Instalação do Samba-3.6.1 + Kerberos + Winbind no Slackware 13.1.0

Tutorial mostrando os passos que segui para instalação do servidor Samba, com
autenticação no domínio Active Directory.

[ Hits: 36.496 ]

Por: Gustavo Dorneles de Castro em 28/12/2011


Pacotes necessário do Kerberos



Para instalação das dependências do Kerberos, utilizei pacotes RPM da distribuição CentOS 5.7 convertidos para pacotes TGZ.
  • keyutils-libs-1.2-1.el5.i386.rpm;
  • krb5-client-1.6.3-1.i686.rpm;
  • krb5-devel-1.6.1-62.el5.i386.rpm;
  • krb5-libs-1.6.1-62.el5.i386.rpm;
  • libselinux-1.33.4-5.7.el5.i386.rpm;
  • libsepol-1.15.2-3.el5.i386.rpm.
Todos encontrados em: http://rpm.pbone.net/

Convertendo os pacotes RPM, supondo que você já baixou os pacotes citados acima e os comandos sejam aplicados no diretório onde eles estão:

# rpm2tgz *.rpm
# installpkg *.tgz


Carregando as bibliotecas:

# ldconfig -v

Testando o kerberos:

# kinit -V

O comando acima deverá retornar uma mensagem do tipo:
kinit(v5): Cannot find KDC for requested realm while getting initial credentials

Pois ainda não configuramos o arquivo "/etc/krb5.conf".

Caso retorne algum erro de falta de bibliotecas, verificar se realmente as possui e se estão carregadas (ldconfig -v).

Baixando, configurando e instalando o Samba

Baixando o pacote do Samba:

# cd /usr/local/src
# wget http://www.samba.org/samba/ftp/stable/samba-3.6.1.tar.gz
# tar zxvf samba-3.6.1.tar.gz


Configurando e compilando o pacote do Samba:

# cd /usr/local/src/samba-3.6.1/source3
# ./configure --with-winbind --with-ads --with-krb5
# make
# make install


Caso não haja erro na configuração e instalação, os arquivos deverão ser encontrados em "/usr/local/samba".

Vamos configurar para que sejam carregadas as bibliotecas que foram instaladas junto com o Samba.

# echo "/usr/local/samba/lib" >> /etc/ld.so.conf

O comando acima acrescentará no arquivo, onde o comando 'ldconfig' busca os caminhos dos diretórios contendo as bibliotecas do sistema que devem ser carregadas, o diretório onde estão localizadas as bibliotecas do Samba recém instalado .

# ldconfig -v

Ajustando a variável PATH para que sejam reconhecidos os binários do Samba.

# cd /usr/local/samba/bin
# export PATH=$PATH:`pwd`
# cd /usr/local/samba/sbin
# export PATH=$PATH:`pwd`


Lembrando que "pwd" deve estar entre crases, ou $(), para que seja utilizado o retorno do comando.

# echo $PATH

A saída do comando acima deverá mostrar o valor padrão da variável PATH acrescido dos diretórios onde se encontram os binários do Samba. Lembrando que esta configuração é perdida no logoff. Para isso é necessário que seja configurada no arquivo "/etc/profile", por exemplo.

Testando o funcionamento do Samba:

# smbd -i

O comando acima deverá retornar uma mensagem de erro do tipo:
smbd version 3.6.1 started.
Copyright Andrew Tridgell and the Samba Team 1992-2011
error opening config file

Por não termos ainda um arquivo "smb.conf" configurado. Caso a mensagem seja a respeito de bibliotecas, verifique se existem e se estão carregadas com o comando:

# ldconfig

Caso o retorno seja algo do tipo: 'command not found', verifique se os diretórios dos binários do Samba estão inclusos na variável de ambiente PATH com o comando:

# echo $PATH

Ou passe o caminho completo:

# /usr/local/samba/sbin/smbd -i

O mesmo é válido para os outros comandos, que também devem mostrar mensagens de erro devido a falta momentânea do arquivo de configuração "smb.conf":

# smbd -i
# nmbd -i
# winbindd -i


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Pacotes necessário do Kerberos
   2. Configurando a rede
   3. Configurando o SAMBA
   4. Adicionando a máquina no domínio
   5. Configurando a autenticação
Outros artigos deste autor

Instalação do Squid 3.2.0.14 no Slackware com execução em ambiente chroot

Leitura recomendada

Instalando e configurando o servidor Samba

Configurando o Samba

Resara Server Configuration

Adicionando facilidades ao Samba

Samba + DHCP + Webmin em 3 distribuições Linux

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts