Instalação database Oracle 11G x86 e 64 no Ubuntu 10.10 Server

Após várias pesquisas e catando trechos entre um tutorial e outro, cheguei a esse passo-a-passo. A maior parte deste conteúdo esta descrito no fórum da própria Oracle como também em outros fóruns. O teste foi feito em plataforma x86.

[ Hits: 33.451 ]

Por: Fernando Alves Pires Neto em 18/06/2011


Da instalação dos pacotes necessários



Considerando o sistema já instalado. Logado como root, inicia-se a instalação dos pacotes necessários:

# apt-get update
# apt-get install build-essential
# apt-get install libaio1
# apt-get install libaio-dev
# apt-get install unixODBC
# apt-get install unixODBC-dev
# apt-get install pdksh
# apt-get install expat
# apt-get install sysstat
# apt-get install libelf-dev
# apt-get install elfutils
# apt-get install lsb-cxx


Interface gráfica Ubuntu 10.10 server (sem muitas delongas, propriamente dita para o caso em questão):

# apt-get install ubuntu-desktop --no-install-recommends –y

Instalar Java:

# apt-get install openjdk-6-jre
# apt-get install openjdk-6-jdk


Atualização de pacotes:

# apt-get dist-upgrade

Atualiza todos os pacotes para as últimas versões.

Da atualização de erros decorrentes

Para evitar erros: "linking ctx/lib/ins_ctx.mk...":

# cd /tmp
# wget http://mirrors.kernel.org/ubuntu/pool/universe/g/gcc-3.3/libstdc++5_3.3.6-17ubuntu1_amd64.deb
# dpkg-deb -x libstdc++5_3.3.6-17ubuntu1_amd64.deb ia64-libs
# cp ia64-libs/usr/lib/libstdc++.so.5.0.7 /usr/lib64/
# cd /usr/lib64/
# ln -s libstdc++.so.5.0.7 libstdc++.so.5
# cd /tmp
# wget http://mirrors.kernel.org/ubuntu/pool/universe/i/ia32-libs/ia32-libs_2.7ubuntu6.1_amd64.deb
# dpkg-deb -x ia32-libs_2.7ubuntu6.1_amd64.deb ia32-libs
# cp ia32-libs/usr/lib32/libstdc++.so.5.0.7 /usr/lib32/
# cd /usr/lib32
# ln -s libstdc++.so.5.0.7 libstdc++.so.5
# cd /tmp
# rm *.deb
# rm -r ia64-libs
# rm -r ia32-libs


Para evitar erros: "invoking target 'idg4odbc' of makefile":

# ln -s /usr/bin/basename /bin/basename

Para evitar erros quanto a execução no pós-instalação root.sh script:

# ln -s /usr/bin/awk /bin/awk

Dos Parâmetros do Kernel

Modificação dos parâmetros: Crie um backup das configurações originais do arquivo do kernel:

# cp /etc/sysctl.conf /etc/sysctl.original

Modifique o arquivo de parâmetro de kernel…:

# echo "#">> /etc/sysctl.conf
# echo "# Oracle 11gR2 entries">> /etc/sysctl.conf
# echo "fs.aio-max-nr=1048576" >> /etc/sysctl.conf
# echo "fs.file-max=6815744" >> /etc/sysctl.conf
# echo "kernel.shmall=2097152" >> /etc/sysctl.conf
# echo "kernel.shmmni=4096" >> /etc/sysctl.conf
# echo "kernel.sem=250 32000 100 128" >> /etc/sysctl.conf
# echo "net.ipv4.ip_local_port_range=9000 65500" >> /etc/sysctl.conf
# echo "net.core.rmem_default=262144" >> /etc/sysctl.conf
# echo "net.core.rmem_max=4194304" >> /etc/sysctl.conf
# echo "net.core.wmem_default=262144" >> /etc/sysctl.conf
# echo "net.core.wmem_max=1048586" >> /etc/sysctl.conf
# echo "kernel.shmmax=2147483648" >> /etc/sysctl.conf


Nota: kernel.shmmax = valor máximo possível, Ex.: tamanho da memória física em bytes

Load dos novos parâmetros do kernel:

# sysctl -p

Crie um backup das configurações originais do arquivo do kernel:

# cp /etc/security/limits.conf /etc/security/limits.conf.original

Após:

# echo "#Oracle 11gR2 shell limits:">>/etc/security/limits.conf
# echo "oracle soft nproc 2048">>/etc/security/limits.conf
# echo "oracle hard nproc 16384">>/etc/security/limits.conf
# echo "oracle soft nofile 1024">>/etc/security/limits.conf
# echo "oracle hard nofile 65536">>/etc/security/limits.conf


Da Criação de Grupo, Contas e Diretórios Oracle

Grupos e Contas Oracle:

# groupadd oinstall
# groupadd dba
# useradd -m -g oinstall -G dba oracle
# usermod -s /bin/bash oracle


# passwd oracle

(cadastre nova password)

# groupadd nobody
# usermod -g nobody nobody
# id oracle


Deverá ficar assim:

uid=1001(oracle) gid=1001(oinstall) groups=1001(oinstall),1002(dba)

Diretórios Oracle:

Exe.: /u01/app para o Oracle e /u02/oradata para o Database Files

# mkdir -p /u01/app/oracle
# mkdir -p /u01/app/oraInventory
# mkdir -p /u02/oradata


# chown oracle:oinstall /u01/app/oracle
# chown oracle:oinstall /u01/app/oraInventory
# chown oracle:oinstall /u02/oradata


# chmod 750 /u01/app/oracle
# chmod 750 /u01/app/oraInventory
# chmod 750 /u02/oradata


Oracle Universal Installer

De posse dos arquivos de instalação do Database 11G R2, descrito neste site e divido em duas partes. Descompacte e copie os subdiretórios contidos no /database/stage do 2° arquivo, para o mesmo local do 1° arquivo. Caso tenha feito este processo em outra máquina, após unificar o instalador, transfira via ssh, o diretório contendo os arquivos de instalação do Oracle Database 11g para uma pasta no raiz dos disco “ / ”.

Na interface gráfica, logado como oracle, abra dois terminais, um como root e outro como oracle. Execute o instalador no terminal logado como oracle /path_do_installer/runInstaller (não esqueça de dar permissão de execução ).

Considerações Finais...

Após a instalação, não esqueça de editar arquivo .profile em /home/oracle

PATH="$PATH:/u01/app/oracle/product/11.2.0/path_instalacao/bin"

Para que os comandos existentes dentro deste diretório possam ser executados de qualquer parte do shell do usuário.

Ao final, inicie o processo de criação do banco digitando:

# dbca

Pacotes adicionais caso julgue necessário...

# apt-get install vim
# apt-get install ssh


Permitir que o usuário Oracle para ganhar acesso root:

Editar /etc/sudoers e adicione o seguinte:

# Members of the oinstall group may gain root privileges
%oinstall ALL=(ALL) ALL

Erro Tela Branca em Oracle Database Creation Assistant (DBCA):

Desabilitar Visual Effects em System -> Preferences -> Appearance, Visual Effects

Vale lembrar que esta distribuição não é licensiada pela Oracle para utilização de seus Bancos de Dados. Distribuições licensiadas são cobertas pelo suporte Oracle no caso de algum problema bem como a garantia do funcionamento de seus produtos.

Atualmente as distribuições licensiadas são:
  • SUSE Linux Enterprise Server
  • Red Hat Enterprise Linux
  • Oracle Enterprise Linux
  • CentOS
   

Páginas do artigo
   1. Da instalação dos pacotes necessários
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Principais Processos em Background do Banco de Dados Oracle

Configurando uma instância do Oracle para acesso via Python

Instalando Oracle 10G

Instalando Oracle 10g R2 no CENTOS 5 x86-64

Oracle XE 11.2 no Slackware 14.0 64 bits - Instalação e configuração

  
Comentários
[1] Comentário enviado por paulorvojr em 19/06/2011 - 22:22h

Boa fernando pires!! excelente artigo! muito útil para a comunidade! ja mandei via RSS pra centenas de amigos, vai chover visita e comentario na segunda-feira;

é bom ver meus discípulos evoluindo , a first time a gente nunca esquece rsrsrs

1 - não esquece do XHOST - , sem ele nada funfa pra iniciar o install do dbca, e tem que ser em modo gráfico e em xterm, nada de ssh.

2 - dica final, adicione screenshots, isso ajuda os novatos e aqueles que sacam de algo mas estão presos em alguma coisa..., valoriza o artigo que é um portfólio no futuro, empresas veem muito isso.


bom é isso, continue assim, qualquer ajuda no LPI ae, tamos ae, vamo que vamo



Paulo Roberto Junior - LPI3/MCIT/CLA/ED/DCTS/Ciencia da Computação/pos?talvez...
www.paulojr.info
http://www.vivaolinux.com.br/~paulorvojr
blog.paulojr.info | @paulo_robertojr

[2] Comentário enviado por aydilsonmoura em 28/06/2011 - 17:41h

Meu amigo!

Fernando, muito boa esta sua dica, instalei uma vm na minha distro (debian), para usar o oracle 9i, mas com essa instalação do oracle 11 no linux, estou certo que será bastante util.

Obs: A palavra "licensiada" citada acima é com "c" no lugar do "s" rsrs

Não sou nenhum phd em portugues, mas não custa nada ajudar. srs

Deus te abençoe

Aydilson

[3] Comentário enviado por fernandopiresrj em 28/06/2011 - 22:21h

Obrigado pela correção Aydilson,
Mas infelizmente a correria e a quantidade de coisas feitas simultâneamente, acaba causando falhas.
Na certeza de que uma simples letra não irá alterar a importância da informação, estou despreocupado. Mesmo assim tomei a liberdade de escrever (sem copy, paste..rsrsrs) 50 vezes:
" Não devo escrever licenciada com S "....

Abraços !

[4] Comentário enviado por aydilsonmoura em 29/06/2011 - 14:39h

Meu amigo!!

Valeu pela resposta. rsrs
Fique tranquilho que vou tentar instalar o oracle no linux. Se por um acaso você souber como instalar o Flex Builder no Linux, te agradeceria. Não sou usuário windows é que na faculdade estou usando uma vm para rodar o oracle 9i, pl/sql, C#, visual studio 2008, sqlServer 2005 e Flex builder 3. rsrs
Estou aprendendo Ruby on Rails para substituir toda esta "parafernália" citada acima. rsrs
Brincadeira!!! Essas ferramentas são boas, mas quero ficar 100% debiano. rsrs
Um abraço!

Deus te abençoe.

Aydilson

[5] Comentário enviado por aydilsonmoura em 29/06/2011 - 14:43h

Essa imagem do tux fantasiado de mago, lembrei-me do Gandalf do The Lords of the Rings. kkkkkkk

[6] Comentário enviado por dr1ka em 15/03/2012 - 11:36h

Queria tirar uma duvida da confuguração do kernel para utilização de processos e memoria. Sera que alguem poderia me ajudar???

Qual seria o melhor calculo para todas as variaveis de memoria do Kernel?!
Possuo um servidor com 22GB e 8 nucleos porem so tenho 30 acessos simultameos, qual a melhor forma de configurar o pga e sga?

HELP!!!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts