Instalação e configuração da zsh no Gentoo GNU/Linux

Existem muitas razões para gostar do Gentoo, e sua semelhança com o Unix de Berkeley é uma delas. A seguir irei descrever como deixar nosso Gentoo mais parecido ainda com o BSD, instalando, configurando e definindo a shell zsh (shell padrão do mundo UNIX/BSD) como padrão do sistema.

[ Hits: 21.941 ]

Por: Rodrigo Chaves em 24/05/2007 | Blog: http://exherbo-br.blogspot.com/


Configurações de salvamento (gravação de configurações)



Gravando configurações zsh:

Uma vez personalizada a zsh, é uma boa idéia gravar tais opções como padrão para a shell zsh no sistema. Um meio possível de atingir tal objetivo é escrever nossas configurações no script /etc/zsh/zshrc. Alternativamente podemos torná-las padrão para nossa conta de usuário apenas editando ~/.zshrc.

Listagem de código 3.1: zshrc (um exemplo)

#!/bin/zsh

# compleção
autoload -U compinit
compinit

# auto-correção
setopt correctall

# título - prompt
autoload -U promptinit
promptinit
prompt gentoo
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalação
   2. Configuração
   3. Configurações de salvamento (gravação de configurações)
   4. Tornando a zsh na shell padrão
Outros artigos deste autor

Metro, um breve tutorial

Leitura recomendada

Por que uso Linux?

Criando e fechando portas no seu Linux

Spreading Linux de fato! Case "Heavy-User"

Recuperando o seu sistema Salix

LaTeX, um poderoso diagramador de textos (parte 2)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por SMarcell em 24/05/2007 - 09:16h

Apesar de pouco conhecido, o grande Zsh e muito bom, cheio de recursos bacanas e com vários comando bem interessantes. Já uso ele com shell padrão no meu Slackware a algum tempo e não o troco por nada!

Falou!!!

[2] Comentário enviado por removido em 24/05/2007 - 10:14h

Legal,

mas como colocar cores no shell? Semelhantes ao do bash no gentoo, fazendo a distinção de pastas, arquivos de diferentes extensões, etc?

Vlw.

[3] Comentário enviado por stilldre em 24/05/2007 - 19:05h

Caro poupançudo,
Sinto em desapontá-lo mas creio que as "cores" não sejam o ponto forte da zsh, além de ser mais seguro observar seus tipos de arquivo com o comando "ls -l" por exemplo, avaliando seus arquivos através de simbolos (como caracteres do alfabeto), pois as cores podem variar entre as shells. Procure adicionar o argumento "--color=always" ao comando em que deseja observar cores. Para uma solução permanente (se você realmente precisar das cores) verifique a documentação da zsh no endereço: http://zsh.sunsite.dk/Doc/Release/zsh_21.html#SEC144
Abraço.

[4] Comentário enviado por nitromind em 24/05/2007 - 22:57h

excelente artigo ! parabens!

[5] Comentário enviado por SMarcell em 25/05/2007 - 11:26h

poupançudo =)

Aqui você vai encontrar uma série de configurações bacanas para o Zsh:

>> http://www.vivaolinux.com.br/conf/verConf.php?codigo=607

Falou!!!

[6] Comentário enviado por SMarcell em 18/01/2008 - 09:20h

Se alguém se interessar, aqui está o meu arquivo de inicialização (zshrc) do zsh:

http://www.slackbr.org/forum/viewtopic.php?f=45&t=15341

[7] Comentário enviado por M4conheiRoX em 17/10/2008 - 14:36h

mando bem still dre
=D
agora bota o teu!
ftz


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts