LPI - Certificação Profissional Linux

LPI - Linux Professional Institute - é uma organização sem fins lucrativos sediada na Califórnia (USA), constituída em 1999 pela comunidade Linux. Desenvolve, de forma acessível, um programa de certificação em Sistemas GNU/Linux reconhecido internacionalmente por empresas, empregadores e profissionais de TI.

[ Hits: 12.953 ]

Por: Erik em 17/07/2013


Certificação Profissional Linux



Por que se certificar?

A certificação é uma prática muito comum no mundo da informática, principalmente sem a regulamentação da área.

A certificação serve como uma credencial para que o profissional possa provar que detém o conhecimento na tecnologia em questão, além de ser muito usada pela área de recursos humanos das empresas na escolha de profissionais em processos seletivos.

No Linux não poderia ser diferente, as principais certificações são as oferecidas pelo LPI e pela RedHat. O LPI certifica o conhecimento independente de distribuição, já a RedHat aplica testes práticos na sua distribuição. Este artigo têm como ênfase o LPI.

O que é o LPI?

Linux: Certificação Profissional Linux LPI

O Linux Professional Institute - LPI, é uma organização sem fins lucrativos sediada na Califórnia, e constituída em 1999 pela comunidade Linux, desenvolve de forma acessível um programa de certificação em sistemas GNU/Linux reconhecido internacionalmente por empresas, empregadores e profissionais de TI.

As provas do LPI são baseadas no Linux Standard Base, um conjunto de normas que mantém os requisitos mínimos para que uma distribuição Linux seja um Linux. A certificação LPI é, portanto, independente de distribuição.
“O LPI é reconhecido como a primeira organização do mundo a defender e ajudar o uso profissional do Linux, Open Source e Free Software através de certificação profissional. Os exames de certificação do LPI são aplicados em milhares de lugares no mundo, em vários idiomas e com o apoio de empresários, fabricantes e instrutores.”

Organização em níveis

A certificação LPI possui 3 níveis
  • Linux Professional Institute Certification Level 1 - LPIC-1
  • Linux Professional Institute Certification Level 2 - LPIC-2
  • Linux Professional Institute Certification Level 3 - LPIC-3

LPIC-1 é uma certificação de nível júnior para administradores Linux. Você deve ser capaz de executar tarefas de manutenção com a linha de comando, instalar e configurar uma estação de trabalho e ser capaz de configurar uma rede básica.

LPIC-2 é destinado a profissionais avançados do Linux. Para receber LPIC nível 2, você deve ser capaz de administrar pequenas redes mistas de médio porte e oferecer sugestões para a alta gerência.

LPIC-3 é projetado para profissionais de Linux de nível sênior em um ambiente corporativo. Você deve ser capaz de conceber, arquitetar, instalar e solucionar problemas de software LDAP e integração com o Active Directory.

As Provas

Cada nível possui duas provas:
  • LPIC-1 : provas 101 e 102
  • LPIC-2 : provas 201 e 202
  • LPIC-3 : provas 301, 302, 303, 304

O conteúdo das provas pode ser encontrado aqui.

Cada prova possui 60 questões, a pontuação é de 200 a 800. Para conseguir êxito nos exames do LPI, o candidato deve obter uma pontuação maior que 500 em cada prova.

Provas em papel (PBT - Paper Based Tests)

As provas em papel são frequentemente utilizadas em eventos de software livre, como FISL, entre outros, onde há uma grande concentração de interessados em na certificação. Além disso, as provas em papel são aplicadas em cidades onde há dificuldades de se obter um centro Pearson VUE eletrônica (CBT).

As provas em papel aplicadas no Brasil são geradas e corrigidas pelo LPI Mundial, nos Estados Unidos e as afiliadas. Os resultados das provas em papel demoram de 15 a 30 dias para serem enviados por e-mail aos candidatos.

Provas eletrônicas (CBT - Computer Based Tests)

Além das provas em papel, os interessados também podem optar por realizar as provas eletrônicas nos centros de testes da Pearson VUE. As provas eletrônicas podem ser realizadas em qualquer horário e local agendados pelo candidato.

Os resultados das provas eletrônicas saem na hora, assim que o o candidato finaliza a realização da prova.

Se puder, faça a prova eletrônica, pois pode muito desesperador a espera pelo resultado.

As provas estão disponíveis em vários idiomas. A LPIC-1 e LPIC-2, em Papel, possui opção para o idioma português. Já na versão eletrônica das provas, somente a LPIC-1 possui a opção português.

Recentemente, fiz as provas 101, 102, 201, falta apenas a 202 para adquirir o título de LPIC-3. Nas primeiras provas sempre dá aquele medo de não passar, mas com certo preparo é possível obter sucesso nas provas.

A tradução das provas 101 e 102 não são das melhores, quando estava fazendo a prova 102, houve algumas questões que tive que ver o texto em inglês.

Para estudos, utilizei os livros do Luciano Siqueira, e do Adilson Rodrigues Bonan.


Fontes:
Acesse Linux e Programação.

   

Páginas do artigo
   1. Certificação Profissional Linux
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Como submeter dados de CDDB de um CD de áudio ao Freedb

Compilação, empacotamento, instalação e configuração do WINE-dev

Como fazer o seu servidor Linux enviar avisos em seu celular Claro sem custo

Linux no pendrive com DSL e QEMU

Baixando as fotos da sua câmera digital

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danniel-lara em 17/07/2013 - 08:03h

Parabéns pelo Artigo
muito bom mesmo

[2] Comentário enviado por MarceloTheodoro em 17/07/2013 - 09:21h

Ótimo. :)
Fiz a 101 um tempo atrás, PBT. Foi legal, farei a 102 daqui um meses.
O que complica pra mim é que não tem centros na minha região. Daí pra fazer a prova acabo tendo de ir lá pra cidade de São Paulo.






___________________________
Att, Marcelo Theodoro.

[3] Comentário enviado por gugarthur em 17/07/2013 - 14:43h

Muito bom o artigo! Excelente para quem quer obter informações sobre a certificação.

[4] Comentário enviado por pmartelotta em 18/07/2013 - 10:39h

Uma dúvida geral do pessoal é também sobre a relação entre LPI-1, Novell NCLA e a CompTIA Linux+. Que, resumidamente seria:

1 - Quem tira LPI-1 tem direito a solicitar a NCLA (Novell Certified Linux Administrator);
2 - Quem tira a CompTIA Linux+ tem direito a solicitar a LPI-1 e consequentemente a NCLA.

Abraços.

[5] Comentário enviado por dtux em 21/07/2013 - 10:27h

Tem mais, elimina-se uma prava da certificação "Oracle Linux Certified Administrator", a Oracle Linux Fundamentals 1Z0-402, ficaria faltando somente uma prova da carreira 1Z0-403, pelo menos comigo deu tudo certo.
http://education.oracle.com/pls/web_prod-plq-dad/db_pages.getpage?page_id=458&get_params=p_track_id:...

[6] Comentário enviado por andre30geek em 22/07/2013 - 11:47h


[4] Comentário enviado por pmartelotta em 18/07/2013 - 10:39h:

Uma dúvida geral do pessoal é também sobre a relação entre LPI-1, Novell NCLA e a CompTIA Linux+. Que, resumidamente seria:

1 - Quem tira LPI-1 tem direito a solicitar a NCLA (Novell Certified Linux Administrator);
2 - Quem tira a CompTIA Linux+ tem direito a solicitar a LPI-1 e consequentemente a NCLA.

Abraços.


Com relação a CompTIA Linux+ as provas são mais difíceis do que fazer a LPI-1? Pois visto que dá direito a 3 certificações ao meu ver fica bem mais vantajoso.

[7] Comentário enviado por henryvieri em 12/08/2013 - 11:26h

Muito bom o artigo.

O que posso dizer é que hoje é essencial para um profissional de TI ter uma certificação LPI, é algo que vale apena se esforçar até ir para outra cidade ou território para conseguir.

Em breve se Deus quiser conseguirei a minha....

O Camiho é longo mas o resultado é valioso.

abs.

[8] Comentário enviado por andre30geek em 26/08/2013 - 10:01h

Bom dia! Excelente artigo... ajuda muito quem está começando. Gostaria de pedir sugestões sobre o melhor livro para tirar estudar. Atualmente leio o do Profº Uirá Ribeiro, mas não quero ficar em uma única fonte de estudo.

[9] Comentário enviado por koheleth em 28/08/2013 - 01:31h

Uma local com material, dicas e estudos é o blog:

http://guialpi.blogspot.com.br/

[10] Comentário enviado por erikyami em 05/09/2013 - 10:29h


[8] Comentário enviado por andre30geek em 26/08/2013 - 10:01h:

Bom dia! Excelente artigo... ajuda muito quem está começando. Gostaria de pedir sugestões sobre o melhor livro para tirar estudar. Atualmente leio o do Profº Uirá Ribeiro, mas não quero ficar em uma única fonte de estudo.


Acredito que o melhor livro não existe, e sim aquele que se você se adapta melhor. Muitos falam do livro do Uirá particulamente não o li. Para estudar pra certificação usei os livros do Adilson Bonan e do Luciano Siqueira. O mais importante é você aprender os conceitos e saber aplicá-los na prática.

Bons estudos!

[11] Comentário enviado por vitorml_ em 07/02/2014 - 09:42h



[8] Comentário enviado por andre30geek em 26/08/2013 - 10:01h:

Bom dia! Excelente artigo... ajuda muito quem está começando. Gostaria de pedir sugestões sobre o melhor livro para tirar estudar. Atualmente leio o do Profº Uirá Ribeiro, mas não quero ficar em uma única fonte de estudo.

Acredito que o melhor livro não existe, e sim aquele que se você se adapta melhor. Muitos falam do livro do Uirá particulamente não o li. Para estudar pra certificação usei os livros do Adilson Bonan e do Luciano Siqueira. O mais importante é você aprender os conceitos e saber aplicá-los na prática.

Bons estudos!


Sem dúvida! Neste caso, nada melhor do que subir uma VM para praticar e sem ter medo de errar :)

[12] Comentário enviado por wagnerfs em 21/06/2014 - 15:17h

Muito bom. Parabéns pela iniciativa.

[13] Comentário enviado por eabreu em 29/07/2014 - 10:59h

Para pessoas que não conhecem esse resumo é bom. A título de correção: para obter o titulo de administrador linux sênior (LPIC 3), você deve ter conseguido o a certificação LPIC 1 e LPIC 2 e ter passado em dos seguintes exames 300, 303 e 304.

é que você falou em um trecho o seguinte:

Recentemente, fiz as provas 101, 102, 201, falta apenas a 202 para adquirir o título de LPIC-3. Nas primeiras provas sempre dá aquele medo de não passar, mas com certo preparo é possível obter sucesso nas provas.

[14] Comentário enviado por erikyami em 31/07/2014 - 11:44h


[13] Comentário enviado por eabreu em 29/07/2014 - 10:59h:

Para pessoas que não conhecem esse resumo é bom. A título de correção: para obter o titulo de administrador linux sênior (LPIC 3), você deve ter conseguido o a certificação LPIC 1 e LPIC 2 e ter passado em dos seguintes exames 300, 303 e 304.

é que você falou em um trecho o seguinte:

Recentemente, fiz as provas 101, 102, 201, falta apenas a 202 para adquirir o título de LPIC-3. Nas primeiras provas sempre dá aquele medo de não passar, mas com certo preparo é possível obter sucesso nas provas.


Verdade mesmo eabreu, foi erro de digitação. Obrigado pela observação. Recentemente fiz a prova 202 e fui aprovado, agora tenho o LPIC-2. A prova não foi nada fácil e o caminho para aprovação também não, mas é bastante recompesador ver os status "Aprovado" ao finalizar a prova.

Abraços.

[15] Comentário enviado por Kalebe Ostrowski em 11/06/2016 - 22:43h

Eu posso entrar no curso de LPIC mesmo não sabendo quase nada de Linux?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts