Inicialização e interrupção do sistema (Debian)

Tenho visto muitas dúvidas e perguntas sobre como colocar um script ou um aplicativo para iniciar no boot. Tenho visto algumas respostas que apesar de funcionarem, não creio que sejam a melhor alternativa para alguns casos. Por isso resolvi escrever esse artigo, tentando explicar o processo de inicialização e interrupção do Linux.

[ Hits: 41.138 ]

Por: Geraldo José Ferreira Chagas Júnior em 02/04/2008 | Blog: http://prginfo.blogspot.com


Níveis de execução



Como já mencionado, o X dos diretórios rcX.d indicam o nível de execução que os links que ele os contém devem ser executados.

Nível de execução 0: /etc/rc0.d

Esse nível de execução inicia a seqüência de interrupção do sistema. Cada script é executado na ordem listada. Algumas das tarefas são:
  • Fechar todos os processos;
  • Desligar a troca de arquivo com a memória virtual;
  • Desmontar o sistema de arquivos.

São feitas todas as tarefas importantes e necessárias na interrupção do sistema para que não danifique a integridade dos discos, volumes de partições etc.

Nível de execução 1: /etc/rc1.d

O nível de execução 1 é o modo monousuário ou estado administrativo. Nele apenas um usuário pode se logar, nenhum outro ao mesmo tempo. Ele é utilizado por administradores para fazer manutenção no sistema. A conexão de rede e desmontada e embora o sistema de arquivos seja montado, outros só serão montados manualmente através de linha de comando, este terão que ser desmontados manualmente antes da interrupção do sistema.

Nível de execução 2: /etc/rc2.d

O nível de execução 2 é o estado multiusuário, a conexão de rede é permitida, mas o NFS é inválido. Essa é uma boa opção para usar o Linux como estação de trabalho independente.

Nível de execução 3: /etc/rc3.d

O nível de execução 3 é o modo multiusuário em modo texto. Nele a maioria dos serviços são carregados e normalmente é a opção default do sistema. Porém se você usar o modo X (gráfico) o modo default deve ser o 5.

Nível de execução 4: /etc/rc4.d

O diretório que define o nível 4 é utilizado para que um modo de execução próprio possa ser ajustado (o usuário define seu próprio nível de execução).

Nível de execução 5: /etc/rc5.d

Esse é o nível de execução do modo gráfico. Ele segue as mesmas especificações do nível 3, porém para ambiente X.

Nível de execução 6: /etc/rc6.d

Esse é o nível que representa a reinicialização do sistema, logo ele deve ter o conteúdo parecido com o nível 0 (halt), mas a lógica no script de interrupção define se o sistema está sendo interrompido ou reinicializado.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Processo de inicialização
   3. Diretórios rcX.d
   4. Níveis de execução
   5. Como interromper o sistema
   6. Notas finais
Outros artigos deste autor

Linvox - Sistema Linux voltado para deficientes visuais

Configurando Servidor de Nomes - DNS (Debian)

Montando um ambiente utilizando Tomcat + Java + MySQL (Debian)

X Window, Controladores de Janelas e Ambientes Desktop

Vírus de computador e criação de um vírus em C/C++ (parte 1 - básico)

Leitura recomendada

Zenwalk 5.2 - Minhas impressões

GNU/Linux, querido software livre

Instalação básica do Slackware 10 com KDE 3

Instalando o Fedora 10

Como instalar o LAMP no openSUSE Leap e Tumbleweed

  
Comentários
[1] Comentário enviado por exercitobr em 03/04/2008 - 08:55h

Muito interessante e bem explicado, parabéns!

[2] Comentário enviado por Andre_A_Ferreira em 03/04/2008 - 09:18h

?comentario=Excelente contribuição, as vezes precisamos entender simples funcionamento para desenvolver complexos sistemas.
Parabéns.

[3] Comentário enviado por brnlino em 04/04/2008 - 12:53h

Show de bola esse seu Artigo,
ainda irei criar uma artigo nesse nivel.


Parabens mesmo.

[4] Comentário enviado por .pedrao em 23/07/2008 - 09:07h

Muito bom mesmo cara...aliás, muito bom é pouco, eu tava precisando muito destas informações e tava difícil de encontrar...
Brigadão ae.. de verdade!!! XD


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts