GoboLinux? Que distro é essa? (Parte 3 - Instalando programas)

Agora que testei a distribuição e a instalei no HD, estou pronto para usá-la. Mas espera um pouco... esta distro não tem os programas que gosto de usar. O que fazer?

[ Hits: 22.740 ]

Por: Bruno de Jesus Barreira Pereira em 09/07/2008


Usando o Compile - Compilação automática dos fontes



O método mais comum para se instalar um programa no GoboLinux é utilizando um script que baixa os arquivos .tar.gz/.tar.bz2 da internet, faz a checagem de dependências e ao final da compilação, o disponibiliza para uso criando links simbólicos. Similar ao portage, encontrado no Gentoo, mas voltado para a organização da árvore do GoboLinux.

Para usar essa ferramenta, digite na linha de comando:

$ Compile <nome-do-programa>

OBS: Alguns nomes seguem a convenção da distro, de que a primeira letra dos nomes dos scripts deve ser maiúscula.

Como eu gosto de usar o Fluxbox como gerenciador de janelas, vou instalá-lo:

$ Compile fluxbox

Ao longo do processo o script reparou que os pacotes Imlib2 e Epeg não estão instalados, então sou perguntado se quero instalar as dependências. Você pode optar por instalar uma dependência (c), instalar todas as dependências (ca), não instalar uma dependência (s) ou não instalar nenhuma dependência (sa).

De acordo com a velocidade do seu computador, em alguns instantes seu programa está instalado (o Fluxbox junto com as suas dependências levou aproximadamente 15 minutos para ficar pronto neste exemplo).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Falta programa nesta distro...
   2. Usando o Compile - Compilação automática dos fontes
   3. InstallPackage para os fãs de pacotes binários
   4. Compilando manualmente seus programas
   5. Não gostei do programa. Como eu o desinstalo?
   6. Programas instalados: Aproveite ainda mais a distro
Outros artigos deste autor

GoboLinux? Que distribuição é essa? (Parte 1- Primeiros contatos)

GoboLinux? Que distro é essa? (Parte 2 - Instalação)

Leitura recomendada

LAMP no Funtoo Linux em 15 minutos

Modem HSP 56 MR no Fedora Core 1

O poderoso Nagios

Linux no Pendrive

XGL e Compiz no OpenSuSE 10.2

  
Comentários
[1] Comentário enviado por SithX em 09/07/2008 - 19:11h

opa, bacana os artigos. só um detalhe:

na compilação manual, o procedimento correto é executar o "PrepareProgram" (equivalente ao "./configure"), depois executar o bom e velho "make", depois executar o "SandboxInstall" (equivalente ao "make install"), e por fim, o SymlinkProgram, que é um passo adicional comparado à instalação tradicional.

[2] Comentário enviado por albfneto em 09/07/2008 - 20:05h

Os seus artigos sobre o Gobo são massa.tb estou testando GobolInux.

[3] Comentário enviado por brunojbpereira em 09/07/2008 - 21:46h

hum... valeu pelo toque, SithX... não tinha analisado este detalhe antes pelo fato de quando eu digitava o comando "SandboxInstall" ele fazia de tabela o "make" e o "make install"

[4] Comentário enviado por juliaojunior em 10/07/2008 - 00:27h

Muito bom!!!

Simples, fácil de entender, e o melhor: eficiente!!1

Parabéns.

[5] Comentário enviado por sithx em 10/07/2008 - 08:34h

humm, o SandboxInstall roda o make também? falha minha então!

é que se nao me engano, na documentação deles (wiki), o procedimento que eles mandam fazer é rodar o "make" antes do SandboxInstall, então na verdade nunca testei rodá-lo sem fazer isso =D

[6] Comentário enviado por duca.luz em 03/01/2009 - 20:40h

Tentei instalar o firefox 3.0.5 em português e não consigo???

[7] Comentário enviado por brunojbpereira em 07/01/2009 - 13:00h

Fala, duca.luz... beleza?
Também tive dificuldade para usar o firefox em português no gobolinux.
O único meio que consegui é utilizando o pacote binário que está disponível no site do firefox, eu o descopactei na minha pasta de usuário e usava desta forma.
Infelizmente não tive como estudar a respeito para poder instalar o firefox pt-BR na distribuição obedecendo os scripts de instalação, pois voltei a instalar o slackware no meu computador. Voltarei a usar a distro para estudar mais coisas, pois é uma distro muito interessante. :)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts