Instalando o Slackware em um computador sem cdrom, placa de rede e disquete

Saiba como instalar o Slackware em computadores antigos, principalmente notebooks, via PLIP. Aprenderemos desde como confeccionar um cabo laplink até como configurar o servidor NFS que irá nos prover os arquivos de instalação via porta paralela.

[ Hits: 59.795 ]

Por: Leonel Freire em 04/07/2004


Instalação em um computador sem disquete, cdrom e placa de rede



Se o seu notebook não possuir CDROM, disquete e placa de rede (como o meu) então prossiga com a leitura, caso contrário pule pro ítem 9 (acho que não é o caso de ninguém =P).

Estou supondo que você possui um OS instalado, de preferência o Win95/98 (meu caso), pois fica mais fácil de transmitir os arquivos necessários. Estou supondo também que você sabe fazer a conexão direta via cabo pelo Windows (se não souber mande-me um email). É possível fazer a transferência de diversas maneiras, inclusive via DOS - LINUX, mas não entrarei em detalhes pois esse artigo já está ficando maior do que eu pensava =P (qualquer coisa manda ver no email).

Você agora vai precisar:
  • Conectar os dois computadores via paralela.
  • Os arquivos do Slackware.
  • O LOADLIN instalado (copiado em C:\LOADLIN).

Feito isso vamos procurar no CDROM ou seja lá onde for os seguintes arquivos (encontrei no CD 2 - Slackware 9.1 LIVE CD):
  • parport.o.gz
  • parport_pc.o.gz
  • plip.o.gz

Encontrados os arquivos, descompacte-os, ficando com:
  • parport.o
  • parport_pc.o
  • plip.o

Crie uma pasta no C:\ do notebook (exemplo: C:\MOD) e copie esses três arquivos para esse diretório.

Feito isso, procure novamente no CD do Slack o arquivo loadlin16c.zip e descompacte-o em C:\LOADLIN.

Vá agora para a pasta kernels do CD1 do Slack e escolha um que lhe satisfaça, o padrão é o bare.i, copie-o para C:\LOADLIN.

Vá para pasta isolinux do CD1 e copie o arquivo initrd.imd para C:\LOADLIN.

Com tudo pronto, ou seja, os módulos dentro de C:\MOD, o loadlin em C:\LOADLIN e os arquivos bare.i (ou o que você escolheu) e initrd.img dentro de C:\LOADLIN, vamos agora reiniciar em modo DOS.

Dentro do DOS faça:

C:\LOADLIN>loadlin bare.i rw root=/dev/ram initrd=initrd.img load_ramdisk=1

Isso vai carregar o programa de instalação do Slack na memória.

Já dentro do programa faça as opções usuais, escolha seu teclado e entre como root, não digite SETUP ainda.

Tudo que temos a fazer é montar a pasta C:\MOD em qualquer ponto de montagem (ex.: /win):

# mkdir /win
# mount -t auto /dev/hda1 /mnt/win


Estou supondo aqui que o seu Windows está na primeira partição do HD primário na primeira IDE.

Depois de montado, basta copiar os módulos para uma pasta qualquer:

# cp -r MOD /

Depois entramos na pasta /MOD e fazemos:

# insmod parport.o
# insmod parport_pc.o io=0x378 irq=7 dma=3 (ou a sua configuração)
# insmod plip.o


Feito isso, vamos configurar a interface plip0:

# ifconfig plip0 192.168.0.1 pointopoint 192.168.0.2 netmask 255.255.255.255 up

Para checar fazemos:

# ifconfig plip0

E depois verificar se já existe uma rota:

# route

Se não for encontrado 192.168.0.2 então:

# route add -host 192.168.0.2 dev plip0

Com o servidor ativo, vamos pingá-lo:

# ping 192.168.0.2

Devemos obter resposta.

Feito isso vamos criar um pasta para que o nosso sistema NFS seja montado:

# mkdir nfsinst

Depois vamos editar o arquivo /etc/fstab:

# vi /etc/fstab

E colocar a seguinte linha:

192.168.0.2:/mnt/cd /nfsinst nfs intr,wsize=8192,rsize=8192 0 0

Salvamos o arquivo, saímos do vi e montamos:

# mount /nfsinst

DICA: se não gostar ou se não souber usar o vi faça:

# mount -t nfs -o intr,wsize=8192,rsize=8192 192.168.0.2:/mnt/cd /nfsinst

Após tudo montado, seguimos como uma instalação normal, configuramos as partições, adicionamos a SWAP...

Dentro do SETUP, ao escolhermos a opção SOURCE, basta selecionar INSTALL FROM A PRE-MOUNTED DIRECTORY e quando for pedido o diretório é só colocar /nfsinst/slackware (o padrão).

Feito isso é só esperar a instalação terminar, vá dormir ou fazer outras coisas. =D
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Um pouco de historia (pode pular =P)
   2. A quem é dirigido esse artigo?
   3. Do que você vai precisar?
   4. O que será feito e algumas dicas antes de prosseguir
   5. Construindo o cabo
   6. Configurando a rede no servidor
   7. Configurando o NFS no servidor
   8. Instalação em um computador sem disquete, cdrom e placa de rede
   9. Para quem tem disquete
   10. Pra finalizar
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Remastersys: Crie seu próprio Live-CD do Ubuntu Linux

Linux em um pendrive

Mantendo seus dados em segurança com o EncFS

Criando pacotes pré-compilados no Gentoo

O que fazer com o BASIC LINUX

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 04/07/2004 - 01:20h

Excelente artigo, bem completo e muito bem explicado. Parabéns Leonel!

[2] Comentário enviado por taiar em 04/07/2004 - 15:15h

huuummm...

artigo MUITO específico ...

legal pois ensina a compartilhar as coisas pela porta paralela!!! XD

e tem SLACKWARE!!

XD

muito bem explicado!

[3] Comentário enviado por edersomangelo em 13/11/2004 - 10:38h

Putzzzzzzzz, era o que eu tava procurando a um tempao, (tava sofrendo para fazer isso do meu geito), adorei seu artigo, me fez perder menos tempo para instalar o slack nas minha estações, valewwww
parabenszaço, quando eu crescer quero ser como voce :D

[4] Comentário enviado por wagnerdequeiroz em 26/06/2006 - 14:11h

Alguem tem uma ideia de fazer plip no Debian. Fiz os disquetes de instalacao do Debian (Boot,rood,net-drivers,cd-drivers). Mas o plip lá nao funfeia nem no porrete. (Nem tem ping), o outro computador, este sim rodando debian sarge, pinga a si mesmo via plip bem.

[5] Comentário enviado por F4xl em 28/07/2006 - 02:07h

Esse recurso deve ser útil principalmente para aqueles que trabalham "resussitando" micros antigos, sem drives como CD ou disquetes disponíveis na máquina... Mais um artigo nota 10 :-) Parabéns!

[6] Comentário enviado por wallisonrm em 27/07/2007 - 11:52h

Artigo muiito bom cara...
teve manha :)...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts