Gnome-shell no Ubuntu em um clique

Neste pequeno artigo elenco três principais razões que me fizeram usar o Gnome-shell ao invés do Unity no Ubuntu 11.10. Há um botão para quem quiser instalar o Gnome-shell.

[ Hits: 11.753 ]

Por: Xerxes Lins em 07/11/2011 | Blog: https://voidlinux.org/


Introdução



Antes de tudo quero registrar minha impressão sobre o Unity do Ubuntu 11.10: ruim! Por isso eu resolvi instalar o Gnome-shell no Ubuntu. Não sou fã do Gnome-shell, acho que ele ainda pode melhorar bastante, mas para mim ainda é superior ao Unity.

O Unity não é ruim realmente, eu exagerei quando disse isso. Mas o Unity me passa a impressão de ser uma versão de teste ainda. No Ubuntu 11.04 uma das piores coisas era que o buscador de aplicativos do Unity não aceitava palavras acentuadas. Apesar de ser um ponto negativo, era algo um tanto quanto desculpável, pois a distro oferecia a opção do Gnome clássico. Encarei isso como um aviso de que o Unity ainda era experimental.

Hoje, na versão 11.10 do Ubuntu o Unity suporta palavras acentuadas em seu buscador. Ótimo! Mas ainda precisa melhorar em alguns aspectos como mostrarei adiante. Receio ter sido detalhista, mas todos somos um pouco detalhistas quando temos que fazer uma escolha envolvendo algo de nosso interesse e isso inclui o gerenciador de janelas.

Vejamos algumas coisas que me incomodam no Unity.

1 - Menu global não funciona no LibreOffice: Oh, sim... por padrão deveria funcionar. Todos os aplicativos, teoricamente, deveriam ter o menu global já que essa é a proposta do Unity. Mas o que acontece na prática? O menu global não funciona no LibreOffice. O prejuízo disso é que o usuário tem que trabalhar de duas formas quando usar o LibreOffice, além de ser uma coisa esteticamente deselegante. Para mim isso é um bug ou então significa que o menu global ainda não está pronto. Esse problema incomoda não só esteticamente, mas também funcionalmente. Desconfio que os desenvolvedores do Unity queriam imitar o Mac OS, mas no Mac, pelo que sei, há uma harmonia, o menu global funciona de fato... globalmente. O Unity ainda não chegou lá especificamente nesse detalhe. Espero que isso seja resolvido.

No Gnome-shell os menus são locais. Cada aplicativo tem o seu de forma coerente.
Linux: Gnome-shell no Ubuntu em um clique
Menu global funcionando
Linux: Gnome-shell no Ubuntu em um clique
Menu global falha no LibreOffice
2 - Gvim bugado: eu uso o editor de textos Gvim porque com ele posso usar atalhos personalizados para inserir tags em textos. É um editor maravilhoso, poderoso. O Gvim possui uma barra de menu, mas no Unity essa barra simplesmente desaparece! É pior que o caso do LibreOffice porque no LibreOffice o menu não é global, mas continua existindo dentro da janela do aplicativo. Já o menu do Gvim some totalmente, nem aparece na janela do editor. Se eu ficar maximizando e restaurando a janela, o menu pode aparecer! Mas sem ser global. Dentre esses bugs do Gvim pode ocorrer das bordas da janela sumirem. Nada extremamente grave. Porém, isso é algo que me incomoda, pois uso muito o Gvim. No Gnome-shell o Gvim funciona perfeitamente.
Linux: Gnome-shell no Ubuntu em um clique
Bug ao usar Gvim - borda das janelas sumiram
3 - Um clique a mais para procurar aplicativos: pode parecer besteira, mas para quem está acostumado ao Gnome-shell, o Unity pode parecer meio travado. Vamos comparar.

No Unity, usando algum aplicativo maximizado (como o Firefox), se eu quiser buscar um outro aplicativo, levo o cursor do mouse para a borda do lado esquerdo da tela, espero uma fração de segundo para que a dock apareça, se o aplicativo não estiver na dock eu tenho que clicar no logo do Ubuntu para que o buscador de aplicativos apareça, só então posso filtrar minha busca. Resumindo: um gesto, um clique, uma busca.

No Gnome-shell, não importa onde eu esteja, levo o cursor do mouse para o canto superior esquerdo e instantaneamente o buscador é aberto e já posso filtrar minha busca. Um gesto, uma busca. Para quem está acostumado a isso o Unity fica parecendo mal projetado. Não vou opinar hoje sobre outros motivos que me fazem crer que o dash do Gnome-shell é superior ao dock do Unity. O que eu queria deixar claro era que esse detalhe de ter que esperar mais no Unity para chegar até um aplicativo incomoda sim, mesmo que para muitos usuários não seja algo grave, quando eu estou escolhendo o melhor gerenciador de janelas, isso conta.

Conclusão

A única vantagem claramente percebida do Unity sobre o Gnome-shell é um melhor aproveitamento do espaço da tela. Mas isso é pouco. Chegamos a conclusão de que o Unity ainda é instável. Além disso, particularmente acho o menu do Unity confuso e trabalhoso, por exemplo, para ter acesso a todos os aplicativos divididos por categoria no Unity tenho que ativar a dock, clicar no logo do Ubuntu e clicar em Mais Aplicativos. E no Gnome-shell? Basta um gesto de mouse para chegar a esse mesmo lugar.

Unity está melhorando, assim como o Gnome-shell. Espero que tanto um quanto o outro se tornem cada vez mais funcionais para termos sempre boas opções.

Se você também prefere o Gnome-shell ao Unity, pelo menos até o Unity melhorar, então clique no botão:
Linux: Gnome-shell no Ubuntu em um clique
Após a instalação selecione o Gnome na tela de login.

Recomendo o tema Dark Shine disponível em: Veja como fica:
Linux: Gnome-shell no Ubuntu em um clique
Gnome Shell com tema Dark Shine
Até a próxima.
   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Instalação do Archlinux por outro sistema já instalado

Quero facilidade!

Slackbuilds para leigos

Porque o XFCE é tão bom

A síndrome do noob kalinista + como quebrar senha Wi-Fi

Leitura recomendada

Teste de distribuições GNU/Linux em pendrive

Cinco distribuições para iniciantes

A distribuição Slackware Linux

A Catedral e o Bazar - Eric S. Raymond

Referência de aplicativos para quem está começando no mundo GNU/Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 07/11/2011 - 15:40h

Olá Xerxers,

Concordo que o gnome3, está mais usável que o unity. Só uma coisa que percebi que o unity está melhor que o gnome3 (pelo menos, se tratando do gnome3 instalado no ubuntu), é essa questão de applets e integração com aplicativos. O Gnome é tão "duro" que é difícil integra-lo cos demais programas.

Aliás, esse tema que vc recomendou lembra muito o unity eim rsrsrsr.

Abraço e parabéns!

[2] Comentário enviado por Majorpain em 07/11/2011 - 15:56h

Voltei para o 11.04 usando tema Classic. Péssimo para minha linha de produtividade o Unity ou o Gnome 3.

Cheers!

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 07/11/2011 - 16:00h

@Gedimar, valeu! =)

@Majorpain, pois é! Concordo. Só que eu não quero ficar para trás...

[4] Comentário enviado por izaias em 07/11/2011 - 16:01h

Essa do botão instalador é '10', Xerxes!

[5] Comentário enviado por edipo.magrelo em 07/11/2011 - 16:42h

Nossa, lendo esse artigo eu me pergunto, eu nunca usei o Unity, sempre usei o bom e velho Gnome antes da versão 3, atualizei para o Gnome-shell, não gostei, pra mim parece uma coisa beta ainda, fui direto pro KDE, que nunca tinha usado mas sempre gostei do visual dele, ja estou com ele a 3 meses e não tenho do que reclamar

[6] Comentário enviado por adri3d em 07/11/2011 - 16:52h

o unity não é tão ruim assim tenho ele no desktop com um monitor 24" full hd, e aquele esquema de jogar os menus na barra superior libera um bom espeço quando se tem varias janelas pequenas abertas.

[7] Comentário enviado por xerxeslins em 07/11/2011 - 17:02h

@edipo.magrelo: o KDE também é uma ótima opção! =]

@adr3d: ótimo. perceba que eu falei dos meus motivos pessoais. Se você são se incomoda com os três pontos que citei no artigo, então o Unity está ótimo para você! Abraço.

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 07/11/2011 - 17:03h

@izaias: valeu!

[9] Comentário enviado por willian.firmino em 07/11/2011 - 17:05h

O KDE 4.7.3 é muitoooo mais produtivo, estável e customizavel que o gnome3 ou o unity, tenho a impressão que essas interfaces foram criadas para dispositivos como tablets, mas por que não criar versões diferentes para desktop e para tablets, estão pegando a simplicidade e jogando no lixo.

[10] Comentário enviado por bawlaw em 07/11/2011 - 20:32h

Atualmente estou preferindo pelo gnome-shell
Considero que o unity, KDE e gnome-shell estão atualmente muito cheios de bugs
Todos tem grandes potenciais.

[11] Comentário enviado por 9u31220 em 08/11/2011 - 03:38h

Concordo com o Majorpain. O unity exige uma reassimilação do fluxo de trabalho e a julgar pelo que vi não aumenta a produtividade. Foi a gota d'água, vou manter o ubuntu 11.04 classic por enquanto e logo migrar para um sistema com filosofia KISS e openbox.

[12] Comentário enviado por clodoaldops em 08/11/2011 - 09:41h

O fato de eu não usar pc como ferramenta "de produção" ou de trabalho essas mudanças no gnome e kde não me afetam tanto assim.
Mas concordo que o gnome-shell, que uso no Fedora-15, está "melhor" que o unity, e tbem que o kde4.7 está "melhor" que unity e gnome-shell.

[13] Comentário enviado por mlohmann em 08/11/2011 - 23:22h

Meu... Eu to velho mesmo, não largo o Fluxbox nem o Blackbox, rs...

[14] Comentário enviado por chroda em 09/11/2011 - 09:13h

Unity é enrolado, por isso usei o gnome-shell por um tempo, mas vi que ele tem uns bugs chatos também, principalmente em relação a integração com aplicativos.

Bem, agora to usando o gnome-classic e estou muito feliz.. infelizmente perco a busca rápida do gnome-shell(que era o que eu mais gostava).

Aliás sobre isso, se não me engano, além de arrastar ao canto superior para cair na busca, pode-se também clicar na tecla Super(a bandeirinha do windows ;P), (ou simplesmente digitar algo(mas funciona quando nenhuma outra janela estiver focada))*

Outras coisinhas bobas, mas legais, ao se fazer uma busca, o gnome-shell apresenta dois botões "Busca Wikipédia" e "Busca Google", acho que não preciso dizer mais nada né.. hehe.

*não tenho muita certeza sobre isso.

[15] Comentário enviado por 9u31220 em 09/11/2011 - 15:07h

Esse negócio de gnome-shell tá indo longe, não me surpreenderia se surgisse um projeto ou uma distro Gubuntu, ubuntu com gnome-shell.

[16] Comentário enviado por removido em 09/11/2011 - 15:29h

@9u31220,

Já existe uma distro apenas com gnome3, é a Ubuntu shell remix

[17] Comentário enviado por lcavalheiro em 09/11/2011 - 18:05h

@mlohmann Fluxbox é o Poder e a Força! É por isso que eu fico com uma distro KISS com *box.

[18] Comentário enviado por Zaraki em 09/11/2011 - 23:11h

Eu sinceramente gosto do Unity no meu Ubuntu 11.04... ^^

[19] Comentário enviado por 9u31220 em 10/11/2011 - 11:03h

@Gedimar

Valew, não conhecia essa distro, seria interessante se eles conseguissem um ubuntu atual com o desktop classic. Em todo caso vou mudar.

[20] Comentário enviado por juliaojunior em 11/11/2011 - 20:18h

Rapaz, eu tô preferindo o Unity. Confesso que ainda não usei o gnome-shell, então não posso fazer comparações. mas não vejo os três pontos q vc mostrou, xerxes, como problemáticos. A não ser, claro, no programa bugado q vc usa. Mas aí é uma questão realmente muito direcionada.

No mais, não vejo essa perrenha toda não. Por exemplo, o seu terceiro item 'um clique a mais', p mim é um nada a ver total. No Unity basta teclar a 'super tecla' e já aparece a janelinha para procurar o programa. Ou seja, não tem q levar mouse p lá e p cá, nem esperar nada. Inclusive, quando escreveremos o nome do software ele já vai mostrando as opções interativamente. Então não vejo pq qq birra por isso.

No mais, apenas opiniões. :)


[21] Comentário enviado por junior em 14/11/2011 - 09:52h

Legal o artigo.
Eu usei o Fedora como Gnome Shell e depois o Ubuntu com o Unity.
Particularmente, não gostei do Unity.
E seria legal se o Ubuntu deixasse por padrão as duas interfaces prontas para serem utilizadas.

@Xerxes: Instalei esse tema "Dark Shine" e aqui a barra superior, onde está o "Activities" fica sobreposta por um outro menu. =/


[22] Comentário enviado por xerxeslins em 14/11/2011 - 14:14h

junior.rocha: aqui ficou normal quando instalei Faz o seguinte pressiona Alt+F2 e digita restart e tecla enter pra ver se resolve Isso vai reiniciar o shell, sem fechar seus programas.

[23] Comentário enviado por junior em 14/11/2011 - 14:44h

@xerxeslins: Poisé amigo, aqui eu instalei, reiniciei. Fiz de tudo e o bug continua. Vou usar o tema padrão por enquanto.
Um abraço.

[24] Comentário enviado por elemarvhu em 23/11/2011 - 01:19h

Eu continuo usando o Ubuntu 10.04 LTS com Gnome 2, e vou esperar até o proximo LTS, talvez até la um dos dois ambientes esteja bem maduro e prontinho pro serviço do dia a dia...

[25] Comentário enviado por antoniocaser em 02/12/2011 - 06:45h

Não gostei da barra Unity do lado esquerdo, atrapalha quando estou trabalhando com a internet, não gosto de nenhuma barra superior, estando abaixo é mais eficiente. O Linux é, deve ou deveria ser um Sistema "versátil", onde o usuário poderia fazer dele a sua "cara". Gosto de mexer alterar tudo para deixar do meu jeito com a minha cara, mas dificultaram um pouquinho. O botão de mostrar a área de trabalho não veio pré-instalado. Estou "batendo cabeça" para alterar e deixar do meu jeito.


Contribuir com comentário