Instalando o Slackware sem sofrimento (parte 1)

Aqui explico como instalar o Slackware enquanto o Patrick não se decide por uma ferramenta gráfica ao melhor estilo Fedora ou Mandriva... ;-) Farei um particionamento simples com o cfdisk; pra que ficar quebrando a cara se os manés aqui já passaram horas ralando o fucinho na frente do PC??? A versão utilizada foi o slackão 11.0.

[ Hits: 81.042 ]

Por: Perfil removido em 11/01/2007


No início era o verbo...



Você deve certificar-se de que seu "draive" de cd está configurado para o primeiro boot, antes do hd.

Você deve consultar o manual da placa-mãe (sim, existe um) ou então pedir a ajuda de algum colega mais experiente.

De qualquer forma, feito este passo você deve inserir o cd 1 do Slackware para poder entrar na tela de boot.

Na imagem abaixo escreva test26.s, o módulo para iniciar todo o processo com o kernel 2.6, ou então um simples ENTER para o 2.4.33:


Aguarde o processo iniciar, fazendo o reconhecimento de seu hardware:


Basicamente é isto. Vamos agora às configurações iniciais.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. No início era o verbo...
   2. Configurações iniciais
   3. Particionando o disco com cfdisk
   4. Formatando as partições
   5. E o verbo se fez carne
Outros artigos deste autor

Instalando um firewall em ambientes gráficos leves

Segurança na Internet

Passos essenciais para configurar um servidor de impressão dedicado no Linux

Já fez seu "BACKUP" hoje? Não? Então vamos conversar sobre isso

Desknotes e Walkpcs

Leitura recomendada

Aplicativos para gerenciar a Área de Transferência (Clipboard)

Testamos: Visual Basic 8 .NET no Linux. Vejam o resultado!

Gcombust, um frontend para cdrecord

Leitura e escrita em NTFS usando o ntfs-3g

Instalando o SNX check point no Linux Mint 18 e Ubuntu 16.04

  
Comentários
[1] Comentário enviado por flipe em 11/01/2007 - 09:35h

legal, um passo a passo bem interessante, agora tem que conferir.

valeu!

[2] Comentário enviado por tenchi em 11/01/2007 - 10:03h

Hum... não sei porque, mas eu nunca tive problemas na instalação do slack...
Acho que essa história de que o slackware é uma distribuição difícil de instalar existe somente por uma causa: O mouse. Ou pelo menos a ausencia dele.
Você pode verificar isso: Qualquer aplicação que não permita o uso do mickey é considerada difícil por muitos.
Mas mesmo assim, é válido o seu trabalho

[3] Comentário enviado por davidsonbhz em 11/01/2007 - 10:15h

O dia que o Patrick colocar uma instalacao grafica pra instalação, o Slackware deixa de ser Slackare...
Nao troco o slack por outro justamente por causa da simplicidade, e, na minha opiniao é bom vc ter de fazer um bocado de coisa "na mão" porque isso te familiariza mais com o sistema. Mas enfim, cada admin tem sua administração... rs rs

[4] Comentário enviado por marciolyma em 11/01/2007 - 10:15h

Muito bom, o seu modem Lucent está funcionando com Kernel 2.6.17.13.


[5] Comentário enviado por pssgyn em 11/01/2007 - 13:50h


Concordo com o amigo davidsonbhz. O dia em que o Slackware tiver instalação gráfica, o Slackware deixa de ser a distro maravilhosa que é.
Eu também nunca tive problemas sérios ou complicados para instalar o Slackware. E quem a utiliza não muda para outra de forma nenhuma. O Slackware é de uma simplicidade que facilita muito o entendimento.

[6] Comentário enviado por DiegoR0dr1gu3s em 11/01/2007 - 17:38h

tbm concordo com o davidsonbhz. instalo o slack muito mais rápidamente usando o teclado, principalmente na hora de criar partiçoes, q é 2 tempos..., do que usando o mouse. é um tal de clica aqui, abre ali, volta pra janelinha fulana de tal... aff... sou mais: seta seta seta (ou primeira letra) espaço, enter, tab, tab.... rsrs

e concordo tbm com fazer as coisas na mao, nao tudo, pois pra uso no dia a dia, como desktop, uso meu slackao no modo grafico mesmo e tals. mas pra configurar prefiro mil vezes ir ao arquivo de conf q ficar abrindo assistente, que geralmente bagunça seu conf...

cada um cada um.... mas valeu pelo artigo, pois vai ajudar quem precisa.

falows!

[7] Comentário enviado por Marcelo_Reis em 11/01/2007 - 20:33h

Olá amigos
Uma duvida... me disseram q eh melhor instalar com o Kernel 2.4, do q com o Kernel 2.6, e fazer a atualização posteriormente, mas toda vez q eu tento atualizar rola um Kernel Panic de leve...rs
gostaria de saber se rola bem instalar direto com o Kernel 2.6 ???
valew
abs

[8] Comentário enviado por Marcelo_Reis em 11/01/2007 - 22:49h

Poxa...
desculpe a minha ignorancia!
segui o passo a passo, no inicio usei o comando "test26.s", e pensei q ele instalaria o kernel 2.6.x.x, mas quando uso o comando
#uname -r
ele me diz q eh o 2.4.33.3
o q eh necessário para instalar o slackware com o kernel 2.6.x.x sem precisar compila-lo???
obrigado

[9] Comentário enviado por haltdef em 11/01/2007 - 23:20h

joereis51, acho que no final da instalação ele pergunta qual kernel instalar, daí na lista vc escolheria o test26. Dá uma olhada aqui e vê se te ajuda em alguma coisa.
O test26.s é o 2.6.18 se não me engano, e o huge26.s é o 2.6.17.13.

huge26 -> http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=7777 :)
teste26 -> http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=7815

Abraço.

[10] Comentário enviado por Marcelo_Reis em 12/01/2007 - 00:19h

opa... valew!
vc acha mais confiavel o 2.6.17.13 ou o 2.6.18?
tentei o 18 e travou o mouse

[11] Comentário enviado por haltdef em 12/01/2007 - 00:24h

Hm, tenta o 2.6.17.13. :)
Acho que vai funcionar legal aí!
Abraço.

[12] Comentário enviado por removido em 13/01/2007 - 00:33h

Parabéns...

Já utilizei o Slackware por pouco tempo, mas gostei também dessa distro por ser 100% customizável e escessivamente estável. O artigo está ótimo e bem explicado.

:::... Viva o Linux ...:::

[13] Comentário enviado por tenchi em 13/01/2007 - 11:08h

joereis51, acho que o problema possa não ser o "travamento" do mouse, mas o não carregamento do módulo correspondente. Se você usa um PS/2, basta carregar o módulo psmouse na inicialização do sistema:
# echo '/bin/modprobe psmouse' >> /etc/rc.d/rc.modules

É, o Patrick compila o kernel o mais modularizado possível, o que gera confusões deste tipo.. rsrs

Minha recomendação é: Compile o seu próprio kernel. Eu mesmo nunca consegui ficar uma semana usando um kernel "oficial' do slack. Nada contra, deixo claro, mas é possível resolver vários problemas, como o kernel panic, suporte a outros sistemas de arquivo, etc.

Ou, se o problema não for este, ignore esta mensagem, que se autodestruirá em 5...4....3....2.....1...... KKKKK

[14] Comentário enviado por removido em 13/01/2007 - 14:56h

Ô loco meu!!!!

Quanta celeuma por um particionadorzinho gráfico na inicialização do sistema....

Crééééééééééééédo!!!

Vcs são todos xiitas!...

hua,hua,hua,hua...

[15] Comentário enviado por GilsonDeElt em 13/01/2007 - 19:06h

Muito bom o artigo!
Parabéns!

Só uma dúvida: Já tenho o Slackware instalado, com Kernel 2.4.33.3. Quando tentei instalar o 2.6.17.13 - mesmo não tendo desmarcado o pacote do kernel- o sistema bootou, mas não consegui instalar os módulos.
Como faço para instalá-los sem ter de compilar o Kernel???
Valeu!!!

[16] Comentário enviado por kataoka em 14/01/2007 - 13:20h

Queira Deus que o Patrick nunca opte por usar interface gráfica na instalação.
O slackware não é para qualquer usuario.
alem do mais
quanto mais complicar mais bugs podem surgir
se ele passar a usar interface gráfica na instalação
eu mudo para o debian

mas teu artigo está bom
e incentiva o uso do slack
parabens

[17] Comentário enviado por tenchi em 14/01/2007 - 19:49h

Vem cá... mas por acaso há alguma diferença na instalação do 11 para a das outras versões? Sim, pq se tiver, passou despercebida aos meus olhos.

[18] Comentário enviado por spawnlook em 16/01/2007 - 16:39h

ninguém teve problema no boot da versão 11?
Tenho os cds das versões 9 até a 10.2 e todas vão direitinho, so a 11 que ja fiz até macumba e nao da boot pelo cd de jeito nenhum uhu

[19] Comentário enviado por darkstarfire em 02/02/2007 - 21:48h

kataoka ...
pode esquecer o debian, pois já está em teste/uso um instalador grafico pro debian feito em gtk si não mi engano

[20] Comentário enviado por jairohaake em 16/03/2007 - 13:20h

spawnlook, tbem tive problemas de boot em algumas maquinas, mas sao pucas axo q duas ate agora, mas o 10.2 vai blz... flww

[21] Comentário enviado por mkinfo em 30/08/2007 - 12:19h

Bom artigo e tb concordo com o davidsonbhz, pois o criador do slackware deixa é muito conservador porque é preciso estar com o pacote estavel para lançar e nada de perfumarias quem gosta de tela colorida que fique com o Ruindows

[22] Comentário enviado por shaitannechrist em 05/10/2007 - 10:06h

Parabéns!

Muito bem Explicado. ;D

E Viva o Linux!!!

[23] Comentário enviado por semateruki em 05/07/2008 - 01:13h

kra...

maravilhoso tuto...

se n fosse esse eu tava perdido no meio dainstalacao do slackware aki em ksa

Gratz!

Cya

[24] Comentário enviado por semateruki em 05/07/2008 - 01:13h

kra..

maravilhoso esse tuto

se n fosse ele eu tava perdido no meu da minha instalcao do slackware 11

Gratz

Cya

[25] Comentário enviado por ashmsx em 28/03/2009 - 11:21h

Instalar é fácil, eu acho dificil instalar os programas e configurá-los rs
Bom artigo, ajuda muita gente a se localizar numa instalação


Contribuir com comentário