JOOMLA no openSUSE em 10 passos

Esse artigo tem a função de auxiliar quem encontra dificuldades em instalar o Joomla no openSUSE. Ele não irá aprofundar na instalação do Joomla em si, pois citarei um artigo que o faça, mas trabalhará os pré-requisitos para a mesma. O Joomla está na sua versão 1.6 e o sistema operacional openSUSE em sua versão 11.3.

[ Hits: 9.557 ]

Por: Leandro Gregory em 10/02/2011


Início



Esse artigo ajuda quem está tendo dificuldades para instalar o Joomla no openSUSE. É uma contribuição ao artigo Instalando o CMS Joomla que diga-se de passagem, foi um dos melhores, ou o melhor que encontrei na internet.

Supondo que esse artigo que citei já auxilia e muito na instalação, vou colocar aqui apenas algumas características para a instalação no openSUSE.

Observação: Antes de prosseguir, para quem está se aventurando no openSUSE (meu xodó :D ) e é marinheiro de primeira viagem, por favor verifique os repositórios da comunidade, se estão instalados e atualizados, ou terão dificuldades. Além disso a atualização do sistema operacional e software é muito importante para correção de erros.

Passo 1: Baixe o Joomla do site:
# wget http://joomlacode.org/gf/download/frsrelease/13869/60198/Joomla_1.6.0-Stable-Full_Package.zip

Passo 2: Instalando os componentes necessários.

# zypper install apache2 mysql php5 php5-mysql php5-zlib

Passo 3: Extraia a instalação do Joomla no diretório default de arquivos do apache2:

# mkdir /srv/www/htdocs/site_da_vizinha
# unzip Joomla_1.6.0-Stable-Full_Package.zip -d /srv/local/www/htdocs/site_da_vizinha/


Passo 4: Verificando se o Apache fez referência ao PHP:

2.1) Abra o arquivo /etc/apache2/sysconfig.d/loadmodules.conf e verifique se ele possui essa linha. Caso não possua, coloque manualmente no final.

LoadModule php5_module    /usr/lib/apache2/mod_php5.so

Atente-se para a pasta /usr/lib/apache2/ e não /usr/lib/apache2-prefork/, pois a maioria ou todas que estarão lá será nessa segunda.

2.2) Abra o arquivo /etc/apach2/httpd.conf e inclua na linha DirectoryIndex as palavras:

index.cgi index.php index.php4

2.3) Abra o arquivo /etc/sysconfig/apache2 e inclua (provavelmente já esteja) na linha ApacheModules="actions..." a palavra:

php5

Passo 5: Iniciando os serviços necessários:

# service mysql start
# service apache2 start


Dessa forma manualmente, o serviço irá se encerrar no logoff, é necessário configurá-los para inicializar junto com o SO. Procure como fazer isso manualmente aqui no Viva o Linux caso tenha um servidor em modo texto.

Caso não, basta ir yast2 > System Service (runlevel)* > selecione os serviços mysql e apache2 e os habilite. Além de inicializar os serviços no mesmo instante, eles vão inicializar com o sistema. É necessário dar ok na confirmação que vier posteriormente.

* System Service (runlevel) no openSUSE traduzido creio eu que chame serviços de inicialização. Ele fica na subdivisão do yast denominada SISTEMA e seu ícone são três barras verticais verde, laranja e vermelha.

Passo 6: Colocando senha para o root no MySQL e criando um usuário com os mesmos privilégios (para fins de desenvolvimento):

# mysql -u root

Atribuindo senha para o root:

mysql> use mysql
mysql> UPDATE user SET Password=PASSWORD('senha') WHERE User='root';
mysql> FLUSH PRIVILEGES;
mysql> quit

Testando a senha e criando um usuário para o Joomla:

# mysql -u root -p 'senha do root criada'

mysql> use mysql
mysql> CREATE USER 'user_joomla'@'%' IDENTIFIED BY 'senha';
mysql> GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'user_joomla'@'%' WITH GRANT OPTION;
mysql> FLUSH PRIVILEGES;

Mas para que isso? No meu caso, eu criei um servidor de testes para o Joomla, usando uma máquina virtual em modo bridge. Às vezes o MySQL por questões de segurança não deixa a instalação do Joomla acessar o banco de dados. O @'%' garante o acesso do user_joomla de qualquer host. Portanto o usuário a ser utilizado na instalação do banco de dados do Joomla é o user_joomla e não o root.

Passo 7: Criando o banco do Joomla

mysql> create database Joomla;

Passo 8: Dando permissão ao Apache acessar a pasta do Joomla:

# chown -R wwwrun /srv/www/htdocs/site_da_vizinha/

Passo 9: Configurando a instalação

Acesse:

http://Ip-do-Servidor-Joomla/site_da_vizinha/

e siga as dicas do artigo já citado: Instalando o CMS Joomla

Passo 10 - Seja feliz!

Agora acesse sites como www.joomla.com.br e aprenda mais sobre essa ferramenta. Boa sorte!

Fontes:
"A emoção da caça fica comprometida quando a presa tem pernas curtas" - Calvin & Hobbes.

   

Páginas do artigo
   1. Início
Outros artigos deste autor

Serviço alternativo de baixo custo: Samba + Windows XP + registros de bloqueio

Leitura recomendada

Uma introdução à biblioteca GD

A simples classe Date Operations

Migração de dados no Joomla

Instalação do MediaWiki em uma Project web do SourceForge

Lista de extensões preferidas para Joomla!

  
Comentários
[1] Comentário enviado por paulorvojr em 11/02/2011 - 02:02h

muito bom, sempre é bom ajudar os com dificuldades e tudo mais.

mais isso é mais um artigo de como criar um ambiente(serviços e servidor) para hospedar o cms joomla,
instalar joomla que é bom nada.

mas ta valendo, belo trabalho.

Abraços

[2] Comentário enviado por [gregory] em 11/02/2011 - 21:27h

O artigo é voltado para os pré-requisitos no OpenSuse. É uma contribuição muito modesta ao artigo de Hermes Nunes. Desde a criação do ambiente, até o processo organizacional requerido dentro do cms, na minha opiniao, faz parte do processo de instalação.
Obrigado pelo comentario
Abraços.


Contribuir com comentário