Introdução aos ambientes gráficos e gerenciadores de janelas menos conhecidos

Este artigo descreve como funciona o X-Window (de uma maneira simplificada) em Linux e mostra alguns ambientes gráficos e gerenciadores de janelas menos utilizados, alternativas aos bem conhecidos GNOME, KDE e Compiz-Fusion.

[ Hits: 191.476 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 05/12/2009 | Blog: https://ciencialivre.blog/


IceWM



IceWM (gerenciador de janelas de gelo) foi desenvolvido com código independente, não baseado em nenhum gestor de janelas anterior, objetivando simplicidade, facilidade de uso e rapidez.

Possui muitos temas exclusivos dele, próprios, mas é compatível com temas do Motif, do Open Motif, do E17, do WindowMaker, GTK Decorator, AfterStep e outros SOs não Unix, como OS2-Warp, RiscOS e até MacOS e Windows!

Juntamente com LXDE e E17, é outro gerenciador de janelas que está em franco desenvolvimento.

Por sua leveza, é bastante usado em Linux voltado para uso científico, com o Scientific Linux, sendo muito adequado para uso também em computadores pequenos ou antigos.

Também é o ambiente gráfico padrão do Zencafe, uma distro da Indonésia, bastante diferente, baseada em Slackware e Zenwalk.

Em meus testes, acho ele quase tão rápido quanto um box (Fluxbox, Blackbox).

Abaixo é mostrado o IceWM, seu menu, cores do tema UFOInsigths e acesso aos outros temas e configurações (tudo é acessível a partir do menu ou com o botão direito do mouse):
Linux: Linux - Introdução aos ambientes gráficos e gerenciadores de Janelas menos conhecidos.
Veja também:
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. XFCE
   3. LXDE
   4. WindowMaker
   5. FVWM e Crystal-FVWM
   6. IceWM
   7. Metisse
   8. Enlightenment (E17)
   9. Looking Glass e gerenciadores de tipo Box - Openbox, BlackBox e Fluxbox
   10. Outros gerenciadores de janelas e ambientes gráficos
   11. Complemento: instalação dos ambientes gráficos
   12. Considerações finais e conclusões
Outros artigos deste autor

Como usar o Bugzilla do Sabayon

Associando teclas a comandos, tarefas ou aplicativos... com toda facilidade

Recuperação do arquivo sudoers - comandos su e sudo não funcionam mais [Resolvido]

Sabayon Linux: Migrando KDE4 para KDE5

Experimento: SWAP diretamente na memória RAM - Testes para RAM e SWAP

Leitura recomendada

Ripar DVD com DVD Shrink no Insigne Linux

Xorg 7.0 no Slackware 10.2

Como turbinar seu GIMP com mais fontes

Fractal ou abstratal?

Quando o rosto vira espelho

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 05/12/2009 - 19:50h

Excelente Artigo.
De ótima qualidade. =]

[]'s

[2] Comentário enviado por Fabio_Farias em 05/12/2009 - 19:51h

Mais um ótimo artigo.
Vai para os favoritos.
Parabéns amigo.
Abraços!

[3] Comentário enviado por fabio em 05/12/2009 - 20:00h

Realmente, meus parabéns pelo artigo! Vou adicioná-lo ao guia: http://www.vivaolinux.com.br/linux/

[4] Comentário enviado por SamL em 05/12/2009 - 22:11h

Cara excelente Artigo, não sabia que existem tantos ambientes/gerenciadores diferentes para Linux.
Esse vai para os favoritos.
Valeu!

[5] Comentário enviado por Teixeira em 06/12/2009 - 17:21h

Parabéns!
Um artigo muito abrangente e de fácil leitura/consulta.
Já foi para os meus favoritos!

[6] Comentário enviado por gnu em 07/12/2009 - 08:32h

Fantástico o artigo. É com conteúdos dessa qualidade que o VOL se mantém na liderança quando o assunto é informação a respeito do bom e velho GNU/LINUX. Nota 10.

[7] Comentário enviado por cleysinhonv em 07/12/2009 - 08:36h

Artigo Brilhante,

Parabéns pelo artigo, continue escrevendo sempre assim.

[8] Comentário enviado por removido em 07/12/2009 - 08:39h

Qual dos "boxes" é o mais leve?
Valeu, parabéns pelo artigo.

[9] Comentário enviado por nicolo em 07/12/2009 - 10:29h

Artigo encliclopédico.... deve ter dado um trabalho de pesquisa hercúleo.
Excelentíssimo.

[10] Comentário enviado por albfneto em 07/12/2009 - 10:44h

Para Wiltave...
No artigo já está respondido. é o Blackbox.
Ele é o menor e mais leve dos boxes, é como se fosse uma "tela preta",um pouco mais sofisticada.
em meus testes,em sabayon com blackbox, o firefox, chamado de um terminal xterm, aterm, ou eterm,abre em 1.5 a 2 segundos.
para resolver problemas pepinos etc... travamentos, eu sempre instalo um box pelo menos em casa distro.
No Gentoo, compilações demoradas, ficam menos demoradas em um box.

[11] Comentário enviado por albfneto em 07/12/2009 - 16:09h

COMPLEMENTOS E ATUALIZAÇÕES DO ARTIGO:

Atualizado até 12 de Novembro de 2018.

1) Por ser bonita e diferente e por ter sido lançada após o Artigo, vejam a Distro minimalista MACPUP.
Baseada no Puppy Linux, entretanto usa E17 como ambiente padrão e também usa JWM (Joe's Window Manager)...
Vejam nos links abaixo...:

http://distrowatch.com/table.php?distribution=macpup
http://macpup.org/

E vejam o Screenshot:

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Enlightenment-MACPUP-Um-novo-Linux./

3) Cabelo tem um artigo interessante aqui. Mais uma interface gráfica 3D, "True 3D Shell". Vejam:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/True3D*Shell-Um-shell-3D-e-futurista-para-o-seu-GNU-Linux

4) Outro artigo relacionado ao meu:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Escolhendo-o-melhor-gerenciador-de-janelas

5) O cabelo tem outra Dica interessante, sôbre a História da Interfaces gráficas:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Historia-das-interfaces-graficas

6) Um dos meus vídeos, mostrando efeitos gráficos em 3D, em Sabayon Linux,GNOME:

http://vimeo.com/23424633

7) Um Artigo sôbre todas as possíveis Interfaces Gráficas em Sabayon Linux

http://linux.x10host.com/blog/index.php/2015/10/03/desktop-environments-and-sabayon/

8) O novo Link do XWinMan:

http://www.xwinman.org/

[12] Comentário enviado por grandmaster em 07/12/2009 - 23:20h

Realmente belíssimo artigo bem completo.

---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[13] Comentário enviado por luizvieira em 08/12/2009 - 07:00h

Fantástico artigo!
Parabéns, pois realmente trás muitas informações interessantes.
Conheci muitos desses gerenciadores de janelas na época em que comecei a mexer em Linux nos idos de 1998, e em 1999 conheci e me apaixonei pelo Enlightenment através do Red Hat 5.2. No entanto, quase não ouço falar mais desse e de outros gerenciadores abordados no artigo.
Muito bom, me fez lembrar de minha primeira instalação do Linux (uma lágrima surge no canto do olho...rs).
[ ]'s

[14] Comentário enviado por albfneto em 08/12/2009 - 16:33h

Obrigado pelos comentários.
a idéia é mostrar para io Iniciante, que Linux é bonito, tem telas bonitas, dá para ver coisas legais..
alguns puristas não gostam de interfaces gráficas, mas... será que não gostam? ou não gostavam quando as máquinas eram lentas e sem performance?
até o Linus diz que usa Fedora com KDE, que ninguém mais usa "Tela Preta"! rsrsrsrs.
XP é bonito? talvez a dez anos tenha sido!
Em todo o caso, eu fiz o artigo também, pq Linux tem tantas interfaces e tão bonitas, que é até pena não usar!
Depois diziam que Linux era feio, que só o Vista e o Seven tem transparências, são bonitos!!! etc....!
rsrsrsr
Quando voltei a usar Linux, a uns três anos, o que me chamou a atenção foram os bonitos desktops 3D, nunca mais parei, agora windows é só de vez em quando e olhe lá!
e gosto tanto das interfaces que como viram, tenho várias, cada dia uso uma!
e claro, meu comp. tem aquela p. placa de vídeo NVIDIA que é pra funcionar tudo!

[15] Comentário enviado por removido em 08/12/2009 - 17:33h

Ótimo arquivo, albfneto!
Parabéns, além de conhecimento, paciência e interesse em ajudar a comunidade livre também são fundamentais para se escrever um artigo deste nível.
Está de parabéns.
Abraço.

[16] Comentário enviado por xerxeslins em 09/12/2009 - 12:58h

FAVORITADO!

[17] Comentário enviado por Holmes em 16/12/2009 - 21:27h

gostei do seu texto, uma boa dica para os novatos............vlw Placebo

[18] Comentário enviado por doradu em 10/02/2010 - 18:48h

tá nos favoritos

só conheço, e uso

GNOME (Ubuntu)
KDE (Kurumi, Kalango, Slax)
OpenBox (SliTaz)
XFCE (Succi)
JWM (Puppi)

e vou testar o E17

vlw

[19] Comentário enviado por removido em 29/03/2010 - 18:12h

Ótimo artigo, recomendo à todos que dizem ser o Linux apenas uma "tela preta e comandos".

[20] Comentário enviado por Lisandro em 15/06/2010 - 09:13h

Muito bom o artigo. Mais uma vez o Alberto (albfneto) nos presenteia um artigo nota 10.
Parabéns!

[21] Comentário enviado por removido em 15/07/2010 - 13:33h

Parabéns!!!
Ótimo artigo...

[22] Comentário enviado por Teixeira em 23/09/2010 - 01:43h

Parabéns pelo artigo!
O Basic Linux, para poder ficar bem pequeno, utiliza BusyBox (mais um dos *box) e JWM (Joe's Window Manager - o "Gerenciador de Janelas do Joe").
Como foi dito no artigo, os *box são bem próximos da famosa "tela preta".
E como visto nas screenshots, permitem um resultado visual satisfatório.

[23] Comentário enviado por nicolo em 24/09/2010 - 15:01h

Impressionante. Acho que tem que ser PHD em química para fazer um artigo assim: Vasto e minucioso.
Excelente.

[24] Comentário enviado por mcnd2 em 03/10/2010 - 14:18h

Didático! Parabéns.

Muito bom...

[25] Comentário enviado por bilufe em 01/12/2010 - 16:10h

Faltou falar do Trinity Desktop Environment, o antigo KDE 3.5!
http://trinity.pearsoncomputing.net/

[26] Comentário enviado por yermandu em 02/12/2010 - 16:31h

Essa artigo é dez

Cara muito legal você postar sobre os gerenciadores, uns mais novos, outros antigos.
Percebi que alguns deles o principal problema é a configuração inicial, por exemplo openbox, que de inicio é feinho, mas quando começa a acrescentar temas, e complementa-lo com o lxde, fica muito legal, principalmente em maquinas com menos de 1G de ram.
Fica um desktop completo.

[27] Comentário enviado por removido em 07/01/2011 - 14:00h

Ótimo artigo :)

[28] Comentário enviado por removido em 13/05/2011 - 21:10h

Parabéns meu caro, fantástico, gostei do artigo, claro e bem didático...
Abraços

[29] Comentário enviado por AprendiNoLinux em 30/08/2011 - 11:17h

Impressionante este artigo do @albfneto ;) Parabéns

[30] Comentário enviado por julioc2s em 01/03/2012 - 08:38h

Excelente artigo

[31] Comentário enviado por Doradu em 06/04/2012 - 12:59h

fui adicionar aos favoritos e vi q ja' era favorito, desfavoritei, rsrs


mas adicionei de novo

muito bom

[32] Comentário enviado por removido em 13/04/2012 - 10:45h

Motif é horroroso!
TWM Rules!

Não conhecia o Compiz.

O que se falava do tal Blanes era que pegoaram um projeto aberto, meio que esquecido, tiraram as referências e fecharam o código.

Eu tinha um pacote para Debian do Blanes (beta?) quando era possível pegar. Ele tem a cara daquele sisteminha pago lá do Norte.

[33] Comentário enviado por danilosampaio em 27/04/2012 - 19:40h

Artigo nota 10!
Parabéns!

[34] Comentário enviado por freesoul em 18/05/2012 - 17:04h

Muito completo. Excelente artigo e de fácil coomprensão para nós "seres humanos mortais".

[35] Comentário enviado por removido em 25/06/2012 - 22:54h

bom artigo. mas o linux terá que evoluir bastante a sua interface gráfica para concorrer com as Grandes OS com interfaces ótimas .

[36] Comentário enviado por toledocosta em 11/07/2012 - 12:09h

Muito Bom artigo, normalmente se escuta falando de um ou dois ambientes esta bem interessante suas descrições.

[37] Comentário enviado por felipealexandre em 18/07/2012 - 01:37h

Boa noite, realmente ótimo artigo, li muito sobre ambientes gráficos e testei vários deles, hoje os que eu mais gosto são: fluxbox, KDE e E17.

[38] Comentário enviado por luisfs em 10/11/2012 - 23:03h

Muito bom o artigo, foi direto pra minha biblioteca PDF.
Estou incentivando meus clientes e amigos a migrar da M$ para Linux e anexando artigos e tutoriais junto a cada distro instalada ou Live CD distribuido.

[39] Comentário enviado por Lerub em 27/11/2012 - 22:12h

Bueno! Bem explicativo e com bastante conteúdo para quem deseja ter um melhor conhecimento sobre esse assunto.

[40] Comentário enviado por Skywalk em 26/08/2013 - 01:45h

Eu também vi alguns gerenciadores de janelas em:

http://www.akkiri.com/linux/gerenciadores_janela.php

[41] Comentário enviado por iguito em 28/09/2013 - 22:31h

Muito bom, o artigo. Parabéns!

Acredito que atualmente o Linux não fica mais a desejar em absolutamente nada quando o assunto é a "aparência", portanto esse quesito não pode mais ser usado como desculpa por aqueles que ainda resistem em utilizar o Linux.

Atualmente utilizo o LXDE e tenho gostado muito dele, mas já passei por XFCE (que creio não mais fazer parte da categoria dos "pesos-leve"), Gnome e KDE.

[42] Comentário enviado por reifitz em 26/11/2013 - 23:22h

Muito bom o artigo esta bem completo. Parabens
Eu uso slack+xfce4 ^^

[43] Comentário enviado por cristiann_alves em 30/01/2014 - 09:31h

Gostei :D

[44] Comentário enviado por AprendizL em 23/04/2014 - 21:15h

Ótimo artigo, parabéns.

[45] Comentário enviado por removido em 06/08/2014 - 08:44h

Excelente artigo, contrubuiu muito para meu aprendizado sobre ambientes de trabalho para Linux.

[46] Comentário enviado por skywalk em 20/09/2014 - 12:03h

Muito bom o seu artigo.

Eu encontrei um artigo sobre gerenciadores de janelas do Linux

em http://www.akkiri.com/linux/gerenciadores_janela.php

[47] Comentário enviado por sk47 em 09/10/2014 - 14:17h

Parabéns pelo artigo, extramente útil!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts