Criando um blog com o CakePHP 2.2.1

Este tutorial visa a criação de um pequeno blog como aplicativo de exemplo no Framework CakePHP, versão 2.2.1. Ele é bem resumido e em português, seguindo os passos da documentação oficial. Também compartilho o script final que criei na elaboração do tutorial. O intuito deste artigo é facilitar os primeiros passos com o Framework CakePHP.

[ Hits: 18.563 ]

Por: Ribamar FS em 20/07/2012 | Blog: http://ribafs.org


Banco de dados - Configuração do banco



Banco de dados

Precisaremos de:
  • Servidor Web rodando;
  • Servidor de Bancos de dados (usaremos o MySQL);
  • Conhecimento básico de PHP;
  • Conhecimento básico do padrão MVC: http://book.cakephp.org

Download:

Estrutura de Arquivos

Descompacte no diretório "web" e renomeie para "blog".

A estrutura de arquivos da versão atual é esta:
  • /app
  • /lib
  • /plugins
  • /vendors
  • /build.properties
  • /build.xml
  • /index.php
  • /README

Para aprender sobre a estrutura de arquivos do Cake:

Criando o Banco de Dados

Criar um banco no MySQL com nome "blog" e este conteúdo:

# Primeiro, crie a tabela posts:
CREATE TABLE posts (
     id INT UNSIGNED AUTO_INCREMENT PRIMARY KEY,
     title VARCHAR(50),
     body TEXT,
     created DATETIME DEFAULT NULL,
     modified DATETIME DEFAULT NULL
);

# Então adicione alguns posts para testar:
INSERT INTO posts (title,body,created)
     VALUES ('The title', 'This is the post body.', NOW());
INSERT INTO posts (title,body,created)
     VALUES ('A title once again', 'And the post body follows.', NOW());
INSERT INTO posts (title,body,created)
     VALUES ('Title strikes back', 'This is really exciting! Not.', NOW());


A escolha dos nomes da tabela e dos campos não é arbitrária, mas sim para atender à convenção de nomes do CakePHP.

Quando atendemos à convenções dos nomes do Cake, tiramos vantagens dos seus recursos e evitamos configurações.

Mais sobre as convenções do Cake:

Configuração do banco

Esta é a primeira e última configuração que faremos.

Copie o arquivo: /app/Config/database.php.default

Para: /app/Config/database.php

Edite o arquivo: /app/Config/database.php

Apenas configure o 'array $default', como abaixo:

  public $default = array(
       'datasource' => 'Database/Mysql',
       'persistent' => false,
       'host' => 'localhost',
       'login' => 'root',
       'password' => 'mysql',
       'database' => 'blog',
       'prefix' => '',
       //'encoding' => 'utf8',
  );


Após salvar, já poderá ver o site do blog com: http://localhost/blog

Recebemos dois avisos (Notice) sobre salt e Seed. Por segurança, o Cake pede que alteremos estes dois valores para quaisquer outros.

Edite o arquivo: app/Config/core.php

E altere a linha 187:

Configure::write('Security.salt', 'DYhG93b0qyJfIxfs2guVoUubWwvniR2G0FgaC9mi');


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Banco de dados - Configuração do banco
   2. Criando posts
   3. Validação dos dados
   4. Excluindo posts - Rotas
Outros artigos deste autor

Lista de extensões preferidas para Joomla!

Leitura recomendada

Instalando a extensão json para o php-5.1 no CentOS/Red Hat

Debian com Apache, PHP4, PHP5 e MySQL

A simples classe Date Operations

Ninguém planeja fracassar, mas muitos fracassam por não planejar

Uma introdução à biblioteca GD

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rony_souza em 20/07/2012 - 16:45h

Excelente tutorial!

[2] Comentário enviado por ribafs em 20/07/2012 - 16:47h

Muito grato pela força caro Rony!

[3] Comentário enviado por adrianoc em 15/10/2012 - 23:08h

Parabéns pelo artigo, gostaria de recomendar estes sites para um melhor suporte, http://book.cakephp.org/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts