Instalando Squid a partir do código fonte

Este artigo visa ensinar a iniciantes como instalar o Squid pelo código fonte. Apesar das principais distribuições Linux manterem versões pré-compiladas do Squid em seus repositórios, muitas vezes precisamos de recursos que não foram habilitados na compilação. A saída é compilar o Squid "no braço".

[ Hits: 42.093 ]

Por: Ronaldo Moraes Junior em 01/02/2010


Introdução, pré-requisitos e obtendo o Squid



Existem centenas de tutorias pela internet ensinando como instalar e/ou configurar o Squid, porém a maioria ensina como obtê-lo a partir dos repositórios das distribuições mais usadas. No entanto, em alguns momentos nos deparamos com a necessidade de algumas funções mais específicas do Squid e eventualmente descobrimos que a versão pré-compilada obtida através dos repositórios não vem com aquela opção habilitada durante a compilação. A saída acaba sendo recompilar o Squid na mão, o que pode acabar se tornando uma tarefa meio árdua para iniciantes.

Este tutorial se propõe a auxiliar a quem está aprendendo a usar o Squid, servindo como base para o aprendizado. Não pretendo aqui explorar todas as opções do Squid e sim criar uma configuração inicial para que a partir daí seja possível que cada um "caminhe com as próprias pernas".

Pré requisitos:

Para a compilação é necessário obviamente que exista um compilador instalado na máquina (gcc), binutils, o aplicativo make e, de acordo com o site do Squid, também o Perl (instale também a versão dev ou devel, dependendo da sua distribuição).

Obtendo o Squid:

A versão mais recente do Squid pode ser obtida no site oficial em www.squid-cache.org. Procure pelas versões estáveis do Squid. Aqui estou utilizando a versão 3.0.STABLE20.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, pré-requisitos e obtendo o Squid
   2. Compilando o Squid
   3. Configurando o Squid
   4. Mais algumas dicas
   5. Conclusão
Outros artigos deste autor

WebHTB - Controle de banda de internet

DVDAuthor: Como autorar DVDs no Linux

Leitura recomendada

Thunder Cache - Cache inteligente

Proxy transparente com Squid, com controle de banda e bloqueio por horários

Instalando e configurando o Squid no Slackware

Instalando o Videocache no Debian Lenny

Configurando Squid para liberação de messenger em horário específico, dentre outros

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fate em 02/02/2010 - 17:50h

Ótimo, posso aplicar este artigo em qualquer distro. Assim deveriam ser todos os artigos do VOL.

nota 10


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts