por empresas que não pudessem arcar com as licenças e suporte da Red Hat.

A Red Hat tem abocanhado grande parte dos servidores corporativos e nos últimos anos tem atraído diversos usuários, porém todas as versões são pagas, atribuídas às logomarcas e suporte técnico. Com o surgimento do CentOS, muitas empresas e usuários tem migrado para essa excelente distro.

Muitos profissionais de TI comentam sobre distros, e os comentários acabam virando questionamentos que gostaria de comentar. Sobre o CentOS os que mais ouço são:

- O CentOS é só mais um clone!

Concordo em ser um clone, porém não só "mais um", mas um que fez e faz a diferença. Outros red-likes como o WhiteBox e o YellowDog (distro para PPC) jamais conquistaram tantos adeptos até o surgimento do CentOS. Ele possui todas as ferramentas do Red Hat e todas em excelente performance, acompanha periodicamente todas as atualizações (o que difere do WhiteBox) e tem a mesma compatibilidade de software e hardware do Red Hat, que por sua vez tem grande base de softwares e hardwares certificados (o que difere o CentOS do YellowDog).

- Mas o Fedora é free e é desenvolvido pela Red Hat!

Também concordo, porém o Fedora tem atualizações aproximadamente a cada 6 meses! O que importa muito quando se fala de utilização em servidor. Acho o Fedora um excelente projeto, simples aos olhos de usuários e completo, porém a robustez que o Red Hat Enterprise Linux oferece a seus usuários é inigualável, robustez essa que o CentOS herda.

- O boot é lento.

Infelizmente sim, a Red Hat tem um programinha chamado RHGB (Red Hat Graphical Boot) que executa o boot em modo gráfico logo após a splash screen do Grub. Mais adiante veremos como desabilitá-lo.

Ele carrega serviços de servidores no meu desktop.

O CentOS é versátil e te dá a opção de instalar pacotes ou de desktop, de servidores ou os dois! Se você acabar instalando um servidor de email e o sendmail acabar iniciando no boot, você pode retirá-lo da inicialização ou até mesmo desinstalá-lo para evitar problemas de lentidão.

E se um dia o projeto deixar de existir?

Essa é uma pergunta difícil de se responder, porém podemos utilizar o bom senso! Não podemos afirmar que um projeto será eterno, tudo pode ter um fim. Creio que o CentOS tenha vida enquanto a Red Hat estiver ativa no mercado, pois um rio só deixa de existir quando a fonte se seca. O projeto CentOS possui diversas empresas mantenedoras, o que contribui para o crescimento e sustentabilidade do projeto, além de uma gama de usuários e uma rica base de documentação.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. CentOS, somente mais um clone?
   2. Instalação
   3. Configurando o CentOS
   4. Instalando alguns aplicativos
   5. Desktop + Servidor
   6. Conclusão
Outros artigos deste autor

PhpPgAdmin e PhpMyAdmin

Introdução ao MySQL

Ruby + Rails + Gem + Mongrel Cluster + Apache + MySQL n0 Red Hat EL

Integridade dos arquivos do sistema

Leitura recomendada

Usa Firefox? Expanda-o

Fundamentos do sistema Linux - hardware

Linux Básico - Parte I

Trabalhando com datas no Linux

Manjaro Linux - Treze motivos para desfrutar da simplicidade

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maran em 16/07/2008 - 12:25h

Hummmmmmmmmm, favoritos.
Fala Marcos , mandou super bem bicho, fico muito bom este seu artigo, era disso que precisavamos, ótima distro, ótimo artigo !!!!!!!!

Abraços

[2] Comentário enviado por tekmania em 16/07/2008 - 12:30h

legal esse artigo. Eu vou instalar o apt-get, pois eu não gostei do yum.

[3] Comentário enviado por marcosmiras em 16/07/2008 - 13:21h

Obrigado Maran, mas só foi produzido por incentivo da galera...

No site www.centos.com.br tem um artigo de como instalar o apt-get no centos, com ótimos repositórios.

[]'s
Marcos Miras

[4] Comentário enviado por maran em 16/07/2008 - 13:28h

@Marcos, mas este sempre é o motivo, incentivo da galera, ou ajuda aos demais, eu vi em ação o apt-get junto com o yum em um servidor antigo da empresa, é bom também.
O mais legal do CentOS é que em seu micro particular, ou seja, "em casa" , você consegue mesclar um Desktop bacana, com um sistema já pronto para servidores, é muito legal, este acho o ponto forte.

Mais é isso ae, abraços

[5] Comentário enviado por alexandre.pian em 16/07/2008 - 14:09h

realmente o centos chega bem proximo do redhat
sempre trabalhei com redhat e na minha opinião é a melhor empresa de linux, mas o centos é uma versao gratuita e nao fica atraz do RHEL5...
ja faz 1 ano que trabalho com o centos5 em sevidores de pequeno porte e nunca tive problema com ele.....
recomendo quem nunca utilizo o centos baixar essa nova versao dele que é a 5.2 pois o suporte a hardware desta esta fantastico

[6] Comentário enviado por [email protected] em 16/07/2008 - 15:27h

Olá marcosmiras !
Olha, gostei muito viu!!!
Ficou um tutorial do tipo:
"CentOS o Desktop Perfeito!"
Bacana...
Parabéns!

[7] Comentário enviado por marcus-rj em 19/07/2008 - 14:22h

Muito bom o tutorial, instalei no vmware e aqui em casa e teve desempenho bem melhor do que aquele que tinha relatado anteriormente na seção "perguntas".Não posso dizer mais, porque ainda estou em fase de expirementação do CentOS.
Não sei se eu não achei, mas acho que faltou você citar o link da dica dos repositorios que você mesmo publicou no VOL. É uma ajuda bacana, principalmente para quem pensa em combinar desktop e servidor no CentOS. Segue --> http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=10721

Otimo artigo, fica com Deus!

[8] Comentário enviado por GilsonDeElt em 20/07/2008 - 19:55h

Legal, cara
bem explicado, e sem fanatismo
vlw marcosmiras

[email protected]:~$ cp ./"Comunity ENTerprise operating System, o CentOS" /GilsonElt/favoritos

[9] Comentário enviado por marcosmiras em 20/07/2008 - 23:47h

Marcus,

Verifique no final da página 3, está publicado! ;)

Obrigado Gilson pelo comentário.

[]'s
Marcos Miras

[10] Comentário enviado por marcosmiras em 20/07/2008 - 23:49h

Quero aproveitar para convidar vocês para fazer parte da comunidade "CentOS" aqui no VOL.

http://www.vivaolinux.com.br/comunidades/verComunidade.php?codigo=424

[]'s
Marcos Miras

[11] Comentário enviado por marcosmiras em 21/07/2008 - 10:27h

Pessoal, os repositórios do 5.0 e 5.1 já estão atualizados, para instalar o Firefox 3 nessas versões, basta atualizar:

# yum update firefox

[]'s
Marcos Miras

[12] Comentário enviado por irado em 11/11/2008 - 13:58h

estou comeando HOJE no CentOS, instalando um gw/fwll; este seu artigo, pra mim que não conheço nada do CentOS foi fundamental :)
excelente trabalho, parabéns.

Ah, uma perguntinha (ou duas?): dá pra instalar fluxbox/xfce nele?

[13] Comentário enviado por temudjin em 06/01/2009 - 19:19h

Ola Marcos,

após entrar com : yum install xine, começa o processamento de depedências, porém recebo vários erros...

7:07:17 : Erro na Resolução de Dependências
17:07:17 : Missing Dependency: libWand.so.6 is needed by package xine-lib
Missing Dependency: libaa.so.1 is needed by package xine

existe alguma forma de recuperar essar dependências semelhante ao yast?

[]'s


[14] Comentário enviado por removido em 08/09/2009 - 14:51h

Parabéns cara, otimo artigo bem objetivo.

[15] Comentário enviado por marcosmiras em 09/09/2009 - 10:45h

Obrigado por seu comentário.

[]'s
Marcos Miras.

[16] Comentário enviado por bill123 em 16/09/2009 - 10:24h

Cara esse artigo me ajudou muito vlw pela força

[17] Comentário enviado por marcosmiras em 17/09/2009 - 08:33h

Sempre que precisar estamos aí...

[]'s
Marcos Miras.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts