Identificando problemas básicos de redes Linux para principiantes

Apesar do sistema de redes TCP Linux ser totalmente intolerante a falhas, muitos administradores iniciantes ou com pouca intimidade com o Linux ainda penam um pouco para resolver problemas corriqueiros oriundos do próprio ambiente de redes (já que o sistema não falha...;-) ). São problemas simples que podem ser resolvidos com comandos e rotinas básicas. Neste artigo, vou mostrar alguns.

[ Hits: 34.836 ]

Por: David em 10/01/2008 | Blog: http://twitter.com/dias_david


O problema



O objetivo deste documento é, com uma série de comandos e rotinas simples, detectar, identificar e resolver problemas corriqueiros de redes, que, geralmente administradores inexperientes, iniciantes ou com pouca habilidade no mundo Linux e das redes de uma forma geral enfrentam. Não é nada complicada, até porque redes tcp/ip são muito simples e muito estáveis e, em 99% dos casos os problemas são físicos ou oriundos de alguma configuração errada.

Para qualquer usuário ou técnico iniciante o problema é sempre o mesmo. O cara abre o Firefox ou o Internet Explorer e não há navegação. Pronto! Lá vai o "TÉCNICO" ligar para alguém mais experiente para falar que não conectou. Esse é o pior tipo de pessoa, por que não vai em busca de uma solução acessível, além de provar que além de burro é preguiçoso. Se você é esse tipo de pessoa, desculpe a franqueza, mas ou mude de postura, ou mude de profissão. Se você chefia alguém assim, demita-o antes que o pior aconteça!

Há um outro nível técnico que abre um terminal ou prompt de comandos e dá um ping no google. Não vai e, nem se esforça para pingar em outro endereço ou ler os logs de erros. Vai direto pro Mentor. Apesar de, este se mostrar um pouco mais preciso que o anterior, também é o tipo perigoso e deve ter o mesmo destino do primeiro "TÉCNICO" apesar de este aí merecer uma chance e um pouco de orientação. ;-)

Existe ainda a síndrome do mecânico. O cara abre o IE (por que com certeza deve estar no Windows uma praga dessa! rsrs) e assim que a página não abre vai direto nos cabos ver se tá tudo plugado, tirar o switch da tomada, e verificar fios. É um cara que vale a pena investir a aprender e que se não der certo na gerência de redes, com certeza será ótimo no hardware. Bem, esse é o cenário e essas são as pessoas. Os problemas estão na mesa, agora vamos às soluções.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O problema
   2. Identificando a rede
   3. Primeira solução básica
   4. O teste dos 4 pings
   5. Conclusão
Outros artigos deste autor

Compilando facilmente com o apt-build

Compartilhando músicas pela Web com o Amarok

Mapeando todas os tipos de unidades de redes no Linux

Usando comandos dos DOS com o mtools

Instalando o poderoso gerenciador de redes Nagios 3.0 com Apache2

Leitura recomendada

Mascarando conexões VPN com iptables

Instalando o Cacti em plataforma Debian

Conceitos de Acesso Remoto

Linux, uma experiência de uso

Configurando sua placa wireless no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por eduardo em 10/01/2008 - 14:07h

Boa dica. Essa dica sem dúvida vai me ajudar bastante.
vlw

[2] Comentário enviado por thyaguvinny em 10/01/2008 - 17:58h

Não gostei... o artigo ficou ótimo, mas sinceramente, deveria estar na seção de dicas... muito restrito...

[3] Comentário enviado por dimatrix em 10/01/2008 - 22:59h

Paz e Bem!
Caro ,
Tenho que concordar com thyaguvinny, pois este comentario deveria estar na seção de dicas, e outra em TI existem vários tipos de técnicos, cabe a cada um de nós orientar aqueles que trabalham conosco para o crescimento profissional e qualitativo, tanto pessoal quanto da equipe técnica.
Com vc mesmo disse no final do seu texto.
"Colaborar atrai amigos, competir atrai inimigos"

[4] Comentário enviado por professordavid em 11/01/2008 - 00:19h

Concordo com os dois.. No princípio minha intenção era mesmo postar na seção de dicas, mas como ficou extenso, ach ooque em artigos ficaria mais apropriado..

[5] Comentário enviado por PCMasterPB em 11/01/2008 - 09:35h

"Para qualquer usuário ou técnico iniciante o problema é sempre o mesmo. O cara abre o Firefox ou o Internet Explorer e não há navegação."

Lembrando que às vezes a rede está perfeitamente configurada no micro, porém o acesso à internet se passa através de um proxy, o qual às vezes tem de ser configurado no browser. Preste atenção que eu disse "às vezes" ok. Acreditem, muita gente também se esbarra com esse tipo comum de problema.

Outra fator importante que talvez deveria ter sido lembrado no artigo é que muitas vezes se faz necessário a correta configuração de um gateway e dos respectivos DNS primário e secundário. Isso quando se trabalha em redes onde se realizam configurações estáticas, quando na maioria das vezes uma rede bem configurada o cara recebe todas essas configurações via DHCP, que acreditem poupa muito trabalho. ;D

[6] Comentário enviado por professordavid em 11/01/2008 - 12:33h

Gateway e DNS eu lembrei de comentar, mas o Proxy..

sim cara.. sem duvida voce mandou muito bem mesmo.. eu já havia me esquecido do proxy!! Muito obrigado mesmo pela colaboração cara!! Voce enriqueceu e muito esse artigo..

Novamente obrigado!!

flw!!

[7] Comentário enviado por andrefreire em 12/01/2008 - 10:05h

?comentario= Bom dia a todos ! Somente um comentário. Se o artigo é para ser técnico então cabo de rede tem terminal e não ponta !

[8] Comentário enviado por vodooo em 12/01/2008 - 18:26h

Também acho que deveria estar na seção dicas. Mas valew pela contribuição!

andrefreire, ele cita que o artigo não tem intenção de ser técnico, então, "ponta" está valendo! rsrs

PCMasterPB, isso realmente ocorre! Administradores sem experiência ou até mesmo "sem conhecimentos" estabelecem o acesso através de um servidor proxy (geralmente Squid) mas não o setam como proxy transparente, sendo assim qualquer usuário com um pouco mais de conhecimento em informática conseguiria mudar as configurações de proxy no browser e navegar sem restrições.

Abraços

[9] Comentário enviado por izavos em 15/01/2008 - 15:46h

Amigos,

Essa e mais uma vantagem do Linux e sua ferramentas de redes e afins. Mesmo que um Tecnico nao tenha vontade aprender ou tem poca experiencia ele se obriga.
E vai a luta e consegue!
Essa e sem duvida a maior contribuicao do Linux e sofware livre "Conhecimento para todos".
OBS: "nao podemos nos esquecer do LSMOD,LSPCI,MODPROBE para verificar se o modulo esta carregado e de forma correta, senao vamos para o IRQ,DMA... ". Ate funcionar!!!
Gostei das brincadeiras com tecnicos, muinto Bom mas e verdade!
AT +

[10] Comentário enviado por professordavid em 15/01/2008 - 16:15h

Valeu cara.. Fico feliz por ter gostado!! e obrigado pelas contribuições com os comandos aí.. flw!!

[11] Comentário enviado por Arnoldo em 29/01/2008 - 17:39h

Ótima dica, tó com problema para configurar minha internet em casa, que conectar em rede e agora tenho uma base mais sólida para tentar configurar valeu, era tudo que eu estava precisando, para o meu slackware.
Arnoldo


Contribuir com comentário