Ícones no Fluxbox, Openbox e Blackbox

Com um pequeno programa e uma bom arquivo de configuração podemos ter ícones tanto no Fluxbox, como no Openbox ou Blackbox. Este artigo ensina a instalar o iDesk, mostrando exemplos de ícones de aplicações para facilitar o entendimento.

[ Hits: 51.971 ]

Por: pinrusty em 30/07/2004


Configuração e funcionamento



Agora que já instalamos, vamos configurar o programa. De igual facilidade é a configuração.

Crie uma pasta no /home do seu usuário linux com o nome de:
(o arquivo tem que ser oculto, usando o ponto antes do nome)

.idesktop

OBS: Crie no home do seu usuário, eu fiz no /root e você pode fazer também.

Feito isso, abra um editor de texto e crie um arquivo de texto também no /home de seu usuário ou mesmo no /root chamado:

.ideskrc
(também deve ser precedido de ponto)

Este arquivo deve conter o seguintes comandos dentro:

table Config
FontName: tahoma
FontSize: 8
FontColor: #ffffff
Locked: false
Transparency: 150
Shadow: true
ShadowColor: #000000
ShadowX: 1
ShadowY: 2
Bold: false
ClickDelay: 300
IconSnap: true
SnapWidth: 55
SnapHeight: 100
SnapOrigin: BottomRight
SnapShadow: true
SnapShadowTrans: 200
CaptionOnHover: false
end

table Actions
Lock: control right doubleClk
Reload: middle doubleClk
Drag: left hold
EndDrag: left singleClk
Execute[0]: left doubleClk
Execute[1]: right doubleClk
end

O programa funciona baseado em informações que constam na pasta .idesktop, além das que já estão contidas no .ideskrc.

O IDesk lê, simultaneamente para cada ícone, um arquivo texto e uma imagem no formato png. Assim, temos que colocar na pasta .idesktop, para cada ícone, um texto com as informações do posicionamento do mesmo e uma imagem que será usada como ícone.

Fazer o texto de cada ícone é fácil!
Faça desta forma:

Abra um editor qualquer e coloque o seguinte comando dentro:

table Icon
Caption: Home
Icon: /home/usuario/.idesktop/icone.png
Command[0]:
X:
Y:
end

Edite estas linhas acima colocando:
  • Em Caption: coloque qualquer nome.
  • Em Icon: coloque o local que estará a imagem do ícone no formato png.
    OBS: A imagem deve estar no /home/.idesktop/ do seu usuário.
  • Em command[0]: coloque o comando que o ícone irá realizar ao clicar nele.
  • Em X: coloque a posição pra direita ou pra esquerda que o ícone ficará localizado na tela.
  • Em Y: coloque a posição para cima ou para baixo que o ícone ficará localizado na tela.

Exemplo de um texto de um ícone meu que faz abrir o Apollon:

table Icon
  Caption: Apollon
  Icon: /root/.idesktop/apollon.png
  X: 22
  Y: 42
  Command[0]: apollon
end

Salve este arquivo na pasta .idesktop que você criou (ponha qualquer nome para ele).

Como foi dito, para o IDesk funcionar, ele precisa de um texto com as informações do ícone e uma imagem de ícone no formato png. Então selecione para cada texto uma imagem e coloque também na pasta .idesktop. Não se esqueça de colocar o nome da imagem igual ao que foi colocado no comando "Icon" no arquivo texto do ícone. Você decidira qual o tamanho da imagem que quer ter no seu desktop, eu uso sempre 32x32, pois não é nem muito grande nem muito pequeno.

Feito tudo, você terá na pasta .idesktop os textos e as respectivas imagens que o IDesk usará para criar os ícones.

Funcionamento:

Vá em algum terminal e digite:

$ idesk

Pronto! Agora você tem ícones no seu desktop.

Boa sorte!

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Download e instalação
   2. Configuração e funcionamento
Outros artigos deste autor

Kernel 2.6.7 compilado e configurado para nVIDIA

Leitura recomendada

Uma interface mais bonita com efeitos de transparência e sombras

Linux Mint - Num Lock, Caps Lock e brilho no painel

Personalizando um live CD e bootando-o diretamente do Grub

Instalando o XGL no Kurumin 6.0 e 6.1

Instalação do PostgreSQL com Apache 2, PHP 5, OpenSSL no Debian Wheezy 7.7 64 bits com systemd e chroot

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jllucca em 30/07/2004 - 10:42h

Pode citar algumas screenshots de exemplo? Para dar incentivo...

[2] Comentário enviado por flipe em 30/07/2004 - 13:02h

http://idesk.sourceforge.net/screens.html

a vontade... na pagina oficial!!!!!!!!!1

[3] Comentário enviado por Lara-_-Croft em 30/07/2004 - 14:27h

Gostei do artigo. Ficou bem mais fácil colocar os icones agora, principalmente para mim que estou iniciando com o linux.

[4] Comentário enviado por cvs em 30/07/2004 - 19:10h

icone no blackbox é heresia... hehehehe

[5] Comentário enviado por davidsonpaulo em 31/07/2004 - 18:17h

Existem alguns parâmetros que deram errado na minha configuração aqui:

1º:) no arquivo .ideskrc, na seção 'table Actions', o 'Clk' é unido com as pala-
que o antecedem: singleClk, doubleClk.. e não espaçadas como está
publicado (single Clk, double Clk)

2º) no arquivo exemplo de configuração de ícone, foi publicada a linha
'Command[0]: apollon'. No meu computador só funcionou sem o [0], ou
seja: Command: apollon.

Outra coisa: o idesk aceita ícones SVG. Para isto, basta adicionar, o arquivo .lnk de configuração do ícone, a linha 'SVG: true'.

É isso aí. Falou pinrusty!

[6] Comentário enviado por pinrusty em 31/07/2004 - 19:55h

Obrigado pela contribuição davidsonpaulo!
Só não compreendi uma coisa:
Tu disse que o prefixo 'Clk' aparece publicado separado da palavra principal. Aqui no meu workstation aparece publicado unido.
No mais está tudo OK!
Abraço.

[7] Comentário enviado por davidsonpaulo em 03/08/2004 - 16:11h

Aparece unido aih? Estranho.. aqui aparece separado... deve ser falha de exibição... Fui colocar os ícones seguindo esse seu tuto mas como aqui aparecia o 'Clk' separado copiei assim e claro q naum funcionou... :(. Depois fucei na net e vi o problema... aih funfou de boa... :)
De qualquer jeito, seu artigo caiu na hora certa... ele deu o 'empurrãozinho' pra eu colocar ícones aqui no flux... agora qualquer 'Win-user' poder navegar via fluxbox sem problemas...

Falou!

[8] Comentário enviado por ximenes10 em 06/08/2004 - 11:50h

Meu Blackbox deu certo porem para aparecer o icone tenho que dar o comandinho "idesk" e o terminal fica ocupado!
Tem como fazer ele entrer em modo automatico? como coloco este comando? e no styles?

Valeu!

[9] Comentário enviado por pinrusty em 06/08/2004 - 12:02h

tem sim cara, da para você abrir ele na barra de executar! no fluxbox há uma barra de executar comandos, abra e rode!
abraço!

[10] Comentário enviado por ximenes10 em 06/08/2004 - 13:29h

Mam como configuro para o Blackbox iniciar automaticamente o idesk???

Veleu! 8')

[11] Comentário enviado por pinrusty em 06/08/2004 - 20:37h

Edita o .xinitrc ou o .xsession colocando:

exec idesk &

e depois:

exec blackbox


Se não tiver este arquivo no /home ou /root crie e edite:

# !/bin/sh

exec idesk &
exec blackbox


Depois em um terminal:

chmod +x .xsession (ou .xinitrc)



Se não funcionar, vá no seu .xinitrc ou .xsession e comente a linha:

startkde


Outra dica: o xinitrc pode ser encontrado na pasta: /etc/X11/xinit

[12] Comentário enviado por sl4x em 22/01/2005 - 22:34h

[email protected]:~/.idesktop$ idesk
idesk: error while loading shared libraries: librsvg-2.so.2: cannot open shared object file: No such file or directory
[email protected]:~/.idesktop$

o meu está com o seguinte problema :(
tentei procurar essa biblioteca e nao encontrei.. alguem pode me ajudar?
parece-me q ela é instalada qndo se instala o gnome.. mas nao tenho o gnome aqui. se alguem puder me ajudar ficarei grato. abraços

[13] Comentário enviado por orehon em 08/04/2005 - 09:46h

bom meu brother, eu ja tive problema com essa dependencia dae.. também, ao instalar o o gdesktles.
pega ela desse site aqui o:
link -> http://www.linuxfromscratch.org/blfs/view/stable/general/librsvg.html

bom espero ter ajudado!

[14] Comentário enviado por rescbr em 14/11/2005 - 11:53h

Para facilitar a vida, existe o idesktool, que faz o serviço sujo usando o Xdialog; veja mais informações em http://users.netwit.net.au/~pursang/idesk-extras.html
Olhe também: http://wiki.linuxquestions.org/wiki/Idesk
----

No fluxbox, para iniciar o idesk automaticamente, edite o ~/.fluxbox/startup, e coloque a linha "idesk &" (sem as aspas) antes do exec fluxbox

[15] Comentário enviado por _Akkamai_ em 21/04/2006 - 07:49h

Para iniciar qualquer coisa junto com o fluxbox, é bem mais simples do que se tem apresentado, basta editar a linha "RootCommand" do init do fluxbox e colocar o comando na frente dela! Caso não exista a linha basta criá-la. O caminho é: /home/user/.fluxbox/init

Akkamai

[16] Comentário enviado por Warheart em 05/07/2006 - 11:27h

Eu instalei o pacote .tgz destinado ao slackware.

Pelo menos no meu caso, houve a falta de uma biblioteca Imlib2.

No caso, baixei a biblioteca n seguinte endereço:
http://prdownloads.sourceforge.net/enlightenment/imlib2-1.0.6.tar.gz

Na hora da compilação, houve um problema gerado com relação á fontes:

ERROR: Imlib 2 needs a system with libfft.so (TrueType Font Library)

configure: error: Fatal Error: no FreeType detected.

[17] Comentário enviado por albertguedes em 19/12/2006 - 19:24h

Um adendo ao artigo, para quem estiver tendo o problema com mensagens do tipo

Cannot determine file extension of:
Unknown file format:
Falha de segmentação/Segmentation Fault

pode ser o caso de mudar o arquivo do ícone em ".idesktop":

table Icon
Caption: <Nome_do_aplicativo>
Command: <aplicativo>
Icon: <caminho do ícone>
X: <posicao_X>
Y: <posicao_Y>
end

Perceba que eu mudei a ordem do "Command" e "Icon"..
É melhor também mudar o nome do arquivo de ícone em ".idesktop" para

<nome_do_arquivo>.lnk

que é o que o manual oficial sugere.

Boa programação procês.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts