Instalando e configurando o DOSemu no Slackware

Se você é um antigo fã do DOS, tem saudades daqueles joguinhos em 16bits que nele rodava ou possui algum software em Clipper e deseja ressuscitá-lo, este artigo é pra você.

[ Hits: 23.971 ]

Por: Marcelo Alcantara em 05/08/2004


Introdução



Dosemu é um emulador para DOS que funciona perfeitamente para quem tem aqueles programinhas antigos ou quer rodar um programa feito em clipper.

Para instalar o dosemu é preciso baixar 2 arquivos, são eles:
  • dosemu-1.2.2.tgz
  • dosemu-freedos-b9r5-bin.tgz

Ambos podem ser encontrados no site:
OBS: essa versão era a versão estável quando fiz o tutorial, baixe a versão mais nova se houver.

Descompacte o DOSemu no seu diretório de preferência, por exemplo /home/usuario:

$ tar -zxvf dosemu-1.2.2.tgz

Entre no diretório que você descompactou e compile o dosemu:

$ cd dosemu-1.2.2
$ make


Agora vamos instalar o arquivo dosemu-freedos, para isso renomeie o pacote para dosemu-freedos-bin.tgz e depois copie no diretório onde foi descompactado o dosemu:

$ mv /home/usuario/dosemu-freedos-b9r5-bin.tgz /home/usuario/dosemu-freedos-bin.tgz

Mude o usuário para root:

$ su
# make install


Beleza, agora você já instalou o dosemu e já pode executá-lo:

# dosemu
ou
# xdosemu

Na primeira vez que você executar o programa ele irá perguntar onde fica o arquivo do freedos, sendo o default: /usr/local/share/dosemu/freedos.

É só dar [enter].

A segunda pergunta é onde serão instalado esses arquivos, para que você tenha acesso à eles, por default no seu $HOME/dosemu, é só dar [enter] ou se preferir outro diretório, é só especificar. Ou ainda se preferir usar o DOSemu como read-only, basta digitar 'none' para esta pergunta. E criará o link simbólico para seu diretório de boot.

A próxima pergunta é se você aceita os termos de uso do dosemu, coloque yes.

E finalmente ele pergunta se você deseja iniciar o dosemu teclando [enter]) ou sair (teclando [Ctrl+C].

Para sair do dosemu digite:

exitemu

DICAS: existe um arquivo autoexec.bat e um config.sys para você configurar. Os files, buffers e set clippers da vida!

Para mapear uma unidade basta acrescentar no arquivo autoexec.bat a linha:

lredir F: /linux/fs/dir_qualquer

Você também pode rodar o Windows 3.1 e aqueles joguinhos de 16bits. Também há suporte a porta paralela, som, serial e etc, basta configurar no /etc/dosemu/dosemu.conf.

No xdosemu você pode utilizar o programa em tela cheia pressionando as teclas Ctrl+Alt+F.

É isso ai, espero ter ajudado.

Marcelo Alcantara da Silva
marc_sp1@yahoo.com.br

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

cdrecord: gravando CDs de forma simples e prática

Instalação do navegador Vivaldi no GNU/Linux

Iceweasel 4.0 no Debian Squeeze

Instalando o Emerald no Ubuntu 11.10

Crie um espelho (mirror) Debian em sua máquina

  
Comentários
[1] Comentário enviado por nelsonvn em 06/08/2004 - 00:11h

Pink: Cérebro, o que vamos fazer hoje à noite?
Cérebro: A mesma coisa que fazemos todas as outras, Pink... TENTAR CONQUISTAR O MUNDO!!!

hehehehehehe...... Viu Cérebro, gostei do seu artigo, esse DosEMU deve rodar perfeitamente jogos do estilo Doom 1, Lotus III, Prince of Persia. Mas ele roda jogos pra MS-DOS mais avançados como o Megaracer 2, o Descent 2, o velho e bom Constructor, entre outros clássicos da saga MS-DOS?

[2] Comentário enviado por pistosbo em 07/08/2004 - 22:25h

kara curti mesmo !! num sabia que o freedos era tão compativel com o bom e velho DOS, tambem convenhamos acho que foi o melhor SO que a Microsoft ja inventou......

[3] Comentário enviado por marelo em 15/08/2004 - 21:59h

Cara eu uso o dosemu mas eu tava querendo instalar o win 3.1 e ñ to conseguindo, sera q vc pode me ajudar ???

[4] Comentário enviado por gildohp em 19/11/2005 - 11:28h

segui os procedimentos acima e qdo mandei instalar o freedos ele deu a seguinte mensagem no fim:
checking for flex... no
checking for lex... no
checking for yywrap in -lfl... no
checking for yywrap in -ll... no
checking for :... no
configure: WARNING:
configure: WARNING: Your system doesn't seem to have lex or flex available.
configure: error: Install lex or flex and retry.
make: ** [Makefile.conf] Erro 1
alguem pode me ajudar???

[5] Comentário enviado por hzero em 21/02/2006 - 18:27h

Vc tem que digitar primeiro ./configure e enter ai vc digita make install clean

[6] Comentário enviado por cristpsantos em 26/07/2006 - 16:07h

valeu demais ferinha pelo artigo, sempre conseguia rodar o dosemu mais não entendia com fazia para mapear o diretório que tinha os arquivos executáveis valeu meu...

[7] Comentário enviado por eliporto em 27/10/2007 - 21:34h

Por favor, preciso de ajuda.

Segui todos os passos descritos no tutorial, inclusive instalando flex e bison, conforme solicitado.

Ao dar o comando make install, o programa informou que não foi possivel descompactar o arquivo dosemu-freedos-bin.tgz porque esse arquivo não é formato gzip.

De fato, ao dar o comando file dosemu-freedos-bin.tgz aparece POSIX tar archive. Aliás, o próprio dosemu-1.4.0 só consegui descompactar usando o comando xvf no lugar do -zxvf.

Alguém pode me informar como entrar no código de instrução do compilador e alterar o comando -xpzf para xvf?

Como o freedos não é descompactado, tudo o que vem depois também falha.

Uso o Kurumin 7 e preciso instalar um programa (CCBSIST) que só roda em DOS.

Abraços.

[8] Comentário enviado por Teixeira em 27/02/2008 - 13:56h

APDD, eliporto! Tenho uma boa notícia para você:
O CCBSIST agora já está rodando em Linux (derivado do Ubuntu), diretamente de dentro do sistema.
( Para os colegas da comunidade, informo que o CCBSIST é um sistema fechado e proprietário e que não está disponível para o público ).
DTA!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts